Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

rott

Membros
  • Total de itens

    2.184
  • Registrou-se em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    2

Tudo que rott postou

  1. Pois é. Para mim, riscos praticamente invisíveis são completamente preferíveis a uma camada horrenda de plástico ou vidro em cima da minha tela. É a mesma coisa dessas pessoas que usam o Assistive Touch para "preservar" o botão Home. De que serve preservar o botão Home se não for usar ele?! Está protegendo para o próximo comprador e prejudicando seu próprio uso? Para mim isso não faz sentido.
  2. São exatamente meus procedimentos. Limpo a tela na calça e deixo um bolso "reservado", aonde não coloco mais nada. É assim que uso iPhones desde 2008 sem riscos, e outros aparelhos antes dele. (minto, tive um smartphone da Sony na era pré-iPhone que a própria stylus original riscava a tela. Nesse eu usava película.)
  3. Não seria exatamente o contrário de "modinha"? O cara comprou o Mac genuinamente porque gosta, e não pela marca ou para se exibir...
  4. Vou falar sobre o que tenho, o ChromeCast. Prós: - Muito pequeno, fica invisível atrás da TV sempre ligado - Alimentado pelo USB da TV, sem necessidade de tomada (tem a opção de usar uma, contudo) - Controle pelo celular, não precisa de mais um controle remoto perdido no sofá - Streaming funciona muito bem, com framerate bom e resolução boa - Permite conexão com Plex Media Server para usar de forma similar a DLNA - Permite fazer streaming da tela do PC (porém com delay) - Conexão com apps de streaming mais comuns do mercado (eu só uso Netflix e Spotify, mas tem suporte a diversos) - O preço é justíssimo Contras: - Não permite plugar mídia externa como HD ou pendrive - Não tem conexão direta com DLNA, exigindo usar algum recurso como o Plex (muito bom) - Apesar do Plex ser ótimo, o app de iPhone custa $5 (e é necessário para não ter que usar o PC para controlar a reprodução) - Não suporta rede padrão N (5GHz) - Fazer cast da tela do computador tem delay, então inviabiliza o uso para jogos, que seria uma função excelente Bottomline: - Quando comprei, foi mais por curiosidade pela novidade. Acabei gostando e usando bastante, especialmente depois que descobri o Plex (para reproduzir conteúdo do Mac/PC). Antes eu usava um PS3 como Media Center, mas esse aparelhinho de $30 substituiu perfeitamente e com folga.
  5. Esse tópico tá tomando um tom meio desnecessário. Cada um usa como bem entende. Eu uso há anos sem nada e nunca tive riscos na tela, só na traseira (particularmente nas versões 3G-3GS). Os únicos riscos no meu 5S atual, com 2 anos de uso, ficam na maçã atrás - e são quase invisíveis. Na tela, nenhum. Por que uma frase num blog mudaria minha experiência? Como disse antes, é um smartphone, um utilitário, um objeto que me serve. Se fizer um risquinho mínimo quase invisível que só se vê contra um reflexo, não vai mudar em absolutamente nada na minha vida - e honestamente não vai desvalorizar em nada numa eventual venda. Eu não compro e uso meus aparelhos pensando no próximo comprador, eu compro e uso pensando em mim. SE (e é um "se" bem grande) aparecer um risco um pouco maior, que chame atenção ou sei lá e eu tenha que descontar uns 50-100 na hora de vender, ainda compensa não ter tido que ficar usando camisinha na tela (e ainda é menos dinheiro do que gastaria com uma película e capa de qualidade)
  6. Mais um aqui que usa iPhone desde o primeiro e nunca usou película. Case ainda uso vez ou outra, mas mais por gostar do desenho de algum do que pela proteção. Uso mais como decoração mesmo. Película jamais. Nunca tive uma tela riscada. Já tive uns cantinhos amassados em quedas, nada demais. Nada que tenha desvalorizado na venda. Não tenho esse fetiche com o iPhone não, pra mim é apenas um aparelho utilitário. É bem bonito, mas tem um cantinho amassado não me tira o "prazer de usar", é só um smartphone Minha carteira de couro tem os cantos gastos, não me deixa nem um pouco triste na hora que tiro do bolso. Com o iPhone não é diferente. (claro que não estou falando de danos horríveis né, estou falando de cantinhos com marquinhas, coisas pequenas. Danos maiores incomodariam por passar aquela impressão de relaxo, igual se usasse um sapato furado.)
  7. rott

