Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Placar


Conteúdo Popular

Mostrando conteúdos com a mais alta reputação desde 16-02-2019 em todas as áreas

  1. 6 pontos
    ⚠️ Alerta de história das brabas abaixo. Leitura não recomendada para quem defende a marca como se fosse acionista. Antes de tudo, quero esclarecer as intenções aqui: Não sou dono da verdade. O que irei dizer abaixo é fruto de quase nove anos de experiência em reparo de produtos Apple, três deles em uma assistência autorizada. Recebi treinamento de produtos, técnicas de venda e experiência Apple da marca através da plataforma SEED Sales (e da plataforma anterior, cujo nome não me recordo), participei de treinamentos oficiais voltados para técnicos das assistências através do ATLAS e outras plataformas de ensino da maçã, concluí e renovei por anos as certificações da marca (Apple Service Fundamentals, iOS Service Certification, Mac Service Certification entre tantos outros). Fui agraciado com a amizade de profissionais incríveis de diversos setores da marca, com quem também aprendi muito sobre tudo o que a maçã faz e como faz. Enfim, dito tudo isso, preciso dizer que também sou tarado pelos produtos Apple e heavy user. OK, mas pra que esse curriculum vitae todo? Para que os mais céticos entendam que não estou aqui para denegrir intencionalmente a marca, para que não pensem que sou funcionário da XIAOMI infiltrado, haha. Eu vou dizer o que vou dizer porque na minha opinião, baseado na minha experiência, a marca não tem um pós-venda tão bom assim, e acredito que as pessoas (o que inclui você) deveriam ter mais direitos e receber mais respeito ao comprar um produto que mesmo no primeiro mundo tem um alto custo. Right To Repair O direito de reparo não é ainda tão discutido no Brasil, porém gera muita discussão em outros países, ações judiciais, muito estresse, perda de dinheiro (para uns, porque pra outros o lucro é absurdo). O que você diria se levasse seu carro relativamente novo à concessionária pois quebrou um farol dando ré e a marca dissesse que não existe reparo oficial? "Você precisa trocar o seu veículo por completo. O seu antigo nós pegaremos por um valor absurdamente simbólico, iremos remanufaturar e vender pra alguém, e além do mais nós vamos cuidar pessoalmente (e legalmente) para que nenhum mecânico possa fazer esse reparo pra você". Pois é exatamente isso que a Apple faz. Louis Rossman & Jessa Jones Impossível falar de Apple e right to repair sem mencionar esses mitos no que diz respeito a reparo de produtos Apple. O Louis é meio que o inimigo número 1 da Apple nos EUA, haha. Ele é técnico também já há bastante tempo, nunca trabalhou para a marca, e faz um trabalho incrível na sua loja em Nova Iorque. Ele é o bruxo que conserta qualquer coisa a nível de trihas de placas lógicas, aquele seu precioso MacBook que o Genius condenou na loja e disse que não há o que fazer além de comprar outro. Ele é tão desaforado que neste momento está procurando um imóvel próximo a uma Apple Store para montar sua nova assistência técnica, rs. A Jessa Jones é uma mulher incrível que precisou de um reparo em um iPhone lotado de fotos de valor inestimável, teve suas esperanças despedaçadas por um Genius da Apple Store e então decidiu consertar o aparelho sozinha, sem experiência prévia alguma no ramo. Hoje ela é referência no mundo todo, faz reparos tão complexos quanto o Louis e é dona do "iPad Rehab" (procurem o canal deles no YouTube, é conteúdo de ouro). Ambos já foram processados pela Apple por supostamente estarem utilizando peças falsificadas em seus reparos e abrindo aparelhos sem a autorização da Apple (haha, piada). Para que fique registrado, a Apple perdeu os processos. Casos como esses acabaram inflamando a discussão em vários países do mundo e a Apple está tendo que rever suas políticas de repair and warranty para atender a novas leis de proteção aos consumidores. Enfim, eu poderia falar por horas sobre eles, mas vai ficar pra você pesquisar os canais e virar fã também. Desculpe, mas não podemos fazer nada por você a não ser ajudar na escolha de um produto novo. Então você comprou um iPhone de mil dólares ou um iMac Pro de 5 mil dólares e ele não está mais na cobertura do AppleCare? Agora vem a verdade inconveniente porém necessária: os 'técnicos" dos centros autorizados não sabem NADA de reparos. Os treinamentos da Apple consistem em te ensinar a não tomar um choque no ambiente de trabalho, a não atear fogo na loja manuseando baterias e como dizer ao seu cliente que ele não poderá recuperar seus dados e nem seus aparelhos. Não estou brincando, é isso mesmo. Eu estaria em sérios problemas judiciais se mostrasse a vocês o exame de certificação dos técnicos Apple porque existem contratos de confidencialidade, mas é mais ou menos isso mesmo, sem exagero. Querem saber se o técnico é bom em dar notícias ruins. E daí que você derrubou Coca-Cola no teclado do seu MacBook? E daí que quebrou o display do seu Apple Watch? Por que a marca não pode efetuar um reparo, nem que levasse lá seus 30 dias, cobrasse um preço justo e atendesse às expectativas do cliente? Porque não dá dinheiro, e porque os "técnicos" das autorizadas muitas vezes nunca viram um ferro de solda na vida. Seguem o manual e fazem o que a marca ensina e manda. É completamente possível QUALQUER reparo. E de uma maneira mágica ainda te fazem aceitar o fato e a perda, a gastar mais dinheiro e pegar um produto idêntico por um valor alto. "Ahh, mas não fica a mesma coisa depois do reparo, não é seguro também". Bobagem! Aqui é que você precisa tomar seu choque de realidade: não confunda o "curioso" da esquina que troca um display de iPhone por 150 reais com um TÉCNICO, seja ele autorizado ou não. Eu poderia falar de mim, mas vou usar de falsa modéstia e falar sobre diversos colegas de trabalho que fazem um trabalho impecável, como se estivessem fazendo para eles mesmos, utilizando equipamento adequado e de qualidade, com peças de qualidade e sempre se atualizando. Quando seu carro dá problema você joga fora? Leva sempre na concessionária que cobra quase um carro novo? Não, você leva no mecânico, e você tá cansado de ver casos de mecânicos que passam a perna nos clientes, mas isso não quer