Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Lucas Pedro

Membros
  • Total de itens

    95
  • Registrou-se em

  • Última visita

1 Seguidor

Sobre Lucas Pedro

  • Rank
    Já me considero um membro do MM Fórum.
  • Data de Nascimento 17-04-1996

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • Localização
    Florianópolis

Últimos Visitantes

629 visualizações
  1. Testei com outro celular e continuou piscando, então é da base mesmo. Deve estar com problema. Vou levar na loja.
  2. Não testei ainda, vou ver aqui e retorno. Se funcionar com outro celular, ai certeza que é algo do iPhone mesmo.
  3. Oi gente, Há um tempo tenho tentado usar bases wireless para o meu iPhone XS Max e to sofrendo uma verdadeira dor de cabeça. Em maio comprei a primeira base wireless, uma da Xiaomi. Nas primeiras semanas tudo ok, entretanto depois de um tempo a base ficava só piscando e o led piscando significa que o carregamento não está ocorrendo da maneira correta. Tudo bem, não achei que o problema pudesse ser do iPhone, então troquei. Devolvi à loja e comprei hoje uma base da mophie, aquela que a Apple também vende nas Apple Stores pelo mundo. Cheguei em casa feliz, conectei tudo certinho, coloquei o iPhone na base e novamente, piscando o led. Fui ler o manual e o led piscando também significa que tem algum objeto metálico sob a base e que não está carregando corretamente, o estranho é que carrega, mas o led fica piscando. Não sei mais oq fazer, estou muito frustrado. Já aconteceu isso com alguém? Vocês acham que o problema é da base ou do iPhone? Agendei uma ligação com o suporte da Apple para amanhã. Mas agradeço se alguém puder dar alguma dica ou se teve experiência similar.
  4. Então gente, vocês vão achar a história no mínimo engraçada mas foi triste, doeu meu coração e eu estou até agora chateado. Domingo, almoço de família, família gigante que tenho, fui prontamente almoçar, porém faço arquitetura e tinha um projeto pra finalizar, levei meu macbook air pra continuar o projeto no autocad, fiz, ocorreu tudo como planejado, finalizei o projeto, deixei meu mac em cima do sofá, enterrado praticamente, me certificando que ninguém ia sentar em cima ou tira-lo do lugar, e subi pra almoçar isso já na casa da minha madrinha onde estava rolando o almoço da minha família. Estava descendo as escadas e pro meu desespero ouço um barulho, algo caiu no chão. Quando cheguei meu computador, meu mac, meu filho no chão. Ao lado dele sentado no sofá meu priminho de 4 anos de idade, criança satânica, prontamente peguei meu mac do chão e perguntei a ele: - Foi você que derrubou meu computador no chão? Não me respondeu nada. Perguntei novamente. Ele inclinando a cabeça e com um sorriso possuído afirmou que sim, e saiu com um olhar do demônio. Quis chorar. Amassou toda a borda esquerda superior da tela, e agora uma greta aparece, ou seja ele não fica com a tampa totalmente fechada. Depois de toda essa história, a pergunta é: Existe conserto pro chassi? Se sim, vale apena? Fico preocupado com danos internos, mas até o exato momento não consegui constatar nenhuma anormalidade no funcionamento dele. Agora o valor da minha maquina caso eu queira passá-la pra frente valerá quanto? RIP MacBook Air Model: Macbook air 13", 4GB RAM, 256SSD, Intel HD Graphics 5000, Early 2014.
  5. Nunca gostei da ideia de iPhones coloridos e ainda mais no alumínio. Acredito que ela não irá fazer um modelo 6C ou seja lá o nome, em alumínio, fica caro, e o iPhone 5c já provou que não foi um sucesso de vendas, não imagino a Apple apostando no erro novamente, posso estar errado. Mas por outro lado acredito que ela finalize a produção do 5s e 5c e fique com os modelos 6 e 6 plus como intermediários, e lance uma versão de 4" de entrada, além dos 6s e 6s plus que ficariam como top de linha. Queria surpresas nesse ano. Vamos esperar.
  6. Eu tenho a de silicone da apple e é muito boa. Eu ia pegar a de couro porém não gostei da aderência na mão, a de silicone também parece melhor construída. Gostei bastante.
  7. Rumor: próximo iPhone terá o maior upgrade de câmera já feito pela Apple em 18 de novembro de 2014 às 18:36 por Eduardo Marques John Gruber é reconhecidamente umas das pessoas mais influentes no mundo Apple. Apesar de ter bons contatos dentro da Maçã, poucas vezes vemos alguma novidade/rumor sendo dissipado por ele. Nesta semana, porém, o blogueiro resolveu quebrar esse protocolo e compartilhou possíveis informações sobre o próximo iPhone. Câmera do iPhone 6Em seu podcast (The Talk Show), Gruber afirmou que a Apple está trabalhando no que será o maior upgrade de câmera que já vimos no iPhone. Os recursos/funcionalidades que farão isso ser possível ele não sabe dizer, mas ouviu falar de um sistema duplo de lentes que levará a câmera do próximo iPhone para algo próximo da qualidade que vemos em câmeras DSLR (digital single-lens reflex