Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
m4rcel

Após o Mavericks meu Lion Server não abre mais

Posts Recomendados

Após atualizar para o Mavericks meu Lion Server não abre mais, ou seja só poderei usar se comprar a versão atual?

Alguém mais com esse problema? antes eu sempre tinha a opção de instala-lo no meu Macbook pro agora ele nem aparece mais na Mac apple store na minha lista de comprados.

A unica solução é comprando a versão nova? e se quiser usa-lo de novo tenho que reinstalar o Lion?

se a solução for comprar a versão nova vou esperar lançar o proximo OS pra não passar por esse problema de novo.

alguém sabe uma solução pra esse pepino?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Entre para seguir isso  

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.



  • Conteúdo Similar

    • Por UnderEu
      Senta que lá vem um pouquinho de história.
       
      Desde que atualizei meu MacBook para o macOS 10.14.4 (Build 18E226), notei o seguinte comportamento:
      - Você usa o notebook normalmente durante um certo período. Daí vc precisa sair de perto do notebook, fecha a tampa, resolve a vida, abre a tampa, digita a senha e segue o jogo;
      - Você repete esse processo umas 2 ou 3x, sempre na normalidade... até que na 4ª vez vc abre a tampa do notebook e a sessão carrega SEM PEDIR TUA SENHA!
      E exatamente após isso:
      - O processo loginwindow está travado no Monitor de Atividade (e não dá pra matar o processo, nem mesmo forçando);
      - As teclas de função (brilho da tela, brilho do teclado, controle de volume, controles multimídia) param de funcionar;
      - O app FaceTime não abre (anulando a possibilidade de atender ligações até no próprio iPhone);
      - Vc não consegue desligar/reiniciar/fazer logoff no menu da maçã (Pop-up de confirmação não aparece).
      Só com "dedoff" (vulgo Desligar no botão, de qualquer jeito) pra restaurar o comportamento correto até que o ciclo se repita.
       
      E eis a parte assustadora do negócio:
      * FileVault está LIGADO;
      * Sistema está configurado p/ pedir minha senha IMEDIATAMENTE após o repouso;
      * E tudo isso foi somente após a atualização do macOS para a versão 10.14.4 (18E226).
       
      Reportei pra Apple no chat de suporte e tbm. por DM no Twitter @AppleSupport e essa foi a conversa (em resumo):
      - "Vocêr já tentou atualizar pra última versão?" -_-'
      - "Você já tentou reiniciar a máquina?" -_-' -_-'
      - "Você já tentou resetar o SMC?" - Já
      - "Você já tentou resetar a NVRAM?" - Já
      - "Você já fez o teste com outro usuário logado na máquina?" - Já
      - "Então, vou te pedir pra vc agendar um horário numa assistência pois tua máquina tá com defeito!" - Não, Apple... minha máquina não tá com defeito. Hardware dela tá funcionando perfeitamente e tudo isso passou a acotecer somente após essa atualização.
      - "Então, não podemos fazer nada se você não agendar um horário em uma assistência para verificar tua máquina! Teu case está cancelado!".
       
      E já que a Apple faz de tudo para inibir que o pessoal faça downgrade dos softwares dela (e também porque meu backup do Time Machine já foi atualizado com essa versão), tive q forçosamente baixar o Beta público do 10.14.5 (18F108f) e me livrar dessa brecha - até o momento, tudo normal - mas fica o alerta para quem estiver usando o macOS Mojave e por algum milagre não tiver atualizado pro 10.14.4 (18E226)... evitem!
      E pra quem já atualizou, queria saber se já notaram o mesmo ou algo parecido?
      É extremamente preocupante saber que o sistema não está protegendo a sessão do usuário devidamente, mesmo com criptografia de disco ativada, mesmo com as configurações forçando para que isso aconteça instantaneamente e a Apple, uma empresa do tamamho que é do valor que adquiriu, se faz de desentendida... bota a culpa no usuário... não admite que o software dela tá bichado... fala que "não tem nada que possa ser feito!", que "você está usando o teu equipamento errado!". E mesmo que haja Radar pra reportar esses bugs, ou eles caem num limbo temporal infinito para alguém dar qualquer resposta daqui uns 10 anos ou simplesmente fecham alegando que o problema já tá sendo tratado (famoso "Duplicate" - o que eu duvido MUITO que realmente esteja).
       