dizer que não existam bons mecânicos, muito melhores até do que os que recebem treinamento da marca nas concessionárias. Isso é um fato, e se aplica a qualquer ramo da prestação de serviços. "Gosto da Apple porque trocam o aparelho todo em garantia." Curto e breve: trocam por um recondicionado. Você comprou seu iPhone XS Max e deu problema no segundo mês (pode acontecer, normal, sejamos justos) e ficou felizão quando recebeu um "NOVO", rs. Seu XS Max que deu problema no segundo mês será reparado e um dia também será o aparelho "novo" que alguém recebeu em garantia. O ponto positivo da marca é a velocidade com que esse processo ocorre, inegável. iOS cagueta. De uns tempos pra cá o sistema dos iPhones se tornou um baita X9. Agora ele te informa a "saúde da bateria" e os modelos novos informam quando o display foi trocado, seja ele original, recém tirado de outro aparelho idêntico ou paralelo. É só mais coisa pra você cliente aquecer o bolso da Apple. Sabe por que? Se eu quiser trocar apenas o vidro do seu iPhone novinho com a tela trincada (porém funcional), te cobrar uma fortuna e dizer que o display é original Apple, você vai engolir! Afinal o sistema não tem como detectar esse reparo, o serviço fica impecável e você vai sair feliz da vida com 1499 reais a menos no bolso sendo que eu gastei - sério - cerca de 15 reais e uns 20 minutos. E a saúde da bateria?? Fácil. Você troca a bateria por uma de boa qualidade, saúde da bateria volta a 100% porém permanece o aviso de "MANUTENÇÃO". Então o técnico faz uns 10 testes de estresse na bateria nova, a porcentagem cai para 99% e o aviso de manutenção some. Eu não estou dizendo isso para te afastar ainda mais de uma assistência não autorizada. O bom técnico vai te esclarecer como funciona o reparo em uma não autorizada, te cobrar um preço justo e fazer um bom serviço. Só estou te dizendo isso pra que não ache que a Apple tá te livrando dos golpes por aí. Ela quer mesmo é o seu dinheiro na troca da bateria ou te empurrar um aparelho novo. Aliás, esse negócio de "saúde da bateria" é uma bobagem sem tamanho também. Não é raro ver um aparelho com 78% de saúde da bateria com boa autonomia e gerenciamento de carga e um aparelho com 90% de saúde da bateria drenando carga. Esse é um tema muito complexo, mas aqui vai um conselho de amigo: para de ficar esquentando a cabeça com um número que não quer dizer muita coisa e atente-se à duração e boa vida útil e recarga da sua bateria. Você viveu uma década sem essa função e agora parece um bitolado olhando isso toda hora, deixando cair uma lágrima sempre que o número muda. A autorizada é mais confiável. Mais ou menos. Os "AASPs" (Centros de Serviço Autorizados Apple) não são de propriedade da marca. Não passa de uma assistência assim como qualquer outra, porém que decidiu se vender, digo, fazer parceria com a marca para promover a loja. Eles recebem treinamento, acesso a produtos de qualidade, equipamentos, treinamentos, manuais, suporte da marca, e ganham muito pouco por isso. Por isso não é raro ver autorizadas fazendo "cambalacho". Dizendo ao cliente, por exemplo, que quando o display dele quebrou "vazou cristal líquido" dentro do aparelho danificando a placa e impossibilitando o reparo, rs. A solução? Compra um novo! Mas note que, nem sempre uma assistência autorizada é também uma revenda autorizada (no Brasil temos o casos das iPlaces que podem reunir as duas coisas), mas na maioria das vezes é assistência ou revenda. E de onde vem esse aparelho novo que você tá comprando? Da Apple (Centro de Distribuição de Jundiaí/SP, pra ser mais exato) é que não é. Mas eu vou me abster de maiores comentários, porque eu não quero generalizar. Nem todo mundo é sujo, mas tenha ciência de que muitos são. "Tela e batelia oliginal". Mais uma coisa pra falar sem rodeios: se não saiu zero da caixa lacrada, não é peça "original". As autorizadas conseguem sim peças da marca (nem sempre elas trocam, pode ser que encaminhem para outro centro autorizado fazer a substituição), mas não quer dizer que é o que estão te vendendo. A autorizada não ganha quase nada fazendo esse reparo, a marca cobra sua fatia grande do bolo. Por que não usar da fama de autorizada para colocar peças mais baratas por conta própria e cobrar o preço informado no site da Apple? Pra que fique claro, felizmente eu trabalhei em um centro de reparo autorizado muito correto, o proprietário é um homem justo, sem ganância, e sempre prezou pelo bom serviço e atendimento. Mas isso acontece. Eu costumo dizer que existem quatro tipos de peças: - "Original": Produto fabricado pelo fornecedor oficial e atual da Apple. Simples assim. - "Linha AAA fake": É a paralela gourmetizada, o cara diz que é linha A, te cobra preço de linha A mas é peça capeta. - "Linha AAA": essa é a peça que você deve procurar. Muitas vezes é fabricada por empresas parceiras da fornecedora oficial, possuem acesso à "receitinha do bolo" e fazem peças de boa qualidade. Aqui não vai ter um centavo de preço abusivo da marca. Se for abusivo vai ser por parte do técnico, mas é como eu disse, existem "mecânicos e mecânicos". - "Capeta/Paralela": essa é a oliginal que o cara te cobra 150 reais, deixa seu aparelho sem parafuso, tudo montado torto. Péssima qualidade de material e acabamento. Display com cores sem vida, brilho ruim, as vezes impede também o bom funcionamento do sensor de proximidade do aparelho que fica localizado junto à câmera frontal, touch sem precisão e com delay alto. O mesmo serve para as baterias e quaisquer outras peças. Procure um bom técnico e não "precinho", procure indicações, histórico, teste o seu produto após o reparo. Negocie o preço. Peça garantia. Exija sempre uma ordem de serviço assinada ou carimbada descrevendo o modelo e número de IMEI do aparelho e tudo o que foi reparado e/ou substituído. Assistência autorizada só em garantia, poupe seu bolso. As intenções aqui são boas, note que eu não fiz qualquer propaganda sobre assistência, e também saiba que não faço reparos para clientes que não são locais. Eu estou com a mão ardendo. Qualquer coisa que estiver abaixo DESTA linha será atualização/edição após eu ter feito a postagem, talvez algo que eu queria ter dito e esqueci, rs.
  2. 6 pontos
    JvDaP

