Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

WLTR30

Membros
  • Total de itens

    8
  • Registrou-se em

  • Última visita

Sobre WLTR30

  • Rank
    Estou chegando agora...
  • Data de Nascimento 01-01-1970

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  1. Tenho o mesmo modelo e até hoje está ok. Ainda está na garantia? Se tiver comprado aqui no Brasil vale a pena tentar uma troca é um equipo bem útil.
  2. Também voto com o pessoal que não gostou. Ta certo sair da zona de conforto e tentar inovar também é uma marca registrada da Apple. Mas no caso mudar para melhor, o que não ocorreu com o site.
  3. Fala edu. Gelei ao ler seu relato.. Desde que adquiri o 6+ percebi que por mais que usasse case e película, dadas as dimensões e peso do mesmo a física se encarregaria de deixar as proteções menos eficazes. Lamento pelo seu prejuízo, mas suponho que seu aparelho seja novo e ainda na garantia, dai a necessidade de avaliar se vale a pena fazer uma troca em terceiros não autorizados. O programa de trocas dependendo do seu $$ no momento talvez seja a melhor opção.
  4. Eu fiz isso Gustavo, antes de ligar para autorizada, e o aparelho consta como um dos integrantes desse "recall". E segundo me informou o atendente Vinicius, eles vão trocar apenas a bateria. Tanto que no próprio site de consulta avisa que se seu aparelho tiver alguns avaria que impeça a abertura o mesmo deve ser reparado e com os custos por sua conta. (Acho que deve ser no caso de um amassado ou trincado cuja abertura fique difícil ou mesmo se aberto não tenha como montar novamente).
  5. Hoje tenho um 5s, mas meu antigo 5 que dei pra minha noiva está elegível, e é homologado (anatel). Liguei hoje pra um uma at aqui na minha cidade (fortaleza) e disseram que podia levar a partir do dia 29. Vamos ver.
  6. Só complementando, tudo que foi dito anteriormente faz sentido, entretanto quanto aos "pesos de papel", infelizmente para vagabundo tudo se aproveita, creio que o destino dos iPhones bloqueados via iCloud será similar ao dos carros roubados para desmanche. Com certeza essas "assistências técnicas não autorizadas" ou afins tem interesse num hardware bom para fazer reparos. E creio que muitas pessoas com a tela do iPhone quebrado, botão home defeituoso e etc não irão se preocupar muito com a origem da peça consertada mais em conta num comércio similar. Concordo que o mercado livre deveria banir tal prática, dada a origem quase que certa como sendo ilícita, o que infelizmente não representaria o fim dos roubos, uma vez que só existe roubo/furto porque tem o receptador.
  7. O IRig normal não, só com iPhone/IPAD porque utiliza a entrada P2 o que inclusive causa uma latencia (barulho) que me fez descartar qualquer possibilidade de utilizá-lo além do estudo. Entretanto, tem uma versão nova chamada Irig HD que utiliza ao invés da entrada do fone, o conector 30 pinos/lightning, com a promessa de som de maior qualidade, e que também além dos citados cabos para iPhone/iPad, também acompanha um USB para ser utilizado com o Mac. Ainda a não o testei, mas ele é bem mais caro, mais do dobro do preço do irig "comum". Ele tem a possibilidade de ser utilizado com versões free do app amplitube, mas a gente acaba comprando as versões completas são bacanas e tem inclusive versões com ídolos tipo amplitube slash, jimy hendrix, etc. Eu nunca testei sem uma interface, já consegui com minha pedaleira (GT - 100, da boss) e não posso te responder mas não creio ser possível.
  8. Bom amigo acho que no caso você vai precisar de uma interface que transforme o sinal do instrumento em um que o Mac possa compreender. Não sei se falei bobagem, mas sou guitarrista e acho que é a mesma linha de raciocínio. Pra usar o garage band e o Logic, precisei adquirir uma interface chamada guitar link da behringer. Já para usar com o iPad/iPhone eu comprei uma chamada Irig. Existem diversas opções vale a pena pesquisar.
×
×
  • Criar Novo...