Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

{{Bruno}}

Membros
  • Total de itens

    14
  • Registrou-se em

  • Última visita

Sobre {{Bruno}}

  • Rank
    Estou chegando agora...
  1. Valeu Anderson! Mas me responde uma coisa, todos os módulos de memória que tu possuis são de 1333MHz ou apenas os 2x4GB? Digo isso porque eu sei que se eu fizer uma configuração mista com os 2x2GB originais de 1066MHz e colocar mais 2x4GB de 1333MHz, eu conseguirei dar boot no computador, mas ainda que ele aparente estar funcionando, reduzindo para 1066MHz os de rotação superior ele vai gastar sempre um tempo para sincronizar os módulos de diferentes memórias, o que pode dar problema. Logo se eu for substituir colocarei todas as memórias iguais. Por isso que eu pergunto se todo os pentes de memória no teu computador possuem a mesma rotação de 1333MHz
  2. Valeu Willy! Realmente o ideal é comprar de acordo com as especificações. Eu também só encontro a memória no exterior. Mas caso eu quisesse arriscar colocar apenas módulos de 1333MHz, funcionaria?
  3. Olá, Possuo um iMac com tela de 21,5 polegadas, fabricação "final de 2009" com 4GB de RAM (2GB+2GB). A memória instalada e recomendada pela Apple é uma DDR3 com rotação de 1066MHz. Ocorre que é quase impossível encontrar memórias com a baixa rotação de 1066MHz aqui no Brasil. Pergunto: Posso retirar as duas memórias de 2GB com rotação de 1066MHz e instalar outras memórias com rotação maior, como as DDR3 de 1333MHZ ou de 1600MHz, sem que isso ocasione problema no momento em que a máquina estiver dando Boot? Caso já tenha tentado, qual foi a sua experiência? PS: Sei que se isso for possível, haverá compensação para menor fazendo com que a RAM rode em 1066MHz
  4. Infelizmente o Pages 5.0 para OSX não atende as minhas necessidades acadêmicas, talvez ajude quem o utilize para design, porém a automação que ajudava na formatação de trabalhos universitários nos padrões ABNT foi perdida (ex.: sumário com número dos títulos antes do nome, possibilidade de salvar estilos de parágrafo juntamente com os estilos de lista, a criação dos atalhos nos estilos de parágrafo, etc). Felizmente o Pages 09' continua salvo no sistema, mas, por motivos de compatibilidade, como faço para instalar a versão antiga do Pages para iOS (v. 1.7.1) no iPad?
  5. Finalmente consegui atualizar o iWork (graças à ajuda da MacMagazine), porém trago duas curiosidades: 1) Ao tentar abrir algum documento feito no Pages 09' na nova versão do Pages (apelidada de Pages 05), aparece a advertência de que, para abrí-lo no iOS, neste também deverá ser realizado o update: 2) As duas versões do Pages, permanecem instaladas no Mac; óbvio que não poderás abrir no Pages 09' os arquivos "atualizados" para o Pages 05. Vou esperar mais umas semanas com o Pages 09' para a eventualidade de alguma incompatibilidade, porém após esse prazo eu vou o deletar para não ocupar espaço inútil. Mas surge a pergunta, como deletá-lo sem comprometer eventuais arquivos da versão nova? Segue a captura de tela:
  6. Olá, a solução foi gentilmente dada pelo Chancer e pela Mac magazine. O link para quem estiver enfrentando o mesmo problema segue abaixo
  7. Adquiri a suite iWork 9' na caixa, porém não estou conseguindo atualizar para a nova versão do Pages (a Apple está pedindo para eu comprar o programa novamente). Ela parou de atualizar a versão box e está somente atualizando a versão da app store?
  8. O Lion está c um bug para segurar o wi-fi. No fórum da Apple eles sugerem Que defina um ip estático, mude a ordem dos serviços colocando o wi-fi em primeiro lugar na configuração de rede e desative e reative o wi-fi quando isso acontecer. O bug já é conhecido. - postado via iPhone -
  9. Que tal publicarem um tutorial do Lion Server? Eu o instalei mas ele acabou com as configurações da "perimissões de acesso aos arquivos", a web só funcionava de forma local...e depois que reiniciei nem isso, o e-mail server só serviu para enviar e-mail, para receber ele só funcionou quando o e-mail foi enviado do próprio webmail do server, quando enviado do gmail este recebia msg de erro. Não preciso dizer que o VPN tb n funcionou (SSL configurado, workgroup e server.private tb configurado). Acabei tendo de formatar e realizar um clean install do Lion sem o server. Ao menos voltei a ter acesso aos arquivos em rede local. - Publicado via iPhone -
  10. Sempre comprei na iTunes Store com conta americana. Colocava os cinco primeiros números do meu CEP na parte do zip code. Ocorre de uma hora para outra começou a aparecer a mensagem de "invalid adress". Esse problema está acontecendo com outras pessoas?
  11. Boa Noite!

