Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
maganeses

Posso usar um SDXC como um HD?

Posts Recomendados

Um tanto de preocupação desnecessária. O número de uso é muito grande. Se pensares que, em média, troca-se de produto a cada 2 ou 4 anos, o risco é nulo.

Como eu trabalho com dados sensíveis, naquele nível de comprometimento de ter que fazer backup diário, em dois lugares fisicamente diferentes, fico preocupado. Sofro do mesmo problema porque minha máquina só tem 512 GB de SSD e nem tenho como pensar em upgrade nos próximos 6 meses, mas ainda assim penso na possibilidade de perda de dados por fim da vida útil da flash, conectores não projetados para esse tipo de uso e possibilidade de remoção fácil causando corrupção. Uma flash removível tem, em média, possibilidade de 10.000 regravações das células. Isso acaba em dois tempos dependendo do fluxo de dados na memória.

 

Já perdi dados com cartões de memória ditos confiáveis. Hoje não confio em mais nada. Backup diário em dois lugares fisicamente diferentes e nada em armazenamento removível na veia! kkkkkk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como eu trabalho com dados sensíveis, naquele nível de comprometimento de ter que fazer backup diário, em dois lugares fisicamente diferentes, fico preocupado. Sofro do mesmo problema porque minha máquina só tem 512 GB de SSD e nem tenho como pensar em upgrade nos próximos 6 meses, mas ainda assim penso na possibilidade de perda de dados por fim da vida útil da flash, conectores não projetados para esse tipo de uso e possibilidade de remoção fácil causando corrupção. Uma flash removível tem, em média, possibilidade de 10.000 regravações das células. Isso acaba em dois tempos dependendo do fluxo de dados na memória.

 

Já perdi dados com cartões de memória ditos confiáveis. Hoje não confio em mais nada. Backup diário em dois lugares fisicamente diferentes e nada em armazenamento removível na veia! kkkkkk

 

Portanto, nem tens que cogitar tal possibilidade. Correto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Alan Leitão,

 

O tópico é sobre algo ainda experimental, nem de longe existem garantias para nada, eu não recomendo colocar esses equipamentos em "produção" e muito menos dados sensíveis ou material valioso de trabalho. Para tal é preciso usar equipamentos com tolerância à falhas! Para você talvez um server com "SSD" em Raid5 ou Raid10, servindo de NAS e com software de backup ativo.

 

Mas são soluções de custo alto, totalmente diferente desse tópico que é usar cartões SD como HD ou HD externos. Ou seja, usar algo barato para uma finalidade mas nobre e muito portátil. 

 

A meu ver sobre o uso de SD para armazenagem de dados, o risco principal está nas "mídias dos cartões" essas podem ser baixa qualidade ou falsificadas, os leitores de cartão embutidos nos notebooks em geral tem a qualidade assegurada pelo fabricante do notebook. Eu recomendo que, quem puder testar o faça! E tenha um cuidado especial na escolha dos cartões SD (marcas, modelos, tempo de acesso e dos fabricantes), acho que isso será determinante para o sucesso do experimento. 

 

Eu fiz um pequeno teste com um "adaptador de SD para SATA2" e fiz um "lab" rodando o WinXP em um notebook antigo "Core2Duo" e funfou razoavelmente bem, não tam rápido quanto um SSD verdadeiro, porém sensivelmente mais rápido que um HD convencional de 5400RPM.  Se vocês quiserem eu posto as fotos...

 

[]´s

 

Jorge Barros

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

iphoner,

 

"ostentation rs" longe disso! Apenas compartilhando experiências!

 

Espero ter compartilhado boas ideias!

 

Testa aí e compartilhe as suas com a gente!

 

[]´

 

Otimos seus toques..

Já estava descartando a ideia de cartões, acho que vou comprar esses que vc comprou e testar aqui.

Editado por TiãoGavião

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Alan Leitão,

 

O tópico é sobre algo ainda experimental, nem de longe existem garantias para nada, eu não recomendo colocar esses equipamentos em "produção" e muito menos dados sensíveis ou material valioso de trabalho. Para tal é preciso usar equipamentos com tolerância à falhas! Para você talvez um server com "SSD" em Raid5 ou Raid10, servindo de NAS e com software de backup ativo.

 

Mas são soluções de custo alto, totalmente diferente desse tópico que é usar cartões SD como HD ou HD externos. Ou seja, usar algo barato para uma finalidade mas nobre e muito portátil. 

 

A meu ver sobre o uso de SD para armazenagem de dados, o risco principal está nas "mídias dos cartões" essas podem ser baixa qualidade ou falsificadas, os leitores de cartão embutidos nos notebooks em geral tem a qualidade assegurada pelo fabricante do notebook. Eu recomendo que, quem puder testar o faça! E tenha um cuidado especial na escolha dos cartões SD (marcas, modelos, tempo de acesso e dos fabricantes), acho que isso será determinante para o sucesso do experimento. 

 

Eu fiz um pequeno teste com um "adaptador de SD para SATA2" e fiz um "lab" rodando o WinXP em um notebook antigo "Core2Duo" e funfou razoavelmente bem, não tam rápido quanto um SSD verdadeiro, porém sensivelmente mais rápido que um HD convencional de 5400RPM.  Se vocês quiserem eu posto as fotos...

 

[]´s

 

Jorge Barros

Jorge,

 

Acho que você não entendeu o meu ponto de vista. Longe de discutir soluções de alto desempenho ou custo elevado, mas discutir dentro da idéia proposta no tópico a segurança e confiabilidade. Usei meu exemplo porque eu tenho no meu computador pessoal dados muito sensíveis e por isso mantenho sempre dois backups completos em locais fisicamente diferentes e atualizados diariamente, porém generalizando um pouco a questão, pense o quanto é desagradável para um usuário perder todas as fotos da festa de 1 ano do seu filho porque o cartão SD atingiu o número máximo de gravações/leituras e não é possível recuperar isso. Cartões de memória são muito bons para armazenar dados e guardar em gavetas, duram muito mais que CDs ou DVDs, mas usar eles ligados direto no computador, tendo acesso full time pelo sistema, lendo e gravando à todo instante, na minha opnião não é uma boa idéia, sem levar em consideração que, apesar da boa qualidade garantida pelos fabricantes dos leitores, ainda é uma conexão de contato puro e simples que pode, num pequeno esbarrão, parar de funcionar, dafinicar o cartão e corromper dados devido à um simples mau contato.

 

Nenhum desses cartões tem a confiabilidade/durabilidade/possibilidades de leitura e gravação de um SSD ou mesmo de um HDD. Funcionam para a proposta? Sim, mas com o revés da baixa confiabilidade. Como já tinha exposto antes e, inclusive muito bem observado pelo Maganeses, nem posso cogitar a possibilidade e devo continuar com meu processo atual de backups diários como já descrito acima. Precisando de mais espaço, no meu caso seria mais seguro fazer o upgrade do SSD do meu computador por um com maior capacidade.