    Como pedir ajuda - Leia POR FAVOR!

    Antes de pedir ajuda pro seu Hackintosh, já instalado ou não, informe: 1. Seu Hardware, só rodar o AIDA64 e colocar as informações mais importantes, isso em caso de laptops. 2. Se for desktop, sempre coloque as specs a. Processador b. Placa-mãe c. Placa de Vídeo. 3. É muito fácil achar um tutorial de instalação de Hackintosh, http://letmegooglethat.com/?q=instalação+hackintosh 4. No caso de um driver especifico, você sabendo qual o chipset de audio, ou rede, fica mais fácil pesquisar, por exemplo no google como "Hackintosh alc 235" ou "Hackintosh Realtek 8111" 5. Sites com tutoriais e imagens pra download. Olarila Tonymacx86 Insanelymac Hackintoshbr Hackintoshzone AMD-OSX Você pesquisando e indo atrás, fará com que fique mais familiarizado com o seu hardware, e entenda melhor o processo de Hackintosh e com isso dependa menos de outros. Hackintosh demanda tempo e principalmente paciência. Bom Hack
  3. 6 pontos
    Finalmente!! iPhone 11 Pro Max Sent from my iPhone using Tapatalk
  4. 6 pontos
    Com um ano de "atraso": iPhone XS 64Gb Space Gray + Apple Watch Sport 44mm (GPS + Cellular). Sent from my iPhone using Tapatalk
  5. 4 pontos
    Heitor

    AppleCare+ para iPhone X no Brasil

    Certeza que tem, sim. Eles sempre guardam estoque de reposição. Já vi o pessoal aqui fazer a troca sem problemas de aparelhos de 2-3 gerações anteriores (até mesmo achando que iriam ganhar um da geração atual, na época, porque os anteriores tinham saído de linha, hahaha).
  6. 4 pontos
    fiquei algum tempo lendo aqui para entender todo o processo e como está longo percebi que mta gente ainda tem duvidas sobre a parte do setup(fazer ou não fazer), então vou tentar fazer um resumo como algum outro colega já fez antes para tentar condensar mais infos que foram sendo descobertas depois Método 1 - fácil e pratico 1- Adquirir o AC+ selecionando o modo PARCELADO na apple store americana - full nunca funciona aqui no BR 2- finalizar a compra com cartão brasileiro internacional - tem cartão que funciona outros não, mtos relatos de sucesso com nubank com data de validade inferior a 2025, validade superior aparentemente não é aceito por uma questão de segurança, alguém pegou essa info no atendimento da apple. 3- Ignorar a insistência dos emails da apple em realizar o tal setup pq as parcelas continuarão sendo debitadas do cartão utilizado na compra 4- Seja feliz! E se precisar use seu AC+ em lojas da apple ou autorizadas. Método 2 - o método 2 é mais longo e complexo, mas tb te protege em casos como o dos amigos que perderam o cartão usado na compra os passos 1 e 2 são iguais 3- Para fazer o setup vc precisa ter uma conta americana na appstore, se não tem crie uma nova 4- A conta americana precisa ter um cartão ativo para que o setup seja concluído, não adianta tentar pular essa etapa, não funciona apenas colocar saldo de gift cards na conta americana! A galera teve sucesso com um cartão pré-pago da confidence. 5- Concluído o setup o pagamento será feito pelo seu apple id(o americano, claro) como uma assinatura 6- Por fim vc pode abastecer sua conta com itunes gift cards para pagar com eles. Esse último passo é opcional, mas o mais seguro para o caso da apple parar de aceitar o cartão cadastrado por qualquer motivo no futuro. 7- Seja feliz! E se precisar use seu AC+ em lojas da apple ou autorizadas. espero ter colaborado um pouquinho com esse resumo se alguém tiver algo importante para acrescentar pf fique a vontade Abs
  7. 3 pontos
  8. 3 pontos
    Saudações, amigos. Esse tutorial tem como objetivo fortalecer a criação do Hackintosh no modelo Ideapad 320 e criar uma base de conhecimento. O tutorial é "simples", pois vou disponibilizar os links que utilizei para a criação. Downloads da descrição do vídeo: Download Clover Configurator: https://mackie100projects.altervista.org/download-clover-configurator/ Download Clover EFI Bootloader: https://sourceforge.net/projects/cloverefiboot/ Download Mojave MBR Patch: https://www.insanelymac.com/forum/files/file/944-mojave-mbr-hfs-firmware-check-patch/ Link vídeo YouTube de como criar o pendrive de boot: https://www.youtube.com/watch?v=-KqdsgVwONI Descritivo de ações: 1- Inserir o USB Drive e formata-la. 2- Extrair e executar Mojave MBR Pacth para criar a USB de instalação 3- Extrair e executar Clover Configurator, montar EFI da USB drive e Abrir (Está vazia neste momento) 4- Extrair e executar Clover EFI Bootloader para criar Pasta EFI 5- Reinicia o computador e faz boot a partir da USB Drive 6- No menu do Clover escolhe a USB Drive - e segue instruções no video 7- Assim que terminar a 1º fase de instalação vai reiniciar 8- No boot escolhe novamente a USB drive, mas no menu do Clover agora vamos escolher o SSD em que iniciamos a instalação 9- Assim que terminar temos então um Hackintosh funcional 10- Vamos agora com Clover Configurator montar e Abrir a partição EFI da USB Drive e da EFI do SSD. Copia a pasta EFI da USB para o SSD 11- Reinicia e faz com que o SSD com MacOS Mojave seja o disco de arranque Link da minha EFI: https://mega.nz/#!gFg1VQCL!tiawvvpE6uFpjnvsMQfBGxVgTaDDJZvLSg3BP8jAyJU Funcionando: - Aceleração gráfica - Gerenciamento de energia - Aúdio - HDMI - Teclado Estou usando um adaptador wi-fi USB TP-Link Link: https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1015961656-mini-adaptador-usb-wireless-n-150mbps-tp-link-tl-wn723n-_JM?quantity=1 Driver: https://static.tp-link.com/res/down/soft/TL-WN723N_V3_150901.zip Download Mojave .dmg: https://unique-tutorials.info/please-wait-file-will-start-downloading-automatically/ Espero ter ajudado, qualquer dúvida estou a disposição. Forte braço!
  9. 3 pontos
    Roberto Calixto

