Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

NicholasPufal

Membros
  • Total de itens

    1.213
  • Registrou-se em

  • Última visita

Posts postados por NicholasPufal


  1. Isso é um absurdo, pois aparece o CPF da pessoar responsável pelo domínio... <_<

     

    Funciona assim com qualquer domínio. 

     

    À propósito, não precisa ir no RegistroBR ou nenhum site. É só abrir o Terminal do Mac e digitar:

    whois dominioaqui

    Toda essa informação do proprietário (quem registrou) é pública. Tem como restringir através de planos especiais, como esse da GoDaddy. Mas geralmente ninguém paga por esses planos.


  2. A Apple US é demais! A pouco estava no telefone com eles, relatando por voz os problemas de bateria que tenho lido aqui. Eles são espetaculares.

    Na verdade o direito do consumidor nos EUA é que é demais.

    Diversas empresas lá tem políticas assim, não só a Apple.

    ---

    Meio off, mas só para dar um depoimento: a garantia da Apple, pelo menos aqui em Porto Alegre, está excelente. Acabei de sair da SOMA (assistência técnica), com um iPad novo.

    Infelizmente os produtos da maçã dão muitos problemas. À exceção do meu Mac, é a segunda vez que levo o iPad lá. Na primeira o aparelho queimou a placa depois de 3 meses da aquisição. Fui lá e me deram um novo em 3 dias. Dessa vez, 7 meses depois, o botão home deu defeito. Trocaram em 7 dias, novamente por um novo.

    Não sei como é a garantia de outras fabricantes por aqui, mas a da Apple está muito boa... O problema é que os iGadgets acabam dando dor de cabeça, em média 1 ano após a compra.


  3. Eu sempre comprei pela FastShop. A FNAC é a loja mais careira que existe, assim como a Apple Store BR supervaloriza demais os produtos.

    Esses preços, teoricamente, são tabelados. Em lojas como a FNAC, eles embutem os juros e depois fazem essas pseudo-promoções ou dão um desconto que é irreal. Quem entende um pouco de matemática financeira (o básico mesmo), é só pegar uma HP e calcular. Independente da condição (2, 3, 4, 5, 6... 12x) o juros que está calculado é em cima de um financiamento de 12X.

    Essa transparência eu gosto muito na FastShop. Olhem no site deles, nas condições de um produto. Diferente de lojas como a FNAC, eles dão a taxa de juros e um financiamento calculado corretamente (tem uma tabela lá).

    A fora que comprar na FastShop à vista é verdadeiramente mais barato. Mesmo com todos os "descontos" da Apple Store BR, eu pelo menos nunca vi um preço melhor que o da FS (à vista).

    Na época que eu comprei meu MBP + teclado wireless (à vista), eu chorei por mais um desconto e a vendedora conseguiu baixar em mais 150 o valor total. Com desconto nenhum na Apple Store BR eu conseguiria o preço que paguei.


  4. Aos usuários do iPhone que tiveram algum problema ou realizaram uma aquisição recente, como está a garantia do iPhone adquirido por uma operadora brasileira?

    Eu recentemente troquei o aparelho. Após 2 anos como usuário, cansei de ter problemas com os botões do iPhone (foram 3 problemas: 1 no home e 2 no sleep/wake). Porém, quando estava adquirindo um novo aparelho perguntei ao atendente da VIVO e ele me disse que a garantia do iPhone não é mais pela operadora (que era o acordo firmado anteriormente pela Apple), e sim diretamente com alguma assistência da Apple.

    Isso procede? Ou continua pela operadora (e loja) onde foi adquirido?

    Abraços


  5. Vamos por partes.

    É o seu primeiro Mac? Pergunto isso só para saber se você tem ideia de como é o barulho "normal".

    Quanto à questão do note disparar a ventoinha, é normal... O Spotlight pode estar indexando algum conteúdo.

    Para a ventoinha disparar, o certo é que alguma coisa está exigindo demais do processador.

