Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Versuri

Membros
  • Total de itens

    865
  • Registrou-se em

  • Última visita

Posts postados por Versuri


  1. A Apple não vai corrigir o iPhone 5, a cabeça dos engenheiros já está no iPhone 6 ou 5S, seja lá qual será o nome, mas o interessante é que hoje faz um ano do lançamento do 4S e a Apple não teve problemas com ele pois como bem disse o Versuri, o 4S é a versão sem os problemas do 4. A Apple só forneceu os Bumpers gratuitamente nos EUA e em mais alguns países pois se tratava de um problema no iPhone 4 que impedia a captação de sinal, coisa realmente muito mais grave que uma superfície sujeita a arranhões. Se a Apple não corrigiu o hardware e sim usou uma "gambiarra", alguém têm dúvidas de que a Apple vá fazer já uma Rev. B do iPhone 5. É simples, basta fornecer bumpers que protejam a parte traseira do aparelho, gratuitamente, assim como no caso do iPhone 4 e que esses bumpers sejam fornecidos, gratuitamente aqui no Brasil, se for o caso, claro.

    O que a Apple pode fazer é melhorar o processo para minimizar os riscos porém, como vc disse, não alterará nada no hardware.


  2. O lançamento não foi simultâneo. Se passou exatamente o que a iFernanda narrou e nos EUA a Apple passou a fornecer o Bumper gratuitamente, cerca de 30 dias depois do lançamento ao passo de que aqui no Brasil a Apple cobrava, e acho que ainda cobra o mesmo preço, de R$99,00. Na época, coisa de 3 dias depois do começo das vendas, chegou a Bombar nas redes sociais que a Apple estaria planejando uma Rev. B do iPhone 4 que viria junto com o iPhone 4 Branco, pois as vendas do iPhone 4 White se deram cerca de 6 meses depois do começo das vendas do iPhone 4 Black e mesmo assim ele veio com o mesmo problema de captação de sinal, tanto que para o iPhone 4S, a Apple alterou a posição das antenas, que são aqueles risquinhos pretos que ficam em volta do aparelho. Há três riscos pretos no iPhone 4 e quatro riscos no iPhone 4S.

    O 4S é o 4 com correções por isso ele está muito bom, o jeito é esperar o 5S contendo as correções dos problemas que surgiram no 5.


  3. Sinceramente eu decidi ficar com o meu excelente iPhone 4S pois o iPhone 5 tem muitos problemas de maturidade, ainda não está com total qualidade, apresentando muitos defeitos de fabricação (lascados na pintura) e projeto (câmera com reflexos roxos).

    Vou aguardar até o iPhone 5 possuir uma maturidade que eu possa ter segurança em comprar um produto feito pela Apple, hoje não me está parecendo isso. A Apple pode efetuar essas mudanças no próprio iPhone 5 ou lançar o 5S no próximo ano com tudo isso corrigido, até lá ficarei com o meu 4S.

    Vejam essa página do Suporte da Apple, são 34 páginas de reclamações sobre o iPhone 5, pessoas que chegaram a trocar 3 vezes o aparelho e mesmo assim vieram com marcas e lascados: https://discussions.apple.com/thread/4326970?start=0&tstart=0

    Ainda considero o iPhone 4S excepcional.

    Boa sorte para quem comprou e não tem encontrado problemas.


  4. Opa, parabéns pela compra!

    Eu provavelmente vou comprar o modelo preto mesmo, achei bem bonito! O branco eu acho muito "teen", sei lá. É bonito também, mas eu prefiro o preto!

    Abraços.

    Eu ia comprar o preto mas meus colegas que estão nos EUA me disseram que vários aparelhos estão saindo da caixa com lascas na tinta (borda), dessa forma eu vou comprar o branco.


  5. Acho que vou de Branco também. O problema de já sair da caixa lascado, na minha opinião, com pouco tempo de uso, vai começar a "descascar" ainda mais na área onde tem as falhas. No branco também deve ocorrer, mas vai aparecer menos, correto?

    A borda do branco não é pintada (alumínio puro) como no preto, dessa forma não aparecerão os lascados de tinta.


  6. Porque o iPhone 5 “ainda” não funcionará 4G no Brasil

    macmais.com.br por Sérgio Miranda (@saam).

    September 14th, 2012

    Desde o anúncio do iPhone 5 no dia 12 de setembro, não se fala em outra coisa: se eu comprar um no exterior, vai funcionar o 4G aqui? E pelo que pudemos perceber, a resposta não é tão clara como nos anos passados. Mas depois de alguma pesquisa, já podemos vislumbrar um cenário mais ou menos promissor.