    [VENDO] Macbook Pro 2018 512 ssd $6500

    Macbook pro em ótimo estado. motivo da venda - trabalho com programação e estou migrando para linux (ubuntu)
  10. 3 pontos
    Você não especificou sua necessidade, então vou ser genérico. Não acho que compense mais montar um setup DDR3. Processador: algum da linha Intel Core (i3, i5, i7) que atenda sua necessidade. Não compre da série "F", que não possui chip gráfico integrado, porque você consegue colocar ele pra trabalhar junto da sua GPU pra ter mais desempenho, como nos Macs. GPU: AMD Radeon RX570 em diante. Também depende da sua necessidade. Não compre Nvidia. Placa-mãe custo benefício: Gigabyte H370M DS3H Memória: com a velocidade máxima suportada pelo processador. Não instale o macOS em HD. Abraço!
  11. 3 pontos
    Marcelo_P

    iPhone 11 roubado e iCloud desbloqueado

    Para iPhones que utilizam somente chips eSIM. Porque a Apple, no próximo iOS, não implementa um "botão liga/desliga" no "Ajustes" onde fosse obrigatória a digitação da senha de desbloqueio ao se tentar desligar o iPhone pelo botão físico externo liga/desliga? Com isso o ladrão teria três opções, ou ele quebraria o iPhone para desliga-lo, opção sem sentido, ou ele tentaria retirar a bateria em tempo recorde, antes que o "Buscar" o localizasse, ou ele esperaria a bateria acabar, outra situação sem sentido. Isso resolveria o grave problema de "furos" de segurança nos iPhones, através principalmente de "Engenharia Social".
  12. 3 pontos
    Acredito que para quem deseja iniciar na tecnologia da Apple, adquirir um macbook usado, mesmo com mais de 8 anos de idade, seja o mais razoável. Além, é claro, de uma grande economia.
  13. 3 pontos
    bruribeiro

    Apple Watch S4/S5 ou Garmin 245

    Sou corredor amador, tenho o S5 e um Garmin Fenix 5. Tudo vai depender do tipo de treino de corrida e bike na rua. Se você vai seguir planilha de treino 3 ou 4x por semana, com variações de ritmo, treino intervalado, etc, o Garmin é infinitamente superior. Agora se o objetivo for apenas registrar a atividade, ou seja, "dar o play" no relógio no início da corrida, olhar pra ele apenas pra trocar de música e no final do treino apertar o stop e deixar o treino registrado em alguma plataforma, o Apple Watch atende perfeitamente, até mesmo gerações anteriores que custam mais barato, como foi sugerido acima. O Apple Watch é um excelente "registrador de treinos", enquanto o Garmin consegue intervir no treino, dizer pra ir mais rápido ou mais devagar, pedir pra fazer um intervalo de 1 minuto caminhando, etc, coisas que o Apple Watch não permite ainda. Sem contar que a bateria do Garmin dura a semana inteira e a do Apple Watch não aguenta nem uma maratona inteira dependendo do seu ritmo. Se precisar de outras informações pode mandar um direct para @brunoribeirothe
  14. 3 pontos
    Guedes - Brasília

    AppleCare+ para iPhone X no Brasil

    iPhone XR nacional, comprado no site do Smiles via Casas Bahia e com AppleCare+ adquirido com as dicas deste tópico! Já enviado por uma autorizada aqui de Brasília para ser reparado sem custo pela Apple. Será trocado por um novo aparelho. AGRADEÇO A TODOS DESTE TÓPICO POR TORNAR ISSO POSSÍVEL Abraços Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  15. 3 pontos
    Willyan Alves

    [Sugestão] Nova área no fórum

    Gostaria de sugerir a equipe do MM a abrir uma nova área no fórum exclusiva para Automação Residencial, acho que o assunto tem crescido bastante e pode atrair bastante gente ao fórum também, eu mesmo tenho pensado em produzir conteúdo/tutoriais de automações caseiras para publicar no fórum e acho que o assunto merece uma área exclusiva!
  16. 3 pontos
    Willyan Alves

    AppleCare+ para iPhone X no Brasil

    Só pra atualizar galera, com a minha conta americana deu! O que eu achei estranho é que nem pediu aquele teste de hardware
  17. 3 pontos
    FЯΞD