    Eu procuraria averiguar isso, olhar os processos, antes de decidir sair despachando a máquina e perdendo dias sem ela. Provavelmente é alguma coisa instalada, ou o Spotlight mesmo.


  6. Como diria o meu irmão. Em se tratando de informática, quanto maior a capacidade de processamento, armazenamento, tudo vale a pena.

    Isso é relativo.

    É como ter um carro esportivo sendo que em função do seu estilo de direção você nunca acelera ele de verdade.

    Ter 32GB de memória, e usar para apenas rodar um AUTOCAD, uma máquina virtual aberta, navegador com 20 abas e Photoshop também aberto, não é nada. Por mais que o sistema operacional procure usar bem essa memória, não vai ser perceptível nenhum ganho. O SO simplesmente vai deixar mais dados "amarrados" na área temporária, por exemplo.

    No OS X quando você fecha um programa, os dados desse programa ainda permanecem na memória por algum tempo, para o caso de você ter, por exemplo, fechado por acidente e quiser re-abrir de novo. Com mais memória, o SO calcula isso tudo de maneira diferenciada, visto que o computador tem "gordura sobrando".

    Porém, mesmo assim, chega em um ponto que pelo seu uso essa gordura fica sobrando demais, e esse ganho não vai ser nenhum pouco perceptível.

    Aliás, a única vantagem que eu vejo em ter muita memória é não fazer SWAP nunca - que é quando o SO usa o disco para acomodar dados de programas, e isso sim deixa bem mais lento. Mas provavelmente com 16GB você já teria esse benefício fácil, então igual não vejo sentido para dobrar isso.

    Só para fins de exemplo: eu tenho 8GB e por vezes brinco com áudio. Uma vez eu estava com uma máquina virtual rodando Windows 7, com algo como 1GB alocado para ela. Afora isso, estava usando uma estação de trabalho para áudio (Ableton), com diversos VSTs (instrumentos virtuais), o Chrome com umas 10 abas abertas, o Adium (mensageiro), o Sparrow (cliente de e-mail) e mais outras porcarias. Mesmo assim não fazia SWAP - tava perto, mas não chegou a fazer.


  7. Não vou entrar na "briga" aqui, mas eu ainda acho mais válido alguém que pelo menos pela internet reclama - vide postar reclamação no RECLAME AQUI ou ainda por qualquer rede social que seja - do que quem claramente nem pela internet faz algo para mudar a situação.

    Acho engraçado que o colega posta uma indignação, e os demais ainda dizem que falta é calma dele, e ainda postam algo irônico diante da sua atitude.

    Quanto ao problema, eu acredito que isso é em grande parte desconsideração da assistência. Claro que Apple Brasil deveria ser responsável, e foi absurdo o que o atendente disse, mas ainda assim foi azar em ter ido nessa assistência.

    Aqui em Porto Alegre eu só vou na SOMA, que é uma assistência autorizada. Nunca fui nas iPlace da vida para isso, pois não confio neles, visto que são loja também, e loja de shopping ainda por cima... A SOMA, apesar de vender, é mais dedicada.

    Quando meu iPad virou tijolo, eu fui lá e deixei o aparelho. Questão de 5 dias depois, meu iPad novo havia chego - e o prazo era de apenas 7 dias, não 15 dias.

    O problema é que se a autorizada demora nos seus procedimentos, não adianta nada a Apple Brasil enviar uma unidade em poucos dias.

    Com iPhone a garantia é mais complicada mesmo. Seja por operadora ou com quem comprou direto pela Apple, eles demoram pra vir. O meu eu comprei pela VIVO, e demorou 15 dias para vir também quando tive problemas. Ele veio em uma case toda preta, sem acessórios nem nada. Mas era novo. Antigamente eles trocavam na hora, por um aparelho na caixa, e depois tratavam de encaminhar pra Apple. Pelo visto agora é necessário primeiro encaminhar o aparelho para a Apple, para aí sim ela enviar um novo... Mas é punk mesmo.

    E nem adianta comparar com países mais desenvolvidos como o USA ou algum país europeu, porque lá a troca é na hora.

