Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Del Rei

Membros
  • Total de itens

    1.835
  • Registrou-se em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    3

Sobre Del Rei

  • Rank
    Sou um power user, não brinque comigo.

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • Localização
    Hell de Janeiro!!!

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Uma coisa interessante que vi na autenticação de duas etapas do Facebook é que você pode ativar a funcionalidade através de um app gerador de códigos (o próprio Facebook sugere duas opções que estão extremamente mal avaliadas na App Store) ou através de SMS. A parte interessante é que se escolher a opção via SMS, ele diz que em caso de perda de senha não será possível utilizar SMS para nova definição. Vejo como bom sinal. Se o chip estiver com proteção PIN, ele só será ativado quando digitada a senha. Caso o bandido não saiba seu PIN, o chip permanecerá desativado, impossibilitando rastreamento. É como se o chip não estivesse ali.
  2. Também acho que essas configurações estão longe de serem intuitivas, o que é algo bizarro atualmente. Ainda mais tratando de configurações importantes de segurança. O mundo tem que caminhar pra facilidade de uso em qualquer sistema. E, sim, deveria ter opção de rastrear o aparelho mesmo após apagá-lo remotamente. E a opção de senha pra desligar é interessante também.
  3. Opinião leiga... Talvez se conseguir provar que eles tinham ciência das falhas e foram omissos, você pode ter chances... Mas se todos que forem roubados e tiverem seus dados violados passassem a processar os fabricantes e ganhassem na justiça, os fabricantes iriam à falência. Posso estar enganado, mas tanto a Apple quanto a Samsung não vendem seus sistemas como invioláveis. Eles querem vender como "os mais seguros", o que não torna inviolável. Até porque grande parte da segurança depende de como o usuário configura o telefone... Até bancos quando são processados por clientes que tiveram cartões clonados e contas saqueadas, em vários casos ganham a ação porque provam que o cliente que não atentou para as medidas de segurança. A justiça está entendendo que se o cliente dá bobeira com os dados do cartão de crédito, não cabe indenização.
  4. Valeu! Já estavam todos da forma que você descreveu. Mas fiquei com uma dúvida. Em "Exigir Código" só tinha uma única opção, que era justamente "Imediatamente" e nem tem como desabilitar. Pelo menos no meu...
  5. Pode ser o que você explicou. Mas o que me deixou mesmo na dúvida foi a parte da página da Apple que diz “Tudo o que você precisa fazer é manter o Buscar [dispositivo] ativado e se lembrar do ID Apple e da senha”, pois tive a impressão de que isso manteria o aparelho rastreável e, quando o achasse, bastaria usar login e senha - já que se você não puder rastreá-lo, a probabilidade de o encontrar é basicamente nula, então pouco importa seu login e senha.... Enfim... sei lá... Acho que a Apple deveria tornar esses recursos mais óbvios, intuitivos. Manter dispositivo no “Buscar” sem que você possa o rastrear não faz muito sentido pra mim. E provavelmente muita gente confunde também. Outra coisa que não vejo sentido é colocar as colocar as opções de restrições dentro de “Tempo se Uso”. Eu acho que nunca tinha entrado nesse tempo de uso porque achei que fosse apenas dados estatísticos do uso do aparelho. Mas tem configurações importantes de segurança ali. Não faz o menor sentido.
  6. Esse último passo não entendi. Em que situação seria isso? Como configuro isso?
  7. Cara. Eu juro que não entendi ainda. Se eu apagar o dispositivo não vou poder rastreá-lo, mas o Buscar continuará ativo...? O que o Buscar faz então? O rastreamento não é possível justamente por conta do Buscar...?
  8. Galera. Tenho umas dúvidas sobre segurança. Uma delas é sobre a possibilidade de continuar rastreando o iPhone após apagar o dispositivo no iCloud. Em uma das páginas da Apple diz que "Após apagar um dispositivo, não é possível rastreá-lo." (https://support.apple.com/pt-br/HT201472). Já em outro link diz "Mesmo que você apague o dispositivo remotamente, o Bloqueio de Ativação continuará impedindo que qualquer pessoa o reative sem a sua permissão. Tudo o que você precisa fazer é manter o Buscar [dispositivo] ativado e se lembrar do ID Apple e da senha" (https://support.apple.com/pt-br/HT201365). Eu entendi errado ou são informações meio contraditórias...?
  9. Realmente... Parece que mesmo com todos os mecanismos de segurança, as possibilidades de acesso aos dados pessoais ainda são enormes. Atualmente estou dando preferência a aplicativos que tenham proteção do Face ID, mas pelo visto basta um chip sem PIN pro cara inclusive registrar o rosto dele e acessar tudo.... É tão simples assim?
  10. A minha configuração de pré visualização sempre esteve como "Nunca". Assim tenho que abrir a mensagem pra visualizar o conteúdo. Sobre o Mail, acabei instalando o app da Microsoft pra utilizar meus emails. Posso cadastrar contas de outros provedores e, o melhor de tudo, tem o Face ID. Assim tenho uma segurança a mais quanto ao e-mail. Incrível, com tantos riscos de acesso aos dados importantes a Apple não permite nativamente a proteção do Face ID no app Mail.... Tentei colocar o Face ID no Facebook, mas só tem opção de proteção por duas etapas... Já ajuda. Tudo que é rede social deveria implementar Face ID...
  11. Obrigado. Estava tentando achar essa restrição e não localizei. Existe alguma maneira de colocar FaceID ou senha para abrir apps tipo o Mail? Procurei mas não localizei. Pelo que entendi, apenas alguns apps têm a opção de proteção com FaceID. Mas acho o mail importante ter.
  12. Rodo no SSD externo há mais de 5 anos e sempre foi muito mais rápido do que o interno, mesmo no Fusion. Quando era meu antigo 21" de HDD 5400rpm então, a diferença era vergonhosa. Nesse período tive SSDs de duas marcas. Samsung e Transcend. Ambos muito mais rápidos que o disco interno. O problema começou quando a Apple lançou o APFS (Apple File System) em substituição ao HFS+. Se não me engano, esse APFS começou a ser usado como padrão a partir do High Sierra, que cheguei a instalar, mas com esse problema do slow boot acabei voltando pro Sierra na época. Depois só atualizei quando veio o Mojave. Acho que tem um tópico sobre isso aqui. E vários tópicos em fóruns gringos sobre isso. Mesmo assim, no geral, o meu SSD externo é muito mais rápido do que o Fusion interno. O chato mesmo são os 20-25 segundos iniciais que o boot leva pra iniciar. Fora isso, nem se comparam as velocidades. Parece que o computador fica procurando o disco com o sistema e demora pra achar... Inicialmente era pior. Nas primeiras versões demoravam uns 50 segundos. Eu cheguei a desligar no botão algumas vezes achando que tinha travado. Depois foram atualizando o sistema e melhorou um pouco.
  13. Pois é... Pode variar de caso pra caso, mas no meu antigo 21" o Mojave iniciava mais rápido no HDD interno do que no SSD externo. Porque no SSD externo, só pra aparecer a maçã demora uns 20 segundos. Aliás, o HDD interno era aquela bosta de 5400rpm. Não sei como a Apple ainda tem coragem de cobrar mais de 11 mil num iMac 21" 4K com HDD 5400rpm.
  14. Mas eu uso um SSD externo. Mesmo os iMacs com HDD internos iniciam rápido no boot. O problema é ser externo.
  15. Del Rei

    Youtube 4k Safari

    Isso é realmente uma vergonha. Até hoje não achei nada que resolvesse. Péssimo isso.
×
×
  • Criar Novo...