Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

MacsMinix

Membros
  • Total de itens

    257
  • Registrou-se em

  • Última visita

Posts postados por MacsMinix


  1. Cara, o problema é que o Cable modem da NET se atrela ao endereço físico do adaptador de rede (no caso o PC e posteriormente o Airport) e demora mesmo um pouco pra ele liberar. Antes esse vínculo não podia ser desfeito. Você tinha que ligar pra NET e pedir pra eles liberarem o outro MAC address ou clonar o que já estava vinculado, mas isso não vem ao caso.

    As configurações que você precisa fazer no seu Airport (como se fosse a primeira vez).

    1. Escolha o nome da sua Rede Airport

    2. I use a DSL or Cable modem with a static address or DHCP"

    3. Nessa tela deixe como está, tenha certeza de que "Using DHCP" está marcado.

    4. Se quiser coloque uma senha e espere a base reiniciar.

    Agora você precisa desligar o modem por uns 2 minutos conectar ao Airport e ligar novamente. Isso fará ele se vincular ao Airport. Se não ser certo. Desligue ambos e ligue novamente após uns minutos.

    Posta aí se der certo, ok?


  2. Cara, minha experiência nessa área é relativamente boa e o que eu posso te falar é que só tem dois tipod de drivers que funcionam:

    1 - Da Apple, como Airport.

    2 - Da Railink.

    Isso sendo que os drivers da Railink são péssimos de fazer funcionar.

    Eu tive um notebook da Compaq em que eu instalei o 10.4.8. Ele tinha uma placa mini-pci Atheros em que eu precisava incluir o ID no driver da Apple pra ele funcionar como Airport. Isso já faz bastante tempo.

    Sendo Atheros, a única possibilidade pra você é o driver da Apple. Posta qual é o chip da sua placa que eu tento descobrir se rola.


  3. Isso, vamos compartilhar aí as imformações.

    Eu tenho uma dica: Pra quem tem um PoweMac G4 ou mesmo G5 sem Airport, este vendedor tem um item legal:

    wItem">http://cgi.ebay.com/Apple-Airport-Extre ... dZViewItem

    Essa plaquinha da Sonnet é reconhecida como Airport Extreme (802.11G). Não precisa de driver nem nada. Funcionado nos MacPro também, mas sé sem sentido já que les já vêm com Airport.

    Isso foi há uns 3 meses. Comprei por $44 + $5 de frete. Saiu a R$ 80,00 pra mim. Uma pechincha por um produto que nem mesmo vende ou tem similares aqui no Brasil.


  4. Fred, foi uma placa mãe ASUS P5KSE que a exemplo do que eu citei em outro tópico, usa o conjunto Intel P35/ICH9, Placa de vídeo GeForce 8600GT 256MB GDDR3, HD SATA 160GB, Gravadora de DVD Samsung SATA, 2x1GB memórias kingston DDR2 800Mhz. O processador é um Core2Duo E6650 de 2,33Mhz.


  5. Minha sobrinha ia montar um PC e veio pedir minha ajuda pra escolher as peças. Pesquisei um pouco e comprei pra ela uma configuração bem compatível e disse que ia instalar o mesmo sistema do meu MacBook. Ela achou o máximo.

    Instalei o Kalyway 10.5.2 que apesar de achar um muito zuada (os cara trocaram ícones, mexeram com as cores do sistema, etc) funcionava 100%. Daí eu li que era possível você mesmo aplicar o patch no no disco original e fiz isso. Ficou melhor, mas ainda precisava de ajustes após a instalação. Estudei mais um pouco o script do patch e aprendi a criar pacotes usando uma ferramenta do XCode da própria Apple. Resultado: Criei eu mesmo um DVD do Leo que instala a máquina dela com tudo que ela precisa e ainda mais um pouco como layout ABNT2 e alguns programas.

    Custou R$ 1500,00 e é mais bala que um iMac. É obvio que se grana não fosse um problema, eu mesmo dava um iMac pra ela. Agora, se EU tivesse que escolher entre um Mac Mini e um hackintosh igual ao dela, pegava o hackintosh na hora, sem nem pensar.


  6. Rafael, me desculpa cara, mas acho que não têm como não vincular uma coisa à outra. É como aquelas notas nas revistas dizendo que a opinião dos colunistas não é necessariamente a mesma da editora. Quando se usa tal artigo como referência, a nota se perde e pra quem lê não faz diferença de quem é a opinião.