 

Como profissional de TI, assim como você, meu único intuito foi alertar as pessoas interessadas que a solução proposta tem contras e um deles é algo que considero muito crítico: confiabilidade. Não gostaria de ver nenhum dos amigos foristas passar pelo infortúnio de perda de informações importantes no futuro. Achei apenas que valia o alerta para todos. Eu adoro soluções padrão McGayver, acho muito legal fazer algo que todos podem usar a um custo baixo, mas tem que ter um mínimo de confiabilidade ou então deixar claro que a proposta tem utilização muito restrita. Nesse caso, acho que é muito seguro usar essa solução para armazenar os programas no cartão e os dados na unidade interna do computador com backups frequentes através do Time Machine por exemplo. Caso haja problemas no cartão, os dados estão numa unidade mais confiável e somente seria necessário reinstalar os programas que os manipulam em um novo cartão.

 

De qualquer forma, fica a sua dica para quem quiser se preparar para uma estrutura mais confiável e cara, que não é a proposta do tópico.

 

Abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Jorge,

 

Acho que você não entendeu o meu ponto de vista. Longe de discutir soluções de alto desempenho ou custo elevado, mas discutir dentro da idéia proposta no tópico a segurança e confiabilidade. Usei meu exemplo porque eu tenho no meu computador pessoal dados muito sensíveis e por isso mantenho sempre dois backups completos em locais fisicamente diferentes e atualizados diariamente, porém generalizando um pouco a questão, pense o quanto é desagradável para um usuário perder todas as fotos da festa de 1 ano do seu filho porque o cartão SD atingiu o número máximo de gravações/leituras e não é possível recuperar isso. Cartões de memória são muito bons para armazenar dados e guardar em gavetas, duram muito mais que CDs ou DVDs, mas usar eles ligados direto no computador, tendo acesso full time pelo sistema, lendo e gravando à todo instante, na minha opnião não é uma boa idéia, sem levar em consideração que, apesar da boa qualidade garantida pelos fabricantes dos leitores, ainda é uma conexão de contato puro e simples que pode, num pequeno esbarrão, parar de funcionar, dafinicar o cartão e corromper dados devido à um simples mau contato.

 

Nenhum desses cartões tem a confiabilidade/durabilidade/possibilidades de leitura e gravação de um SSD ou mesmo de um HDD. Funcionam para a proposta? Sim, mas com o revés da baixa confiabilidade. Como já tinha exposto antes e, inclusive muito bem observado pelo Maganeses, nem posso cogitar a possibilidade e devo continuar com meu processo atual de backups diários como já descrito acima. Precisando de mais espaço, no meu caso seria mais seguro fazer o upgrade do SSD do meu computador por um com maior capacidade.

 

Como profissional de TI, assim como você, meu único intuito foi alertar as pessoas interessadas que a solução proposta tem contras e um deles é algo que considero muito crítico: confiabilidade. Não gostaria de ver nenhum dos amigos foristas passar pelo infortúnio de perda de informações importantes no futuro. Achei apenas que valia o alerta para todos. Eu adoro soluções padrão McGayver, acho muito legal fazer algo que todos podem usar a um custo baixo, mas tem que ter um mínimo de confiabilidade ou então deixar claro que a proposta tem utilização muito restrita. Nesse caso, acho que é muito seguro usar essa solução para armazenar os programas no cartão e os dados na unidade interna do computador com backups frequentes através do Time Machine por exemplo. Caso haja problemas no cartão, os dados estão numa unidade mais confiável e somente seria necessário reinstalar os programas que os manipulam em um novo cartão.

 

De qualquer forma, fica a sua dica para quem quiser se preparar para uma estrutura mais confiável e cara, que não é a proposta do tópico.

 

Abraço.

ah sim, vc quer dizer guardar as informacoes fotos bla bla, no cartao, a longo prazo poderia dar pepino, o melhor ainda é nuvem/hd externo/hd/ssd ?

 

-concordo porém acho que o cartao padrao mac sao muito bons

-pny

-transcedent

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ah sim, vc quer dizer guardar as informacoes fotos bla bla, no cartao, a longo prazo poderia dar pepino, o melhor ainda é nuvem/hd externo/hd/ssd ?

 

-concordo porém acho que o cartao padrao mac sao muito bons

-pny

-transcedent

Rapaz, particularmente eu não tenho nada na nuvem. Meus backups ficam em dois servidores dedicados à essa tarefa, um em casa e outro no trabalho. Ambos os servidores possuem espelhamento entre os discos então em caso de falhas em um dos discos, há outro reserva em cada máquina.

 

Quanto ao HD Externo, também tenho medo porque porta USB ainda é uma porta de contato puro e simples sem travas ou proteções extras contra invasão de impurezas, que pode ter mau contato e surto elétrico. Confio, um pouco mais em HDD interno e SSD, mais no SSD, mesmo assim confio desconfiando.

 

Quanto aos cartões, por mais que sejam bons (e existem muito bons mesmo) ainda assim o compromisso de confiabilidade é muito inferior.

Editado por Alan Leitão

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Alan Leitão,

 

Concordo contigo em número e grau sobre o ponto de vista da segurança, realmente fica dica de que os experimentos não devem ser colocados em produção, e para mais ênfase eu faço algumas recomendações:

 

1- Não use os cartões dos experimentos em outras aplicações, sem antes formata-los nas plataformas respectivas, ou seja, antes de usar em câmeras, mobiles e etc... formate os cartões nesses equipamentos. Nos experimentos citados as partições para boot serão em NFTS ou nas partições do UNIX como roda o MacOS X, totalmente incompatível com os formatos de mobile e câmeras. (no caso de boot via SD)

2- Faças os testes com equipamentos e arquivos que não são vitais ou que estejam em produção, porque até se tirar as conclusões se vale a pena ou não usar isso, nada é garantido!

3- Tente escapar de cartões velhos, "surrados" ou que já deram problemas, isso pode invalidar ou prejudicar as conclusões dos testes.

4- Certifique que seu leitor suporta os padrões de SDXC (mais modernos) com a capacidade alta acima de 128GB, porque se usar cartões grandes não vai funcionar.

5- Evite de usar os cartões "usuais" que você usa em fotografia, isso evita que possa ter um "possível desgaste acelerado" desses cartões, separe os cartões para o experimento e deixe ele exclusivo para usar como "storage".

 

Vale sempre ter bom senso, sabendo que isso é um experimento! Estamos avaliando uma nova maneira de gravar e manusear arquivos, talvez isso seja útil algum dia, ou simplesmente não lhe sirva a nenhum propósito em seu uso...  E cada um tem sua experiência e sabe "onde amarra o seu burro", backup e disponibilidade são coisas que requer empenho e planejamento, por isso fique avisado que não há garantias nesses experimentos.

