Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
LeandroRomano

Qual o melhor formato para formatar um HD Externo?

Posts Recomendados

Sim, perfeitamente. Eu já usei no passado, e funcionava normalmente.

Só não uso mais porque agora só uso Windows via Parallels ;)

 

Mas detalhes você pode ver na própria página da empresa:

http://www.paragon-software.com/br/home/hfs-windows/

 

Vc quis dizer drive mesmo? Ou driver?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vc quis dizer drive mesmo? Ou driver?

 

Driver! Desculpe meu lapso.

 

Mas sim, o programa da Paragon que passei é um driver HFS+ para Windows.

 

Funciona com qualquer tipo de DRIVE (sem R hahaha):USB, FireWire, ESATA, SATA ou IDE

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Driver! Desculpe meu lapso.

 

Mas sim, o programa da Paragon que passei é um driver HFS+ para Windows.

 

Funciona com qualquer tipo de DRIVE (sem R hahaha):USB, FireWire, ESATA, SATA ou IDE

E vale citar que o mesmo software tem uma versão para Mac, cujo objetivo é habilitar suporte a sistemas de arquivos NTFS no OS X.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E vale citar que o mesmo software tem uma versão para Mac, cujo objetivo é habilitar suporte a sistemas de arquivos NTFS no OS X.

 

Sim, como você já havia citado ele antes, não voltei a comentar.

Na verdade a versão para Mac é mais conhecida do que a do Windows, por isso quis apenas dar esse toque.

 

Pois vai do uso.

Se você tem um Mac rodeado de Windows, talvez seja melhor instalar o driver no Mac.

Mas se você usa quase sempre o Mac e só as vezes precisa usar o HD no Windows, pode ser mais vantajoso instalar o driver no Windows.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O exFat ganha em desempenho se comparado com o NTFS, o NTFS possui algumas rotinas de segurança que o tornam ligeiramente mais lento, mas consideravelmente mais seguro.

 

Eu usaria o NTFS nesses casos. Já tive problemas de perda de dados em exFat, é questão de tempo. Para habilitar a escrita em NTFS no Mac eu utilizo o Paragon (http://www.paragon-software.com/pt/home/ntfs-mac/), funciona muito bem, mas é pago.

 

No Windows existem soluções para habilitar suporte à HFS, mas nesse caso não posso indicar, por nunca ter utilizado.

 

Fala Adalberto, no laptop da empresa Windows 8.1 PRO, uso o HFS+ for Windows 10 para acessar meu hd externo, nunca tive nenhum problema. 

 

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala Adalberto, no laptop da empresa Windows 8.1 PRO, uso o HFS+ for Windows 10 para acessar meu hd externo, nunca tive nenhum problema. 

 

Abraço

Já ouvi falar desse HFS+, mas como nunca usei achei melhor não indicar. Pra mim é irrelevante o formato, meus HDs e afins ficam tudo em HFS, tenho 1 pendrive em FAT32 para usar nos pcs da facul...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom, com relação às diferenças:

 

Fat32 - é um FAT em 32 bits, aceitando até (2 elevado a 32 - 1 clusters), variando o tamanho dos clusters para atingir o tamanho máximo do disco. Quanto maiores os clusters, maior o desperdício do disco porém mais rápido o acesso, sendo o inverso verdadeiro. O tamanho máximo de arquivo não pode ultrapassar 4GB.

ExFat - é o nome bonito do FAT64, ou seja, aceita até (2 elevado a 64 - 1 clusters), seguindo a mesma lógica do FAT32 quanto ao tamanho e velocidade de acesso. O tamanho máximo de arquivo não pode ultrapassar 2 TB.

NTFS -  é o sistema de arquivos da MS criado para o Windows NT que permite ter controle de acesso (propriedade das pastas e arquivos), criptografia (cifragem de conteúdos no disco), quotas (controle de uso do espaço por usuários), modificação de tamanho da partição "on the fly" (Windows Vista em diante), compressão diretamente pelo sistema de arquivos, registro cronológico (que mantém logs de modificação de arquivos para restauração em caso de falhas) e outras coisinhas mais, aceitando até (2 elevado a 64 - 1 clusters) de tamanho de partição. Aqui também o tamanho máximo de arquivo não pode ultrapassar 2 TB. Curiosidade: esse sistema foi "inspirado" no HPFS (High Performance File System) que era usado no IBM OS/2 Warp.

