Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

tenfelipe

Membros
  • Total de itens

    83
  • Registrou-se em

  • Última visita

Sobre tenfelipe

  • Rank
    Já me considero um membro do MM Fórum.

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Olá amigo. Estou sofrendo do mesmo problema. Meu Microsoft Arc Bluetooth é tranquilo de emparelhar, mas qualquer interrupção no sistema ele para, e tenho que emparelha-lo novamente. No windows ele se comporta normalmente, mas no MacOS não. Vc conseguiu achar alguma solução? Há muito tempo atrás tive um mouse bluethooth genérico que funcionava muito bem, mas agora estou tendo esse problema. Se tiver alguma dica de como resolver, ficaria muito feliz, já que os Macbooks estão vindo com pouquíssimas conexões USB, e os mouses da MS são ótimos.
  2. Olha ali na foto que vc postou, aparece como mapa de partição incompatível. Será que ele está mesmo formado em GPT? Tenta inicializar o Mac pelo teu HD anterior como tu fez antes, e formatar o SSD pelo utilitário de disco, observando em estar o mapa de partição para GPT.
  3. Bom dia Luís, olhando aqui em outros fóruns sobre o assunto, vi que um dos problemas pode ser o tipo de tabela de partição que seu HD está formatado. Tenta botar em outra máquina que ele esteja sendo reconhecido, e formata-lo como GPT ou GUID Partition Table. Pode ser que assim ele passe a ser reconhecido. Segue o link para a discussão onde eu vi isso: http://www.tomshardware.com/answers/id-2242646/samsung-evo-ssd-recognized-macbook-pro.html
  4. Olá Matheus. Olha, no meu caso específico, o consumo estava sendo registrado como "Geral", então parece ser um caso diferente do seu. Como sugestão, eu diria para você tentar desativar o uso de dados celular individualmente em cada programa que faça uso do iCloud Drive, como Numbers, Fotos, etc. Dá uma olhada na sua pasta do iCloud quais aplicativos estão armazenando arquivos lá, pode ser uma pista. Redefine as estatísticas e acompanha para ser se melhorou. Aqui nesse link também fala alguma coisa parecida com seu caso: https://discussions.apple.com/thread/5596082?tstart=0 Espero que ajude!
  5. Olá Evandro. Não, nenhuma das 3 resolveu, o que mostra que o serviço da Apple no Brasil é tão embromation como qualquer outro. Mas as de qualquer forma, eu descobri o que era. Era o WhatsApp fazendo backup das conversas no iCloud. Para acabar com essa festa, vá em Ajustes, iCloud, iCloud Drive e desligue o "Usar Dados Celulares". Para mim resolveu.
  6. Olá Danilo, Foi a primeira coisa em que pensei, mas não, ela não estava ligada. Logo que o iOS 9 saiu, eu já desliguei essa função. Ela pode até ser útil em outros países onde o limite de dados nos planos é mais farto, mas não aqui no Brasil. Hoje a assistência avança da Apple entrou em contato comigo. Disseram que podia tentar 3 coisas: - Apps em segundo plano consumindo dados 3g. Segundo o atendente, o consumo de Apps em segundo plano é computado nessa categoria "Geral". Uma solução seria "matar" todos os Apps que usam internet quando acabar de utiliza-lo. - Verificar os apps que estivessem consumindo muita energia, pois os mesmos poderiam estar rodando em segundo plano, e assim consumindo dados conforme o escrito acima. A sugestão do atendente foi desinstalar e reinstalar os Apps nessa situação. - Ligar para a minha operadora (???) e cobrar uma explicação. Não sei vocês, mas eu achei essas respostas muito evasivas, e até mesmo incorretas. Ao que me conste, os dados dos aplicativos, mesmo os utilizados em segundo plano, são computados no campo do próprio aplicativo, e não nos Serviços do Sistema > Geral. Novamente, parece que o suporte da Apple Brasil está somente tentando se livrar da questão do usuário, sem realmente abordar o problema.
