Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

gustavopi

Membros
  • Total de itens

    297
  • Registrou-se em

  • Última visita

Sobre gustavopi

  • Rank
    Posso me considerar um veterano.
  1. Eu estou com o iOS 11 do SE e nunca um iPhone durou tanto comigo. Dura dois dias e ainda sobra um pouco à noite. Uma comparação interessante seria um sistema instalado limpo contra um upgrade, há muitos detalhes nas configurações a passar na atualização, pode ser algum detalhe comendo bateria. Vamos ter que aguardar os hackers esmiuçarem isso. Por enquanto vou ficar no 11 porque já sofri muito com isso. Eu tive um iPhone 4s que era excelente até atualizar para o iOS 9 e ficar um lixo - lento, instável e beberrão de bateria. Pessoalmente nunca gostei desse negócio de sistema grátis, cheio de firulas com selfies e memojis... não parece sério. Preferia pagar separado e ter um sistema mais otimizável, como era antigamente.
  2. Como cliente antigo da Apple, me acostumei a entrar em comunidades em inglês, com o dicionário à mão. O da Apple, obviamente, fazia parte. Depois inventaram o Google tradutor - que upgrade! Então a Apple me jogou dentro da comunidade brasileira (primeiro à força, depois até me liberaram o conteúdo que ficou lá em inglês, mas isso é outra história). Isso já faz algum tempo, então pergunto aos prezados amigos desse forum o que acham da comunidade, em comparação com outras em português ou em inglês (com o Google tradutor na outra janela), sendo que esse "acho" tem um peso técnico porque precisamos cada vez mais de suporte. Para mim tem funcionado pior que a comunidade Microsoft, se é que é possível. Para entrar é uma lenda, com confirmação pelo celular, várias janelas de confirma aqui e ali. Meus post ficam muitas vezes mofando lá, ou vem uma resposta inútil, ou ainda é deletado porque eu fiz um comentário sobre a Apple. Aprendi na faculdade que críticas à organização são boas, demonstram interesse, mas a Apple Brasil não pensa assim. Eu ainda me mantenho em duas comunidades em inglês: o MacRumors e o askdifferent (outra comunidade difícil, mas nem tanto). E vocês, fora essa boa comunidade do MacMagazine (não se preocupem que não puxo saco de ninguém, a comunidade está legal), quais outras comunidades buscam ajuda? Que acham da comunidade da Apple Brasil?
  3. Isso aconteceu antes, há algum tempo. Às vezes a gente faz tanta coisa que não se sabe mais o que corrigiu de fato e os passos certos... Meu iPhone parou de importar as fotos quando eu conecto o cabo no Mac. Das fotos que tirei no Sábado passado, só aparece uma como importada, ou seja, o Fotos importou uma foto e parou ali. Eu uso o cabo porque via iCloud pode levar dias para atualizar as fotos no meu Mac. Atualmente, todos os recursos do iCloud estão ativados no Mac e no iPhone (Fototeca, Meu Compartilhamento e Fotos via iCloud). Honestamente, seria muito melhor se o Mac não fizesse nada, eu importasse tudo manualmente que nem máquina fotográfica e depois iria no backup que eu já pago... mas enfim, assunto para outro post... Preciso importar as fotos, tentei sincronizar pelo iTunes e nada. Alguma idéia?
  4. Eu pessoalmente faria o seguinte: eles pediram 599 pelo SSD de 240GB, talvez não sejam careiros no serviço, eu ofereceria R$ 100,00 para eles mesmos trocarem. Como tu és inexperiente, vais apanhar um pouco. Tem uns parafusinhos miseráveis em uns cabinhos que tem que tomar cuidado e, se eles fizerem, tem que garantir o serviço. Agora, se eles te meterem a faca, tu puxa o video do youtube e já aproveita para aprender alguma coisa da tua supermáquina!
  5. Que eu saiba, Corsair é de qualidade superior, mas a Kingston tem alternativas mais baratas. A relação custo benefício é difícil de responder. Eu tenho dois Kingston sendo que um deles sobreviveu a um adaptador que estava funcionando mal - poderia tê-lo queimado, mas está bem vivo, então não posso falar mal de Kingston, ainda que eu saiba que Corsair é top. Qual a capacidade desse SDD? Se for 240GB o preço está razoável, mas tenho visto os de 120GB por 600 paus nas lojas, aí é cruel. Via Internet se consegue preço melhor, talvez aqui mesmo no forum.
  6. Andei trocando de HD no meu MacBook pro e no meu MacMini. É uma das tarefas mais fáceis que tem desde que se tenha o Carbon Copy instalado. Compra um SSD e o case USB 3.0, põe o SSD no Case Clona o HD para o SSD usando o Carbon Copy Abre i iMac, tira o HD antigo e põe o novo No youtube tem vários tutorias sobre como fazer a troca do HD. A questão da garantia é discutível, já que é uma manutenção normal do equipamento, como trocar a bateria do carro. Um bom técnico faz o serviço mesmo que não seja especializada Apple.
  7. Esse iMac 2009, pelo que eu consultei, é 64bits, significa que dá para entupir de memória, colocar um SSD (que no final não acrescentar tanto assim) e ele vai rodar legal - esse não é o problema pra mim. O problema principal é que ela fica velha, eu tenho macs velhos e posso dizer. Os circuitos vão envelhecendo, vai pegando ferrugem, etc.. Eu tive um iMac translúcido que vendi com 11 anos de muito uso. Acaba sendo mais para entusiastas românticos ou para brincar mesmo. Eu tenho um Mac Mini 2008 rodando 100%, mas tenho receio de vender ele, não tenho como dar garantia. O problema secundário é que o mercado não quer que tu use uma máquina velha, ele quer que tu jogue fora e compre outra, tu vais sentir essa pressão... Uma alternativa é instalar um Xubuntu que tem suporte, é atual e dá pra fazer muita coisa num escritório. Um bom servidorzinho tem o seu valor! Só que o povo do Xubuntu tem um péssimo humor, é um sistema que dá um trabalho do cão pra fazer rodar 100% e não tem muita ajuda por aí.
  8. gustavopi