 

Com relação à seu temor e reserva de que isso é algo pouco confiável, eu posso te adiantar que essa ideia de usar cartões formato "SD" em storage ou armazenagem não é nova, e alguns fabricantes de cartões/memórias e flash-drive já possuem uma de linha produtos que incluso são dedicados para a linha de Macbook da Apple.

 

Eu comprei recentemente o Transcend JetDrive Lite 350 de 128GB quando comprei o kit da OWC para fazer a upgrade de SSD no meu MBPR, e posso afirmar que o desempenho do JetDrive é muitíssimo semelhante (pra não dizer igual) aos cartões da PNY. 

 

 

http://www.bhphotovideo.com/c/product/1056659-REG/transcend_ts128gjdl350_128gb_jetdrive_lite_350.html

http://www.pny.eu/product/p-24-222-698/StorEDGE-/StorEDGE-Flash-Memory-Expansion-Module-128GB/

 

A meu ver esses produtos citados acima, apenas são mais caros e possuem um designer (formato bacana, um pouco menor que o padrão SD e que fica totalmente embutido no Macbook porque o leitor da Apple é mais "raso" que o os leitores de câmeras e computadores PC/AT) bonito e charmoso, mas acaba aí as diferenças! Os tempos de escrita e leitura são exatamente iguais os SD´s normais! Nos meus testes se comportaram iguaizinhos! Pode ate parecer estranho mas foi isso que constatei!

 

Então se usar um SD JetDrive Lite 350 em um MBP é recomendado pelo fabricante e alguns fóruns de review de hardware, porque não testar com uns SD´s "comuns" se o padrão/formato é 100% semelhante?  Tirando a estética e o preço, e posso afirmar que são a mesma coisa!

 

Então fica agora a dica final:  Se em testes com cartões SD de boa procedência com tempos de gravação e leitura de 60mbs/90mbs, a avaliação foi que isso é ruim ou não vale a pena para alguma aplicação! Então nem perca tempo em comprar e testar os JetDrives ou StorEDGE, porque a performance vai ser a mesma coisa!

 

Por outro lado manusear os cartões SD tem se mostrado muito mais prático do que os flash-drives. 

 

Agora uma historinha de espiões e hackers!:     O pessoal do Wikileaks, há muitos anos atrás, já usavam os "micros-sd" como disco de boot em notebooks e os usavam para transportar documentos entre eles (usando o adaptador de Micro-SD para SD). Durante uma das viagens um dos integrantes, que estava voando pela europa, soube que CIA o estava esperando junto com a Interpol para prender o notebook, dar um flagrante e até prende-lo por posse de documentos sigilosos, ele avisado via SMS ainda dentro do avião, e o cabra "engoliu" o "micro-sd" e no lugar colocou um outro "só pro ladrão levar..." O cabra foi interrogado, a interpol achou uns documentos fajutos que ele tinha deixado para despistar e não foi preso nessa ação! O notebook focou retido e mas ele foi solto, e mais tarde, já em casa, ele "penerou" e recuperou o micro-sd com os docs importantes!  Dá pra imaginar que um cartão SD ou micro-sd não é tão frágil né? hehehe... e isso não dá pra fazer igual com um flash-drive ou hd-externo né? hehehe.... :P

 

Mas é isso! Vamos continuar a testar! Publique aqui suas conclusões.

 

[]´

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Alan Leitão,

 

Concordo contigo em número e grau sobre o ponto de vista da segurança, realmente fica dica de que os experimentos não devem ser colocados em produção, e para mais ênfase eu faço algumas recomendações:

 

1- Não use os cartões dos experimentos em outras aplicações, sem antes formata-los nas plataformas respectivas, ou seja, antes de usar em câmeras, mobiles e etc... formate os cartões nesses equipamentos. Nos experimentos citados as partições para boot serão em NFTS ou nas partições do UNIX como roda o MacOS X, totalmente incompatível com os formatos de mobile e câmeras. (no caso de boot via SD)

2- Faças os testes com equipamentos e arquivos que não são vitais ou que estejam em produção, porque até se tirar as conclusões se vale a pena ou não usar isso, nada é garantido!

3- Tente escapar de cartões velhos, "surrados" ou que já deram problemas, isso pode invalidar ou prejudicar as conclusões dos testes.

4- Certifique que seu leitor suporta os padrões de SDXC (mais modernos) com a capacidade alta acima de 128GB, porque se usar cartões grandes não vai funcionar.

5- Evite de usar os cartões "usuais" que você usa em fotografia, isso evita que possa ter um "possível desgaste acelerado" desses cartões, separe os cartões para o experimento e deixe ele exclusivo para usar como "storage".

 

Vale sempre ter bom senso, sabendo que isso é um experimento! Estamos avaliando uma nova maneira de gravar e manusear arquivos, talvez isso seja útil algum dia, ou simplesmente não lhe sirva a nenhum propósito em seu uso...  E cada um tem sua experiência e sabe "onde amarra o seu burro", backup e disponibilidade são coisas que requer empenho e planejamento, por isso fique avisado que não há garantias nesses experimentos.

 

Com relação à seu temor e reserva de que isso é algo pouco confiável, eu posso te adiantar que essa ideia de usar cartões formato "SD" em storage ou armazenagem não é nova, e alguns fabricantes de cartões/memórias e flash-drive já possuem uma de linha produtos que incluso são dedicados para a linha de Macbook da Apple.

 

Eu comprei recentemente o Transcend JetDrive Lite 350 de 128GB quando comprei o kit da OWC para fazer a upgrade de SSD no meu MBPR, e posso afirmar que o desempenho do JetDrive é muitíssimo semelhante (pra não dizer igual) aos cartões da PNY. 

 

 

http://www.bhphotovideo.com/c/product/1056659-REG/transcend_ts128gjdl350_128gb_jetdrive_lite_350.html

http://www.pny.eu/product/p-24-222-698/StorEDGE-/StorEDGE-Flash-Memory-Expansion-Module-128GB/

 

A meu ver esses produtos citados acima, apenas são mais caros e possuem um designer (formato bacana, um pouco menor que o padrão SD e que fica totalmente embutido no Macbook porque o leitor da Apple é mais "raso" que o os leitores de câmeras e computadores PC/AT) bonito e charmoso, mas acaba aí as diferenças! Os tempos de escrita e leitura são exatamente iguais os SD´s normais! Nos meus testes se comportaram iguaizinhos! Pode ate parecer estranho mas foi isso que constatei!

 

Então se usar um SD JetDrive Lite 350 em um MBP é recomendado pelo fabricante e alguns fóruns de review de hardware, porque não testar com uns SD´s "comuns" se o padrão/formato é 100% semelhante?  Tirando a estética e o preço, e posso afirmar que são a mesma coisa!

 

Então fica agora a dica final:  Se em testes com cartões SD de boa procedência com tempos de gravação e leitura de 60mbs/90mbs, a avaliação foi que isso é ruim ou não vale a pena para alguma aplicação! Então nem perca tempo em comprar e testar os JetDrives ou StorEDGE, porque a performance vai ser a mesma coisa!

