Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Adalberto Taylor

Membros
  • Total de itens

    2.046
  • Registrou-se em

  • Última visita

Tudo que Adalberto Taylor postou

  1. A sim, eu pensei pelo lado da aprovação de crédito. Realmente, essa questão do sobrenome o ajuda ao utilizar para compras. Esse é um grande problema para as empresas, um vendedor, ao não verificar a propriedade do cartão põe em risco a transação que pode ser questionada por parte do titulas sem maiores problemas. Mas é fato que ninguém observa isso, meu filho volta e meia utiliza o cartão da mãe dele (no shopping, à 100km daqui) sem maiores problemas.
  2. Entra naquilo que falei anteriormente. Quem tem ou já teve o nome sujo. O sobrenome é pouco relevante nesse caso. O que vale de verdade é o documento que identifica o indivíduo. Sobrenome seria um problema já que existem casos de pessoas que têm o mesmo sobrenome e não tem qualquer vínculo familiar.
  3. O problema é a compatibilidade. Como disse, o macOS não tem suporte a vídeo externo. Pelo menos eu nunca vi um que funcionasse...
  4. Provavelmente está excedendo a capacidade máxima de processamento da sua GPU. A resolução máxima não significa que se pode conectar N monitores ao Mac e desde que não excedam essa resolução vai funcionar. Por isso comentei se teria que ver se essa placa USB funciona apenas como um adaptador ou se adiciona poder de processamento gráfico. Pelo que andei lendo, essa placa funciona como se você "simplesmente" adicionasse mais uma saída HDMI ao Mac. Ou seja, a capacidade de processamento gráfico permanece a mesma. Alias, o macOS não possui suporte a GPUs externas. Par utilizar aquelas cases da Akitio ou BizonBox é preciso fazer uma série de patches no sistema, ou usar via bootcamp.
  5. Que bom que funcionou nativo. Porém o FreeSync é apenas para placas ATI. Sobre essa "placa usb", não creio que vá resolver porque ela utiliza USB 3.0 e duvido muito que uma máquina que não tenha um HDMI 1.4 vá ter uma USB 3.0. Além disso há que se analisar se ela adiciona poder de processamento gráfico ou se ela funciona apenas como um adaptador HDMI 2.0, se for apenas um adaptador, ainda estará sujeito às limitações da placa gráfica.
  6. Indiquei 52 pessoas, dessas 44 estão com o cartão. O que eu notei por aqui de pessoas que não conseguiram aprovar o cartão; • Pessoas que estão com o nome limpo, mas já tiveram o nome sujo, têm problemas para aprovar. • Pessoas que estão com o nome limpo, têm cartões, e não tem qualquer movimentação financeira (financiamento, conta corrente, aplicações e afins) * Pessoas com patrimônio incompatível com a idade (30 anos e não ter um veículo, por exemplo) Nesses casos acima, notei uma certa dificuldade em aprovar o cartão.
  7. Queria ver um print disso rodando. Que gambeta! hahaha Mas parabéns pela "solução". De qualquer forma, acho que seria interessante conseguir o cabo. Nativo é sempre mais interessante que adaptado. Como mencionei anteriormente, um colega aqui da cidade estava com o mesmo problema. Ele resolveu comprando esse cabo aqui. http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-784642652-cabo-mini-displayport-x-displayport-18m-macbook-eyefinity-_JM
  8. Além do que o André já citou, verifique a existência de riscos no painel. Os monitores da Dell possuem uma opção chamada LCD Conditioning, ou coisa do tipo, que vai fazer um ciclo de cores na tela, assim você pode verificar imperfeições como dead pixels, backlight bleed ou burn-in na tela.
  9. O preço está muito bom. Eu ficaria esperto quanto à condição do monitor.
  10. Adicionando. Quando forem comprar monitores 4K ou Ultrawide, verifiquem a taxa de atualização e disponibilidade de portas. Existem uns monitores 4K da Dell que só trabalham a 30hz. Existem também uns monitores Ultrawide da LG que não contam com DisplayPort, a resolução mínima padrão do Ultrawide (2560x1080) só roda via HDMI se for HDMI 1.4, ou seja, Macbooks a partir de 2013 e Minis a partir de 2014. Isso tudo pra não falar da questão do painel. A Dell tem um 4k de 27" que custa R$2.800,00, mesmo tendo um painel TN.
  11. É justamente esse o motivo de eu estar vendendo o meu. Uso o U2414H, o melhor monitor que já tive. Tenho um LG Ultrawide de 29, mas não gosto das cores dele, impossível conseguir um branco de verdade sem prejudicar as demais cores.
  12. O conector M.2 é um padrão de conector que utiliza a interface PCI-Express. A Apple utiliza conectores proprietários, fora dos padrões, nos Macbooks. Portanto não é compatível. Existem alguns adaptadores por aí, mas de qualidade duvidosa. Esse novo SSD é muito mais rápido por utilizar o padrão de comunicação NVME, muito mais rápido que o padrão AHCI, muito utilizado na interface SATA. Outro detalhe sobre os adaptadores, se encontrar algum adaptador M.2 pra Sata, provavelmente não terá o mesmo ganho de performance, já que o padrão NVME não é suportado em dispositivos SATA. Quem se interessar, pode aprender mais com os vídeos abaixo.
  13. @Danilo Kosinski @Futenma convites enviados para ambos. (Y)
  14. Tecnicamente o cabo não deveria influenciar esse tipo de comportamento. Pior que não faço ideia do que era, agora já nem tenho mais certeza se ficava ligado mesmo, ou não. rsrs