    iMac quebrou. E agora?

    Vale considerar o estado geral do iMac. É só a placa mãe? Então vale a pena o conserto, mesmo pelos 2500 paus. Mas uma placa lógica dessas se encontra no eBay por 1000 e não é difícil de trocar. Eu já troquei HD, memória e até a pilha do meu Mac Mini e garanto que é bem mais xarope de desmontar e montar que o teu iMac. Mas uma alternativa é vender a carcaça que também vale bastante se estiver bem conservada, aí tu dá de entrada no MacBook dos sonhos...
  9. Tu és o cara! Vou fazer uns testes, vamos ver se ninguém vai me perturbar a balada...
  10. Seguinte, estou fazendo umas listinhas de músicas no iTunes para tocar numa festinha. Me lembrei do meu iMac 333 rodando soundjam... só que as coisas complicaram um pouco de lá pra cá. O iTunes no El Capitan é legal para compor as listas, mas além de uma porção de sons de alerta (acho que posso desativa-los na parte de som das preferências) tem o Mensagens, FaceTime e outras iCoisas que ficam pipocando na tela e interferem no áudio e vídeo. Alguém aí botou som com um Mac + iTunes + Mac OS X? Alguma dica?
  11. De fato, mas são casos mais específicos. Tenho um jornalzinho que é feito sempre na corrida. A gráfica não se achou com minhas exportações PDF nem PS. Então eu começo a fechar o arquivo (vai o AI mesmo), renderizar as fotos e alguns efeitos para não dar guru na gráfica, mas ainda há alterações chegando... aí é que o bixo pega! Também recebo arquivos grandes em Word de quem não sabe trabalhar em Word, recebo em Corel, até tem que abrir o Windows (por sinal ainda nem instalei um, abro o Windows no MacMini 2008 que tem SSD). É como eu disse, teoricamente até dá pra levar o MacBook assim, a questão é os imprevistos, preciso de uma sobra de capacidade!
  12. Na minha experiência, colocar mais memória melhora visivelmente, já que o sistema depende menos do HD para trabalhar. Mas a troca do HD sempre foi mais significativa. Não acho que atualizar do Yosemite para o El Capitan vá deixá-lo lento, mas cheguei a trabalhar com o Mountain Lion, esse sim era mais rápido e mais bonito. Acho que colocando os 8GB ele vai ficar legal por mais dois anos, só não dá pra ter ilusões, querer encarar um Final Cut por exemplo.
  13. Oi @jefiklein, valeu o depoimento. Eu tenho a sensação de que seria mais ou menos por aí. Eu normalmente uso para programação e design. Mas tenho também uns trabalhos em AI que pesam, ainda mais quando preciso abrir outros acessórios enquanto diagramo no AI. Alguns arquivos batem os 500MB (muitas fotos) e aí é lento para abrir e fica dando travadinhas na edição. Também pretendo trabalhar um pouco com 3D, será inevitável, e já fiz edição de vídeo no passado, coisa que pode voltar eventualmente. O fato de combinar a troca do HD com a memória visa abrir apenas uma vez o mac e usar uma vez apenas o cartão de crédito, já que provavelmente terei que parcelar, fica mais organizado, não quero correr o risco de ter que me envolver em outro upgrade porque isso