 

Por outro lado manusear os cartões SD tem se mostrado muito mais prático do que os flash-drives. 

 

Agora uma historinha de espiões e hackers!:     O pessoal do Wikileaks, há muitos anos atrás, já usavam os "micros-sd" como disco de boot em notebooks e os usavam para transportar documentos entre eles (usando o adaptador de Micro-SD para SD). Durante uma das viagens um dos integrantes, que estava voando pela europa, soube que CIA o estava esperando junto com a Interpol para prender o notebook, dar um flagrante e até prende-lo por posse de documentos sigilosos, ele avisado via SMS ainda dentro do avião, e o cabra "engoliu" o "micro-sd" e no lugar colocou um outro "só pro ladrão levar..." O cabra foi interrogado, a interpol achou uns documentos fajutos que ele tinha deixado para despistar e não foi preso nessa ação! O notebook focou retido e mas ele foi solto, e mais tarde, já em casa, ele "penerou" e recuperou o micro-sd com os docs importantes!  Dá pra imaginar que um cartão SD ou micro-sd não é tão frágil né? hehehe... e isso não dá pra fazer igual com um flash-drive ou hd-externo né? hehehe.... :P

 

Mas é isso! Vamos continuar a testar! Publique aqui suas conclusões.

 

[]´

 

opa interessante seu ponto de visto, gosto mt dos seus post. vlw

 

só acompanhando.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

opa interessante seu ponto de visto, gosto mt dos seus post. vlw

 

só acompanhando.

iPhoner,

 

Você já viu isso?  Eu fiz uns testes com um desses. Dá pra brincar legal...

 

New SATA To SD SDHC Adapter Converter Card For Windows98/2000/7 Vista Linux

eshop-5007.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Alan Leitão,

 

Concordo contigo em número e grau sobre o ponto de vista da segurança, realmente fica dica de que os experimentos não devem ser colocados em produção, e para mais ênfase eu faço algumas recomendações:

 

1- Não use os cartões dos experimentos em outras aplicações, sem antes formata-los nas plataformas respectivas, ou seja, antes de usar em câmeras, mobiles e etc... formate os cartões nesses equipamentos. Nos experimentos citados as partições para boot serão em NFTS ou nas partições do UNIX como roda o MacOS X, totalmente incompatível com os formatos de mobile e câmeras. (no caso de boot via SD)

2- Faças os testes com equipamentos e arquivos que não são vitais ou que estejam em produção, porque até se tirar as conclusões se vale a pena ou não usar isso, nada é garantido!

3- Tente escapar de cartões velhos, "surrados" ou que já deram problemas, isso pode invalidar ou prejudicar as conclusões dos testes.

4- Certifique que seu leitor suporta os padrões de SDXC (mais modernos) com a capacidade alta acima de 128GB, porque se usar cartões grandes não vai funcionar.

5- Evite de usar os cartões "usuais" que você usa em fotografia, isso evita que possa ter um "possível desgaste acelerado" desses cartões, separe os cartões para o experimento e deixe ele exclusivo para usar como "storage".

 

Vale sempre ter bom senso, sabendo que isso é um experimento! Estamos avaliando uma nova maneira de gravar e manusear arquivos, talvez isso seja útil algum dia, ou simplesmente não lhe sirva a nenhum propósito em seu uso...  E cada um tem sua experiência e sabe "onde amarra o seu burro", backup e disponibilidade são coisas que requer empenho e planejamento, por isso fique avisado que não há garantias nesses experimentos.

 

Com relação à seu temor e reserva de que isso é algo pouco confiável, eu posso te adiantar que essa ideia de usar cartões formato "SD" em storage ou armazenagem não é nova, e alguns fabricantes de cartões/memórias e flash-drive já possuem uma de linha produtos que incluso são dedicados para a linha de Macbook da Apple.

 

Eu comprei recentemente o Transcend JetDrive Lite 350 de 128GB quando comprei o kit da OWC para fazer a upgrade de SSD no meu MBPR, e posso afirmar que o desempenho do JetDrive é muitíssimo semelhante (pra não dizer igual) aos cartões da PNY. 

 

 

http://www.bhphotovideo.com/c/product/1056659-REG/transcend_ts128gjdl350_128gb_jetdrive_lite_350.html

http://www.pny.eu/product/p-24-222-698/StorEDGE-/StorEDGE-Flash-Memory-Expansion-Module-128GB/

 

A meu ver esses produtos citados acima, apenas são mais caros e possuem um designer (formato bacana, um pouco menor que o padrão SD e que fica totalmente embutido no Macbook porque o leitor da Apple é mais "raso" que o os leitores de câmeras e computadores PC/AT) bonito e charmoso, mas acaba aí as diferenças! Os tempos de escrita e leitura são exatamente iguais os SD´s normais! Nos meus testes se comportaram iguaizinhos! Pode ate parecer estranho mas foi isso que constatei!

 

Então se usar um SD JetDrive Lite 350 em um MBP é recomendado pelo fabricante e alguns fóruns de review de hardware, porque não testar com uns SD´s "comuns" se o padrão/formato é 100% semelhante?  Tirando a estética e o preço, e posso afirmar que são a mesma coisa!

 

Então fica agora a dica final:  Se em testes com cartões SD de boa procedência com tempos de gravação e leitura de 60mbs/90mbs, a avaliação foi que isso é ruim ou não vale a pena para alguma aplicação! Então nem perca tempo em comprar e testar os JetDrives ou StorEDGE, porque a performance vai ser a mesma coisa!

 

Por outro lado manusear os cartões SD tem se mostrado muito mais prático do que os flash-drives. 

 

Agora uma historinha de espiões e hackers!:     O pessoal do Wikileaks, há muitos anos atrás, já usavam os "micros-sd" como disco de boot em notebooks e os usavam para transportar documentos entre eles (usando o adaptador de Micro-SD para SD). Durante uma das viagens um dos integrantes, que estava voando pela europa, soube que CIA o estava esperando junto com a Interpol para prender o notebook, dar um flagrante e até prende-lo por posse de documentos sigilosos, ele avisado via SMS ainda dentro do avião, e o cabra "engoliu" o "micro-sd" e no lugar colocou um outro "só pro ladrão levar..." O cabra foi interrogado, a interpol achou uns documentos fajutos que ele tinha deixado para despistar e não foi preso nessa ação! O notebook focou retido e mas ele foi solto, e mais tarde, já em casa, ele "penerou" e recuperou o micro-sd com os docs importantes!  Dá pra imaginar que um cartão SD ou micro-sd não é tão frágil né? hehehe... e isso não dá pra fazer igual com um flash-drive ou hd-externo né? hehehe.... :P

 

Mas é isso! Vamos continuar a testar! Publique aqui suas conclusões.