 

Enfim, usar o ExFat para cambiar arquivos entre Mac e Windows é uma boa opção porque todos os recursos extras do NTFS não são aproveitados pelo OS X .Mesmo com o Tuxera ele só faz leitura e gravação de conteúdos, assim como no FAT32 ou ExFat.

 

A única ressalva que eu faria quanto ao uso do ExFat para compartilhamento de arquivos entre os sistemas é que a unidade deve ser formatada no Windows, usando o tamanho padrão de clusters calculado pelo sistema no momento da formatação. O OS X tem o péssimo hábito de usar o menor tamanho possível de clusters quando formata a unidade em ExFat e isso causa problemas de compatibilidade com o Windows em alguns tamanhos de unidade (principalmente as menores, como pendrives).

 

Estou seguindo sua dica e resolvi formatar meu HD externo (Samsung, 1TB) em exFAT no Windows.

Na tela de formatação, temos a opção de modificar o "Tamanho da unidade de alocação", que varia de 64 a 32768 Bytes, sendo 128 Bytes o default.

Isso faz alguma diferença? Deixo no default ou modifico o tamanho dessa unidade de alocação?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estou seguindo sua dica e resolvi formatar meu HD externo (Samsung, 1TB) em exFAT no Windows.

Na tela de formatação, temos a opção de modificar o "Tamanho da unidade de alocação", que varia de 64 a 32768 Bytes, sendo 128 Bytes o default.

Isso faz alguma diferença? Deixo no default ou modifico o tamanho dessa unidade de alocação?

Não sei se lembro bem, mas nessa tela tem uma opção como "tamanho de alocação padrão". É só selecionar essa opção e deixar tudo por conta do sistema.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Blz, vou resgatar um pouco o tópico pq chegou meu WD 1T My Passport Ultra.

 

Dos HDs que tenho:

 

- um deles esta em Mac OS expandido (Registro Cronológico)

Esta particionado e uso uma partição para o TM

 

- outro, sempre tive desde a época do Win, nem sei como está particionado mas tem de tudo lá

Quero organizar minhas fotos e arquivos/docs nesse HD, primeiro fazer uma boa limpa

Então é bem provável que use no Mac e Win (a parentada só tem Win) e salve os docs e fotos da esposa tb.

Notei que quando copio fotos do Mac para o HD tudo bem, mas quando vou ver no Win ele "cria" um arquivo oculto assim "._imag1.jpg" ou assim "._Workbook1.xlsx", por exemplo, todas com 4KB.

 

- e esse terceiro, que tá chegando agora.

Quero deixar arquivos pessoais e não ficar carregando de um lado para outro, no máximo do iMac ao MBA.

 

Então estou vendo o que fazer para deixar tudo acertado e não correr o risco de perder as fotos do aniversário da sogra..rsrs

 

[]'s

 

Set

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Blz, vou resgatar um pouco o tópico pq chegou meu WD 1T My Passport Ultra.

 

Dos HDs que tenho:

 

- um deles esta em Mac OS expandido (Registro Cronológico)

Esta particionado e uso uma partição para o TM

 

- outro, sempre tive desde a época do Win, nem sei como está particionado mas tem de tudo lá

Quero organizar minhas fotos e arquivos/docs nesse HD, primeiro fazer uma boa limpa

Então é bem provável que use no Mac e Win (a parentada só tem Win) e salve os docs e fotos da esposa tb.

Notei que quando copio fotos do Mac para o HD tudo bem, mas quando vou ver no Win ele "cria" um arquivo oculto assim "._imag1.jpg" ou assim "._Workbook1.xlsx", por exemplo, todas com 4KB.

 

- e esse terceiro, que tá chegando agora.

Quero deixar arquivos pessoais e não ficar carregando de um lado para outro, no máximo do iMac ao MBA.