    iOS/iPadOS 13 - Discussão Geral

    O Watch ta liso tmb....
  18. 3 pontos
    Resolvi criar este tópico com o intuito de auxiliar a todos os usuários que necessitam saber mais sobre as devidas proteções contras surtos elétricos que podem ser tomadas afim de mitigar os problemas causadas por eles em seus equipamentos eletrônicos, em especial os computadores e notebooks. Ressalto que nenhuma medida é 100% eficaz, porém há uma diminuição significativa nos problemas em que um surto pode causar em seus sistemas além de que as somas das dicas passadas aqui aumentam ainda mais a confiabilidade das proteções e diminui muito as chances de terem danos causados por descargas indesejadas. Primeiro de tudo é importante frisarmos que para uma proteção ser eficaz é preciso de uma série de recomendações a serem seguidas: 1) É importante utilizarmos um correto sistema de aterramento na residência pois ele auxilia no “escoamento” da corrente de fuga presente em carcaças que por algum problema de isolamento acabaram por ficar energizadas, por problemas em um motor que perdeu sua correta proteção de isolação assim como auxiliar os sistemas de proteções a drenar o surto para a terra. Todo o sistema deve ser feito por um profissional qualificado pois não é só posicionar uma haste metálica na terra, mas sim deve ser dimensionado corretamente utilizando-se como parâmetro a resistência do solo em dissipar a energia, quantidade de hastes, distância entre elas, local de instalação e usando ferramentas como terrômetro para a correta medição. Não vou entrar em detalhes técnicos como qual tipo de aterramento utilizar pois não é o intuito do tópico mas ressalto que é necessário este sistema pois sem ele há uma perca significativa na proteção e você não poderá usar alguns sistemas que informarei abaixo, além disso ele é obrigatório pela NBR 5410. 2) O próximo sistema que mencionarei não está relacionado diretamente com a proteção contra surtos elétricos, mas julgo interessante repassar a informação a vocês pois ele detecta fuga de correntes que possam haver em sua instalação. Uma fuga de corrente além de causar aumento substancial no consumo de energia, causam riscos a integridade física. Consulte seu eletricista sobre a instalação dos IDR’s (Interruptor Diferencial Residual) ou DDR’s (Disjuntor Diferencial Residual – este com função de disjuntor). Obrigatório pela NBR 5410. 3) Correto dimensionamento de cargas em sua residência, com disjuntores bem dimensionados, seção dos condutores correta, qualidade da instalação em geral também auxiliam no sistema de proteção. Obrigatório pela NBR 5410. Com os passos citados acima podemos seguir com os sistemas de proteções contras surtos propriamente dito. O que é um surto elétrico: Surto elétrico é uma onda transitória de corrente, tensão ou potência que tem a característica de uma elevada taxa de variação por um período curto de tempo. Ele se propaga ao longo de sistemas elétricos e pode causar danos aos equipamentos eletroeletrônicos além de causarem riscos a integridade física das pessoas. Surtos elétricos são comumente provenientes a: 1) Raios que caem diretamente na rede elétrica, rede de telefonia e "viajam" em toda a rede até chegar em seu "destino" e realizar o estrago rapidamente ou diminuir a vida útil do componente eletrônico; 2) Raios que caem nas proximidades e que geram campo eletromagnético que podem também causam problemas, assim como raios que caem diretamente nas antenas. 3) Manobra na concessionária de energia, o que causa carga nos transformadores ou até manutenção nos equipamentos que podem não conter as proteções necessárias; 4) Motores de 'grande porte", elevadores, cargas e etc. Ressalto que um surto de tensão pode causar estrago no momento, como diminuir a vida útil do equipamento e são imprevisíveis e difíceis de mensurar seu estrago, além disso não adianta realizar as proteções elétricas se não realizar as proteções nas redes cabeadas, RJ11, RJ45, COAXIAL, portanto a proteção deve ser completa e em toda a rede elétrica, lógica e comunicação. Como se proteger: DPS CLASSE 1: É mais utilizada para locais aonde possuem SPDA (Sistema de proteção conta descargas atmosféricas) - ou seja: PARA RAIO. Estes DPS são posicionados aonde há o escoamento de cargas elevadas. Não é comum em casa pois dificilmente encontrará uma casa com para raios, porém o SPDA juntamente com o DPS classe 1 está presente em edificações prediais. Informo também que um SPDA é um sistema para proteção da edificação (contra raios que caem diretamente nela - e servem para evitar danos, incêndio e propagar as ondas eletromagnéticas corretamente para o solo) e não protege os equipamentos internamente da casa, pois são sistemas com finalidades diferentes, assim como o fio terra que serve para proteção e escoamento da energia e não tem relação direta com a proteção contra surtos. Não é porque tem fio terra que não irá ter problema pois ele é um meio do escoamento utilizados pelos DPS. – Esta classe não é obrigatória pela norma e não é comum vermos em casas pois são especificas. DPS CLASSE 2: Instalando DPS (DISPOSITIVO DE PROTEÇÃO CONTRA SURTOS) no quadro de energia. Existem marcas como Clamper, Siemens, GE, Schneider e etc... e devem acompanhar de aterramento. Este é responsável pelo desvio do surto alto na tensão e é o mais utilizado e deve ser instalado junto com a entrada do padrão. É obrigatório pela NBR e deve ser instalado por um profissional capacitado, que medira de quantos Ka’s o DPS será necessário para sua região. DPS CLASSE 3: É utilizado para a proteção "fina" e ligado diretamente com o aparelho na tomada, nesta classe também temos os dispositivos que protegem as redes lógicas (RJ 11, RJ 45..) assim como as proteções coaxial e afins. No Brasil temos a empresa Clamper, pioneira neste segmento a muito tempo mas acredito que em um futuro surjam outras marcas interessantes. Ressalto que aqui incluem os filtros de linha que ligamos nos computadores. Nesta classe nem todos os dispositivos exigem um pino terra por realizar a descarga no neutro, porém a proteção não será tão eficaz quanto se houvesse aterramento. Acredito que consegui explanar as proteções necessárias de uma forma simples e de fácil entendimento para todos sem me aprofundar na parte técnica. Caso queiram se aprofundar mais nos termos sugiro canais como “Mundo da Elétrica” e “Engehal” além do esforço de cada um em buscar informação. Caso em sua região não tenham profissionais capacitados, como foi o meu caso, você pode realizar estudos e “pedir para fazer”. Dúvidas estou à disposição para ajudar todos. Sds
  19. 3 pontos
    Dayane Moraes Santos

    Ligações mudas após iOS12.2

    Meu Deus! Exatamente tudo o que está acontecendo no meu agora! Não tô conseguindo realizar nem receber nenhuma ligação, mandar áudio... Uma droga !
  20. 3 pontos
    macrulez

    iOS/iPadOS 13 - Discussão Geral

    Mas até ai, tudo normal. Sistema beta é assim mesmo e quando a gente instala, já deve esperar por esses bugs. rs Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  21. 3 pontos
    Sonolento

    [iPad Pro] Tamanho ideal para estudos

    Eu fui aprovado no concurso da PF e estudei com um iPad Pro de 10.5, Apple Pencil, notability e o studies para fazer flash cards. Sempre que estava estudando eu pensava como seria melhor ter o iPad de 12.9. Se você abrir um pdf de um lado da tela e o notability do outro, o de 10.5 fica meio apertado. Eu só não compraria o de 12.9 se a diferença de preço fosse um problema ou se fosse ficar lendo com ele nas mãos. Caso você use muitos vídeos, o de 12.9 também é melhor quando se usa aquela função pip, quando o vídeo aparece flutuando nos cantos sobre o notability por exemplo. Enfim, eu acho que não teria sido aprovado se não fosse esse conjunto que descrevi. Esse lance de anotar pdfs, recortar e jogar no studies foi absolutamente imprescindível pra mim.
  22. 3 pontos
  23. 3 pontos
    GTKRB

    Imposto de renda 2019

    Opa, consegui aqui. Encontrei um tópico de 2017, do Fórum MacMagazine mesmo, e estavam com o mesmo problema: Seguem os passos: "1) Clique no Lauchpad (ícone cinza com um foguete) ou no Spotlight (lupa da barra de menus, no canto superior direito) 2) Na caixa "Buscar" digite "Terminal" 3) Com o terminal aberto, cole o seguinte comando "sudo spctl --master-disable" (sem as aspas) 4) Abra o programa já instalado IRPF2017 5) Feito isso, volte ao terminal e digite "sudo spctl --master-enable" (novamente, sem as aspas). Este procedimento é devido a um recurso de segurança do Mac.  Créditos ao Roberto Ravanini"
  24. 3 pontos
    H4K0N3