 

[]´

Jorge,

 

Exatamente o ponto que queria chamar a atenção, a confiabilidade. Pelo que li no primeiro post do tópico, o Maganeses pretente usar de forma permanente, como um segundo "HD", um cartão SDXC conectado full time ao MacBook, o que na minha opinião é um risco com os dados lá armazenados. De início, a pretensão dele já descarta qualquer hardware adaptado para ler esses cartões pela SATA.

 

Qualquer memória flash removível é feita para ter custo mais baixo (não à toa é bem mais barata do que SSDs na mesma capacidade), então a NAND usada não é capaz de muitas operações de gravação, algo entre 5k e 10k gravações por célula de memória, sendo que as muito boas giram em torno do valor mais alto. Um valor muito bom para usos como câmeras fotográficas, video games portáteis e etc, mas acho isso muito pouco para sistemas operacionais que teimam em acessar os dispositivos de armazenamento a todo instante. Um SSD dos mais baratos, com NAND de baixa qualidade permite pelo menos 100k gravações por célula de memória, 10 vezes mais gravações que um cartão SDXC de alta qualidade por exemplo. Mesmo com o sistema que permite a distribuição de gravação uniforme entre as células, onde todas são usadas pelo menos uma vez antes de gravar qualquer uma pela segunda vez, o cartão SDXC deixaria de funcionar em um prazo de vida útil 10 vezes menor e dependendo da utilização isso poderia acontecer em pouco tempo. Basta ter um arquivo de swap ali e ele vai para o saco rapidinho.

 

A pior parte é que o cartão não avisa que vai pifar. Em um belo dia o usuário tentará acessar os dados e descobrirá, da pior forma possível, que não estão mais lá. Não será mais possível usar o cartão. Simples, melancólico e trágico.

 

A performance (a taxa de leitura/gravação) nem é motivo de questionamento. Dependendo da controladora, da velocidade dos cartões e da quantidade deles dá pra chegar na performance de um SSD mid-high com apenas 4 cartões, mas a vida útil ainda assim seria 10 vezes menor, comparando a vida útil com um SSD low end. Comparando com um SSD mid-high, que pode chegar até a 500k gravações, a vida útil seria 50x menor...

 

Manipular fisicamente os cartões é sim mais prático, devido ao seu tamanho diminuto e peso irrelevante. Concordo com isso.

 

Agora, momento descontração total...

 

Você acreditou mesmo nessa história do cara engolir um cartão de memória e ele sair intacto? Vamos entender melhor isso... Nosso corpo, para digerir os alimentos precisa "corroer" eles. O suco gástrico é rico em ácido clorídrico, composto este que como o nome diz é um ácido. Em baixa concentração é conhecido como ácido muriático. Ele é corrosivo. Como os cartões não são completamente selados, os contatos elétricos seriam oxidados com a liberação de produtos químicos no organismo. Não acho que seria bom para a saúde da pessoa e muito menos para a funcionalidade do cartão.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

allan, 

 

 

e usar o cartao por um simples qiestao de ter mais memorias, videos filmes musicas parallels, nada de vital? ou seja apenas para estar la, se perder nao tem problema, mas usando como hd full time, dai seria tranquilo ?

 

 

eu de qlq forma nao deixaria no meu cartao apenas de backup eu teria um hd externo pra backup tbm, porem HD externo pifa tbm dps de uns 2 anos rs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Alan Leitão,

 

Hahaha, essa historinha do cartão engolido é coisa de "agente secreto" não duvide de nada hoje em dia hem? A NSA negou até o final que não espionava ninguém....

 

Sobre o hardware de cartão de memória ser algo "muito frágil" e perigoso, e sobre as limitações de gravações e etc... Os fabricantes informam isso, e gravar 1K, 2K e 10K um cartão "completamente" em período de vida de por exemplo "um ano" requer um uso quase que industrial. Atualmente os CLPS usam memórias flashs (semelhantes, não exatamente iguais) e são equipamentos de produção contínua, e usam escrita e leitura junto com programas de supervisório.

 

A indústria de comunicação e mídia atualmente usa cartões flash de alta performance, para filmadoras profissionais que possuem recursos de segurança avançado de alto padrão! Os cartões de Media-P2, possuem uma construção interna tão avançada que incluem um RAID nativo para os Security Disks (ou simplesmente cartão SD).

 

Não duvide da robustez desses equipamentos quando a procedência for legítima e de um fabricante original, (eu sempre busco comprar em lojas qualificadas e tradicionais como a B&H) a qualidade é assegurada com fornecedores sérios. Vai depender do seu "bolso" comprar algo mais "seguro" e de melhor performance, e você está enganado que a tecnologia dos cartões não está avançando, ainda não dá para comparar com um SSD, porém está mais adiante do que a gente imagina.

 

P2 (storage media)

Panasonic 64GB microP2 UHS-II Memory Card

963983.jpg

Product Highlights
64GB Capacity
UHS-II Complaint
Max. Read Speed: 2Gb/s
Max. Write Speed: 200Mb/s

Proof 7 Protection from Environment
Safety Fuse
RAID-Type Error Correction System
CPS Password Protection

 

The 64GB microP2 UHS-II Memory Card from Panasonic  is an SDXC UHS-II compliant flash card with the same form factor as a full-size SD card. It features a maximum read speed of 2Gb/s and a maximum write speed of 200Mb/s using the AVC-Intra200 recording format (excluding 1080/60p/ 50p).

 

A member of Panasonic's Proof 7 collection, the card can withstand water and dust, shock and vibration, magnetic fields, X-rays, extreme temperatures and static electricity, and also contains a safety fuse to protect against overheating.

 

Additionally, the card is equipped with a RAID-like error correction system to protect data and CPS password protection. A QR code enables scanning and identification and a Lifetime Counter notifies you when the card approaches the end of its life cycle, which is up to 5 years. A convenient memo area lets you add a note or label. The card includes a storage case. The optional AJ-P2AD1G microP2 Memory Card Adapter enables you to use the microP2 card in the full-size P2 card slots in camcorders.

 

 

Pois bem! Decididamente esse tópico não é pra você! Você não está interessado em descobrir, testar ou experimentar nada, apenas está olhando analisando os fatores de riscos e de uma forma muito conservadora que realmente está te bloqueando a experimentar e testar esses equipamentos. Dessa forma infelizmente não dá para tentar convence-lo em correr riscos que vai algo inerente aos experimentos.  Respeito suas recomendações e orientações, mas "esse tópico" é de "experimento" tal como dito não é para colocar em produção! Estamos buscando um pessoal que some em conclusões das práticas e das análises.

 

Vamos discutir sobre segurança em outro tópico específico sobre isso valeu? Por sinal acho que você seria o "cara" perfeito pra criar um tópico sobre a "segurança e tempo de vida" dos HD´s SSD modernos, tal como essa família SAMSUNG 840 EVO! Que tem um tempo de vida estimado em uns 18/19 anos, comparado à família Samsung 840 Pro que seria algo perto de uns 60 anos.... Que tal? Crie um tópico sobre SSD que eu estarei junto contigo!

