Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Zico

Membros
  • Total de itens

    6
  • Registrou-se em

  • Última visita

Sobre Zico

  • Rank
    Estou chegando agora...

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • Interesses
    iPod, iMac, Android, TI
  1. Sinceramente, para o mais caro do mundo, o tratamento é inversamente proporcional e o aparelho está muito.....muuuuito mal acabado. Se você ignorar o fato de que é feito pela Apple, esses detalhes acima falados, seria facilmente classificado como uma porcaria de aparelho. Acho que somos muito "bonzinhos" pra achar que um aparelho descasque facilmente, que não seja resistente à uma queda simples, pequena. Que não aguente um "tirar da calça", como normal. Achar que o usuário é que está usando errado, parece absurdo. Pra não falar um palavrão aqui. Fico mto puto com essa visão de "aceite isso aí, porque nós estamos dizendo que é assim" O aparelho é bonito, normal, mas essa coisa da "capa" bonita, já fazem nos carros, em comparação, por exemplo, com os mesmos modelos vendidos na Europa. Acho que tem que reclamar mesmo e muito, pra fazer valer sua escolha, seu produto. Esquecer esse papo de que é bonzinha, porque não é. Simplesmente age como as outras deveriam agir, mas como as outras já estão mais tempo no país, parecem já ter se "habituado" ao "não-reclame" à "não-contestação" da média dos brasileiros. E aí, vão empurrando com a barriga. Mais ou menos assim: O lucro obtido com aqueles que não contestam, acaba compensando o custo para "reparar" os produtos de quem contesta. Ex.: A OI. Simples assim. É como se a Apple estivesse pegando a "manha de atuar" no Brasil, onde as outras empresas respeitam o cidadão com base no uso da "força", por vias jurídicas, etc. Decepcionante isso aí, e fez eu repensar mesmo de vir a ter um iPhone 4s, acredito que vou optar pelo Galaxy msm.
  2. Onde achar um iPhone 4s por menos de 1000? Achei um Galaxy S2. Vale a pena msm? Estou vindo de um LGP500, sd de 16gb, com root - permitindo mais de 2000 músicas, algumas em flac e mais de 140 apps. Como pode-se depreender, não é a LAMBORGHINI em forma de celular, mas uma Maserati (pela parte da customização principalmente) digamos, não tão básica. Estarei iniciando um curso técnico ano que vem, que deve custar metade do que ganho. Então, com a colaboração dos srs. tem alguma forma que encontre algo bom com essa relação de custo x benefício? Algo melhor que o Galaxy S2 na casa dos 1000? Um abraço
  3. A Oi, diga-se de passagem, parece ser a empresa que está tomando vergonha na cara e abandonando essa coisa cafona de abrir as lojas na virada da noite.
  4. Se alguém tiver um Galaxy SII ou SIII e puder tirar uma foto com ele e a mesma com um iPhone 5 pra comparar, porque vi algumas do Galaxy SII e deu um "baile" no iPhone 5 (principalmente quando tem flash) Parece que depende da cor em questão, e da influência da luz na foto em questão. Compare aqui: http://www.gsmarena.com/piccmp.php3?idType=3&idPhone1=4238&idPhone2=4910
  5. Mas, não é so descredenciar a loja, eles já erraram em credenciá-la. Servirá tb, talvez a longo prazo, em não credenciar qualquer loja como AUTORIZADA. Pq, sem essa de ser Brasil, já precisei da assistência de fabricantes brasileiros e funcionou. Parece ser uma espécie mesmo é de "descaso" da Apple com as assistências que ela autoriza no Brasil para representá-la. Segundo o CDC, em casos como esse, tudo é uma coisa só (como dizia "O Teatro Mágico"), Apple. É ela que, ao final, terá que trocar o produto ou consertá-lo, seja em Guarulhos, Salvador, Nova York ou Califórnia. Pois aí não importa onde nem como irá fazê-lo, apenas que seja feito.
  6. A Apple é fantástica na criação dos seus produtos porém é uma m... na relação com o público brasileiro, falando em linhas gerais e na forma como são direcionadas as coisas aqui no país. Eu fico imaginando que a Apple que, por uma maioria, é considerada a "correta", preza pela qualidade em tudo que faz, mas não consigo ver isso em situações assim. Ora, se ela AUTORIZOU tal loja/assistência (Técnica Autorizada Apple), logo ELA é plenamente culpada na situação. Simples. Como qualquer outro produto em que quando procuramos "nossos direitos" nos Procon's e etc, processamos A EMPRESA que fabricou, não a assistência da empresa. Logo, caso resolva ir ao Procon, processe a APPLE. Será mais rápido e talvez aih sim, via Procon, vc reveja seu iMac. Pois, novamente segundo o CDC, vc não pode arcar com a falta de zelo da Apple na escolha de suas assistências técnicas. Não importa se ela tem qualidade e a assistência que ela AUTORIZOU não tem. Como direito, tudo é Apple. Ex,: Seguindo (e segundo) o CDC, ao colocar o produto na assistência, ela (fabricante ou terceirizada, não importa para o CDC) tem até 30 dias para devolvê-lo ao cliente. Logo, caso isso não ocorra, a fabricante é que responderá pela não-ação. Penso que, se a Apple autoriza "qualquer um" ou "qualquer quintal" etc responder como uma "assistência técnica AUTORIZADA" ela é DUPLAMENTE CULPADA pelo ocorrido, pois não se preocupou com coisas como essa citada acima e faz crer que só pensa na grana, no momento da venda, e de um pós-venda respeitoso apenas aos norte-americanos e europeus. Restando aos demais países como o Brasil, uma assistência técnica qualquer, sem qualidade técnica - natural dos seus produtos - para assistir. E vale a redundância. Ps.: Ainda que eles liguem da Califórnia pra vc, se a assistência fundo de quintal deles não resolver, eles é que são os responsabilizados em casos assim. O telefonema é como um adendo. E só. Um forte abraço
×
×
  • Criar Novo...