    Trabalho no RH da Fast Shop e estamos com algumas oportunidades para atuar como Atendente de Vendas Técnicas nas nossas lojas da a2you ( Apple).

    Caso tenha interesse em saber maiores detalhes sobre as oportunidades, peço que entre em contato comigo no número: ( 11) 3232-3304 ( Thaís).

    Obrigada!!

  12. A Apple Store brasileira não vende cases para os laps. Uma pena. Alguém sabe onde eu compro o case de acrílico para o macbook pro 13"? Encontrei um no mercado livre, mas gostaria de avaliar outras ofertas. Ps: Vale a pena usar esse tipo de case no macbook pro? Ele compromete a "refrigeração" do computador?
  13. É....reinstala...mas antes confirma se você já realizou todas as atualizações no snow leopard, pois isto está me parecendo com o problema de "narcolepsia" do macbook pro. O problema de narcolepsia do macbook pro para mim configura o calcanhar de aquiles do lap da apple. Particularmente comigo ainda não ocorreu. Usuários acreditam que seja problema no snow leopard. Porém, se esse problema realmente existe, suspeito que trata-se de mais um problema de hardware da apple, algo ainda não confessado como ocorreu inicialmente com o iPhone (a culpa inicialmente sempre fica com o software). Segue o link da matéria da MacMagazine a respeito do tema: http://macmagazine.com.br/2010/06/10/m...gundo-usuarios/ Então, após reintalar, atualize o sistema, se não der certo, troque o macbook por outro.
  14. A questão da superioridade do Macbook "Pro" advém inicialmente, da "nostalgia" deste ser supostamente um modelo de categoria superior ao "White", a dar aquele "quê" de ser um usuário "Pro", ao invés de ser um mero "White". Coisa de consumidor. Sucede que não devemos nos contentar com este argumento quando o quesito "preço" realmente faz diferença quando compra-se um lap top no Brasil. A fazer uma análise mais apurada, constato inicialmente que o consumidor paga pelo Pro de tela de 13pol, R$ 500,00 mais caro em relação ao White para possuir somente UMA porta FireWire 800, UM slot para cartão SD, DOIS gigas de RAM a mais, a serem tanto o processador quanto a placa de video iguais em ambos os modelos(Preços sem desconto acadêmico na Apple Store brasileira no dia 26/06/2010: Pro 13 - R$ 3.799,00; White - R$ 3.199,000). Os usuário do White argumentam, todavia, que ao pagarem R$ 350,00 a mais ficam com um desempenho igual ao do Pro e continuam a possuir um lap mais barato (preço para expandir a memória para 4G na Apple Store brasileira: R$350,00), ademais argumentam que o policarbonato é melhor e mais durável que o alumínio. Afirmam que eventuais problemas de rachadura no policarbonato foram solucionados (salvo tópico recente neste fórum a reabrir a questão), que o policarbonato atualmente configura somente uma "película" protetora, pois internamente o White também é feito de alumínio e concluem que a durabilidade da bateria e o desempenho da placa de vídeo hoje são iguais, a valer a pena economizar R$150,00 para não terem uma entrada SD e uma firewire (esta última confesso que nunca usei). Os usuários do Pro contestam que o Pro é "o Pro", argumento tautológico refutado no início deste post como uma histeria consumerista, argumentam que o Pro é melhor por ser de alumínio, quando esquecem que, de fato, o policarbonato é mais durável, alegam que o Pro tem entrada SD e firewire e por fim argumentam que o design do Pro é melhor. Nesta análise preliminar a Apple esta a vender um produto R$150,00 mais caro por possuir um design diferente, uma entrada SD, uma entrada Firewire e o nome "Pro". Assim, as considerações racionais a favor do "Pro" se sustentam nos três primeiros argumentos. Quanto ao Design o White possui: Altura: 2,74 cm (1,08 pol.) Largura: 33,03 cm (13 pol.) Espessura: 23,17 cm (9,12 pol.) Peso: 2,13 kg Por seu turno o Pro possui: Altura: 2,41 cm (0,95 pol.) Largura: 32,5 cm (12,78 pol.) Profundidade: 22,7 cm (8,94 pol.) Peso: 2,04 kg (4,5 libras) A diferença é mínima e imperceptível, correto? Errado. Para os usuários que costumam usar o lap em mochilas, o Pro por ser mais fino e possuir um design quadrado, ao contrário do "boleado" white, tem a tendência de acomodar-se melhor quando arrumado junto com livros (mesmo quando há aquela divisória interna especialmente feita para o Lap). A sensação de digitar o Pro em cima da perna é de que ele realmente ocupa menos espaço e é menor do que o White, a não dar a sensação de que o lap vai "escorregar" para o chão. Outra característica interessante é o fato de o Pro ser cinza, isto o torna menos suscetível à sujeira. Fato que os usuários do White "esquecem" de mencionar é que a região onde apoia-se a mão para teclar (área em torno do mouse) tende a ficar encardida com o tempo (dêem uma passada nas lojas da Saraiva e averiguem). A desculpa de que "passar o pano húmido resolve" vale para vendedores na hora da venda, mas na prática ela não funciona perfeitamente. Em verdade, para resolver o problema, basta limpar a região com algumas gotas de álcool iso-propílico diluído em água, mas fica a questão: QUEM É QUE VAI PASSAR ÁCOOL ISO-PROPÍLICO EM UM MAC!?!?!? Quanto ao firewire, já confessei que nunca usei, por isso não posso oferecer alguma opinião a respeito. Porém, quanto ao slot SD, qualquer usuário de câmeras digitais deveria acostumar-se com a praticidade de retirar a memória da câmera e inserir no lap, evita a necessidade de carregar a base da câmera e o cabo USB. Não venham os usuários do White me dizer que existe SD externo, pois apenas provaria que o White demanda que o consumidor carregue mais uma "parafernália". Estes são os argumentos a favor do Macbook Pro, porém ainda resta a questão de que o White possui problemas estruturais a ocasionar "rachaduras" no monobloco a ser um argumento CONTRA o White. A Apple alega que solucionou o problema, mas a verdade é que o White sempre foi o calcanhar de Aquíles da Apple no quesito "confiabilidade", a alegação de solução do problema não elide o amplo histórico de deficiência do modelo, as deficiências com o passar do tempo, reconheço foram aparentemente solucionada, aumentaram o espaço no HD, melhoraram a memória, reforçaram a placa de vídeo e a bateria, supostamente corrigiram o problema de rachaduras e os exagerados arranhados advindos do atrito em determinadas superfícies, a atestar a fragilidade de modelos antigos, contudo este histórico de tragédia deixa uma atmosfera de desconfiança em relação ao modelo que somente futuramente podem ser avaliados, e não neste momento em virtude da perspectiva (constante temor) de surgir, como rotineiramente surge, problemas no modelo White. O White ainda perde no quesito confiabilidade. Infelizmente, ao que aparenta, somente estas são as vantagens do Pro. A comodidade, praticidade e confiabilidade do modelo com certeza valem que o consumidor pague R$ 150,00 reais a mais, divididos em 12 vezes sem juros. Digo infelizmente por já fazer projeções ao futuro do modelo. Com a declaração do titio Jobs de que pretende investir em "telas", não duvido que as "telas" dos modelos futuros do Macbook Pro tornem-se em um outro diferencial em relação ao Macbook White, resta-nos esperar. Ps: Quase esqueci, estou a digitar este post com pouca luminosidade, a não incomodar quem dorme ao meu lado. Advinhem? O Pro possui teclado luminoso! Uma inutilidade que mostra-se útil em um momento inesperado. Quanto ao White? Bom, este está guardado na bolsa de minha mulher. Bruno
×
×
  • Criar Novo...