Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

LEW

Membros
  • Total de itens

    3
  • Registrou-se em

  • Última visita

Sobre LEW

  • Rank
    Estou chegando agora...

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  1. Rsrs. Realmente seria muito interessanter ler o manual. Leia com calma e atenção que você vai descobrir a posição certa para fazer a água sair pelo escoador certo. Abs e bia sorte
  2. Fico feliz em ter ajudado Acho que quem compra as máquinas de café com capsulas, sempre sai satisfeito. A nespresso aqui do escritório é minha alegria. Eu prefiro o espresso curto, os tais "ristretto" e o nespresso tem inclusive uma variedade BEM torrada e forte. Te deixa no 220v o dia todo...rs. Máquinas espresso tradicionais são mais "chatas" de se usar e fazem bastante sujeira. Eu gosto de usar em casa e quando vai visita uso os sachês. Minha esposa gosta de cappuccino com chocolate e de vez em quando faço um agrado pra ela. Por isso uso a máquina espresso em casa ao invés de um Dolce Gusto ou Nespresso. Em casa tenho mais tempo e posso fazer os cafés com mais calma. Sim, fazer o leite ficar cremoso é difícil. A teoria é que o leite frio ao entrar em contato com o vapor hiper-quente, se "expande" e cria as micro-bolhas característica do "creme". Eu deixo o leite na geladeira e uso caneca de metal. Coloco pouco leite na caneca (o suficiente) e ligo o vapor. Se não ficar cremoso na primeira, já era... Eu valorizo muito quando o (a) barista tira bem o café, porque eu mesmo não sou bom pra fazer. Sei tomar...rs. Mas fazer bem o café é coisa de profissional.
  3. Não sou muito de participar, mas Café é algo que gosto muito. Espresso (Expresso com "X" também é usado, mas convecionou-se a usar com "S" para designar o café) é um café que é retirado sob pressão. Por isso, aroma e sabor são mais encorpados. A principal características do espresso, além de seu sabor e aroma é claro, é a "cremosidade" perceptível também na espuma. Máquinas de café espresso comuns, do tipo italiana, costumam "retirar" o café à uma pressão de 15 BAR. Existem máquinas domésticas que também retiram o café sob a mesma pressão de 15BAR e seus preços variam de R$ 150,00 (comuns, só aceitam pó) até R$ 4.000,00 (totalmente automáticas). Eu uso em casa uma Delonghi que custa aproximadamente R$ 500,00. Ela aceita pó e sachês (SAS). São sachês hiper-higiênicos ao custo aproximado de R$ 20,00 a caixa com 20 unidades. Pode ser comprada no pão de açúcar com facilidade. A máquina da Delonghi, além de aceitar os sachês, também faz leite. Fazer leite, significa que ao aplicar vapor sob o leite frio (- de 11º) ele fica espumante. Com isso é possível fazer Cappuccinos, Chocolaccinos, etc. Apesar dessa máquina aceitar sachês, eu prefiro usar pó. Não é pó de café comum, é café próprio pra espresso. Nada impede que você use pó comum, mas a quantidade de impuresas, como galhos, folhas, cevada e até excremento de animais, tornam o sabor inferior. Eu prefiro o grão moído na hora. Também tenho uma máquina de Nespresso. A diferença para o espresso comum, é a utilização de Cápsulas próprias e a retirada do café à uma pressão de 19 BAR, maior ainda que a do espresso comum. Com isso, a cremosidade, aroma e samor são mais acentuados. Parece café retirado por um barista profissional. Contudo, as máquinas de Nespresso só aceitam capsulas (próprias ou compatíveis) e tem um valor médio de R$ 2,00 por cápsula. No entanto, se você optar em comprar pelo site, as vendas só são feitas com no mínimo 50 unidades, o que dá aproximadamente R$ 180,00 por compra. O Nespresso no geral é um café mais caro,mas tem vários tipos de torragem e até com sabores diferentes. O sabor não está claro se é apenas pelo tipo do grão ou se tem adição de outros aromatizantes como limão, ou frutas. O Nespresso não é um café pra se tomar a toda a hora, é um café pra ser "saboreado". Já o espresso comum, já é mais gostoso de se tomar o tempo todo. O pessoal citou o Dolce Gusto. É uma tentativa de imitar o Nespresso. Eu gostei, mas eu que gosto de "avaliar" o café antes de tomar, achei meio artificial, como nessas máquinas da Nestlé que já soltam o café pronto. É gostoso, é prático e suas capsulas são fáceis de achar em qualquer carrefour, mas em uma comparação grosseira, é como se o Dolce Gusto fosse um Burguer King e o Nespresso um 50th's ou um hamburguer feito em uma boa casa de hamburguer. Há formas diferentes de se tirar o café e experimentar sabores diferentes. A máquina de espresso tradicional, é mais versátil, permite os expressos curtos, longos e demais combinações, O Nespresso também, mas você fica condicionado às capsulas deles e a uma máquina mais cara se quiser o leite cremoso. O Dolce Gusto também fica condicionado às capsulas deles, mas a vantagem é que é um único tipo de máquina. Pra facilitar, vou resumir a história toda: - Quer praticidade? Compre um Nespresso ou Dolce Gusto. - Dentro dessas qual é a de maior variedade e melhor custo benefício? Dolce Gusto. - Não se importa com valor, mas quer um café (e apenas café) excelente? Nespresso (que também faz cappuccino, mas não tão prático quanto o Dolce Gusto pra fazer). - Quer pagar menos, mas quer perder mais tempo lavando e higienizando a máquina? Compre um máquina de espresso comum. Tem mais peças "reaproveitáveis" como a cuia e filtro e é de bom grado lavar logo após o uso. Espero ter ajudado um pouco. Nesse site, tem praticamente todos os tipos de máquinas e cafés e pode te ajudar a escolher a melhor máquina. http://www.cafefacil.com.br
×
×
  • Criar Novo...