Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

leandroborges

Membros
  • Total de itens

    42
  • Registrou-se em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    1

leandroborges ganhou o dia pela última vez em 24 de março

leandroborges teve o conteúdo mais curtido!

Sobre leandroborges

  • Rank
    Já conheço o ambiente.
  • Data de Nascimento 28-06-1983

Contact Methods

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • Localização
    Salvador
  1. Eu utilizo o MacBook i7 2.5ghz com GPU dedicada desativada como minha máquina principal de trabalho. Consigo trabalhar normalmente com desenvolvimento web, utilizando bastante o photoshop (normalmente os layouts de site não são pesados). Faço todas as tarefas normais sem problemas e consigo jogar Hearthstone com a placa integrada. O CPU ainda me atende muito bem, coloquei 16gb de RAM, SSD e HD de 1TB no lugar do drive de DVD, não sinto engasgos no sistema. Por 900 reais eu pegaria sim, visto que, com esse valor, vc não pega nem um MacBook Air de 11" 2010 com 2gb de ram e ssd de 64gb aqui no brasil. A máquina ainda suporta troca de componentes (HD e Memória), que aumenta a sua vida útil. O único problema é ter que rodar patches a cada atualização do sistema, mas já estou tão acostumado que essa tarefa não leva nem 5 minutos quando preciso executar. É claro que deve-se levar em consideração que é uma máquina de quase 10 anos e a placa mãe pode falhar. Nesse caso você iria gastar entre 2k-4k em uma placa mãe nova (comprada em mercado paralelo, pois esse modelo já é considerado Vintage pela Apple), então é bom avaliar o nível de risco que você está disposto a enfrentar. O problema descrito por você é 99% de chance de ser o GPU mesmo. O meu fica assim quando ativa a placa dedicada.. Tela azul, embaralhada ou branca ao iniciar o sistema, pouco após aparecer a marca da Apple na tela.
  2. É normal voltar ao começo da linha, digita a linha completa, exatamente como está na descrição. pelo erro da foto, o arquivo que você está tentando carregar não existe, tente rever os passos: 6. Faça um backup dos seus drivers (kexts): digite: mkdir -p /System/Library/Extensions-off (pressione ‘Enter'). Uma pasta será criada em /System/Library para mover os drivers que vamos mexer. 7. Mova apenas UM kext que "quebra o nosso computador": digite: sudo mv /System/Library/Extensions/AMDRadeonX3000.kext /System/Library/Extensions-off/  Verifique se o sistema retorna algum erro ao digitar cada um desses comandos. Caso continue dando problema, digite cd /System/Library/Extensions-off (enter) ls (enter) e veja se vai listar o arquivo AMDRadeonX3000.kext
  3. Que bom que conseguiu reviver seu MacBook! O comando do NVRAM desabilita a GPU dedicada no momento do boot, permitindo que seu mac inicie corretamente. Esse passo deverá ser refeito caso resete o NVRAM ou PRAM. Também deverá ser refeito caso atualize o sistema. Eu usava o gfx card status para deixar apenas a placa intel habilitada, mas o tutorial que postei anteriormente desliga totalmente a gpu dedicada, mesmo marcando ela como ativa, o sistema não vai habilitar. Então ferramentas como gfxcardstatus ou gswitch não são necessárias após a correta aplicação dos patches.
  4. Qual o script que você está precisando? O tutorial mostra como criar os Shell Scripts (.sh) utilizando um editor de texto. Os meus caminhos estão diferentes do tutorial porque guardo os arquivos kext em uma pasta na raiz, junto com os scripts. Seguindo esses passos vc consegue criar tudo. A única coisa que não está explicita é que você deve DESABILITAR o SIP (System Integrity Protection) antes de iniciar o tutorial, abrindo o recovery (liga o Mac pressionando Command+R). Ao abrir o modo recovery você vai em Utilities -> Terminal e digita csrutil disable Não tem mais o que fazer... 😞 Ele está marcado como Vintage (normalmente após 5 anos os produtos são marcados dessa forma e a Apple para de produzir peças de reposição). A única forma é uma assistência técnica não autorizada ou desabilitando a placa de vídeo externa conforme o passo-a-passo.