  15. Essa do cursor realmente é a mais usada. As duas funções pra acessar os aplicativos abertos também são demais, principalmente para aquela galera que insistia em usar o Assistive Touch pra "preservar" o botão home. HAHA No Mac eu não tenho então não posso opinar. Mas o que eu quis dizer antes é que tudo depende da implementação feita do recurso, se os desenvolvedores tentarem explorar melhor o recurso, provavelmente teremos alguns usos interessantes.
  16. Provavelmente seus HDDs estão formatados em NTFS, correto? Se realmente precisar usar os HDDs em NTFS, recomendo que use o Paragon. Outra opção seria formatar seus HDDs externos para exFAT, caso precise de compatibilidade com PCs Windows, assim você não precisaria de nenhum software adicional.
  17. BSD process name corresponding to current thread: launchd Esse erro pode ser ocasionado por problemas com memória RAM. Tente realizar um teste de hardware. https://support.apple.com/pt-br/HT201257
  18. Discordo. Não sei no Mac, pois meu Mac não tem isso. Mas no iPhone eu uso e muito. • Retornar para o último aplicativo. 3D Touch da esquerda da tela para a direita. • Acessar os aplicativos abertos. 3D Touch na esquerda da tela. • 3D Touch no teclado para controlar o cursor. Esse é o mais utilizado. • Agora com o último iOS, todas as notificações só são dispensadas usando o 3D Touch. • Abrir a câmera direto no modo selfie Isso pra citar apenas os usos mais comuns que eu faço do 3D Touch. O recurso é muito bom, o grande problema dele é a implementação dos desenvolvedores. No iOS 9 mesmo, era bem toscão, agora melhorou bastante.
  19. Já apanhei muito do MAMP, sempre dava trabalho pra botar pra rodar, e volta e meia voltava a dar problema. Hoje, quando trabalho com a LAMP stack, prefiro usar o Docker, ou então montar uma VM com a mesma imagem que uso no VPS, assim consigo manter o ambiente de desenvolvimento muito próximo, se não idêntico, ao ambiente de produção.
  20. Fica bom sim. Deixa só o que for essencial no SSD e o restante no HDD. iOS é o sistema mobile, do iPhone, iPad e afins. No Mac o que roda é o OS X ou macOS.
  21. Bem, se sua necessidade de armazenamento for, realmente, de cerca de 200gb, não recomendo que use um SSD de 256gb. Os SSDs apresentam degradação grande de performance e durabilidade quando operam próximos da capacidade máxima. Nesse caso você pode, optar por um SSD maior ou, fazer uma limpa nesses arquivos e mover arquivos que não precisa constantemente para um HDD externo, ou usar o HDD no lugar do drive óptico. Eu faço o seguinte. Meu SSD (de 256gb) só armazena o sistema operacional (OS X/macOS e não iOS, esse último é o mobile), aplicativos e arquivos de trabalho. Atualmente meu Mac está com 180gb livres. Os demais arquivos pesados, que não utilizo diariamente, ficam num HDD externo. Manter arquivos em um HDD não deve impactar a performance do seu sistema. Um HDD tem velocidade mais do que suficiente para servir vídeos, músicas e afins. A única opção que pode impactar seu uso é se trabalhar com arquivos muito pesados, projetos de vídeo por exemplo, do contrário, deve funcionar muito bem.
  22. Boa tarde. Esse anúncio não é meu, apenas fiz uma busca pelo modelo/capacidade e linkei aqui. Sobre a instalação, se for substituir o HDD do Mac pelo SSD, não precisa de nada. Agora se quiser colocar o HDD no lugar do drive óptico, aí precisa de um adaptador.
  23. Não estou tomando as dores de ninguém, mas é pelo menos a segunda vez que você tenta se esquivar de algo que disse anteriormente. Também não estou atribuindo a opinião de que todos os engenheiros são incompetentes, a você. Nem tão pouco quis dizer que você disse isso. Mas suas afirmações me levam a crer que você crê nisso. Faça o teste que eu coloquei acima, veja se seu gerenciamento manual é eficiente o suficiente para impedir sua máquina de bater a casa dos 90º... Sobre o problema na instalação do HWSensors, eles informam que a instalação em Macs deve ser feita com cautela e que o FakeSMC não deve ser instalado. Assim como eu também falei quando postei sobre. De qualquer forma, estou me retirando dessa discussão que há muito se perdeu. Creio que o autor conseguiu obter respostas suficientes para que possa formar a sua própria opinião e tomar suas decisões sobre qual caminho seguir. Caso o @Danipru3 ainda precise de alguma informação, coloco-me à disposição dele para ajudar no que estiver ao meu alcance.
  24. Cara, manda seu currículo pra Intel, ou pra Apple, se as especificações deles estão tão incorretas assim eles devem estar precisando de um engenheiro como você lá. Afinal, TODOS os engenheiros deles devem ser incompetentes pra não deixar constatações tão óbvias assim passar batido. Tá aí o trecho onde você mencionou estatísticas.
  25. Quem achar que o controle manual de temperatura pode "resolver" a vida de alguém, roda o comando abaixo no terminal e monitora por uns 5 minutos. Tenta com controle manual e com controle automático, observe as diferenças. O poder da experimentação é sempre maior que o do achismo. yes > /dev/null & yes > /dev/null & yes > /dev/null & yes > /dev/null & yes > /dev/null & yes > /dev/null & yes > /dev/null & yes > /dev/null & yes > /dev/null & yes > /dev/null & yes > /dev/null & yes > /dev/null & yes > /dev/null & yes > /dev/null & yes > /dev/null & yes > /dev/null & Depois de uns 5 minutos é só rodar o comando abaixo para parar. killall yes Esse é um stress test muito comum utilizado em sistemas Unix.
×
×
  • Criar Novo...