    Na época que tive problema eu também me mexi e abri chamado pela ANATEL, meti a boca, criei até um site tratando do péssimo atendimento. Mas é assim mesmo... O importante é não ficar quieto, e de alguma forma espalhar essas informações.

    Fazer valer o seu direito, por mais que seja apenas tentando, ainda é melhor do que agir como se tudo isso fosse normal.


  8. Mac Os Lion realmente é mais pesado e tal, faz q nem eu,Comprei 2 pentes de memória Kingston coloquei 8GB DDR3 1333mhz e tá um blz!!! jogando Diablo 3 até pelo Mac tranquilão... tenho mesmo Mac q vc,penso mesmo assim adiquirir um SSD Corsair Sata 3 ou da OCZ Vertex

    compra um que seja Sata 3 pois nosso mac a entrada dele ja é sata 600 (sata 3)

    A memória não auxilia muito neste caso não. Se o jogo possui muitas instruções, ela até de dá suporte na performance, mas não é tão perceptível como no caso das operações I/O de disco. Memória sempre vai ser mais rápida que disco. É MUITO mais rápida. O gargalo mesmo está nas operações de disco. Memória serve para, por exemplo, pessoas que abrem muitos programas em simultâneo. Se você usa máquinas virtuais e de maneira concomitante abre um browser com várias abas, mais o Photoshop e outros programas, então 8GB de memória vão dar um belo help, pois vai evitar o uso de SWAP - que é quando a memória se esgota e faz uso do disco para armazenar certas informações.

    Para quem quer ter ganho de performance, principalmente em jogos, o jeito mesmo é aumentar a memória dedicada de vídeo ou investir em um SSD mesmo.

    Memória em excesso só ajuda a não fazer SWAP e com isso perder ainda mais desempenho.


  9. Pelo que eu entendo, isso é padrão. É só você ver um SSD que tenha 2.5 polegadas, e ele deve entrar.

    Faz uma busca na Amazon por SSD, e você vai ver que todos eles tem essa dimensão.

    Tem SSDs de outros tamanhos, mas o padrão que é vendido hoje em dia (e é o dos notebooks) é 2.5 polegadas mesmo.


  10. O que mais me chama atenção não é nem o preço excessivo (contornável pela importação), e sim que fizeram um macbook descartável.

    A memória é soldada, o ssd proprietário, a bateria colada que nem o ifixt conseguiu retirar, a tela é fundida na carcaça: até o flat cable do touchpad é inacessível pois encontra-se abaixo da bateria.

    Uma coisa é eu dar por perdido um MBP por queda ou derramamento de líquido por exemplo - a outra é ter um buraco no bolso por ter que trocar memórias, bateria ou hd. Daqui a 1,2 ou 3 anos quem vai arriscar comprar um MBP retina usado sabendo que é contagem regressiva para o lixo? E isso ainda é um atrativo para consumidores da maçã, saber que mesmo após algum tempo se poderá amortizar o valor de um novo brinquedo com a venda do modelo anterior.

    Concordo sem tirar nem por...

    Quando li sobre o estudo do iFixIt em cima dele, foi a minha maior decepção. Tá, tudo bem que tem a questão de que "para deixar mais fino foi necessário soldarem certas partes", mas eu concordo com o comentário feito pelo autor do artigo, onde ele salienta que a Apple tá com um pensamento absurdo. Eles ficam nessa paranóia em deixar cada vez mais fino, e estão deixando a desejar o pós venda do produto.

    Steve Jobs, no passado, comentou que os Macbook Pro precisavam ter as partes removíveis, pois quem é usuário de um Pro pode querer trocar o HD, a memória e até mesmo a placa de vídeo por uma melhor. Isso foi premissa dos Pro, lá no início. E agora tá essa vergonha aí, onde tão cada vez ferrando mais com o consumidor.

    Sinceramente, a Apple como um todo tá dando tiro no pé de metralhadora. Eu gosto dos produtos da maçã sim, mas até agora só foi uma decepção atrás da outra.