    A tecnologia 4G (ou LTE, como preferem chamar hoje em dia, da sigla Long Term Evolution) foi fatiada em diversas bandas (de 1 até 40, variando de 700 a 2700 MHz. Cada operadora vai escolhendo uma determinada banda para atuar. Por exemplo, nos Estados Unidos estão disponíveis as bandas 1, 2 e 4 e no Canadá, existem operadoras atuando na banda 4 e 7. Na Europa, Alemanha usa a banda 7, 3 e 20 e Suécia na banda 7 e 3. No Brasil, a banda 7 será comercializada por Oi, Vivo, TIM e Claro e a 38 será vendida pela Sky e Sunrise.

    Segundo a própria Apple, o iPhone 5 até o momento será compatível com países que utilizam a banda 1, 3, 4, 5, 13, 17 e 25 do LTE, que poderão ser usadas nos EUA, Canadá, alguns países da Europa e também asiáticos. Isso quer dizer que o Brasil (e a Suíça, Áustria e Noruega), por enquanto, estão fora do 4G. Mas a Apple já prometeu para o dia 28 de setembro, iPhones 5 para Suíça, Áustria e Noruega, que também usam a banda 7, e as operadoras destes países também afirmam que o smartphone será compatível com o LTE local.

    Outro ponto a se considerar é o fato do iPhone 5 usar o nano-SIM (4FF), menor e mais fino que o micro-SIM (3FF) usado atualmente pelos modelos 4 e 4S. E não pense que dá para cortar, como fizemos do SIM original (2FF) para o micro-SIM. No Brasil, por enquanto, nenhuma operadora se manifestou sobre datas de lançamento para o iPhone 5 por aqui. A Apple afirmou que até dezembro de 2012 cerca de 100 países já terão o novo iPhone. A Vivo já avisou que terá os nano-SIM no dia 15 de setembro, mas as outras três grandes operadoras no país (TIM, Oi e Claro) não se manifestaram.

    Então, para quem quiser ter o iPhone 5 e já está pensando em usar o 4G por aqui no futuro, o ideal é esperar até o dia 28 de setembro e adquirir um nos três países europeus que usam apenas a banda 7 (Suíça, Áustria e Noruega). É bom lembrar que apenas três cidades estão em fase de testes para o 4G, Campos de Jordão (SP), Búzios e Parati (RJ) e apenas para a operadora Claro e que o LTE só chegará comercialmente por aqui em meados de 2013 e que em 2014, o plano é que apenas as cidades sede da copa já tenham o 4G funcionando plenamente.

    Para quem não liga para o 4G, no dia 21 de setembro apenas o Canadá e países europeus que vendam desbloqueados terão iPhones 5 que funcionarão no Brasil, mas com velocidade 3G. A partir do dia 28 de setembro, operadoras americanas pequenas, como a Cricket, venderão os aparelhos pré-pagos, sem contrato (não há informação se as três grandes, AT&T, Verizon e Sprint, além da própria Apple, venderão os aparelhos sem contrato ou desbloqueados já no dia 28 de setembro).


  7. Promoção de MacBooks na Americanas

    Preços bem abaixo do normal e superam o desconto educacional dado pela Apple Store, vale a pena dar uma conferida:

    http://www.americanas.com.br/sublinha/268228/informatica/apple/macbook?ofertas.order=salesPriceasc&ofertas.dir=asc

    Exemplo:

    MacBook Pro 13" MD101BZ/A por R$ 3.239,19 à vista ou em 12 x R$ 299,92 (http://www.americanas.com.br/produto/111359833/informatica/apple/macbook/macbook-pro-md101bz/a-intel-core-i5-led-13.3_-4gb-500gb-apple)

    Fica a dica!!!


  8. É possível sim, o Novo MBP suporta o SSD. Só te recomendo que se fores fazer o Upgrade, use o SSD da OCZ e faça na AT, caso não tenhas experiência com o manejo. Outro ponto: não há perda de garantia na troca, ou seja, podes trocar (ou adicionar) SSD, HDD e DDR, sem a perda da garantia. Alguns usuários já fizeram a operação e se declararam satisfeitos.

    Abração.

    Por que OCZ?

    Sim, é possível.

    Tenho um MBP13"(11) e mudei de HDD para SSD e o esquema é o mesmo para os 2012 (exceto Retina).

    Qual colocou? Algum bug?

×
×
  • Criar Novo...