      Só porque eu tava contente com o Mojave, até agora... 😕
      Saudades, macOS Sierra
    • Por lucaspessinato
      Boa tarde.
      Estou com um problema a alguns dias, tenho um mac mini que estava sem funcionalidade, decidi fazer um servidor de arquivos. Localmente está funcionando perfeitamente, meu problema foi hora de acessar externamente.
      Tenho IP estático na residencia, liberei a porta 20 e 21, instanciei o serviço FTP no Mac OS Server, criei os usuários. 
      Quando vou acessar o ftp no Windows, digito o endereço de IP, ele pede o usuário e a senha, ele valida, mas aparece um erro de tempo atingido. 
      Vocês tem alguma informação na qual eu possa tentar resolver esse problema ?
      Desde já agradeço,
      Abraços.
    • Por Eliimar Couto
      Bom dia pessoal, alguém aqui tem o instalador do El Capitan ou Mavericks para me enviar?
      Se alguém tiver, por favor me mande no e-mail: elimarcoutostz17@gmail.com
    • Por Uri Machado
      Galera Socorro
       
      Então, eu fui tentar formatar o desktop, para simplesmente zerar o Pc, e começar como se fosse novo. Porém me ferrei, não consigo reinstalar o sistema dele, que no caso é 'OS X Mavericks'. 
      O pc quando liga, vai direto para direto para a tela de quando usamos o 'command + r'. Já tentei de tudo mas não to conseguindo. Me ajudem não quero perder esse pc. 
      Quando coloco em reinstalar aparece essa imagem.
       
      Me   A J U D EM

    • Por Pedro Passos
      Prezados companheiros do MacMagazine, boa tarde.
      Gostaria de iniciar uma discussão sobre o aplicativo OmniFocus. Uma breve introdução para quem não é familiarizado com ele: trata-se de um gerenciador de projetos, baseado no método Getting Things Done, de David Allen. O objetivo é aumentar a produtividade de quem utiliza o mencionado sistema, tornando racionalizada a execução de ações e o gerenciamento de ideias ou etapas do respectivo projeto. Dessa forma, ele segrega as ações em projetos (podendo ser paralelos, sequenciais ou simples) e contextos (contando com geolocalização), entre outras configurações complexas que não convém listar nesse tópico, mas que podem ser analisadas neste link.
      O ponto da discussão é: hoje foi lançado o OmniFocus 3, com mudanças relacionadas ao design do aplicativo e modificando a funcionalidade dos contextos, que agora se chamarão tags. Não questiono a importância do design de um produto, ainda porque é diretamente relacionado à funcionalidade, no sentido de que um design pode ser entendido como bom se dele resultar a utilização completa e sem percalços dos atributos do software, mas o ponto é: mudanças de design são suficientes para justificar o lançamento de uma nova versão paga do software? Aqueles que utilizam a versão 2 do OmniFocus continuarão a ter acesso ao aplicativo, e as mudanças de design não foram consideráveis a ponto de se tratar efetivamente de uma "revolução", mas não seria o caso de um minor update da própria versão 2? Me pergunto se não está ocorrendo o mesmo que ocorreu com o Tweetbot, que recentemente fez o mesmo na versão do aplicativo para o macOS.
      Desenvolvedores: é uma estratégia lançar updates assim, ainda que tornem sem sentido adquirir um software que receberá updates pagos recorrentemente? Lembro a todos que o custo do aplicativo é de R$ 129,90 para novos usuários e R$ 64,90 para usuários da versão 2, no modo Standard, e R$ 199,90 ou R$ 94,90, no modo Pro, isto é, não se trata de um software barato.
    • Por al.maia
      Tenho um Macbook Pro late-2013 com o macOS Sierra (10.12.6) e rodando tranquilo. Mas estou sendo quase vencido pela notificação constante pedindo para que eu atualize para o High Sierra...
      E aí, atualizo ou deixo quieto?
    • Por turim
      Ao realizar a atualização para o HighSierra, após a inicialização, aparece a tela a seguir:
      ]
      Estranho que meu HD está com o nome de OS X Base Systems. Já tentei de tudo e não conseguir contornar isso.
      Alguém sabe como resolver ?
      Obrigado.
       