 

Então estou vendo o que fazer para deixar tudo acertado e não correr o risco de perder as fotos do aniversário da sogra..rsrs

 

[]'s

 

Set

Esse arquivo oculto que o OS X cria é o index do Spotlight. Você os vê no Windows porque ativou a opção de ver arquivos ocultos. apagar esses arquivos não causa problema nenhum, mas na próxima vez que os originais forem manipulados no OS X esse index será novamente criado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esse arquivo oculto que o OS X cria é o index do Spotlight. Você os vê no Windows porque ativou a opção de ver arquivos ocultos. apagar esses arquivos não causa problema nenhum, mas na próxima vez que os originais forem manipulados no OS X esse index será novamente criado.

 

Vlw.

E a melhor forma para formatar o HD que vou usar no Mac e Win acaba sendo qual?

Lá vai ficar tudo que é fotos, vídeos, docs....do passado Win rsrs

 

[]'`s

 

Set

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vlw.

E a melhor forma para formatar o HD que vou usar no Mac e Win acaba sendo qual?

Lá vai ficar tudo que é fotos, vídeos, docs....do passado Win rsrs

 

[]'`s

 

Set

Na minha opinião o melhor formato é o ExFAT. Não exigirá nenhum software adicional em nenhum dos sistemas, seja pago ou gratuito, que pode adicionar instabilidades ou vulnerabilidades no sistema, uma vez que o suporte a esse sistema de arquivos é nativo em ambos. Não há ganho nenhum em usar o HFS+ no Windows ou o NTFS no OS X porque os recursos principais de segurança desses sistemas de arquivos não serão aproveitados.

 

Se o inglês estiver bom, sugiro ler este excelente artigo aqui.

Editado por Alan Leitão

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na minha opinião o melhor formato é o ExFAT. Não exigirá nenhum software adicional em nenhum dos sistemas, seja pago ou gratuito, que pode adicionar instabilidades ou vulnerabilidades no sistema, uma vez que o suporte a esse sistema de arquivos é nativo em ambos. Não há ganho nenhum em usar o HFS+ no Windows ou o NTFS no OS X porque os recursos principais de segurança desses sistemas de arquivos não serão aproveitados.

 

Se o inglês estiver bom, sugiro ler este excelente artigo aqui.

 

Ainda não li o artigo, vou testar o meu inglês

A ideia então será deixar um HD em ExFat que vai ficar no Mac e Win (por mais que eu não queira, vou ter que usar assim)

 

[]'s

 

Set

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tive muitos problemas com formatos de arquivos por ser obrigado a usar Windows também.

 

Já testei todas as opções para drives externos, desde formatar tudo em NTFS, exFat, etc... Em todos os casos tive perda de dados.

 

A única solução definitiva foi quando formatei tudo em HFS (formato nativo do Mac) e instalei nos windows o Paragon HFS.

 

Detalhe: Existe uma versão grátis deste programa para uso pessoal, segue o link: http://www.winsite.com/Utilities/File-Management/HFS-for-Windows-8-8-1-Free-Edition/

 

Basta se cadastrar lá que eles enviam por email uma Licença.

 

Desde que comecei a usar todos meus drives externos em HFS, nunca mais tive problemas, visto que até mesmo com o Tuxera em NTFS eu tinha problemas com drives que não haviam sido desmontados corretamente e etc. 

 

Apenas para dar meu depoimento... exFat é um formato maravilhoso na teoria, mas perdi TODOS os dados de 2 drives por problemas na leitura desde formato.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tive muitos problemas com formatos de arquivos por ser obrigado a usar Windows também.

 

Já testei todas as opções para drives externos, desde formatar tudo em NTFS, exFat, etc... Em todos os casos tive perda de dados.

 

A única solução definitiva foi quando formatei tudo em HFS (formato nativo do Mac) e instalei nos windows o Paragon HFS.

 

Detalhe: Existe uma versão grátis deste programa para uso pessoal, segue o link: http://www.winsite.com/Utilities/File-Management/HFS-for-Windows-8-8-1-Free-Edition/

 

Basta se cadastrar lá que eles enviam por email uma Licença.

 

Desde que comecei a usar todos meus drives externos em HFS, nunca mais tive problemas, visto que até mesmo com o Tuxera em NTFS eu tinha problemas com drives que não haviam sido desmontados corretamente e etc. 