    Não adianta colocar uma viseira e estragar a experiência total do produto. Pós venda faz parte disso, e a Apple tá simplesmente passando por cima. Ou será que eles realmente esperam que seus produtos caros sejam descartáveis, e daqui há 1 ano ou pouco mais tá todo mundo vendendo e comprando mais?

    Eu tava de olho em um Air, modelo novo, mas depois de analisar o quadro todo desisti. Além de sair muito caro (mesmo comprando de fora), eu não acho certo ficar fomentando esse consumismo bárbaro mesmo. Ainda mais que depois de ler o relatório do iFixIt eu comecei a dar mais valor para esse Pro aqui que é early 2011.


  11. Olha, como procurar pela data do EXIF eu não sei falar o passo-a-passo exatamente, mas acredito que posso te ajudar em como buscar dentro do EXIF.

    Faz o seguinte:

    1. Estando no Finder, dá um CMD + F
    2. Seleciona ali onde você quer fazer a busca ("Esse Mac", "seu usuário", etc) - nada novo aqui
    3. Ali onde tem a opção KIND ("Tipo") você marca na opção ao lado IMAGE ("Imagem")
    4. Clica no "+" para adicionar um novo filtro de busca
    5. Na primeira opção você marca OTHER ("Outro")
    6. Vai ser aberta uma penca de opções. E aí que você pode procurar, por exemplo, pela abertura do diafragma, tempo de exposição, etc. Acredito que tenha um campo para a data que a foto foi tirada, mas tem que procurar aí.

    Acho que com isso você já consegue se virar legal :)

    Espero ter ajudado.

    Abraços


  12. Só pra avisar: chegou o meu iPad ontem. Eles trocaram por um novo mesmo.

    Questionei qual foi a razão, e a menina disse que possivelmente era a placa lógica - mas ela não era da área técnica, então difícil saber se procede ou não.

    Quem for de Porto Alegre, mais um ponto positivo para a SOMA. Assistência 100% tranqüila, e rápida - em 3 dias úteis estava com um iPad novo, funcionando :)


  13. Eu vi outros tópicos que foram abertos, mas o problema do pessoal vem sendo com DNS, e eu acredito que isso estaria relacionado apenas com o download do update - o que não é o meu caso, pois já baixei.

    Seguinte: ontem eu cheguei em casa e o iPad tava com o logo da Apple (aquela tela de boot). Essa tela ficava indo e voltando, de maneira intermitente. Por nada dava para desligar ou fazer qualquer outra coisa, então dei um reset no aparelho. Nada ainda. Decidi por ele em DFU e cliquei em "Restore" do iTunes. Ele baixou o update tranqüilo, mas na hora de instalar dá esse alerta:

    Screen%20Shot%202012-03-13%20at%2006.07.35.png

    Tentei por 2 vezes, horários diferente, e deu a mesma coisa.

    Mais alguém passando pelo mesmo problema?

    Meu iPad 2 não tinha Jailbreak, e estava no iOS 5.0.1

    Abraços


  14. Só uma coisa: o Netbeans é uma IDE. O TextMate não é uma IDE.

    Metade das barbadas que vc pode estar acostumado, não vão existir nele. Ele é um editor de texto robusto, que possui sim bundles que promovem facilidades, mas nem de perto é uma IDE.

    Uma IDE é capaz, por exemplo, de ir compilando/interpretando o seu código na medida que você vai escrevendo, e com isso dá aquelas suggestions clássicas, do que você deve escrever, etc. O TextMate não faz nada disso.

    Além do mais, não lembro do TextMate ter suporte PHP por padrão. Talvez tenha que instalar algum bundle para isso.

    Eu recomendo o TextMate para quem é programador Python/Ruby. Como essas linguagens tem muita coisa que pode ser feita com metaprogramação, se existir alguma IDE deve ser demasiadamente lenta, pois muito código pode ser gerado em runtime.

    Para PHP eu não acho que valha a pena algo como TextMate. Ainda mais quando já se gosta de IDEs.