 

Agora vamos voltar a experimentar nossas "traquitanas" e falar sobre o que fazer com os cartões SD e "viajar na maionese" com nossas ideias!  :D

 

[]´

Editado por jorge.mbarros

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Alan Leitão,

 

Hahaha, essa historinha do cartão engolido é coisa de "agente secreto" não duvide de nada hoje em dia hem? A NSA negou até o final que não espionava ninguém....

 

Sobre o hardware de cartão de memória ser algo "muito frágil" e perigoso, e sobre as limitações de gravações e etc... Os fabricantes informam isso, e gravar 1K, 2K e 10K um cartão "completamente" em período de vida de por exemplo "um ano" requer um uso quase que industrial. Atualmente os CLPS usam memórias flashs (semelhantes, não exatamente iguais) e são equipamentos de produção contínua, e usam escrita e leitura junto com programas de supervisório.

 

A indústria de comunicação e mídia atualmente usa cartões flash de alta performance, para filmadoras profissionais que possuem recursos de segurança avançado de alto padrão! Os cartões de Media-P2, possuem uma construção interna tão avançada que incluem um RAID nativo para os Security Disks (ou simplesmente cartão SD).

 

Não duvide da robustez desses equipamentos quando a procedência for legítima e de um fabricante original, (eu sempre busco comprar em lojas qualificadas e tradicionais como a B&H) a qualidade é assegurada com fornecedores sérios. Vai depender do seu "bolso" comprar algo mais "seguro" e de melhor performance, e você está enganado que a tecnologia dos cartões não está avançando, ainda não dá para comparar com um SSD, porém está mais adiante do que a gente imagina.

 

P2 (storage media)

Panasonic 64GB microP2 UHS-II Memory Card

963983.jpg

Product Highlights

64GB Capacity

UHS-II Complaint

Max. Read Speed: 2Gb/s

Max. Write Speed: 200Mb/s

Proof 7 Protection from Environment

Safety Fuse

RAID-Type Error Correction System

CPS Password Protection

 

 

Pois bem! Decididamente esse tópico não é pra você! Você não está interessado em descobrir, testar ou experimentar nada, apenas está olhando analisando os fatores de riscos e de uma forma muito conservadora que realmente está te bloqueando a experimentar e testar esses equipamentos. Dessa forma infelizmente não dá para tentar convence-lo em correr riscos que vai algo inerente aos experimentos.  Respeito suas recomendações e orientações, mas "esse tópico" é de "experimento" tal como dito não é para colocar em produção! Estamos buscando um pessoal que some em conclusões das práticas e das análises.

 

Vamos discutir sobre segurança em outro tópico específico sobre isso valeu? Por sinal acho que você seria o "cara" perfeito pra criar um tópico sobre a "segurança e tempo de vida" dos HD´s SSD modernos, tal como essa família SAMSUNG 840 EVO! Que tem um tempo de vida estimado em uns 18/19 anos, comparado à família Samsung 840 Pro que seria algo perto de uns 60 anos.... Que tal? Crie um tópico sobre SSD que eu estarei junto contigo!

 

Agora vamos voltar a experimentar nossas "traquitanas" e falar sobre o que fazer com os cartões SD e "viajar na maionese" com nossas ideias!  :D

 

[]´

Gostei do adptador.

 

e o resultados ta gostando ?

 

 

#fabianoamaral

 

ta curtindo tbm ?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

allan, 

 

 

e usar o cartao por um simples qiestao de ter mais memorias, videos filmes musicas parallels, nada de vital? ou seja apenas para estar la, se perder nao tem problema, mas usando como hd full time, dai seria tranquilo ?

 

 

eu de qlq forma nao deixaria no meu cartao apenas de backup eu teria um hd externo pra backup tbm, porem HD externo pifa tbm dps de uns 2 anos rs

iphoner,

 

Se não houver compromisso com a segurança dos dados, pode usar tranquilo!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Alan Leitão,

 

Hahaha, essa historinha do cartão engolido é coisa de "agente secreto" não duvide de nada hoje em dia hem? A NSA negou até o final que não espionava ninguém....

 

Sobre o hardware de cartão de memória ser algo "muito frágil" e perigoso, e sobre as limitações de gravações e etc... Os fabricantes informam isso, e gravar 1K, 2K e 10K um cartão "completamente" em período de vida de por exemplo "um ano" requer um uso quase que industrial. Atualmente os CLPS usam memórias flashs (semelhantes, não exatamente iguais) e são equipamentos de produção contínua, e usam escrita e leitura junto com programas de supervisório.

 

A indústria de comunicação e mídia atualmente usa cartões flash de alta performance, para filmadoras profissionais que possuem recursos de segurança avançado de alto padrão! Os cartões de Media-P2, possuem uma construção interna tão avançada que incluem um RAID nativo para os Security Disks (ou simplesmente cartão SD).

 

Não duvide da robustez desses equipamentos quando a procedência for legítima e de um fabricante original, (eu sempre busco comprar em lojas qualificadas e tradicionais como a B&H) a qualidade é assegurada com fornecedores sérios. Vai depender do seu "bolso" comprar algo mais "seguro" e de melhor performance, e você está enganado que a tecnologia dos cartões não está avançando, ainda não dá para comparar com um SSD, porém está mais adiante do que a gente imagina.

 

P2 (storage media)

Panasonic 64GB microP2 UHS-II Memory Card

963983.jpg

Product Highlights

64GB Capacity

UHS-II Complaint

Max. Read Speed: 2Gb/s

Max. Write Speed: 200Mb/s

Proof 7 Protection from Environment

Safety Fuse

RAID-Type Error Correction System

CPS Password Protection

 

 

Pois bem! Decididamente esse tópico não é pra você! Você não está interessado em descobrir, testar ou experimentar nada, apenas está olhando analisando os fatores de riscos e de uma forma muito conservadora que realmente está te bloqueando a experimentar e testar esses equipamentos. Dessa forma infelizmente não dá para tentar convence-lo em correr riscos que vai algo inerente aos experimentos.  Respeito suas recomendações e orientações, mas "esse tópico" é de "experimento" tal como dito não é para colocar em produção! Estamos buscando um pessoal que some em conclusões das práticas e das análises.

 

Vamos discutir sobre segurança em outro tópico específico sobre isso valeu? Por sinal acho que você seria o "cara" perfeito pra criar um tópico sobre a "segurança e tempo de vida" dos HD´s SSD modernos, tal como essa família SAMSUNG 840 EVO! Que tem um tempo de vida estimado em uns 18/19 anos, comparado à família Samsung 840 Pro que seria algo perto de uns 60 anos.... Que tal? Crie um tópico sobre SSD que eu estarei junto contigo!