cameras, ou câmera reflex monobjetiva digital). Antes de começarmos a sonhar com a melhor câmera do mundo de um smartphone, vale dizer que não podemos — na verdade não devemos — comparar smartphones com DSLRs pelo simples fato de serem produtos completamente diferentes. Uma câmera profissional permite um nível de personalização (lentes intercambiáveis, filtros, polarizadores, etc.) que não está disponível em smartphones. Sem contar, é claro, no tamanho do sensor de uma DSLR, na distância focal, entre outras muitas coisas que fazem delas as ferramentas de trabalho de profissionais da área. É claro que as câmeras de smartphones tendem a evoluir cada vez mais, mas vale sempre reforçar que se tratam de dois produtos completamente diferentes — apesar de o resultado final ser um só: fotos (ou vídeos). Com isso em mente, o que podemos esperar da iSight (câmera traseira) do próximo iPhone? Muitos apostam num novo sensor lançado nesta semana pela Sony. Atualmente a Apple já utiliza sensores da japonesa, então não seria uma grande surpresa se ela adotasse esse novo sensor (Exmor RS IMX230). A “surpresa” em si são as especificações dele: 21 megapixels, capaz de filmar em resolução 4K (4096×2160 pixels) utilizando a tecnologia de imagem HDR (high dynamic range, ou grande alcance dinâmico) e medindo apenas 1/2,4 polegada. Além disso, o sensor traz foco automático baseado em detecção de faces — de acordo com a Sony, este é o primeiro sensor CMOS (complementary metal-oxide-semiconductor, ou semicondutor metal-óxido complementar) para smartphones com recurso de foco automático como esse (são até 192 pontos focais). Na prática, isso ajuda muito na captação (foto ou vídeo) de um objeto/pessoa em movimento. Sim, os iPhones 6 e 6 Plus mal foram lançados, e já estamos aqui discutindo rumores da próxima geração. Esse mundo definitivamente não muda… :-P [via iDownloadBlog, MacRumors]
  8. Não senti muita diferença do meu 5S pro iPhone 6. Dura um dia sem muito uso. Nunca precisei carregar mais de uma vez por dia.
  9. Sim, igual como se fosse pagar com um cartão físico, só que ele está registrado no iphone, aí ao em vez de passar o cartão é só aproximar e colocar o dedo no touch id e o pagamento já é confirmado, aí sai a folhinha de confirmação e tudo.e depois aparece no passbook a transação feita... é incrível! Esse fim de semana vou tentar filmar pra postar aqui.
  10. E falando em NFC eu consegui pagar um lanche utilizando o Apple Pay no Mc Donald`s aqui do Continente Park Shopping na minha cidade. Na verdade eu só ia tentar e deu certo. O atendente não sabia da existência do serviço mas não me impediu de testar. E acreditem é incrivelmente rápido, puts! Óbvio que só funcionou porque o meu cartão é emitido por um dos bancos americanos parceiros da Apple, mas legal ver que já funciona aqui, tão perto de mim. Assim que eu for lá de novo vou tentar fazer um vídeo pra compartilhar melhor com vocês a minha experiência! Acredito que a Apple irá deixar toda a próxima linha apta ao Apple Pay.
  11. Pensando bem a ideia de um iPhone 6C faz sentido, mas acredito que não lançariam de policarbonato e sim como já disseram, alumínio anodizado pintado.
  12. Eu tenho a original da Apple preta. Muito boa. Dá uma olhada lá no site fica R$ 161,00 à vista.
  13. Brother, fui vasculhar pela internet algo sobre esse seu problema e achei isso: "Se você foi até os Estados Unidos e vai comprar um iPhone 6 ou 6 Plus saiba que ele poderá funcionar normalmente no Brasil, com algumas restrições. Primeiro, você deve comprar um desbloqueado (unlocked) para que não dê problema no Brasil, vendidos apenas na Apple Store. Mas nos primeiros dias de lançamento, é muito provável que o vendedor da Apple Store diga para você que não estão vendendo ainda o desbloqueado e que o aparelho que você comprar não funcionará no Brasil. Não acredite nele, não dê muitas explicações e peça direto o “no contract” (ou “full price“), de qualquer operadora (AT&T, Verizon ou T-Mobile) e ele funcionará com o chip da sua operadora brasileira. Muita atenção em um detalhe importante: NÃO COMPRE um aparelho com contrato com o preço reduzido ($199) porque estes são bloqueados com a operadora americana e não funcionam com o Brasil; prefira SEMPRE o full price, preço cheio. Leia esta frase três vezes para fixar bem na memória. Não dê explicações para os funcionários da Apple. Nunca. Comprei o modelo que tinha sobrado, o Verizon no contract, e quando voltei ao hotel, ativei o aparelho normalmente com o nano-SIM de uma operadora brasileira. Diversos brasileiros na fila ficaram em dúvida, tamanha a insistência dos funcionários em afirmar que não funcionaria no Brasil, mas nenhum teve problemas." Espero ter te ajudado. Você não fez merda não
  14. Alguém sabe onde encontro o iPhone 6 no Paraguai? Lojas seguras que vendem mesmo alguém sabe algum além da Compubras?
×
×
  • Criar Novo...