    Como ser um técnico certificado

    Mauricio, Bom dia! Sim, existe uma certificação Apple chamada de ACMT (Apple Certified Macintosh Technician). Qual ela lhe dar todo know how de reparos na linha Macintosh da Apple, observando que "reparos" esses que são apenas substituição de hardware completo e não reparo de microcomponentes em Logic Board e afins de um iMac ou MacBook Pro por exemplo. A Apple não faz esse tipo de reparo, e sim apenas a troca completa do hardware defeituoso seja Logic Board, Speaker, TrackPad, Display e afins. No caso para iPhone, iPad e Apple Watch, há outra certificação chamada ACiT (Apple Certified iOS Technician). Nela você será capaz de realizar a manutenção e troca de hardware, no mesmo aspecto como frisei acima. Ai em SP, tem cursos muito bons de empresas certificadas pelo AATP (Apple Authorized Training Provider). Sendo elas a A.INTERFACE e a PROGLASS onde já lhe adiantando o custo da A.INTERFACE é bem justo ao meu ver, já na PROGLASS pelo mesmo curso cobram 2x mais. Não sei se o que impacta no preço deles é a metodologia de ensino. Nesse caso só procurando saber de quem já fez curso com eles, apesar que acredito não ser uma justificativa plausível. Enfim, espero ter ajudado e quem sabe ter mais um parceiro Apple ACMT/ACiT no mercado, seja trabalhando em uma autorizada ou na sua própria! Abraço. Atenciosamente; Jair Bittencourt.
  25. 2 pontos
    O tutorial não é de minha autoria. Creditos: PeytonPlaysMc Você que possui um MacBook Pro 2011 15 com problema na GPU da AMD esse tutorial pode dar uma nova vida para o seu mac. Esse tutorial é para quem está usando macOS Sierra 1 - Entre no Recovery Mode (mode texto) Command + R + S 2 - Desabilite SIP (Para que você possa realizar as mudanças no sistema) . SIP (csrutil) somente enable / disable no Recovery Mode. Digite: csrutil disable 3 - Reinicie o sistema Digite: reboot 4 - Entre no modo single user segurando as teclas COMMAND+S 5 - Check o disco Digite: fsck -fy 6 - Monte a raiz do systems de arquivos com permissão de leitura e escrita Digite: mount -uw / 7 - Crie um diretório para usar futuramente os drivers da AMD que serão retirados do sistema Digite: mkdir /AMD_Kexts/ 8 - Mova os drivers da AMD Digite: sudo mv /System/Library/Extensions/AMD*.* /AMD_Kexts/ 9 - Remova o cache dos drivers da AMD Digite: sudo rm -rf /System/Library/Caches/com.apple.kext.caches/ 10 - Só por precaução caso o OS X não recrie um diretório para os caches, vamos recriar um diretório: Digite: sudo mkdir /System/Library/Caches/com.apple.kext.caches/ 11 - Para facilitar a criação do novo cache sem os drivers da AMD Digite: sudo touch /System/Library/Extensions/ 12 - Desmonte a partição Digite: sudo umount / 13 – Reinicie Digite: sudo reboot 14 - Antes de habilitar o SIP novamente, tente dar um boot normal para que o Mac OS reconstrua o kernel cache e depois reinicie. 15 - Habite o SIP novamente (reinicie o sistema) 16 - Entre no Recovery Mode (modo de texto) Command + R + S 17 - Habilite o SIP novamente Digite: csrutil enable 18 - Reinicie o sistema Digite: reboot 19 - Já no sistema abra o Terminal e coloque a linha abaixo: Digite: sudo nvram fa4ce28d-b62f-4c99-9cc3-6815686e30f9:gpu-power-prefs=%01%00%00%00 20 - Reinicie o sistema Digite: sudo shutdown -r now Se tudo ocorrer bem, conforme os passos acima, a gpu da amd está desabilitada pra sempre, forçando o sistema a usar apenas a Intel HD 3000 Fiz e deu certo
  26. 2 pontos
    palhano

    Upgrade em macbook White 2009

    O processador não é possível trocar, a memória você consegue chegar a 8gb sim, usando duas memórias de 4gb! Pra substituir precisa prestar atenção na frequência 1066!
  27. 2 pontos
    Sonolento

    Linhas horizontais tela do macbook pro retina 2017

    Gente, só percebam que há dois problemas distintos tanto aqui quanto na comunidade oficial da Apple. Um deles é o flexgate, que parece influenciar toda a tela e está relacionado ao cabo flex, tanto que às vezes as linhas se alteram conforme a posição do display. O outro é o problema em que surgem linhas cada vez mais fortes na parte superior, inferior ou ambas. Tais linhas parecem ser causadas pelo calor do uso normal do computador. Com o resfriamento, as coisas voltam ao normal e depois as linhas reaparecem com o uso. Se colocar "horizontal lines heat MacBook" no google aparecem vários relatos. Já achei em um punhado de fóruns, Reddit, comunidade oficial da apple, iFixit...
  28. 2 pontos
    gersontsai

    AppleCare+ para AirPods Pro

    Eu contratei utilizando cartão americano.. Cartões internacionais e PayPal não deram certo. Ainda não acionei o Apple Care, mas acredito q seja igual dos iPhones
  29. 2 pontos
    BetoGaleazzo

    iMac late 2012 (uso edição de fotos)