 

Agora vamos voltar a experimentar nossas "traquitanas" e falar sobre o que fazer com os cartões SD e "viajar na maionese" com nossas ideias!  :D

 

[]´

Jorge,

 

Peço desculpas. Eu pensei que o espaço era aberto.

 

Na minha vã concepção estamos falando e ciência. Boa ciência é aquela que se corrige. Bons cientistas são aqueles que seguem alguns princípios como testar idéias através de experimentos e observações, desenvolver as idéias que passam no teste, rejeitar aquelas que não passam, seguir as evidências, questionar, não ignorar nenhum resultado e não usar o resultado para benefício próprio puro e simples. Se quem está testando, experimentando, não estiver aberto à todas as possibilidades, como o que parece o caso, o resultado sempre será catastrófico e tendencio, e isso para quem pretende ser um cientista é fatal.

 

Conheço as mídias profissionais que você cita. O Panasonic P2 nasceu como cartões PCMCIA, migraram para SDHC e atualmente pode-se encontrar em SDXC. Eu trabalho numa empresa de mídia de TV bastante conhecida no país. O que eu mais ví nos meus 14 anos nessa empresa foram esses cartões pifarem. A uma taxa de substituição de pelo menos 10% deles ao ano. Isso mesmo, 10% de falhas ao ano.

 

A Sony desenvolveu um novo (novo segundo a Sony é claro) tipo de cartão que resolveu chamar de SxS e que tem dois tipos: SxS-1 e SxS-Pro. A diferença? As NANDS usadas. O SxS-1 tem garantia de "apenas" 1000 gravações. O SxS-Pro são garantidos "lifetime". Preços? Cerca de 70% de diferença entre os valores. O que estamos comprando? Depois da péssima experiência de cartões defeituosos da Panasonic, estamos comprando os SxS-Pro. Em seis meses de teste de estresse e um ano e meio de utilização, nenhum cartão defeituoso.

 

Como já disse antes, adoro soluções McGayver, gosto de testes e experimentações. Considero-me um cientista. Exatamente por isso não estou colocando barreiras para ninguém. Estou apenas incluindo mais uma variável na equação: confiabilidade. Obviamente por ser bem mais barato alguém pode chegar à conclusão, como o iphoner, que colocar tranqueiras lá não é problema. Se perder, baixa tudo outra vez. Simples.

 

Olha, eu estava gostando da conversa. Acho que daqui pode sair sim uma solução barata que pode atender a utilização de quem quer apenas guardar dados não cruciais. Mas depois do seu comportamento completamente inesperado, onde parece que acha-se com a razão e não se questiona se a outra opinião tem alguma razão, prende-se na sua casca de conhecimento, percebo que o tópico realmente não é pra mim. Apesar do assunto ser interessante, de achar que minha contribuição como um observador externo, muito usado pela ciência, poderia fomentar as pessoas a pensar fora da caixa, em algo que não estava em voga no momento da idéia inicial. Usar links externos de propagandas de produtos para avalizar argumentos é fraco. Onde estão os datasheets das NANDS usadas nas memórias? Esses documentos é que provarão que a confiabilidade dos cartões é alta.

 

Enfim, mara não me alongar, já que minha opinião foi excluída por você, desejo sorte para todos que estão aqui. Só não esqueçam dos backups.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nossa eu fiquei o dia inteiro ontem acompanhando os lançamentos de Cupertino...

Ok, Alan Leitão, eu vou ser bem sincero contigo. O assunto que eu estava abordando é "explicitamente" e totalmente dirigido à um experimento até então novo pra mim e também aqui no fórum. Esse experimento é dirigido a quem quer testar e compartilhar os resultados para uma "análise" de performance e viabilidade, para então, se montar um laboratório de hardware e daí fomentar mais idéias para aplicações!  Eu imagino que das conclusões daqui, poderá surgir aplicações com plataformas de "sistemas embarcados" como "quiosques" ou "NAS" e outras mil idéias sem limites da imaginação.

Você em sua abordagem, focou apenas nos riscos de perdas de dados, importância de backup e segurança de intergridade de dados e informação, sendo que você não executou nenhum testes de perfomance e viabilidade (que é o meu objetivo) e nós gastamos uma página inteira do tópico apenas discutindo riscos de falhas e sobre a qualidade de materiais, sendo que você é declaradamente contra usar mídia de cartões de memória para usar como HD ou disco de armazenagem. Você alega possuir a experiência com esses componentes (nem de longe eu duvido que você não tenha essa experiência, ok?) porém não possue isso da forma "caseira" que estavmos fazendo aqui agora. O fato sobre o seu ponto de vista e opinião, foi 100% entendido!, eu concordo com suas recomendações, mas eu não estava discutindo "segurança, backup e qualidade de materiais"!?!?!?
Eu não quero discutir opinião de quem é a favor ou contra! Eu quero dicutir e dividir os experimentos, e se servir para alguém ótimo! caso não sirva e for algo tosco ou perigoso então lamento! Mas não é um tópico para alguém reticente ou que discorde, e eu não estou interessado em opiniões de isso é ruim ou vai dar errado sem ter testado...?!?!?!

Os experimentos podem até nem servir para um propósito de armazenagem de dados da forma tradiconal, porém!, poderemos tirar daqui conclusões sobre aplicações futuras que não são exatamente as que estamos testando ou vislumbrando em nossos resultados.

Eu deixo aqui a minha proposta de "colocar uma pedra desse assunto!" Eu não vou mais discutir com você sobre esse tópico, até porque o tópico não fui eu quem criou, não vou mais responder nada sobre essa nossa discursão e eu vou criar um tópico novo para discutir os temas de hardware que eu abordei aqui.

Deixo minhas cordiais desculpas e espero que ouvidos mais interessado em seus argumentos surjam, que você  os ajude a todos, porque eu sei que você tem essa bagagem de experiência em segurança de dados e backup e faça a difença na vida de quem precisar dessa ajuda!

Paz e vida longa!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe do debate

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, entre agora para postar com ela.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.



  • Conteúdo Similar

    • Por MicheleNovelli
      Olá, seja bem vindo!
      Estou vendendo um Macbook late 2016, Space Gray que dispõe de apenas alguns meses de uso, mas devido a questões financeiras, preciso vendê-lo. 

      Esse Macbook NÃO POSSUI qualquer tipo de marca de uso, arranhão ou defeito, está EM PERFEITAS CONDIÇÕES FUNCIONAIS E ESTÉTICAS. 
      Bateria em condições normais (vide foto).

      Possui uma potência e uma fluidez fora do comum.

      Se tiver alguma duvida por favor, entre em contato!
       