      Macbook Pro
    • Por psyai
      MINHA EXPERIÊNCIA FAZENDO UPGRADE NO MEU MAC MINI LATE 2012
          Mais memória RAM e SSD pra ganhar desempenho no velho Mac. Este é apenas um relato de um quase leigo sem nenhuma pretensão. Se ajudar alguém, será ótimo. Mas não há base técnica aqui. Se serviu pra mim, não necessariamente servirá pra outra pessoa, portanto, não me responsabilizo sobre qualquer efeito que possa causar a terceiros.
      PORQUE ATUALIZAR?
          Meu Mac Mini saiu de fábrica assim:
      Modelo MD388BZ/A
      Processador Intel quad core i7 2,3GHz
      RAM 4GB DDR3
      HDD 1TB 5400 rpm
          Mas apesar de ser o top dos Mini pré fabricados de sua época (perdendo apenas para o Mac Mini Server que já vinha com dois HDD de 2TB), desde algumas versões atrás de Mac OS X que eu já vinha notando uma certa lentidão pra rodar a maioria dos aplicativos, com um destaque especial para o Adobe Photoshop Lightroom (mexo muito com fotografias pesadas em formato RAW). Aliás, pura generosidade minha. Na verdade tudo estava completamente “carroçal”, principalmente depois de algumas horas ligado trabalhando.
          Mas a gota d'água foi há uns dias atrás quando tentei, pela primeira vez, conectar uma TV através da Thunderbolt e não consegui. Ele reconheceu a TV, inclusive com seus dados de resolução e modelo, mas não passou sinal de vídeo. Fui, enfim, a uma assistência autorizada aqui de Maceió-AL onde foram constatadas duas coisas:
      1- A porta Thunderbolt, que eu nunca havia usado, estava mesmo com defeito. Eu ainda tinha esperança de ser o adaptador para hdmi mas não teve jeito. Coincidentemente ou não, faz um tempo que tem uma atualização 1.2 de firmware thunderbolt que está em loop na minha App Store. Eu atualizo, dá um erro no fim e ela aparece disponível lá pra eu atualizar novamente. Enfim, ainda não estou totalmente convencido de que trata-se de um problema físico.
      2- Ao contrário do que eu pensava, meu Mac Mini é um late 2012 e não 2014. Lembro bem que fiz a pesquisa no site da Apple e me dirigi a uma loja iPlace para comprar o modelo que eu tinha visto lá. Assustei-me então, três anos depois, que eles estivessem vendendo Macs desatualizados e, que pela ansiedade de tê-lo em meus braços, não tive o bom senso de verificar esse importante detalhe no ato da compra. Mas não, estava tudo certo. O Mac mini late 2014, com suas malditas memórias soldadas na placa, ainda não tinha sido lançado. Ufa!
          Ainda cheguei a questionar uma outra coisa sobre a chegada do High Sierra: bastou eu instala-lo que começaram a aparecer, diariamente, “telas de kernel panic da morte”. Estivesse o meu Mac ocioso ou trabalhando, acontecia o problema.

      Mas pouco se discutiu sobre isso, pois eu imaginei que com um futuro upgrade de hardware ou com alguma atualização de sistema isso seria (ou será) corrigido.
          Então, enquanto estava sendo atendido, perguntei à técnica se eles tinham peças para uma melhoria de desempenho. Me foram ofertados:
      2 RAM SODIMM DDR3 4GB PC3L-12800 CL11
      1 Sandisk SSD PLUS 480GB
           Como a intervenção para consertar a Thunderbolt exigiria a troca da placa lógica e isso custaria o mesmo preço do upgrade, acabei decidindo-me pela segunda opção, afinal, no meu caso, ligar dois monitores ao mesmo tempo faz menos falta que R$ 1.500,00 a menos no bolso. O desempenho do computador estava me enchendo mais a paciência.
          Organizei algumas coisas no HDD, rodei o Time Machine e entreguei o Mini lá 7 dias depois para o serviço e, após rápida pesquisa, ja cheguei com a informação de que não bastaria apenas o SSD. Ele deveria estar acompanhado de um cabo flat específico e umas presilhas. Eles também obtiveram essa informação, como era de se esperar. Em suma, eu não teria os dois armazenamentos imediatamente instalados. Teria de esperar pela chegada do cabo.
          Uma observação: Eu poderia ter comprado as peças e as ferramentas e feito eu mesmo o upgrade (no iFixit não parecia ser nada de outro mundo) mas estou traumatizado com serviços mal prestados por mim mesmo anos atrás aos meus saudosos MacBook White late 2007 e iPad 2. Já me bastava ter o trabalho de reinstalar o sistema e adaptar as minhas coisas a um armazenamento ceifado pela metade. Mal sabia eu quanto trabalho o High Sierra me daria.
      ENFIM, COM AS NOVAS PEÇAS
          Quando recebi o MAC (ponto pra assistência pois foi no mesmo dia em que o deixei) já com o SSD e as memórias, resolvi instalar o sistema nele. Na primeira tentativa, optei de cara pelo INTERNET RECOVERY. Planetinha rodando e barra de progresso andando a passos de tartaruga (como a própria tela preveniu-me):