  7. Olá pessoal, Depois da atualização para o iOS 9, percebi que os Serviços do Sistema estão consumindo dados celulares de uma forma exagerada. Para vocês terem uma idéia, de 991 MB, 677 foram consumidos pelo Sistema. A coisa ainda piora, porque desses 677, 322 MB forma gastos pelos serviços marcados como "Geral", e isso é o que está mais me incomodando. O gasto com Acesso Pessoal, Documentos e Sincronização, Contas dos iTunes e todos os outros eu sei quando estou usando, e como não usar ou como desligar se for preciso, mas esses serviços marcados como Geral eu não tenho ideia do que são, mas são os que estão comando praticamente 1/3 de todo o meu uso de dados. Minhas pergunta é: alguém sabe dizer quais são os serviços enquadrados nessa categoria "Geral", e como faço para desliga-los caso eu deseje? Em tempo: Entrei com contato com a assistência da Apple aqui no Brasil com esse questionamento, e só recebi enrolação dos atendentes. Até me mandar ligar para a operadora para perguntar o que estava acontecendo me mandaram. Depois de muita insistência, ficaram de me ligar do suporte avançado, coisa que nunca se concretizou, pois levaram horas para ligar, e lógico que eu não podia ficar esperando o dia todos por eles, então estava em uma reunião de trabalho quando ligaram. A assistência técnica da Apple Brasil para mim pareceu mais do mesmo, do mesmo nível da AT de operadoras de telefonia e TV a cabo. Que diferença da Apple do exterior...
  8. Amigo, acho que você é um pouco leigo em informática, por que sua pergunta é muito absurda Sem problemas, a gente está aqui para ajudar. Imagine você que, para tarefas básicas, como navegar na internet, editar textos, planilhas, apresentações, até um celular dá conta, imagina um Mac mini! Eu tenho um de 2010, e como um amigo ia por cima citou, eu só fiz aumentar a memória para 8GB, por que estava ficando meio lento. Imagine que ele é um Core2Duo, praticamente um dinossauro em matéria de processador. Uso ele em casa como central de mídia: rodo todos os filmes 1080p com áudio 5.1, usando XBMC. Isso sim, exige muuuuuito mais de um processador, principalmente em um computador sem placa de vídeo dedicada. Então pode ficar bem tranquilo, que qualquer mini q você compre agora vai te satisfazer totalmente. Quanto ao custo/benefício em relação a um PC, aí a coisa já é mais controversa. Se você tiver a capacidade de montar um PC, escolhendo cada componente individualmente, com certeza você vai pagar metade do preço de um MacMini em uma máquina com a mesma performance. Já, se você você não sabe fazer isso, ou não quer perder horas pesquisando componentes e melhores preços, o melhor é partir para uma máquina montada de uma integradora como HP, DELL, SONY ou Apple. Dai você vai pagar praticamente o mesmo preço em qualquer uma delas.
  9. Olá amigo, desculpe pela demora em responder. O tópico ficou tanto tempo sem resposta que eu já tinha desistido. Coloquei em anexo um print da janela que aparece. Ela não explica nada, só fica aparecendo repetidas vezes pedindo a senha do proxy, especialmente para o protocolo HTTPS. Já tentei cancelar algumas vezes. Umas vezes o sistema informou que não foi possível fazer o login no icloud, mas mesmo assim os pedidos continuaram. Acho que o problema não é só ele. Captura.tiff
  10. Olá pessoal, alguem sabe me dizer se existe alguma maneira de saber qual aplicativo está pedindo a senha de acesso ao proxy? Atualmente, tirando um ou outro programa como Firefox e Chrome, não consigo saber qual aplicativo está me pedindo a senha, pois ela aparece em uma janela genérica do sistema. O pior é que o pedido fica aparecendo várias vezes seguidas. Por um lado, é um saco ficar digitando esse senha até nove vezes seguidas, mas por outro, tenho medo de estar negando acesso a um aplicativo que seja de meu interesse estar ligado (back to my mac ou imessage). Alguém pode me dar uma luz?
  11. Que me lembre, sempre foi possível conectar um drive blu-ray externo ao Mac. O problema é que não havia programas para reproduzir o vídeo. Parece que o blu-ray tem uma camada de encriptação para a qual é necessário a ação do software do player para desencriptar e reproduzir o filme. Até pouco tempo atrás, não havia software para Mac que fizesse isso, ou havia somente um, pago. Não lembro bem se era isso, mas era algo assim. Se alguém souber melhor, me corrija Mas ao que me consta, hardware nunca foi o problema.