  5. Já sim.. Estava ouvindo música, não estava no máximo e ainda era Jack Johnson (pra não dizer que foi por causa do grave ou algo do tipo). No meio da música a caixa esquerda estourou no meu MacBook Pro 2011. Tudo bem que ela funcionou normalmente por 7 anos. Já o MacBook Pro 2017 do meu sócio aconteceu o mesmo logo quando terminou a garantia. O dele foi menos agressivo, perdeu apenas o grave e não fica distorcendo o som.
  6. Os passos funcionam normalmente no Mojave também! Acabei de atualizar para o Mojave utilizando o patcher do Dosdude1 e tudo funcionou normalmente após remover o kext da pasta /System/Library/Extensions http://dosdude1.com/mojave/
  7. Você deve ter utilizado um teclado no padrão ABNT2, com "Ç". Tenta Shift+Ç, se não der certo vai tentando todas as teclas até encontrar
  8. O USB funciona normalmente. Já precisei montar um pen drive para copiar uns arquivos via single user mode em um iMac que não estava dando boot.
  9. Acredito que apenas com um teclado USB mesmo.. Acho que o single user mode não dá suporte ao mouse pra você copiar e colar algum "dois pontos" do processo de boot.
  10. Sim, é bem simples de reverter, basta resetar o PRAM/NVRAM e colocar o KEXT original na pasta /System/Library/Extensions É possível atualizar o sistema também, só que as atualizações colocam os drivers novamente na pasta e é necessário seguir o tutorial toda vez que fizer um update. Como o MacBook Pro 2011 não tem suporte ao Metal, não temos mais atualizações do macOS. Recebemos apenas os security updates do High Sierra. Após a instalação do security update talvez seja necessário desativar o system integrity protection. A última atualização que fiz ativou ele. Também fiz a troca da placa mãe no final do recall, inclusive me deram uma placa mãe com processador melhor (2.5ghz, era 2.4ghz). Coloquei SSD, 16gb de RAM e um HD de 1tb no lugar do Superdrive. Coloquei um patch para aumentar a placa integrada da intel para 1gb de RAM (esse patch também preciso executar após cada update do sistema). Esse pessoal que fala que faz "resolda" aqui no Brasil é 99% mentira... Eles fazem reflow. Colocam uma pistola de ar quente no GPU durante alguns minutos e ele volta a funcionar por algum tempo. Já vi gente que colocou a placa lógica no forno. Esses métodos deixam a placa funcionando por algum tempo, mas sempre vai quebrar novamente. A série Radeon 6770M nos MacBook possuem problema de engenharia, mesmo trocando o GPU por um novo ele vai acabar quebrando porque não aguenta o constante aumento/diminuição de temperatura.
  11. Tenta colocar: sudo /sbin/mount -uw / O sudo tenta executar o comando como root. Caso não consiga avisa pra gente procurar outra solução!
  12. Minha placa de vídeo pifou novamente. Como o recall acabou, desativei a placa dedicada e estou utilizando exclusivamente a Intel Graphics 3000. Está funcionando perfeitamente há 1 ano dessa forma. A única intervenção que tenho que fazer é ao atualizar o sistema operacional, pois devo remover manualmente o driver para que ele não seja carregado no boot. Tenho o passo a passo salvo para consultas futuras, deixo abaixo para vocês, caso tenham interesse: 1. Inicie com tudo limpo: resete o SMC e PRAM/NVRAM: Desligue o computador, remova todos os periféricos e cabos, menos o de força e pressione ao mesmo tempo: <ShiftEsquerdo>+<Ctrl>+<Alt>+<Power> Solte ao mesmo tempo. 2. Agora ligue novamente e pressione ao mesmo tempo: <Command>+<Alt>+<p>+<r> Você vai ouvir o som de inicialização tocar 2 vezes. Assim que tocar a segunda vez, solte os botões e pressione: <Command>+<r>+<s> Você será direcionado para o modo de recuperação em linha de comando. Siga os passos abaixo para desabilitar a dGPU: 3. Desabilitar dGPU na inicialização (AMD Radeon 6770m): digite: nvram fa4ce28d-b62f-4c99-9cc3-6815686e30f9:gpu-power-prefs=%01%00%00%00 (pressione ‘Enter') 4. Ative o Verbose Boot e reinicie o computador: digite: nvram boot-args="-v" (pressione ‘Enter') Digite reboot (pressione ‘Enter’), logo depois segure: <Cmd>+<s> para reiniciar no modo Single User Mode Novamente você vai ser levado a uma interface de linha de comando. 5. Faça com que a sua partição root seja Leitura/Escrita: digite: /sbin/mount -uw / (pressione ‘Enter') 6. Faça um backup dos seus drivers (kexts): digite: mkdir -p /System/Library/Extensions-off (pressione ‘Enter'). Uma pasta será criada em /System/Library para mover os drivers que vamos mexer. 