    Bem, estou querendo dar um toque sobre o assunto, mas não vou criar polêmica.


  7. Olha eu aqui pra piorar a situação

    Olha, eu não ficaria com o segundo por causa do processador. Acho que você nunca vai conseguir sentir esta diferença am 100Mhz. Por outro lado, o HD mais rápido faz sim diferença nos programas pesados. Esse HD quase compensa o fato do computador ser um note, mas como foi dito, esquenta mais e consome bem mais bateria. Imagino que você vá usar o computador ligado na tomada então isso não seria bem um problema, mas prepare-se pra comprar um teclado pois é muito desconfortável usar o teclado do MacBook Pro quando ele está quente.

    Já o outro é mais barato, então sobraria uma grana pra você investir em equipamento, como um HD FireWire (que não tem um desempenho melhor que um interno, mesmo este sendo de 5400RPM), que te daria mais espaço...


  8. Mesmo a placa de vídeo do MacBook é melhor que a do PowerBook, pois é mais atual. Sem contar Airport padrão (nem todos os PowerBook vinham com Airport) iSight (essa, nem que você quiser poderá colocar no PowerBook) HD mais rápido (5400rpm vs 4200rpm no PowerBook). BootCamp, Windows, longevidade da máquina, idade também... Enfim, é como eu disse, o pior MacBook é melhor em desempenho que o Melhor PowerBook.

    Agora, enquanto eu acho que os preços dos usados Intel está muito abaixo do que é praticado, eu tenho CERTEZA de que o preço dos PowerPC está muito acima da realidade. Então eu repito minha pergunta: De onde saíram esses preços da tabela?

    E não é só porque é brochante ver as pessoas se gabando a (tentar) vender um notebook de mais de 5 anos mais caro que um de 2 anos, mas também porque, como eu falei, o site está endossando com sua credibilidade estas informações irreais.


  9. Q q é isso... e vc acreditou??? O que que a Anatel tem a ver com preço de celular da Claro???

    A Anatel só regula e emite autorizações para o aparelho poder ser utilizado no Brasil... e regula as tarifas das operadoras.

    Mas não tem nada com os preços de iPhone não... aliás, de nenhum telefone.

    Ué, se a Anatel não tem nada a ver, quem tem então? Lembre-se que não é bem o preço do aparelho e sim dos planos que por acaso incluem o aparelho. Você nunca viu notícia no jornal dizendo que a Anatel liberou ou barrou aumento de tarifas?

    Pra mim faz sentido sim.


  10. Alguém poderia por gentileza informar a de onde vêm estes preços? Na prática eles quase nunca são praticáveis.

    Me parece totalmente absurdo um PowerBook G4 12" custar o mesmo que um MacBook. O Pior MacBook é muito superior ao PowerBook 12".

    Na minha opinião, o site está crescendo e se tornando referência, mas é muito rium passar uma referência errada. Eu já vi esta tabela em muitos lugares e as pessoas acabam acreditando que é mesmo verdade. Aqui mesmo no fórum tem gente querando vender um PowerBook por R$ 2.900,00 enquanto já é bem comum achar MacBook Pro por R$ 3.500,00.

    Tem coerência, isso?


  11. Os chips G4 de segunda geração (até 500 MHz) não possuem essas instruções e ainda assim rodam o SO, apesar da Apple dizer que não. Basta observar os casos de Cubes rodando o Leopard, por exemplo.

    Ok, mas G4 é PowerPC, então é uma história completamente diferente. O Leopard roda teoricamente em qualquer G4 que tenha instruções Altivec, mas a Apple afirma que não por motivo de performance apenas. Se você pegar o DVD do 10.4.0, que é PowerPC (RISC) ele também não vai rodar em nenhum máquina Intel, pois os processadores intel, além de serem um arquitetura totalmente diferente (CISC), obviamente não possui o conjunto de instruções necessárias.

    Enfim, nenhum processador Athlon XP possui SSE2 ou SSE3. Muitos modelos não possuem sequer SSE.

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Athlon_XP

    Voltando ao tópico, pra rodar O OS X em um não Apple, você precisa basicamente de 2 coisas:

    - Um processador com no mínimo SSE2 (alguns Semprom, Athnlon64, Celeron D, Pentium D, alguns Pentim M, alguns Pentium 4 HT) sendo que o melhor é um processador intel de última geração (Pentitum Dual Core, CoreDuo e Core2Duo).