  12. Eu tenho um iPad 2 e um iPad 3 (New iPad), e só tem uma coisa que dá para notar a diferença nos dois: reprodução de filmes em HD em mkv. O resto todo não dá para notar a diferença de um para o outro. Quer dizer, falando a nível de desempenho. A nivel de hardware, a diferença da tela retina do iPad 3 para a tela comum do iPad 2 é gritante.
  13. Olá Malagoli, Obrigado pela ajuda. No final, o problema parece que era mesmo na rede da Net, e não no TC. Depois que o técnico foi embora, eu esfriei a cabeça e comecei a fazer novos testes. Observei que o meu IP era sempre o mesmo, mesmo depois de eu reiniciar o TC e modem várias vezes, às vezes deixado até 5 min desligado. Comecei a imaginar então que o problema devia ser o seguinte: o servidor de DHCP da net deu algum tilt e acabou fixando esse IP (final .155) com o MAC da minha TC. Isso devia estar acontecendo já há algum tempo, o que acionou um alerta em outro sistema da NET. Eles não deixam que vc tenha IP fixo, somente cliente corporativo que paga a mais por isso. Mas como o servidor deles estava me pagando sempre o mesmo IP, o sistema achou que eu estava com ele a muito tempo e começou a diminuir a minha velocidade. Isso deveria me fazer reiniciar o modem, liberando assim o IP , mas o bug no servidor DHCP me pagava o mesmo IP novamente, fazendo com que a velocidade permanecesse baixa. Liguei para a NET e expliquei isso. Claro que eles disseram que não, que estava tudo OK e que o problema era no meu roteador, não podiam fazer nada... Para tirar a dúvida, levei meu TC para a empresa onde trabalho, e fiz o teste na conexão de lá. Funcionou direitinho, sem problema algum. Mais tarde, recebi uma ligação da ouvidoria da NET que estava acompanhando meu caso, e expliquei novamente a minha teoria. Eles entraram em contato direto com a área técnica, e ficaram intermediando a conversa, com a técnica sempre negando o problema deles. Mas ai eu falei do teste que fiz no trabalho e no final disse: leve amanhã um outro roteador para minha casa. Eu vou ligar o seu roteador no modem, e o meu roteador no seu, e você vai ver como vai funcionar perfeitamente. No final, o cara da técnica ficou de ligar diretamente para mim, mas nunca retornou. Quando cheguei em casa, toda a rede da NET da minha área estava em manutenção, mas já reparei que o TC estava pegando um outro IP diferente do qual estava travado. Agora de madrugada, depois do final da manutenção, minha conexão está um aço, funcionando a 10Mbps com o TC roteando. Não sei se a manutenção que teve aqui na área foi resultante de eles terem identificado esse problema de IP travado no DHCP server, ou foi uma grande coicidência, mas no final, o problema era esse mesmo como eu estava descrevendo. Fica aqui o registro do caso para outros usuários que passarem por problema semelhante.
  14. Olá pessoal, Estou com o seguinte problema: Tenho um Time Capsule (TC) como roteador na minha casa. Ele está ligado em uma conexão de 10MBits da NET, e configurado para distribui-la pela minha rede interna via NAT. De um dia para outro, minha internet ficou extremamente lenta. Fiz uns testes e vi que a velocidade de conexão estava na faixa de 500 kbps. Agora isso somente ocorre com o TC ligado como roteador. Se eu ligar um notebook direto no modem, a conexão volta a 10Mbps. e se eu configurar o TC para trabalhar em modo bridge, ele também funciona a 10Mbps. O problema do modo bridge é que somente um computador pode estar ligado na rede ao mesmo tempo. Alguém já passou por coisa parecida? Estou desconfiando que a NET, por algum motivo, botou essa restrição no meu TC. Como se eu tivesse estourado a minha franquia (coisa que não aconteceu). Entretanto, o técnico que este aqui disse que eu só tinha consumido 25 GB até agora, e minha franquia é de 80 GB.
  15. Opa, podem contar com minha assinatura para a carta. Apesar de ter chegado atrasado para o Projeto Veja, vou mandar e-mail para eles também.
×
×
  • Criar Novo...