Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Heitor

Membros
  • Total de itens

    3.883
  • Registrou-se em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    43

Tudo que Heitor postou

  1. Não sou fotógrafo e nem trabalho com imagens, mas não acho que a câmera do XR em relação a do X seja um diferencial que valha a pena escolher essa primeira opção. Se eu trabalhasse com imagens, daria preferência ao modelo com tela OLED, não ao LCD. A tela do XR é boa (quando comparado a outros aparelhos com LCD) mas, pra mim, comparando tela x tela e câmera x câmera, o pacote do iPhone X é mais vantajoso. O único aparelho, hoje, que me faria trocar meu iPhone X, se eu realmente fizesse muita questão pela câmera, seria um Pixel 3, somente.
  2. Minha TV também não é smart (nem faço questão) e tenho uma Apple TV 4ª Geração. Acho que no começo do tvOS os desenvolvedores davam mais atenção ao sistema, hoje tá meio "na mesma". Por conta disso, poucos jogos que realmente valem a atenção. No começo procurei jogos que usassem o acelerômetro do Siri Remote (já que nunca tive um Nintendo Wii), mas agora nem ligo ou jogo mais. Para as demais funções, como: espelhamento, e os apps de streaming, continua sendo muito útil. Hoje em dia só tenho poucos jogos instalados e quase nem abro: Alto's Adventure (o melhor que tenho), Real Racing 3, F1 2016, Jetpack Joyride e um de tênis que usa o acelerômetro, cujo nome não lembro agora.
  3. Tem outros tópicos tratando do "Saúde da Bateria" do iOS. Pra mim, essa estatística não condiz com a realidade. O Coconut Battery (para Mac) mostra a real capacidade da bateria com mais exatidão. Depois do Battery Gate da Apple, não confio em mais nada com relação às estatísticas de bateria. Pra mim é balela pra te "forçar" a trocar mais rápido a sua e "poder usufruir" do potencial máximo do iPhone já que a Apple coloca um chip (processador) no aparelho que, com o passar do tempo, acaba degradando as baterias mais rápido do que a concorrência.
  4. De certa forma você já respondeu sua própria pergunta, hahaha. Se à noite num ambiente totalmente escuro funciona de boa e pela manhã, não, provavelmente é por conta da atenção e por não abrir os olhos como à noite. Seria um problema se não funcionasse bem em ambientes escuros em nenhuma situação.
  5. Por aqui não tive problema algum com meu cartão do BB. Só tem que lembrar de apagar o cartão do aparelho/iCloud pra não ter essa dor de cabeça com o banco/operador.
  6. Ninguém sabe o método que a Apple usa para aferir a capacidade da bateria. Eu, particularmente, não confio nos números que ela mostra. Acho que apps com mais "credibilidade" são o CoconutBattery (Mac) e o Battery Life (que, inclusive deixou de funcionar no iOS 12). Deixei essa paranóia de lado depois de ver meu iPhone X com 4-5 meses de uso, carregando a cada dois dias e com uso tranquilo, estar com 97% da capacidade, enquanto o Battery Life (no iOS 11) mostrava 99%. Acho que a Apple, de certa forma, quer tirar a culpa dela da jogada ao mostrar que a bateria já se degrada com pouco tempo e, caso você não troque, vai perder a capacidade de processamento no aparelho. E sobre a sua última dúvida, a qualidade e autonomia da bateria é a mesma na substituição (caso seja feita na Apple ou autorizada).
  7. Pior que subiu, cara. Antigamente, quando não existia iPhone Plus, com $649 (+impostos) você tinha o iPhone do ano. Hoje com esse valor não se compra nem um iPhone XR que, querendo ou não, não é o topo de linha da Apple. Infelizmente, ou felizmente pros americanos, a subida de preços lá além de não ser absurda como no Brasil, afinal não têm uma moeda fraca e sentem menos no bolso, demora a acontecer. Lá depois de vários anos a Apple foi subindo entre $50-100 por modelo até chegarmos aonde estamos. Aqui no Brasil a pancada é mais forte no consumidor.
  8. Por incrível que possa parecer, pensando no que você falou, a situação hoje parece ser até mais justificável (mas não menos absurda) que nos anos anteriores. Os fatores são totalmente desfavoráveis aos brasileiros: 1) Desvalorização da nossa moeda; 2) Aumento de preço nos EUA; 3) Margem Apple, Custo-Brasil (carga tributária excessiva). Fora que o poder de compra do brasileiro (comum) diminuiu pelo desemprego/inadimplência. O assunto é batido mesmo porque, apesar das circunstâncias serem outras, o assunto é o mesmo: preços absurdos. Infelizmente fica cada vez mais inviável usar produtos Apple, muita gente é forçada a migrar de sistema pelos preços. Pro americano, pagar $50-100 a mais não pesa tanto no bolso mas os caras reclamam demais dos aumentos. No Brasil o aumento é na casa de 4 dígitos (isso serve também pra carros e outros bens de consumo), mas muita gente paga e nem reclama. Assim fica impossível pensar que a Apple vai baixar preço, infelizmente.
  9. Não uso essa função, mas a opção "Nível da Última Recarga" (Ajustes > Bateria) pra mim foi um retrocesso já que só mostra nas últimas 24h ou nos últimos 10 dias. Usava muito a opção "Desde a Última Recarga Completa" pra ter mais noção de quantas horas/dias totais conseguia de uso. A Apple deveria dar ao usuário a opção de usar os parâmetros que quisesse, não retirar opções.
  10. Acho que é motivo de entrar com uma ação contra a Apple. Infelizmente é uma dor de cabeça mas é inadmissível que uma empresa do porte da Apple solte uma atualização furada que torne o Apple Watch um peso de papel. E o pior de tudo, não dar ao cliente uma alternativa que possa ser feita por ele mesmo (uma restauração como os iGadgets) porque a porcaria do aparelho não tem nenhuma entrada acessível ao usuário comum. É tipo: "Deixa teu relógio aí encostado e quando a gente tiver uma solução, te avisamos".
  11. Me animei pra caramba no dia da keynote pra pegar o Series 4, mas troquei o 2 pelo 3 mesmo. Agora, nem é mais prioridade o mais novo, o Series 3 me atende bem. Acho que a animação foi maior no Watch porque o iPhone XS ficou "devendo" em novidades.
  12. Eu uso o UBS-A normal com o adaptador de 12W do iPad, meu MacBook Air não tem USB-C. Usava uma base wireless da Samsung que o iPhone fica inclinado, funcionava de boa no meu antigo 8 Plus mas não funcionou direito no X, acho que a bobina não ficava bem centralizada pelo aparelho ser menor.
  13. Realmente a bateria está sendo bem elogiada. Mas, pesando as vantagens (principalmente àquela referente ao desembolso pra trocar pelo XR) do X contra o XR, não faria essa troca de forma alguma, a não ser que a bateria fosse realmente uma prioridade absoluta.
  14. Infelizmente não há o que fazer já que o Apple Watch não permite restauração de software por nós usuários. O jeito é tentar conversar com alguém disposto a ajudar no suporte já que tá fora da garantia, mas lamentável que tenha acontecido. Uso no banho de vez em quanto desde o Series 0 e não tive problemas.
  15. A sugestão é a mesma do amigo acima, restaurar do zero (preferência por não puxar backup) pra ver o comportamento do aparelho. Meu iPhone X esquenta e muitos anteriores que tive também esquentavam, mas nunca tive problemas com drenagem de bateria. Caso não solucione, melhor procurar a assistência/garantia da Apple e informar o ocorrido, pode ser problema no hardware do aparelho.
  16. Não acho que vale, se aproxima muito dos preços do iPhone 7 (ainda mais com a Black Friday chegando) e não ganha nada em desempenho pro iPhone SE (que custa bem menos que esse valor). Se for pra escolher um iPhone, só recomendo do 7 pra cima.
  17. Se eu desligar meu iPhone X durante a noite e parte do dia, também vai durar 4-5 dias. Uso é uso. O Watch consome muito durante a noite sem uso, mas desligar durante o dia não conta.
  18. Heitor