 

Apenas para dar meu depoimento... exFat é um formato maravilhoso na teoria, mas perdi TODOS os dados de 2 drives por problemas na leitura desde formato.

 

Legal sua opinião...

Estava vendo uma pen drive de 16G, no Mac parecia como 9G usados, mas no Win 7 (da empresa) ela tava com 15G usados. 

Fui ver e era arquivos que eu tinha apagado ..tudo numa pasta Trash.

Acho que é isso...

De uma forma ou outra, no HD WD novo vai ser só para usar no Mac

Em outro que tenho é para backup do TM

E por fim, esse que vai e vem entre Win e Mac, vou separar o que é importante, salvar e formatar...em HFS, pelo que vc me disse.

Posso formatar em HFS no próprio Mac, não me lembro.

 

[]'s

 

Set.

 

PS: Ah! me lembrei vou queimar uns DVDs e salvar todas as fotos da esposa, para não acontecer algo de ruim..comigo!!! rsrs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eis a solução desta equação:

 

Eu possuo um HD de 1TB:

 

Crio duas Partições:

1 - NTFS para arquivos Windows 500GB

2- Mac OS Registro Cronológico para arquivos do Mac 500GB

 

Problem solved =D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eis a solução desta equação:

 

Eu possuo um HD de 1TB:

 

Crio duas Partições:

1 - NTFS para arquivos Windows 500GB

2- Mac OS Registro Cronológico para arquivos do Mac 500GB

 

Problem solved =D

Sua sugestão resolve o problema parcialmente porque os arquivos em uma partição HFS+ não estarão disponíveis para o Windows o que obrigaria a ter os mesmos arquivos duplicados na partição NTFS que o OS X nativamente não grava. Ou seja, não é a melhor solução.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sua sugestão resolve o problema parcialmente porque os arquivos em uma partição HFS+ não estarão disponíveis para o Windows o que obrigaria a ter os mesmos arquivos duplicados na partição NTFS que o OS X nativamente não grava. Ou seja, não é a melhor solução.

 

Mas você coloca o que for pra Mac no Mac e Windows no Windows! ai no caso de filmes musicas e etc, faz um 3 partição para uma miscelânea, no caso de perda, só perde 1/3 dos arquivos e não ao todo. O fato é, ou formata em ExFat e corre o risco, não tem jeito, ou compra 2 hds que não resolve nada.

Sua sugestão resolve o problema parcialmente porque os arquivos em uma partição HFS+ não estarão disponíveis para o Windows o que obrigaria a ter os mesmos arquivos duplicados na partição NTFS que o OS X nativamente não grava. Ou seja, não é a melhor solução.

 

Ou faz igual a eu e você, possuir um Time capsule sem problemas de compatibilidade.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mas você coloca o que for pra Mac no Mac e Windows no Windows! ai no caso de filmes musicas e etc, faz um 3 partição para uma miscelânea, no caso de perda, só perde 1/3 dos arquivos e não ao todo. O fato é, ou formata em ExFat e corre o risco, não tem jeito, ou compra 2 hds que não resolve nada.

 

Ou faz igual a eu e você, possuir um Time capsule sem problemas de compatibilidade.

Mas a idéia do autor do tópico é compartilhar arquivos entre o OS X e o Windows.

Formatar em ExFAT não é um problema como a maioria fala sem conhecimento (dê uma lida nisso). O sistema de arquivos é uma evolução de 64 bits do FAT32 que diga-se é a formatação padrão da partição reservada pelo sistema Windows que ele utiliza para boot. O ExFAT não tem o suporte para cotas, criptografia e volume shadow, mas se usado corretamente apresenta robustez suficiente para a troca de arquivos entre estações OS X/Windows/Linux sem problema algum. Ter o cuidado de ejetar o disco antes de desconectar a porta USB já é suficiente para evitar a grande maioria dos problemas de corrupção de dados. Usar o HD externo conectado a uma fonte de energia confiável (necessário para qualquer sistema de arquivos) elimina os outros problemas que poderiam ocorrer.

E independentemente do sistema de arquivos, o backup sempre é obrigatório. O HD pode cair no chão, atingir o fim da vida útil, ser roubado ou qualquer outra coisa além dos problemas técnicos de nível lógico que podem ocorrer com qualquer sistema de arquivos. Portanto, no mínimo dois HDs externos é sempre regra em qualquer proposta de uso.