          Mas quando chegava na interface gráfica, não havia maneira de enxergar o SSD e, consequentemente, de escolhe-lo como destino da instalação. O utilitário de disco simplesmente nem o mostrava, semelhante à tela abaixo.
      OBS: Aconteceu uma coisa parecida quando fui atualizar do Sierra pro High Sierra, ainda com as peças originais, e posso falar disso em outra oportunidade.

          E a cada nova tentativa no INTERNET RECOVERY, parecia que algo estava sendo gravado no disco pra iniciar a instalação (apareceu até uma misteriosa partição de 2GB da qual eu não me lembro o nome agora). Mas eu sempre terminava não ultrapassando esse ponto.

      RECORRENDO AO PODER DO TERMINAL
      Depois de muitas tentativas frustradas resolvi tentar, pelo terminal do Utilitário do MacOS, utilizando o comando diskutil list , enxergar o dispositivo e, como suspeitei, o computador reconhecia que havia o SSD conectado mas não mostrava ele montado. DISK0 é a representação do dito cujo:
      /dev/disk0 (internal, physical):
         #:                       TYPE NAME                    SIZE       IDENTIFIER
         0:                                                           *480.1 GB      disk0
         1:        {por aqui deveria ter mais informações sobre a partição, mas ela não existia}
         2:
          Ao fazer o comando diskutil eraseDisk JHFS+ MACSSD /dev/disk0 consegui formatar o disco e montá-lo com o nome de MACSSD e agora o Utilitário do MacOS já conseguia enxerga-lo. Assim consegui direcionar a instalação do sistema para ele.
      Problema resolvido? Nem perto disso.

      VOLTANDO À INSTALAÇÃO
          Ao tentar instalar no SSD, agora devidamente reconhecido, o sistema chegava a gravar nele uns 5GB que parecia ser a estrutura de instalação. Esta chegava a rodar mas, ao final, quando reiniciava a máquina, dava um erro e não instalava. Mostrando novamente a tela abaixo após um pouco de maçã e barra de progresso:

          Cheguei a tentar instalar algumas outras vezes via INTERNET RECOVERY e outras tantas via PENDRIVE DE INSTALAÇÃO (a essa altura já tinha providenciado um num outro Mac para tentar agilizar nas tentativas) mas o SSD nunca chegava a ser reconhecido de fato, voltando sempre à tela acima. Às vezes dando até problema ainda na tela de Internet Recovery.

          O interessante é que, com o auxílio de um case usb, quando iniciava o sistema pelo antigo HDD que fora retirado, eu conseguia ter total acesso ao SSD, podendo gravar arquivos nele normalmente, mexer neles e apaga-los. Dava até pra ver a incrível diferença de velocidade do sistema só por causa do upgrade na RAM. Mesmo rodando o sistema através da USB, ele já estava muito mais redondo que antes do upgrade.
          Nesse meio tempo, já estava entristecido por algumas matérias na internet que davam a entender que eu deveria ter comprado algum modelo específico de SSD para que ele pudesse ser reconhecido pelo meu Mac Mini. Conseguiria eu convencer a loja a aceitar de volta o SSD, que inclusive fora sugerido por eles mesmos? Eles são assistência autorizada Apple. Teoricamente sabem mais que eu a respeito. Tentar de novo ou desistir? Que dilema!