    12.1 Face ID

    Não percebi nada de diferente, só a nova mensagem na parte superior avisando como desbloquear o aparelho. Aqui permanece exatamente como no 12.0 e 12.0.1.
  19. Pela diferença de $100 apenas, ia de XS mesmo. Se fosse uns $200-300 de diferença, poderia pensar no X. Mas vai uma dica a você sobre a BestBuy: mesmo afirmando que são desbloqueados, é dor de cabeça na certa para usar no Brasil, os aparelhos são desbloqueados para o EUA, mas aqui são bloqueados mesmo. Se for comprar iPhone, compre numa Apple Store.
  20. O meu tem 6 meses de uso, carrego a cada dois dias e não uso para nada exagerado/pesado e já tá com 97%. Caiu pra 99% e 98% após atualizações do iOS 11. Desde o 12.0 permanece com os mesmos 97%. Difícil entender/acreditar nessa estimativa da Apple. No Battery Life tá dando 99% de saúde.
  21. Esse Google Tradutor ficou estranho, hein? Hahaha Se o de 42mm é grande no seu pulso, a opção óbvia é o de 40mm mesmo, que deve te atender muito bem.
  22. O XR também é Dual-SIM e é uma opção bem mais "barata". A questão da percepção é pessoal, mas a diferença existe. Não sou muito bom nisso mas, dessa vez, deu pra perceber bastante. Sempre que a Apple lança um modelo novo, antes das telas OLED, e dizia que mexeu nisso e naquilo, eu nunca consegui perceber nada de melhor (somente do 4S pro 5). Mas dessa vez deu pra perceber principalmente por conta do preto que é bem diferente no OLED em comparação ao LCD.
×
×
  • Criar Novo...