    É uma baita máquina, amigo. A Apple vende ainda hoje iMac de 21,5" com i5 dual core de 1,6ghz por 9 mil... Haha. Vamos lá: 1 - Upgrade de iMac não é simples como em um PC. É necessário descolar tela toda pra ter acesso ao hardware, e esse procedimento é totalmente não recomendável pra quem não tem equipamento e experiência. Tem curioso que abre com secador de cabelo, palheta de guitarra, cartão telefônico... O final geralmente é o mesmo: uma tela quebrada e um coração partido. É um procedimento que você vai precisar de um técnico experiente pra fazer pra você. 2 - A placa de vídeo deste modelo não pode ser substituída porque neste caso é soldada direto à placa lógica. E aqui é um ponto que precisa ser discutido, porque precisamos colocar nessa discussão o volume de trabalho que você tem. Que tipos de imagens costuma tratar, resoluções etc etc. Ela deve dar conta do recado sim, mas dependendo da sua bruxaria, talvez o caldeirão não dê conta. 3 - Tem certeza que esse modelo tem tela 4K Retina? Posso estar falando groselha, pela configuração dele parece um ME086Z/A, com painel convencional LED/IPS 1080p. Não que a informação seja tão relevante, mas PODE SER que você esteja equivocado. Se a máquina fosse minha, o que eu faria: - Limpeza interna e substituição de pasta térmica. Esse item é OBRIGATÓRIO ao abrir um iMac. Sobre a pasta térmica, tem que ser uma boa pasta, pra evitar que você tenha que abrir a máquina novamente tão cedo e claro: que tenha boa condutividade térmica. Eu particularmente uso a Arctic MX-4. Gosto demais e recomendo. O fabricante diz que a aplicação dura 8 anos, óbvio que não é pra tanto, mas com certeza é melhor que a pasta que vem de fábrica em eficiência e duração. - Troca do HD por um SSD. Outro upgrade obrigatório. Nem que você tenha um HD externo ou use cloud storage para os dados brutos, mas a diferença de desempenho ocorre principalmente nesse upgrade. Como é uma máquina de trabalho, eu não recomendo que economize aqui também. Não adianta ir de SanDisk, Kingston e outros modelos de custo mais baixo. Minha escolha preferencial seria pelo Samsung 860 PRO de 512GB. Caso esteja salgado pro orçamento, dá pra ir de Samsung EVO 860 ou Crucial MX500, que são ótimos também. - Memória RAM. Outro item que precisa ser avaliado levando em consideração a tua necessidade profissional. Talvez compense avaliar a possibilidade de colocar 16GB RAM na velocidade máxima possível compatível com o processador (acho que é 1867mhz, ACHO, precisa ver o modelo certinho do CPU). As marcas mais utilizadas são OCW, Crucial e Corsair. Abraço!
  30. 2 pontos
    BetoGaleazzo

    Comprar novo ou usado?

    Eu não cheguei a pesquisar, mas acho que vai ser difícil encontrar um Air 3 usado com preço justo, por ser um modelo tão recente. A satisfação dos usuários com esses aparelhos é muito grande, então geralmente quando a pessoa tem um modelo recente e já está vendendo, é porque quer comprar um acima, como um Pro, e nesse caso o preço pode não ser tão tentador em relação a um novo. Eu só compraria usado se fosse um modelo mais antigo. Para lançamentos assim eu iria de aparelho novo. Sobre aparelhos usados e novos, depende. Se o aparelho tem bom estado de conservação, se o vendedor é honesto em relação a possíveis manutenções prévias e se o preço é condizente, não vejo porque não.
  31. 2 pontos
    Você instalou o Catalina usando a ferramenta Dosdude1? Verificou, após a instalação, se havia atualizações para o patch? Olhando para outro ponto: instalar um sistema não homologado traz outras consequências como instabilidades e diminuição da seguranca do sistema. Não recomendo essa instalação se o seu computador é de produção. Eu tenho um iMac early 2009 de laboratório (C2D Peryn 2,66 GHz, 8GB de RAM e HDD de 320 GB) e o Catalina roda relativamente bem, salvando as limitações do hardware, mas só funcinou direito depois das atualizações do patch Dosdude1.
  32. 2 pontos
    DougSoares

    Saúde da bateria iPhone 11/Pro/Max

    A culpa, até onde estou lendo por ai, é do carregador rápido. Tanto que usuários do PRO e PRO MAX que não estão usando o de carga rápida (usando o de 5w ou por indução) estão com bateria em 100% ou perto disso até hoje. A carga rápida tem seu preço.
  33. 2 pontos
    Marcelinho Lopes

    Troca de iPhone X na Apple Store Morumbi

    Grande Fred e Todos que interessarem essa informação. Quando efetuei a troca do meu pela tela traseira rachada também (Fiz na iPlace) ao perguntar pro técnico que me atendeu lá, ele me disse que a troca do celular é feito por completo quando a rachadura é na traseira devido a dificuldade de troca por causa do condutor de carregamento por indução, então por esse motivo a Apple (Em todo lugar) quando se trata de AppleCare+ troca o celular todo e não efetua reparo.
  34. 2 pontos
    luis.nervo

    Vale a pena substituir o chip pelo E-sim?

    Eu não trocaria. Pra questão do roubo, basta proteger o SIM Card com um PIN. Aí não adianta o cara colocar em outro aparelho. Manter livre o eSIM, a meu ver, facilita em casos nos quais se precisa de uma linha temporária. Por exemplo, se vou viajar para outro país, posso habilitar um eSIM no meu iPhone antes mesmo da viagem e chegar lá já navegando e pedir um Uber do aeroporto, sem precisar ir a uma loja física e comprar um SIM Card no destino.
  35. 2 pontos
    Ahaha Foi coisa de louco.. tipo em segundos acabou um cupom DESENROLA que o perfil da Americanas jogou no twitter. Nem pensei em pegar 2 unidades.. foi so 1 e na pressa... O seu pelo menos eh wireless charging.. preco otimo tb!
  36. 2 pontos
    Diogopli

    Certificado digital

    BOA NOVA! Pessoal... quero compartilhar com todos algo que pode ser tido como SUCESSO.. já agradecendo antecipadamente os processos e dicas orientados neste forum, principalmente pelo @Christian Max Picelli e pelo @Stow .. (que vcs, assim como os demais.. continuem sempre acreditando em nós.. rs Seguinte.. eu fiz todos os procedimentos.. estou no CATALINA com o GD e por incrível que pareça, após todos os procedimentos deste forum.. consegui assinar o documento no PJe conforme documento anexo. Fórmula do sucesso? Loguei no PJe com o cadastro prévio do CPF e senha.. e só usei o TOKEN na hora da assinatura.. sensacional.. inacreditável.. mas funcionou! Que funcione também com todos vcs! Que a força esteja sempre com vcs! Forte abraço para todos. Obs: estou feliz demais.. obrigado mesmo pessoal. pedido_habilitacao_protocolado_mac.pdf
  37. 2 pontos
    então depois de pesquisar bastante vi que o mini displayport não tem o mesmo barramento e velocidade que o thunderbolt (alguem vai acabar rindo de mim dizendo que isto era óbvio rs) alem do mais o displayport passa apenas audio e vídeo, e o thunderbolt consegue fazer a ponte entre o PC-E da placa de vídeo porque passa dados assim como uma USB, SATA e etc... enfim o thunderbolt faz tudo que o displayport faz mas o displayport não faz tudo que o thunderbolt faz... o que resta é trocar de máquina.
  38. 2 pontos
    Passeando essa semana pelos anúncios da OLX, vi um Apple Cinema Display de 20, porém estava sem o adaptador de energia. Pesquisando o valor de um usado, chegando a casa dos 500 conto no mercado livre, pensei em desistir de adquirir o monitor (baratinho 100 reais) por causa do valor do adaptador. Lendo alguns tutoriais, descobri que é possível fazer uma ligação direta do monitor com uma fonte universal que serve para notebook e monitores LCD, com saída de 24v. Depois de 40 min de trabalho nos cabos, consegui mais um monitor pro meu Set up.
  39. 2 pontos
    jailsonrs

    [OS X Catalina] O que estão achando?