    iPhone 6S

    Né? Saudades dos tempos em que comprei um iPhone 4 de 32GB logo no lançamento nacional, por R$1500 na Vivo sem plano...
  8. Hahaha a coisa tá difícil mesmo, a gente tem que criar esquemas alternativos aos esquemas alternativos... Mas tou dentro!
  9. Demais. E, como eu venho dizendo, sem nenhum ganho substancial. Talvez para algumas pessoas haja essa impressão subjetiva de que o botão touch ou virtual seria a "evolução", mas sério, pensando em intuitividade e experiência de uso... não existem ganhos objetivos. A tela não é menor por causa de falta de espaço devido a um botão... (e pessoalmente eu também não compartilho dessa fixação em aumentar ainda mais a tela). Alguém ainda sugeriu que um botão touch fosse iluminado para resolver a falta de feedback tactil... Mesmo? O botão vai ficar iluminado o tempo todo? Ou de que me adianta um botão que acende depois de apertado? E sério, nada substitui a percepção de satisfação da interação mecânica, ainda mais quando não há nenhum ganho objetivo. Já devo ter repetido isso umas 3 vezes aqui no tópico, mas realmente para mim (e pelo jeito pro Jony Ive também ) isso é muito importante. Prefiro mil vezes o timer mecânico da minha Airfryer (que gira e faz tic-tac e um ding! no final) do que os botões touch do meu microondas.
  10. Sei não. Tomara que a Apple não concorde com vocês
  11. Exato. Houve um ganho real em trocar o teclado físico pelo virtual, em smartphones. A tela pôde dobrar de tamanho, a versatilidade do teclado multi-idiomas e que pode ser oculto quando não está sendo usado também. Já tirar o home button e colocar um equivalente sensível ao toque no lugar dele não traz nenhuma vantagem. O espaço em que há o botão não está impedindo nenhuma outra função de surgir.
  12. Cara, acho que vocë me convenceu a comprar esse treco. E eu nem tava procurando tablet.
  13. Mas por que, na sua opinião, eles são melhores que um botão físico? Eu trabalho com UX, vou tentar não entrar muito em termos técnicos aqui senão todo mundo vai dormir - mas em minha opinião a sensação do botão real remete a uma sensação de segurança no uso bem melhor, pois relacionamos o botão mecânico justamente a uma função mais palpável. É quase que instintivo em nossa cultura, botões querem ser apertados, é um affordance universal. É como comparar digitar no teclado touch do iPad vs. usar um teclado físico. Pode colocar a vibração que quiser de feedback, nunca vai passar a mesma sensação de satisfação que um teclado com botões. Quem já digitou num teclado mecânico da IBM sabe... Botões touch são apenas simulações de um botão, que quebram o galho quando não há outra opção. Quando apertamos um botão touch e o software não responde, fica difícil saber se o problema foi com o software ou se não tocamos direito o botão (se foi apertado na área errada, se a mão estava molhada, etc). O botão mecânico dá um feedback inconfundível, culturalmente instintivo, que o motorzinho de vibração do touch só pode sonhar em tentar reproduzir. Pego o iPhone do bolso e, sem olhar, antes de trazer ele à altura dos olhos, meu polegar já encontrou o botão e o apertou. E eu sei que a ação do press foi efetiva. Acharia uma perda grande de qualidade de uso trocar isso, sem nenhum ganho substancial. Por isso minha pergunta inicial: o que você julga que seria objetivamente melhor num botão touch que compensaria essas perdas?
  14. Mas qual a vantagem real para o usuário? Eu acho a parte tátil bastante importante. Pego o iPhone, tateio ali a região e logo meu dedo acha o botão sem ter que olhar. Eu detesto esses botões touch sem feedback, são péssimos para usabilidade. Pressionar um botão mecânico sempre dará uma sensação melhor de "função ativada com sucesso". O botão touch tem um feeling bem mais de software, o que para mim seria uma perda.
  15. Não sei porque todo mundo tem esse fetiche com a remoção do home button. Ele é prático, não ocupa espaço da interface, tem o feedback táctil bom para usar no escuro... Vocês querem tirar o botão só pra poder dizer que tem um botão a menos ou tem algum aspecto que não estou pensando?
  16. Caramba, que memória, eim? Hahaha :V Havia trocado por um 2012. Fiquei com ele até esse ano, quando comecei a me irritar mais com o OS X do que me irritava com o Windows no escritório, e resolvi trocar por um PC parrudo com Windows 10. Essa foi minha métrica. Eu gostava do iMac, mas não conseguia mais justificar pra mim mesmo o preço daquilo para o que estava sendo entregue. Antes eu ainda justificava que o hardware defasado era compensado com o OS X, mas nos últimos anos isso veio se tornando cada vez menos verdade. Trabalho como designer, que é uma das áreas profissionais a mais enaltecer o OS X, e honestamente não existem mais argumentos para justificar essa suposta superioridade do sistema para meu trabalho. Antigamente talvez, mas hoje é só tradição mesmo. Sem dúvida existem características do OS que são bem melhores que no Windows, mas nada que racionalmente traga vantagem que justifique o custo envolvido. Estou bastante feliz com o Windows 10 e com o hardware do PC novo.
  17. Sério, me recuso, é questão de honra agora. Eu, que já tive todo o ecosistema da Apple como praticamente todos aqui, vim abandonando gradativamente nos últimos anos. Só me sobraram agora o iPhone 5S e um Airport. Quando esse iPhone ficar velho, já era. Larguei esse barco.
  18. E pra carregar, tem que plugar o lightning EMBAIXO do mouse! Hahahaha a Apple se perdeu no caminho, definitivamente... Eu ando cada vez mais abandonando produtos da Apple... me recuso a pagar esses valores novos, menos por falta de dinheiro do que por não querer o atestado de trouxa que eles devem estar mandando junto no lugar dos adesivos de maçã...
  19. R$750 pelo teclado e R$650 pelo mouse? Hahahahaha ai ai... essa Apple brincando de 1º de Abril em Outubro me pegou direitinho...
  20. Vi uma simulação do 6 rosé com preto e achei bem bonito. Primeira vez que olhei pra um 6 e gostei, pois normalmente detesto o design dele. Mas o dourado com preto não acho muito bacana não, pra mim fica meio parecendo esses modelos "luxury" que a Motorola fazia, tipo o Razr Gold.
  21. "vocês", "vocês", "vocês". Desce do cavalo aí, campeão.
  22. Creio que seja possível sim; a maioria dos bancos permite que você pague boletos usando cartão de crédito. Porém veja as taxas do seu banco, alguns cobram perto de R$20.00 por boleto.
  23. Cara, segunda vez que você posta com esse tom de "vocês brasileiros". Vai falar com o povo que você prefere e não enche o saco então, caramba.
×
×
  • Criar Novo...