    - DVD do Leopard/Tiger patcheado...

    Essa do DVD é muito importante, pois o patch aplicado nele é que permite fazê-lo funcionar em máquinas não-Apple.

    Você acha muito material de pesquisa, guias e também arquivos em http://www.insanelymac.com e http://wiki.osx86project.org/wiki/index.php/Main_Page

    Eu já pesquisei o assunto e sugiro que para o rodar o OS X bem, a configuração ideal é:

    - Processador Core2Duo (mesmo processador da maior parte da linha Mac)

    - Placa mãe com chipset intel P35/ICH9 (mesmo chipset usado nos iMacs)

    - Memórias DDR2 800Mhz (qualquer marca, mas de preferência uma boa)

    - Placa de Vídeo GeForce PCI-E

    - HD Serial ATA

    - Placa wi-fi com chipset Broadcom

    As placas mãe com esse chipset geralmente já trazem dispositivos (geralmente da Realtek) de rede e som compatíveis com o OS X.


  12. Apesar de todos os problemas, acho meu Vírtua 2 MB bom.

    Se você calcular a velocidade teórica de 2 Mbits, você num vai mto além de 200 Kb não, se não me engano (corrijam-me se eu estiver errado!)

    Nunca tive nenhuma apurrinhação, num fica caindo a conexão, e ela é bem estável.

    Pelo menos eu comparo ela com as outras, e pelo que eu ouço por aí, realmente ela é a melhor ou eu sou mto sortudo com ela!

    Quando eu falei que baixaram minha conexão para 200k estava me referindo a 200 Kilobits.

    O que a NET vende como 2 MB é na verdade 2 Megabits, que sim, é algo em torno de 200 Kilobytes por segundo. Veja bem: 1 Megabit = 1024 Kilobytes. 1 Kilobyte = 1024 Kilobits.

    Infelizmente eu não posso dizer o mesmo que você sobre a NET. Enquanto usei tive problemas. Mas a verdade é que todas as Telecoms tem. Eu troquei pela GVT mais por causa do preço, mesmo. Quero que meu dinheiro valha sempre mais e não menos. Se mais gente começar a pular fora, eles vão logo baixar o preço.

    Agora, você que vai ficar com a NET, aproveita minha dica, cara. Liga lá e pede o cancelamento eu tenho CERTEZA ABSOLUTA que eles vão te oferecer alguma coisa pra você não sair.


  13. Vai aí o meu relato.

    Eu assinava o Virtua 2MB há um ano. Nunca tinha extrapolado o (absurdo) limite de 20GB que eles te impõem. Há duas semanas, sem avisar, eles baixaram minha velocidade para 200k. Liguei pra eles e me informaram que eu tinha extrapolado o limite e que tudo que eu poderia fazer é esperar até o fim do mês. Nem mesmo pagando eu teria minha conexão de volta. Fui olhar no "extrato online" deles e lá constava que eu "haveria" baixado aproximadamente 8GB em apenas 24 horas o que é impossível pois só eu uso minha conexão e não uso P2P, só muito ocasionalmente. Ainda tentei por duas vezes exigir que eles retornassem com minha velocidade contratada, afirmando que eu contestava as informações do extrato. Nem ligaram pra mim.

    A minha solução foi sair da NET. Me senti sem nenhum valor pra eles, pois mesmo eu avisando que iria cancelar o suporte me deu bola. Liguei pra GVT no mesmo dia e descobri que eles têm um plano de 3MB por R$ 89,00 e com limite de 50GB (contra os R$ 99,00 da NET por 2MB). Contratei, e no mesmo dia que eles vieram instalar eu liguei na NET pra pedir o cancelamento do meu plano. Nessa hora me trataram como gente, me ofereceram mil coisas. Até me ofereceram um desconto de 50% por 1 ano e aumento do meu plano para 4MB. Quaaaase aceitei esse, mas no final a auto-estima falou mais alto.

    Meu conselho, após a experiência: Liguem e peçam o cancelamento do plano. Digam que estão insatisfeitos (afinal, não é mentira) e galguem alguma vantagem sobre a NET, pois a propaganda é mesmo muito enganosa.

    SKAVUSKA!

×
×
  • Criar Novo...