    Melhor ficar com algum outro jumbo dessas IDEs aí :P


  15. Eu li o tópico, mas acho que peguei o bonde andando - se foi isso, desculpa. Mas por que vocês querem tanto migrar de uma conta USA / ARG para BRA? Eles vão cancelar IPs brasileiros que tem contas nesses países? Tem algo assim rolando por aí?

    Por que pelo que a moça da Apple falou ali, é um baita pepino quem tem vários apps em uma conta de um país migrar para outro. Se o app ainda não existe no outro país, não vai dar para pegar free.


  16. Eu achei caro o iPhone 4S, e não vou comprar. Mas isso é detalhe. E também depende em COMO vai comprar, porque o meu iPhone 4 eu comprei com fidelidade, e como para mim vale a pena ficar atrelado à operadora (sempre usei VIVO, não vou trocar mesmo), então paguei um preço OK.

    Quando ao lance dos preços que estão falando, vamos deixar de ser hipócritas.

    Quem tanto fala dos valores, por acaso deixa de comprar um carro no Brasil?! Deixa de comprar uma série de eletrodomésticos, eletrônicos e afins?

    Pois se formos falar em carro, também é um absurdo o que se paga aqui. Ora, pagar R$ 25.000,00 em um CELTA capado, é absurdo. O exemplo do CAMARO que deram, apenas comprova que aqui no Brasil o problema não são exatamente os impostos, mas sim o LUCRO que é abusivo. Se fossem só impostos, o CAMARO custaria uns R$ 70.000,00, e não acima dos R$ 100.000,00. O mesmo vale para qualquer carro.

    Aí o pessoal vem com "vamos boicotar a compra de carros". Pois bem, se for pra levar a sério, então não comprem nada no Brasil. O problema é que em morando aqui, vez ou outra, querendo ou não, não tem como escapar de ser "otário".

    Se for realmente deixar de ser otário, então tem que se mudar daqui e ir pra Europa. Pronto.

    Moral da história: compra quem quer. A situação do país é essa. Boicote coletivo é utopia, e mais utopia ainda é achar que dá para todo mundo boicotar tudo (pois em tudo nós somos "otários" aqui).

    Quer mudar o país? Pois então evita fazer o que milhões de brasileiros fazem, que é dar um "jeitinho malandro" pra tudo. Fala mal do vizinho enquanto faz um "gato". Reclama disso e daquilo outro, mas sempre quando pode também passa a perna em alguém, não respeita lei nenhuma de trânsito pois acha todas as medidas imbecis (vide o não poder beber), etc, etc.

    Brigar com outro cidadão, contar vantagem ou insultar quem compra algo caro não são atitudes que mudarão em nada o nosso problema como brasileiros.


  17. Linux é inviável como plataforma de trabalho - de forma geral. Por que? Simplesmente por que Linux não tem bom suporte à softwares comerciais, e.g. Photoshop.

    Você pode sim, simular com o Wine (tem uma versão + robusta dele até agora, mas esqueci o nome), mas eu não acho que fique nem perto de algo estável e usável. É um inferno pra ser sincero, sempre tem algum bug grotesco.

    Eu já fiz esse teste no passado. Em 2 dias usando Linux, vi os problemas sérios com softwares comerciais, e vi que não podia simplesmente pegar um Gimp da vida para substituir o Photoshop, e aplicar essa mesma lógica com outros softwares que usava. Simplesmente não dava.

    Não adianta ter ferramentas similares, quando teu trabalho te obriga a usar uma ferramenta específica. Foi esse meu problema com Linux.

    Mac foi perfeito por unir o universo UNIX em uma plataforma que tb suporta softwares comerciais.

    Poder usar o shell e ainda ter um ambiente onde o mundo corporativo investe, para mim foi a melhor escolha. O resto vai de cada um.

    A fora que Linux, nem de longe, é tão estável para uso comercial. Eu tive vários problemas com som sendo desconfigurado no reboot da máquina. E Linux, meu filho, quando dá pau haja paciência. Você vai em um fórum e vão te dar milhões de comandos para fazer debug e conseguir arrumar. Pergunto: para uso doméstico e comercial, isso é bom? É divertido? Eu não acho, mas cada louco com a sua mania.

