Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

samusdta

Membros
  • Total de itens

    347
  • Registrou-se em

  • Última visita

Sobre samusdta

  • Rank
    Estou por aqui todos os dias, basicamente.
  • Data de Nascimento 29-11-1984

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • Localização
    Sampa
  • Interesses
    Mac OS X, jogos, cameras, filmadoras, ipod, iPhone
  1. Caro William, Entendo que seu mac não seja retina, então acredito que muitos dirão "quanto mais Ram melhor". Porém eu vou te dizer que depende do teu uso. Se você trabalha nele usando ferramentas gráficas ou mesmo desenvolvimento/banco de dados, aí eu te diria que pode valer a pena, caso contrário será gastar um dinheiro extra sem muito retorno. O meu vem com 8Gb soldado na placa, ou seja, sem possibilidade de upgrade mas, já joguei jogos nele, já usei ele na faculdade em desenvolvimento, já editei vídeo de casamentos nele e deu conta, pode até ser que com 16gb ele completasse a tarefa de renderizar o vídeo mais rápido, mas pra mim que não faço isso o tempo todo, já foi o suficiente. Se a grana tá sobrando, faz, senão veja se realmente precisa.
  2. Como disseram acima, o meu macbook pro é retina e por isso o formato proprietário de SSD (mais difícil e caro de encontrar). Se fosse um SSD comum, teria feito muito antes. Realmente são alguns modelos mais antigos que possuem a opção de upgrade de SSD tanto para OWC como para JetDrive. E sobre o manual, vi que tem online os manuais em vários idiomas (menos português) no site da Transcend JetDrive em http://br.transcend-info.com/Support/No-673 Posso dizer que foi muito fácil de fazer o procedimento de troca, foi tirar a tampa, tirar o conector da bateria, tirar 1 parafuso que prende o SSD e remontar. Aproveitei para limpar o note por dentro com um pincel e estava MUITO sujo nestes 3 anos de uso (Mesmo que não for trocar o SSD, recomendo abrir para limpar por causa das aberturas laterais, tinha um monte de tufos de poeira nos dutos e nas ventoinhas!!!). Quanto a performance, para o meu uso está tão rápido quanto o original da Apple, não sinto diferença de performance. O interessante do kit é que o SSD original pode ser usado na case que veio junto, então o meu SSD 256Gb virou um ssd externo super rápido.
  3. Recentemente fiz um upgrade do SSD do meu macbook pro 15 retina mid 2012 que foi o primeiro modelo do Macbook pro Retina e resolvi agora compartilhar. Na época eu optei em comprar o modelo básico deste macbook pro 15 retina logo após o lançamento com 256SSD e o Apple Care (uma vez que tudo é soldado na placa, fiquei com receio de dar problema e ficar na mão). Acontece que com pouco mais de 2 anos de uso, 256GB não eram mais suficientes para mim e trocar de notebook agora não era uma opção pelo custo de comprar outro macbook pro 15 e também por não ter mudado quase nada (só atualizou processador e placa de video). Então comecei a procurar um SSD para upgrade e encontrei de duas marcas, uma da OWC e outra da Transcend: http://br.transcend-info.com/apple/jetdrive/ http://eshop.macsales.com/shop/SSD/OWC/Air-Retina/Apple-MacBook-Pro-Retina-2012-Drive-Internal-Flash Acontece que o preço é praticamente o mesmo em ambas as marcas. Comecei a procurar então reviews na internet mas não são muitos os que fizeram este upgrade.Optei por pegar o modelo de 960Gb da Transcend (que para o meu mac foi o Jet Drive 725) por ter menos reviews negativos do que os da OWC. O SSD veio numa caixa com um case e ferramentas para tirar a tampa debaixo do mac. Segui as instruções do manual onde ele manda primeiro colocar o SSD novo na case, conectar o USB e formatar o SSD novo e depois clonar o HD do mac pelo próprio utilitário de disco para então desligar, abrir a tampa