    De longe a pior decisão da Apple foi lançar novo sistema anualmente. Quando o sistema começa a ficar redondo, sai um novo todo bugado e sem compatibilidade com o que funcionava antes. E os novos recursos, principalmente de aplicativos poderiam muito bem chegar em versões anteriores. Creio que o mínimo aceitável seria update a cada um ano e meio ou dois anos.
  40. 2 pontos
    Bruno Gonçalves

    Risco de usar apps baixados via Torrent

    Vale a pena manter uma conversa pacifica e respeitosa com argumentos fundamentados. Não entra nessa não. Abraços. Saúde e paz. Muitas vezes estamos cobertos de razão, mas a forma como reagimos causa tantos danos que o conteúdo do que dizemos se perde numa discussão sem fim. Abraços.
  41. 2 pontos
    Willyan Alves

    [Galaxy Fold] Alguém pretende se aventurar?

    falou que é android eu to fora! Não consigo gostar mesmo, talvez seja questão de costume...
  42. 2 pontos
    Adam Santos Gonçalves

    SSD para MacBook Air late 2015

    Usa um adaptador da sintech com um ssd evo nvme da samsung além de mais espaço o mac vira uma bala em desempenho.
  43. 2 pontos
    Olá. Não possuo o XS, mas sim o XR e o comprei nos EUA numa viagem que fiz. Moro numa cidade pequena no interior do estado de MS. Aqui utilizo meu aparelho numa boa. Antes eu tinha o 7+ Anatel e não percebi diferença nenhuma na velocidade do 4G entre ele e o XR americano. Nada mesmo; a velocidade é a mesma, o aparelho não esquenta, funciona de boas dentro de casa, etc. Na minha cidade tem disponível as três bandas (3, 7 e 28) para o 4G. Quando tinha o 7+ ele usava preferencialmente a 28, e agora o XR usa mais a 7. Mas tenho que ressaltar alguns pontos: Quando estava viajando, ao entrar numa loja, mercado ou metrô mesmo, o sinal do 4G lá fora (EUA) ficava fraco ou mudava (às vezes) para o 3G. Como já explicado várias vezes no site do Macmagazine mesmo, ou em outros sites que falam sobre o assunto, a banda 28 é melhor para situações como essa. Creio que quem mora onde tem mais de uma opção de banda para o 4G não deve ter tanto problema assim para usar um aparelho comprado nos EUA. Na dúvida, faça o teste durante algum tempo, verificando a banda usada pelo seu aparelho nos lugares que você mais usa ele (incluindo o banheiro, 😛 ). Se no lugar onde você mora tiver mais de uma opção de banda disponível, como disse, acho que será tranquilo comprar um iPhone dos EUA. Sobre a tendência de piorar para quem não tem a banda 28: Particularmente não creio nisso. O que eu penso é que deve ser muito caro para as empresas trocarem as antenas que operam nas bandas 3 e 7 por outras que operem na 28. Eu acho que os lugares onde já têm esse acesso as bandas 3 e 7 devem continuar assim por muito tempo, lembrando que é "achismo" meu. Creio que em lugares onde ainda não tem 4G, as empresas de telecomunicações devam priorizar antenas que operem na banda 28, pois elas gastaram grana para ter esse espectro para elas, então é lógico pensar que elas queiram lucrar com isso. Por isso, para quem tem acesso as bandas 3 e 7, as coisas não devam piorar.
  44. 2 pontos
  45. 2 pontos
    UnderEu

    Mostrar Dock na segunda tela

    Arraste e "empurre" o ponteiro do mouse para a borda da tela onde vc posicionou o mesmo por 1 ou 2 segundos, q ele aparece - mas o Dock só aparece em um único monitor, ele não aparece simultaneamente em todas as telas que vc tiver conectado.
  46. 2 pontos
    valterh

    AppleCare+ para iPhone X no Brasil

    Desculpem a mensagem fora do contexto AppleCare+ mas tem a ver com iPhone X: Semana passada o meu X (sem garantia e sem AppleCare) foi trocado sem custo na AppleStore do Shopping Morumbi -SP. O problema? “GhostTouch” (https://www.apple.com/br/support/iphone-x-display-module-replacement-program/)! É algo que pode acontecer no X tanto que eu só disse ao Genius os sintomas, ele rodou um teste e pronto. Depois me disse que o aparelho estava fora da garantia mas a Apple trocaria a tela sem custo (avaliada em R$1.600,00 se fosse pagar). Só que no meu caso ao abrirem o iPhone pra soltar a tela, descobriram (?! Eu não vi) que a bateria estava começando a estudar e resolveram me dar um iPhone “novo” (avaliado em R$3.440,00). Entre o horário do 1o atendimento até a retirada do iPhone “novo” foram 2hs. Sent from my iPhone using Tapatalk
  47. 2 pontos
    Já verificou se o Avast foi removido completamente do Mac? Apenas arrastar para a lixeira, às vezes, não resolve. Nunca instalei e nem instalaria nenhum antivírus no Mac por não haver necessidade e por atrapalhar a experiência, como aconteceu com vocês.
  48. 2 pontos
    joaofaf

    iPhone X vs iPhone XR

    As da caudabe são boas e entregam no br, já usei com outros iPhones mas hoje uso uma de uma marca X-doria e outras de silicone genéricas e mais baratas.
  49. 2 pontos
    DMZamora

    AppleCare+ para iPhone X no Brasil

    Eis porque não vendi meu iPhone 6 velho de guerra... Backup
  50. 2 pontos
    Léo, consegue colocar uma foto do erro que o terminal da? Vou deixar o código que uso, mas o pendrive tem que está formatado com o nome OSX e o instalador do High Sierra está na pasta Aplicativos. sudo /Applications/Install\ macOS\ High\ Sierra.app/Contents/Resources/createinstallmedia --volume /Volumes/osx --applicationpath /Applications/Install\ macOS\ High\ Sierra.app/ --nointeraction Diego Palhano www.facebook.com/pratik.informatica


×
×
  • Criar Novo...