    Ou você pode pedir ajuda ao seu amigo quando der um pau louco desses, para ele ir arrumar. Tenho certeza que ele vai ficar feliz em ajudar, depois de uma sugestão bacana dessas :)


  18. agora podemos arrastar ARQUIVOS entre as mesas.. tipo tu abre o finder na mesa 1, pega um DOC por exemplo arrasta ele ate a borda voce pula pra mesa 2 com o app no cursor hehe

    Cara, não querendo cortar tua felicidade, mas isso já podia antes!

    Eu sempre troquei de mesa com um arquivo "agarrado" ao cursor pelo menos.

    Os icones grande n gostei nada também.

    Não gostei que a mesa 1 não pode ser movida. Pra mim ela é uma mesa como qualquer uma, e eu veria utilidade em poder re-alocar ela - ainda mais que ela é a principal, e poderia virar secundária, etc.

    No geral ainda não vi grandes coisas, mas tenho que fuçar mais.

    Já podia sincronizar contatos do aplicativo Address Book com os contatos do Google antes? Curti isso.


  19. Se o GS2 tivesse uma loja de apps tão boa como o iOS, eu comprava ele.

    Mas nisso eu acho indiscutível que a Apple ganha.

    Comprei um Android para o meu pai (o Defy). O aparelho não é de todo mal (é outro patamar, lógico), mas se eu paro e analiso o Android Market, e a organização geral dos menus, usabilidade do sistema em si, eu não gosto.

    Acho Android infinitamente menos intuitivo do que o iOS. Já usei o Galaxy S1, ele melhora muita coisa, mas mesmo assim eu continuo achando complicado. E olha que eu uso mais as features "avançadas" do Android do que o meu pai, pois sou eu quem vive configurando o aparelho, e mexendo aqui e ali.

    Vários apps gratuitos que baixei, não funcionam 100% como prometido - coisa que no iOS eu nunca tive problema, justamente pela questão da Apple ser mais restritiva nas suas guidelines de design, etc.

    Android tu faz algo no paintbrush e acho que entra fácil. É absurdo... Tem coisas que parece que são crianças que fizeram e tão brincando na lojinha do sistema.

    Mesmo os pagos, tem muita coisa tosca.

    Enfim, respeito o hardware do Galaxy S2, acho animal, mas o que ferra nele é justamente o ecosistema do Android.


  20. Troquei de HD, e aproveitei para... voltar ao Lion :wacko:

    Eu iria acabar voltando mesmo, era questão de tempo. Então aproveitei a substituição do HD para instalar o sistema novamente. Está um pouco mais lento que o SL, mas bug mesmo, no meu uso não teve nenhum. Assim evito de ir de um SO para outro toda hora.

    Estou há dias pra comentar, não sei se já mencionaram aqui: quem usa Magic Mouse, notou que a velocidade de arrasto aumentou? na minha opinião, está muito melhor agora. Só falta um gesto de fábrica para o "middleclick", aí fica perfeito.

    No meu trabalho me deram um Magic Mouse para usar. Confesso que não gostei.

    No Lion (não sei como era no SL) eu senti falta de customizar várias coisas nele. A Apple foi um tanto sacana, na minha opinião, pois não oferece praticamente nenhuma configuração do MM no Lion. É o básico do básico.

    Então eu baixei o Magic Prefs. Gostei muito dele, mas ele tem bugs com o Lion. Aqui quando troco de um space para outro, a cada 10 vezes, umas 2 ou 3 ele "tranca" na animação de troca de um space para outro. Aí eu repito o gesto, e ele troca corretamente.

    Mas entre a velocidade do MM (default) para o meu VX Revolution (default), a do MM é bem mais similar à do Windows (que eu acho perfeita). Não sei se já era assim no SL, mas gostei da precisão do MM no Lion. Não tá perfeita, mas tá muito boa.

×
×
  • Criar Novo...