7. Mova apenas UM kext que "quebra o nosso computador": digite: sudo mv /System/Library/Extensions/AMDRadeonX3000.kext /System/Library/Extensions-off/ (pressione ‘Enter') 8. Bote o sistema para fazer uma atualização no cache dos drivers (kextcache): digite: sudo kextcache -v 1 -m /System/Library/Caches/com.apple.kext.caches/Startup/Extensions.mkext /System/Library/Extensions/ (pressione 'Enter’). [Esse passo parou de funcionar a partir do High Sierra, mas não interferiu no resultado final] Esse processo pode levar algum tempo para completar. Em seguida: 9. Desligue o modo Verbose no boot e reinicie o computador: digite: nvram boot-args="" (pressione ‘Enter’) [Esse passo é opcional, prefiro deixar com o verbose ativado para ver erros e warnings quando ligo e desligo o computador] digite: sudo reboot (pressione ‘Enter’) Se tudo der certo, seu computador vai dar o boot e entrar no sistema operacional. Agora devemos seguir alguns passos para deixar o sistema estável. Em primeiro lugar, para manter o computador ligado nesse primeiro boot, siga os passos abaixo rapidamente para que o computador não desligue: 10. Carregue manualmente o driver do dGPU (é necessário carregar porque ele é responsavel pelo gerenciamento de energia. Esse passo NÃO vai reativar a placa de vídeo externa): Abra o terminal (Applications -> Utilities -> Terminal) e digite: sudo kextload /System/Library/Extensions-off/AMDRadeonX3000.kext (pressione ‘Enter’) 11. Agora siga os passos abaixo para criar um script que faça automaticamente esse carregamento toda vez que reiniciar o computador. Criaremos um serviço que será rodado na inicialização: No terminal, siga os passos abaixo: sudo mkdir -p /Library/LoginHook sudo nano /Library/LoginHook/LoadX3000.sh Digite o código abaixo no editor de texto: Quando digitar o conteúdo acima, pressione Control-X. Vai aparecer um texto na parte de baixo, perguntando se deseja salvar o arquivo. Digite Y para salvar. De volta ao terminal, vamos transformar o arquivo em um script executável com o comando: sudo chmod a+x /Library/LoginHook/LoadX3000.sh Agora vamos fazer com que esse executável rode toda vez que seu computador seja inicializado: sudo defaults write com.apple.loginwindow LoginHook /Library/LoginHook/LoadX3000.sh Medidas preventivas para o futuro: Existem duas circunstâncias que devem ser citadas: esse guia é reversível quando o SMC/PRAM/NVRAM for resetado. Se isso acontecer, o itemGPU-power-pref que criamos no NVRAM será removido e deverá ser reinserido para forçar o uso da placa de vídeo integrada no momento do boot. Já que isso pode acontecer com certa frequência, recomendo que se prepare para este cenário criando um script simples para rodar pelo Single User Mode (dando boot segurando Command+S) quando tiver problemas: sudo nano /force-iGPU-boot.sh – Coloque o seguinte código nesse arquivo: – Pressione Control-X e depois pressione Y para salvar. - Agora faça esse script executável: sudo chmod a+x /force-iGPU-boot.sh No futuro, quando resetar o SMC/PRAM/NVRAM, é possível corrigir o problema seguindo os passos abaixo: Ligue o computador no Single User Mode, segurando Command+S ao ligar. Deixe sua partição root como Leitura/Escrita: /sbin/mount -uw / – Depois disso, execute o comando abaixo: sh /force-iGPU-boot.sh Estou utilizando os passos acima há 1 ano no computador que uso para trabalho diariamente com desenvolvimento web, incluindo a utilização de ferramentas gráficas como Photoshop. É claro que a performance gráfica não fica a mesma, mas utilizei um script para colocar mais memoria RAM na Intel 3000, que tinha 512mb de RAM com 16gb de RAM no MacBook (acho que ela fica com 256mb de RAM quando você tem até 4gb de RAM no MacBook). Rodei o script e botei ela com 1gb de RAM. O ganho de desempenho não é gritante, mas ajuda. Se tiverem interesse, posso buscar os arquivos que fazem a modificação e posto aqui. Pretendo ficar com esse MacBook Pro 17" late 2011 por mais alguns anos, me recuso pagar 14 mil em um MacBook Pro 15" nos importadores, não vou nem citar o valor cobrado pela Apple Brasil, porque aquilo ali é uma falta de respeito com o consumidor. Boa sorte e abraços!