      DOWNGRADE “ACIDENTAL” DE SISTEMA
          Eis que, após formatar o SSD, apagando qualquer vestígio do High Sierra que tenha ficado nele depois tantas tentativas mal sucedidas, entra em ação novamente o desacreditado INTERNET RECOVERY que, para a minha surpresa, colocou em ação uma instalação do OS X Mavericks, que era o sistema operacional em vigor quando comprei o Mini. Bem que eu estava achando estranha aquela estética da tela gráfica do instalador. Depois, pesquisando mais a fundo sobre o Internet Recovery, me pareceu que essa é uma prática adotada quando não é detectado qualquer vestígio de sistema no Mac.
          Deixei rodando a instalação e, após voltar de um compromisso fora de casa, lá estava o OS 10.9 instalado e rodando perfeitamente no SSD.
      FINALMENTE, O HIGH SIERRA
          Com um medo gigantesco, após o peso de vinte horas ininterruptas de tentativas mal sucedidas, ainda na tela gráfica do Mavericks, dei dois cliques no instalador do High Sierra do pendrive. 
          Barra de progresso…
          ...
          O computador reinicia…
          Escolho o SSD como destino…
          Uma hora e quarenta minutos de tensão, expectativa e barra de progresso…
          ...
          O computador reinicia de novo…
          Vem a maçã com mais barra de progresso…
          Digite o seu Apple ID… aí eu acreditei, levantei da cadeira e dei um soco no ar.
          A partir daí foi tudo normal, como recuperar arquivos através do Assistente de Migração, ativar o Trim e baixar alguns aplicativos. Pelo ótimo desempenho que o meu Mac Mini late 2012 está apresentando, após cerca de 5 anos de lançamento e um upgrade de memória e armazenamento, acho que demorarei mais alguns anos sem tirar um escorpião gigante do bolso dentro de uma loja da maçã.
          Enquanto escrevia esse relato, houve mais um kernel panic. Aparentemente estão mais escassos.
          Ainda pretendo contactar a Apple pra ver se me ajudam com o caso não resolvido do Thunderbolt.
          No fim disso tudo fiquei com um assunto mal resolvido com o High Sierra: ele tem algum bug na instalação que o faz às vezes não detectar o disco interno ou estaria ele programado para só aceitar ser instalado do zero em certos modelos? Isso eu não saberia responder.
    • Por Junior(RJ)
      Boa tarde,
          Um conselho que server para qualquer lançamento de IOS, concordo que é meio chato, lento mais ajuda muito....
             1) Se tiver disposição para fazer uma instalação limpa e depois baixar td,colocar nova senha faça, isso vai melhorar muita coisa...  ex: eu costumo fazer isso a cada versão cheia....
             2) Senão tiver disposição para o item 1, faça assim mesmo uma instalação limpa, da seguinte forma:
                     2.1) bkp via itunes criptografado para poder voltar senha, health e etc;
                     2.2) instalação limpa e configurar como novo iphone... Nevegar um pouco e depois dar um reset total;
                     2.3) restore do bkp feito pelo itunes, só não esqueça da senha que colocou no bkp;
      abs
    • Por GUTO FERRARI
      Prezados, 
      Ao atualizar meu Macbook Air para a versão 10.12.6, ao reinicializar, o mac trava logo após a logomarca da Apple e o som da inicialização. Fica rodando a rodinha de progresso e nada mais acontece. Achei que fizesse parte do processo de atualização, mas deixei assim por horas (madrugada toda) e nada.
      Restaurei meu backup anterior e ele voltou a funcionar. Tentei atualizar novamente e o problema se repetiu.
      Restaurei pela segunda vez e, em vez de atualizar a partir da atualização automática, baixei o arquivo direto do site da Apple e atualizei. Mais uma vez o problema se repetiu.
      Em vez de restaurar o backup pela 3ª vez, optei por fazer uma instalação limpa do macOS, do zero. Ao terminar a instalação, mais uma vez travou do mesmo jeito...
      Cheguei a pensar em algum problema de reinicialização ou hardware... Restaurei o backup e reinicializei e tudo funcionou perfeitamente, ou seja. O problema só acontece quando é executado o macOS 10.12.6
       
      Alguém com o mesmo problema?
  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      48.198
    • Total de Posts
      413.350
×
×
  • Criar Novo...