Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Nícolas Umaras

Membros
  • Total de itens

    21
  • Registrou-se em

  • Última visita

Sobre Nícolas Umaras

  • Rank
    Estou chegando agora...
  • Data de Nascimento 24-01-1995

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • Localização
    São Paulo
  • Interesses
    Curto tudo relacionado a tecnologia, principalmente ao mundo Apple.

Últimos Visitantes

650 visualizações
  1. Está no cache do Google: http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:2TUybyN5NjAJ:macmagazine.com.br/2014/04/10/pesquisa-demanda-por-um-iphone-com-tela-grande-ultrapassa-a-dos-iphones-5s-e-5/+&cd=1&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br&lr=lang_en%7Clang_pt&client=safari Eu não tinha visto a discussão também. Simplesmente infantil, acho que foi pior que aquelas discussões de fanboys que ocorriam nos comentários... Já tirei o MM dos favoritos, por mais que os comentários voltem, não vou perder meu tempo dando audiência para um ser tão arrogante.
  2. Já havia diminuído minhas visitas ao site, agora vou diminuir mais ainda porque se é pra ler o que já li no Gizmodo, Tecnoblog, MeioBit, Link, etc. para que ler de novo? Muitas vezes entrava no MM só para ler os comentários de alguma notícias que já tinha visto em outro site. Acredito que não seja o único.
  3. Eu já não participava dos comentários desde que o Facebook entrou como sistema, até diminui o acesso ao site, mas SEMPRE lia os comentários. Como já disseram, eles acrescentam. Se eu quiser a notícia, entro em qualquer site de jornal e vejo. A graça é ler os comentários nos sites específicos de uma marca porque há quem entenda bastante e ajuda demais com alguma dica. Trolls e fanboys metidos sempre vão existir porque esse tipo de gente existe no mundo real, mas a qualidade de alguns comentários supera os trolls. No caso do falecido Jalopnik BR os comentaristas foram os responsáveis por garantir a volta do site como FlatOut!. É uma pena que muitos sites estejam escolhendo acabar com os comentários... Senti que o pessoal do site se incomodava pra caramba com as correções que os leitores sugeriam, não entendi porque, errar todos erramos e a ideia da internet é justamente essa: ser uma contribuição coletiva. Agora é possível avisar sem escrever, mas e se o erro não é bem um erro gramatical e se nem for erro? Quantas vezes os posts foram atualizados com informação dos comentários? Agora é preciso preencher o formulário para enviar algo? Parece ser pura má vontade.
  4. Atualizando mais uma vez. Bom, a novela continua. Ontem ninguém me ligou (finja surpresa) então liguei lá e perdi a tarde inteira. Quando me transferiram para o setor de troca, a atendente, muito bem informada, perguntou se era o iPhone da Samsung (não conheço esse, deve ser lançamento) e até ela entender Apple foi complicado. Ela verificou no estoque e me disse o óbvio: a VIVO não possui mais em estoque, teria que esperar chegar uma nova remessa (WTF?). Questionei a atendente sobre o fato desse aparelho não ser mais fabricado, com uma educação de primeiro mundo ela madou eu me virar com a Apple e desligou na minha cara. Tentei ligar na Anatel, e aí mais um fato curioso: a ligação sempre caia quando efetuada pela minha linha da VIVO, só consegui por um celular da TIM. A atendente disse que a ANATEL não pode fazer nada por mim, mesmo depois de eu insistir muito. Eu acho que estou ferrado e no momento resolvi desistir disso até o ano novo. Ano que vem vou no procon e em último caso na justiça. A única certeza que tenho agora é que a Apple perdeu um consumidor. A culpa é tanto da VIVO quanto da Apple, mas é um absurdo a Apple ter a cara de pau de cobrar o absurdo que cobra pelos produtos no BR e nos tratar como lixo total. Enquanto não tivermos um serviço de qualidade, não compro mais nada da Maçã mordida. A VIVO também, só estou esperando o contrato vencer.
  5. O problema do Brasil ainda é o atendimento Online. Comprar na loja física da Fast é simplesmente maravilhoso, os vendedores sempre educados e aparentemente gostam do que fazem e entendem também (pelo menos sempre foi assim comigo). Uma vez o próprio vendedor foi até uma outra loja buscar o produto já que na loja onde comprei eles não tinham estoque, o único ruim foi ter que esperar o dia seguinte já que o vendedor pegou antes de ir pro trabalho. A Fast é uma das únicas lojas que recomendo para as pessoas. Para produtos da Apple é uma das melhores por causa do desconto. O problema deve ter acontecido por causa da queima de estoque. A melhor coisa é comprar na loja física e checar o produto na hora.
  6. O problema é encontrar o MicroSIM. Quando fui comprar para meu iPad não achava de jeito nenhum aquilo, em uma loja a mulher nem entendeu direito e quando saí percebi que ela tirou uma da minha cara com a colega por ter pedido um tal de MicroSIM... Quando coloquei no meu iPad também tive problemas para ativar o 3G, no meu caso só aparecia o EDGE e mesmo assim era difícil. Fiz um restore e resolvi o problema.
  7. Atualizando a novela: Ontem a VIVO Não respondeu e por varias vezes tentei ligar na ouvidoria mas a ligação caia (tenho vários protocolos, inclusive alguns que chegaram por SMS de madrugada). Hoje consegui contato e a informação que tive foi que o chamado foi fechado por falta de contato. Como isso aconteceu que eu quero saber já que não posso desligar meu iPhone e a secretaria eletrônica não tem nenhuma mensagem. O protocolo foi reaberto e agora vou ter que esperar mais 5 dias. Um absurdo mas vou dar uma ultima chance pra VIVO.