  13. Pelo que algumas pessoas falam (não sou especialista no assunto), os GPUs de notebook produzidos nessa época possuem falhas de engenharia, que acarreta na eventual morte dele. Um dos fatores é o superaquecimento. A Apple aplicou atualizações no firmware a fim de otimizar o uso da placa gráfica, mas percebi que a utilização de aplicações pesadas com o Turbo Boost ligado e sem um controle das ventoinhas sempre eleva muito a temperatura do notebook. Eu também espero ficar um bom tempo com o meu MacBook, já que não existe um substituto mais novo com monitor de 17" e com possibilidade de reparo oferecida por esse modelo, então estou sempre de olho em todas as temperaturas. É normal o uso do CPU subir enquanto as aplicações são abertas, mas não deve continuar com o processamento no máximo caso não esteja fazendo alguma tarefa como conversão de video ou abrindo um arquivo muito grande no photoshop.
  14. Desculpe, acho que acabou ficando um pouco confuso o meu texto. O meu tem GPU AMD RADEON HD 6770M além da placa integrada. Esse processo mexe no processamento do CPU, que reduz a sua temperatura e ajuda a deixar o notebook como um todo mais 'frio', já que o problema da placa de vídeo externa é causada por um dos fatores abaixo (de acordo com as dezenas de tópicos que li a respeito: - GPU esquenta demais e morre depois de um tempo (Louis Rossmann) - O problema ocorre porque a placa de vídeo aquece e resfria muito rapidamente por várias vezes, fazendo com que a solda sem chumbo crie micro-rachaduras até o momento que o contato é perdido, ocasionando o problema. A controvérsia entre as duas versões, segundo Louis Rossmann, é que ele diz que não existe esse problema das micro-rachaduras e que a placa de vídeo em si que é mal feita. O fato de fazer o reball esquenta o chip suficientemente para fazer um reflow na placa gráfica e ela volta a funcionar por algum tempo, mas está fadada a morrer novamente.
  15. Tenho um MacBook Pro late 2011 17". No final de novembro do ano passado ele começou a apresentar os problemas de vídeo. Eu já sabia desse problema e apenas torcia para isso acontecer, mas hoje vejo que seria impossível ele não ter torrado a placa de vídeo anteriormente. Acho que a Intel resolveu parar de investir em potência para investir em eficiência energética por causa dessa geração do processador I7 com a tecnologia Turbo Boost. Comecei a monitorar todo o hardware do notebook quando o problema do vídeo era algo intermitente e percebi que o Turbo Boost com alguma aplicação mais pesada torra o processador. Se você colocar o handbrake para fazer uma conversão, ele vai para a casa dos 90 graus em menos de 1 minuto. Além disso, o sistema de resfriamento 'passivo' é super silencioso, mas só vejo subir dos 2.000rpm iniciais quando o processador está quente. Inevitavelmente a placa de vídeo acabava esquentando mais do que o necessário, já que compartilham o mesmo dissipador de calor. Como resfriar 70 graus da placa de vídeo com o processador a 92? A solução que encontrei foi desativar o Turbo Boost utilizando o Turbo Boost Switcher (http://www.rugarciap.com). A temperatura caiu bastante e não senti muita perda de desempenho, além de melhorar a autonomia da bateria. Uso em conjunto com o iStat Menus (https://bjango.com/mac/istatmenus/) para monitorar a temperatura. Deixo o preset do iStat no Medium (4000rpm) e aumento para um pouco mais de 5000 quando vou jogar ou utilizar muito o processamento. No Boot Camp eu também tomei medidas para evitar o superaquecimento: coloquei o processador para trabalhar no máximo a 85% da performance total e instalei o Macs Fan Control (https://www.crystalidea.com/macs-fan-control). Fiz vários testes e como uso o Windows mais para jogos eu achei que 85% foi a melhor relação performance/temperatura - processador I7 2.5ghz. Em jogos como Heroes of the Storm e Hearthstone o CPU e GPU raramente chegam a 70 graus. Hearthstone rodando em 1920x1200 no High e HOTS em 1920x1200 com texturas no high e o restante no medium para 40fps e no low para 60fps. Pode ser que essas soluções não evitem o problema de apresentar, mas com certeza afetará na vida útil do aparelho. E sempre monitorem sua temperatura! As vezes uma aba no safari pode torrar o seu processador. O resultado da busca a seguir vai fazer seu processador trabalhar muito: (https://codepen.io/search/pens?q=fractal&limit=all&type=type-pens). Basta uma aba dessa aberta e esquecida para diminuir um pouco a vida útil do aparelho.
×
×
  • Criar Novo...