também toma tempo. Um fator que eu esqueci de mencionar é o backup. Hoje eu uso um "scheduler" que faz um backup diário via Time Machine em uma unidade externa, o que limita o notebook - tem que ficar plugado. Então a idéia de tirar o superdrive e colocar o HD antigo lá é algo que eu já vi por aí: usar o HD antigo como backup e um espaço extra. Provavelmente eu vou particionar o HD de 500 em um de 400 para o backup e um de 100 para coisas que não precisam de backup (filminhos, etc.). Assim a unidade externa fica de backup do backup onde faço uma cópia rápida para se acaso meu note for roubado, incendiado, hackeado, etc.. O SSD de 250GB, a memória de 8GB e o caddy/case são minha opção mais provável, e com a ajuda do Carbon Copy Cloner que está ótimo para essas coisas. Devo gastar aí uns R$ 1000,00 garimpando bem - o que não é muito, pelo menos eu não acho. Se tivesse mais, se o motor do meu carro não tivesse estourado e me tirado 3500, tudo seria mais fácil...
  14. Mas que chinelagem a empresa trocar um componente interno e manter o modelo na embalagem! Nesse caso, então é melhor partir para o híbrido, não deverá dar tanta diferença assim. Neste site tem uma porção de SDDs testados e recursos legas para comparar. Os Samsung realmente estão entre os melhores. Me chamou a atenção o relativo baixo desempenho dos Intel, e a presença de marcas como OCZ e Crucial que não conhecia e que são competitivas. De fato o Kingston é competitivo com a primeira linha, assim como a SanDisk, mas essa sim eu tenho ressalvas... http://ssd.userbenchmark.com Quanto ao superdrive, eu tenho um LG em uma caixa (é uma caixa mesmo) com USB 2 e dá pra gravar legal, só é uma pena perder velocidade do drive SATA 3. Um DVD DL leva algum tempo. Mas não é fácil de achar um case in slot, achei só no eBay mesmo: http://www.ebay.com/itm/Slot-in-USB-3-0-SATA-External-DVD-RW-Optical-Drive-for-iMac-Macbook-Mini-Case-/301639938328?hash=item463b243118:g:YZQAAOSwpdpVXUTm Achei boas ofertas de SDD no Pontofrio, até o "caddy" para o HD extra no lugar do superdrive. Não é vendido por eles, mas tem a vantagem do parcelamento no cartão!
  15. A discussão rendeu, beleza! Acho que no caso das memórias vou colocar a de 8GB sozinha, de fato a de 2GB não vai ajudar e ainda pode atrapalhar. No caso dos HDs, tirar o superdrive e colocar numa caixa externa para colocar um HD no lugar é uma opção, mas encarece porque está tudo caro atualmente, tem que comprar a caddy e a case USB 3. Por sinal, não achei case para superdrive no Mercado Livre, só no eBay, mas são as "unbranded". Complicado porque queimar um DVD demanda pelo menos um cabo USB 3 decente. Eu fiz isso no Mac Mini 2,1 2008, está com um HD Kingston 128GB no lugar do combo drive e o Mini ficou irreconhecível. Tive um probleminha uma vez mas recuperei o volume. Isso é em função do HD Kingston? Sempre tive um conceito bom dessa marca, se vocês tem restrições, talvez gastar um pouco mais (tipo o dobro) seja necessário...
×
×
  • Criar Novo...