debaixo e retirar o conector da bateria, tirar o SSD original, colocar o SSD novo, religar a bateria e fazer um reset na PRAM. Assim que liguei o mac de volta, ele estava com todas as informações, configurações normal, parecia que nada tinha acontecido fora que agora eu tinha mais de 700Gb livres. Então pude copiar minha biblioteca de fotos que estava num HD externo e copiar para dentro do mac e abandonar de vez o drive externo toda vez que fosse baixar fotos das cameras ou do iphone. O upgrade não foi barato (há outros tamanhos de ssd mais em conta como os de 480gb), mas pra mim, valeu a pena e agora posso usar o mac por mais alguns anos.
  4. Eu uso o paragon para abrir NTFS no mac e funciona perfeitamente, nunca tive problemas desde a versao no snow leopard. Pena saber que a versão de windows não funciona bem então.
  5. Sobre a rede de convidados, eu já ouvi falar que da um pau com os modens daqui. Tem que configurar, não é tão plug and play. Não sei se manja do inglês, mas dê uma olhada aqui: http://www.chriscolotti.us/technology/apple-airports-dirty-little-secret/ Agora, pra acessar os arquivos remotamente, está fazendo como? Geralmente pelo Finder, vai aparecer na barra lateral o TC e vc clica nele, no canto superior direito vai ter um connect, digita a senha e pronto...
  6. Putz... eu perdi os dados mas voltou a funcionar. Acho que agora é esperar pra ver se corrigem.
  7. Tive a mesma dúvida e procurei bastante pois estava de olho no MyBook Thunderbolt Duo da WD, acontece que no meu caso, como eu faço backup da biblioteca do Photos, Aperture, a biblioteca contém milhares de arquivos e pastas e isso faz a velocidade da transferência cair muito. Então pela diferença de valores, optei por ficar com o UBS 3.0 mesmo. Aliás eu tenho um Time Capsule de 3TB Gigabit ethernet e fiz o teste de transferir minha biblioteca de 250gb de fotos pelo cabo de rede. Também demora um bocado (horas), então creio que, se você transfere arquivos grandes, o thunderbolt fará diferença na performance, mas se os arquivos forem muito fragmentados, então a velocidade tende a cair bastante.
  8. Se não me engano, quando instalar o novo hd, segura command + R ao ligar que vai entrar no boot de emergencia, seleciona utilitario de disco, formata em mac os x journaled e depois lá mesmo tem uma opção de reinstalar o mac os x (vai baixar da net e instalar).
  9. Talvez, tenha espaço sendo usado pelo Time Machine, se o seu HDD/SSD tiver sobrando espaço, o Mac OS X reserva uma fatia pra "backup". O Macmagazine soltou uma notícia sobre isso: https://macmagazine.com.br/2015/08/28/tutorial-libere-bastante-espaco-no-seu-notebook-desligando-um-recurso-do-time-machine/
  10. E a apple me solta o 9.1 hoje.... se tivesse esperado, talvez essa atualização consertaria...
  11. Ou apagou o arquivo antes do TM copiar para o TC. Para fazer o teste, teria que criar um arquivo, copiar, sei lá, e mandar o TM fazer o backup. Quando terminar, apagar o arquivo e abre o TM para ver se está lá.
  12. Aqui tbm parou. Não tinha relacionado com o horário de verão mas agora faz sentido. Procurei nos foruns da Apple e tem monte de gente nos EUA também com o mesmo problema e já tentei vários passo a passo e nada resolveu. Ai fiz uma restauração no iphone e puxei o backup de volta e parece que voltou a funcionar, só que o backup no itunes não salva os registros... uma pena.
  13. Já tentou, com o celular na tela inicial, conectar o cabo usb no computador? Geralmente isso acontece quando o celular é novo e você nunca conectou a este computador assim, na tela do iphone vai aparecer "confiar neste computador". Como pode ver nessa foto: http://www.copytrans.net/admin/wp/wp-content/uploads/sites/2/2013/09/trust-computer-ios-7.png
×
×
  • Criar Novo...