  8. Se o aparelho de vocês só funciona na OI, eles foram bloqueados no Cadastro de Estações Móveis Impedidas (CEMI). Por algum motivo a OI não participa dele e por isso seus aparelhos funcionam nela. Existem alguns casos de aparelhos que foram parar no CEMI por erro da operadora, os que possuem nota fiscal devem ligar para a operadora e relatar o problema (digam que seus celulares não funcionam em nenhuma operadora com exeção da Oi ou levem eles numa loja com a nota fiscal). Outro detalhe é que aparentemente, em alguns casos, a rede de dados continua funcionando. Tentei fazer uma busca no Google para trazer mais alguma informação, mas infelizmente o que mais se encontra quando buscado por "BlackList celulares" ou "CEMI" são vendedores no Mercado Livre oferecendo maneiras de desbloquear o aparelho.
  9. Foi o que pensei que ia acontecer quando deixei pela primeira vez; foi exatamente o que não aconteceu hahahaha. Eles pediram para ficar com a nota fiscal original e o contrato? Pediram pra mim e achei muito esquisito, o pior foi que nem tinham um protocolo ou papel para me dizer que ficaram com os documentos. A gerente escreveu um documento na hora porque exigi. --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Vim aqui hoje para atualizar minha história. Ontem fui numa loja VIVO e como esperava eles não quiseram trocar. Não os culpo já que não comprei o aparelho lá. A boa notícia (assim espero) foi que liguei hoje na ouvidoria da VIVO e a atendente (muito atenciosa por sinal) me pediu desculpas pelo o que está acontecendo (parecia que tinha recebido aqueles emails da Apple se desculpando e dizendo que estão tristes pela minha insatisfação) e disse que o procedimento é a troca na hora, sem envio algum para assistência técnica - mesmo que seja para identificar o defeito. Ela anotou todos os dados do aparelho e da loja onde comprei, disse que em cinco dias retornam me dizendo o que fazer e onde trocar. Aparentemente minha novela de mais de um mês (contando a primeira vez que levei o iPhone na loja) está caminhando para o final, feliz por sinal. Depois volto aqui para contar o desfecho e passar algumas dicas caso alguém precise.
  10. Ah, outra coisa que esqueci de mencionar é o total despreparo dos atendentes da central de atendimento. O cara me disse que a garantia era da "eipow" e quis me passar o telefone da Itautec. Depois de muita insistência ele aceitou que era da VIVO mas que a VIVO enviava pra Apple consertar. Só consegui a resposta correta pelo atendimento SMS (acredito que nesse último eles tenham mais tempo para pesquisar sobre já que eles demoram uns 15min para responder). Talvez o mesmo despreparo do atendente seja o da autorizada, mas acredito que pra eles seja mais vantajoso vender os aparelhos ao invés de cumprir as regras e dar a unidade para um cliente que teve problemas. Só sei que nunca mais compro aparelhos em autorizadas.
  11. Nos encontramos de novo hahahaha. Ainda bem que você deu sorte. Sei que o problema é a tal autorizada, amanhã vou tentar ir em uma loja da VIVO e tentar a troca, se não conseguir vou procurar a ouvidoria da VIVO e em último caso a Anatel (espero não precisar da justiça). A VIVO aparentemente é a melhor operadora no quesito garantia do iPhone, o único problema é a falta de estoque e as representantes.
  12. O que andei lendo que o pessoal fez foi comunicar a Anatel, em cinco dias trocaram. O pior que teremos mais dor de cabeça visto que o estoque de iPhones 4 deve estar baixo e eles não serão repostos (no lugar vai entrar o 4S). Como o CDC manda a empresa trocar por um igual ou superior, o i4 de 8GB está fora de questão e não sei se a VIVO vai aceitar numa boa trocar por um 4S.
  13. Olá galera do forum MM, Se vocês acompanham os comentários do site, talvez tenham visto meu desabafo. Em resumo eu comprei um iPhone 4 em julho na TW Celulares (autorizada VIVO) e no começo do mês tive problemas com o botão power (que simplesmente afundou), fui na loja tentar a troca e a gerente me disse que iria enviar o iPhone para a Apple, achei estranho e confrontei ela com o que dizem sobre a troca na hora, ela disse que não era assim. Como precisava do aparelho funcionando, aceitei deixar ele lá (com caixa e acessórios). Fiquei 18 dias sem o aparelho (absurdo) e quando fui buscar, tive a surpresa: era o meu iPhone com o botão consertado. Como estava tudo normal, peguei o aparelho e fui embora. Isso aconteceu a pouco mais de uma semana e ontem o botão parou de funcionar de novo. Fiz novamente uma pesquisa (tinha feito da primeira vez, mas como estava nervoso com o problema, ela não foi muito extensa) e descobri no próprio site da Vivo um texto que diz que eles realizam a troca de qualquer iPhone em garantia, seja em lojas, autorizadas ou ilhas de venda informação confirmada pelo atendimento SMS Vivo. Liguei para a loja informando a volta do problema e ela novamente disse que teria que recolher o aparelho, confrontei a gerente com a informação do site da VIVO, ela consultou o supervisor e o mesmo disse que isso não era o procedimento (como assim, se o site e o atendimento da vivo diz que é assim?). Disse que ligaria na ouvidoria e depois na Anatel, a gerente nem ligou. Texto do site da VIVO: A pergunta é: A garantia brasileira do iPhone é uma roleta russa. Alguém teve um problema parecido com a VIVO? Se sim, como resolveram? Encontrei um caso muito parecido com o meu neste site, mas seria legal ter mais alguns casos para me basear e para preparar uma espécie de "dossiê" para usar na Anatel. Valeu
×
×
  • Criar Novo...