      VALOR: R$7.999,00 (Envio gratis para todo o Brasil) - Vendo por ML 
      https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1658542679-macbook-pro-apple-13-touch-bar-_JM?quantity=1&variation=64158059212
    • Por lpasiqueira
      VENDO / TROCO
      MacBook Pro (Retina,13 polegadas, início de 2015) Processador: Core i5 2,7GHz - Dual-Core Armazenamento: SSD 128 GB Placa de Vídeo: Intel Iris Graphics 6100 1536 MB Tela: Retina Memória: 8 GB 1867 MHz DDR3 Ciclo da Bateria: 183 Carregador Original macOS: Catalina 10.15.6 VALOR: R$ 5.700,00
      - EXCELENTE ESTADO DE CONSERVAÇÃO
      - NÃO POSSUI MARCAS/RISCOS
      - EQUIPAMENTO 100% FUNCIONAL
      - POUCA UTILIZAÇÃO
      OBS: NÃO TENHO A CAIXA
      ACEITO PROPOSTA PARA TROCAS NOS ITENS ABAIXO:
      PC GAMER COMPLETO iMac a partir de 2013 (volto a diferença $$ se for o caso)







    • Por Raul Duelis
      Fala galera!
      Blz?
      Tenho um MacBook Pro 13 Retina, final de 2012, com um core i5, 8Gb de RAM e 256Gb de SSD. Apesar de ter mais da metade de espaço livre, considero um disco pequeno para os padrões de hoje, além do fato de que acho o SSD que nele está, lento (leitura chega a 500Mb reais, enquanto que a leitura fica na casa dos 200Mb). Fui dar uma olhada em SSD da própria Apple mas é uma facada. Estava pensando em aumentar o armazenamento para 512Gb, com um SSD da Kingston, Samsung ou Intel. Alguém sabe me dizer o modelo exato de ssd que preciso? Encontrei nos padrões NVMe M.2 mas tenho dúvida se é isso mesmo. Sei que vou precisar de um adaptador também, pois a conexão dos SSDs Apple é proprietária.
      Ah, se alguém puder indicar um modelo, já ajuda muito!
      Desde já, agradeço, galera!
      Forte abraço!
    • Por nandase
      Olá,
      Adquiri há menos de um mês um Macbook Air 2020 e, por conta da faculdade, comprei um suporte para deixar ele mais alto (Ps.: Ajuda DEMAIS para quem passa o dia todo no computador, que diferença). Este suporte é gamer, logo possui cooler. Vejo que, quando deixo ele ligado, meu MBA trabalha friozinho (e sem o cooler, esquentaria um pouco). 
      Essa atitude aumenta a vida útil? 
    • Por Julio Cesar Freitas
      Lojapontoapple
      Novo MacBook Pro Touch Bar 16 polegadas.
      Processador de seis núcleos e 2,6 GHz
      Armazenamento de 512 GB
      AMD Radeon Pro 5300M
      Processador Intel Core i7 (9ª geração) de seis núcleos e 2,6 GHz
      Turbo Boost até 4,5 GHz
      AMD Radeon Pro 5300M com 4 GB de memória GDDR6
      Memória DDR4 de 16 GB com 2666 MHz
      Armazenamento SSD de 512 GB¹
      Tela Retina de 16 polegadas com True Tone
      Touch Bar e Touch ID
      Quatro portas Thunderbolt 3i
      com garantia pela apple.
      17.000 reais.
      Atenção Preço bom pra vende logo aceito mercado pago e pague seguro com taxas por conta do cliente. Aceito smartphones e Produto apple como parte do pagamento também.
      Interessados entrar em contato comigo por esse numero 11987011828 ou 11972787972 ou no chat e Instagram @lojapontoapple. Entrego no shopping tatuape ou Shopping Analia Franco.



    • Por Amuraomar
      MacBook Pro Retina 15 Polegadas
      Ano late 2013
      Processador i7 Quad Core
      8GB memória RAM 1600
      SSD 250Gb
      Placa de vídeo Intel íris Pro 1,5Gb
      Bateria: 17 ciclos 
      MacBook extremamente novo. Único detalhe é staingate, que não afeta em absolutamente nada e pode ser resolvido levando em uma assistência especializada (cobram em torno de 200,00).
      Macbook Revisado pela Apple antes de ser colocado à venda, onde foi feita a Substituição da Bateria do msm. Então está com a bateria nova. 
       
      máquina não possui um risco, amassado nem nada, não esquenta, não trava, está em perfeito estado (tirando o staingate). 
      Aceito trocar por MacBooks e iMacs.
       
      Valor: 6.500,00 
      estou aberto a negociações.





    • Por nandase
      Bom dia, boa tarde ou boa noite.
      Sou um pouco leiga neste sentido, avisando de antemão. Então: Fiquei encucada com o número de ciclos do meu MacBook Air 2020, comprado em 21 de Agosto de 2020. O notebook já tem 4 ciclos de bateria. Tudo bem, uso-o todos os dias por conta da faculdade estar sendo em EAD. Preciso me preocupar? Ou é vida que segue, isso mesmo?
    • Por lucasgouveia
      Adaptador SSD NVMe MacBook 2013-2017

      Melhore o desempenho do seu MacBook Air ou Pro trocando o HD por um SSD NVMe.

      COMPATÍVEL COM:
      MACBOOK AIR 2013 a 2017
      MACBOOK PRO 2013 a MID 2015

      Basta encaixar o SSD NVMe no adaptador, e deslizar no slot do MacBook. Depois só instalar o sistema e seguir os passos na tela.

      Instalei um WD BLACK 1TB no meu MacBook Pro Retina 2015 e funcionou perfeitamente. (Velocidade nas fotos abaixo.)

      Vídeo de instalação do SSD

      Preço: R$100,00
      Envio pelo Mercado livre ou entrego em mãos no Rio de Janeiro.

      OBS: SSD NÃO INCLUSO, APENAS ADAPTADOR






    • Por Julio Cesar Freitas
      Lojapontoapple
      Novo MacBook Pro Touch Bar 16 polegadas.
      Processador de seis núcleos e 2,6 GHz
      Armazenamento de 512 GB
      AMD Radeon Pro 5300M
      Processador Intel Core i7 (9ª geração) de seis núcleos e 2,6 GHz
      Turbo Boost até 4,5 GHz
      AMD Radeon Pro 5300M com 4 GB de memória GDDR6
      Memória DDR4 de 16 GB com 2666 MHz
      Armazenamento SSD de 512 GB¹
      Tela Retina de 16 polegadas com True Tone
      Touch Bar e Touch ID
      Quatro portas Thunderbolt 3i
      Valor 17 mil.
      com garantia pela apple.
      Atenção Preço bom pra vende logo aceito mercado pago e pague seguro com taxas por conta do cliente. Aceito smartphones e Produto apple como parte do pagamento também.
      Interessados entrar em contato comigo por esse numero 11987011828 ou 11972787972 ou no chat e Instagram @lojapontoapple. Entrego no shopping tatuape ou Shopping Analia Franco.




  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      50.562
    • Total de Posts
      427.097
×
×
  • Criar Novo...