Editado por Alan Leitão

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ahhh sim, concordo totalmente. É que o pessoal vem reclamando que perde dados com o ExFat, eu sempre utilizei e nunca perdi um porn se quer (zoeira) mas, a ideia de particionar o hd não é tão ruim dependendo do uso. Eu mesmo particionei um pendrive de 32 em 4 partes e coloquei os sistemas, Yosemite, El Capitan, Snow Leopard e Windows 10. os 3 em um só. Citei o TC porque, mesmo ele sendo um formato proprietário Apple, ele funciona nos três sistemas sem novidades. nesse quesito, nota 10.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.



  • Conteúdo Similar

    • Por Raul Duelis
      Boa noite, galera!
      Sou novo aqui. Meu PC queimou e eu acabei comprando um MacBook White, 2007, pra quebra galho. No entanto, ele veio com o os x 10.5.8, que é muito defasado. Eu tô querendo atualizar ele, mas não consta novas atualizações e, no site da Apple, o único meio de atualizar é, obrigatoriamente, comprando o OS X Snow Leopard. Eu achei o SL via torrent para baixar, mas gostaria de saber se pode ter risco do Mac recusar por não ser "oficial" ou se eu posso baixar a imagem do Yosemite (via torrent) e atualizar direto. Sou novo com Mac e tenho um certo receio em fazer as coisas por conta, então queria uma opinião. Agradeço desde já! 
    • Por Bezerramus
      Apple MacBook Pro 13’ Ano 2017
      Dois thunderbolt 3 8 GB RAM 128 HD SSD 2.3 GHz Intel Core i5 38 ciclos de bateria PREÇO: 6500,00 R$
      Em perfeito estado
      Comprado em 2018, com menos de um ano de uso.
      Segunda geração do teclado borboleta
      Acompanha case Incase para proteção e acompanha suporte para mesa de alumínio
      Não aceito trocas, apenas venda
      Aceito cartão de débito e credito
      Moro em Brasilia-DF
      Interessados enviar e-mail: bezerramus@gmail.com
       






    • Por hsapori
      Fala galera
       
      vendo esse Mac Mini do anúncio. Modelo Late 2012 com SSD + HD 
      contato hsapori@gmail.com
      whatsapp (38)99974-1550
      Mac Mini I7 2,3ghz 16gb Ram 500gb Ssd + 1tb Hd 
      https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1314867304-mac-mini-i7-23ghz-16gb-ram-512gb-ssd-1tb-hd-_JM
    • Por Marcelle Queiroz
      Gente o que acontece, eu tenho um mac, mind 2012 com configurações de fábrica, que comprei quando fazia arquitetura. Porém agora eu faço  contabilidade e preciso do Windows, e instalar um office novo. 
      tenho a opção de dar um upgrade no mac, porém ele apresenta alguns problemas, a placa wifi ou cabo flat ruins, lentidão e um auto falante estourado, travando direto, ou seja, além do upgrade gastar uma grana com esses outros problemas. 
      Ou posso comprar um notebook novo já com Windows, com office novo pra trabalhar o que preciso, precisamente um que tenha placa dedicada mediana. E depois ver o que faço com o Mac.
      ps: ainda não fiz um orçamento do mac, por medo da facada.
       
    • Por begraupera
      Vendo MacBook Pro de 13 polegadas, modelo 2017.
      O notebook tem 8GB de RAM e 256GB de SSD. Sem marcas de uso, praticamente novo. macOS Mojave.
      Top case trocado há um mês (pelo recall mundial) na Apple Store Village Mall, ou seja, bateria (apenas 1 ciclo) e teclado novíssimos.
      Funciona 100%, zero problema. Comprado na Itália (teclado no padrão italiano, conforme foto), vai com caixa, cabo USB C e carregador padrão europeu/brasileiro, além de manual e adesivos Apple.
      E ainda, se interessar, tenho case e adaptador USB C - USB A
      Preço: R$6.450 Frete: preferencialmente retirada em mãos no Rio de Janeiro capital (frete para outros locais a combinar) Estou a disposição para quaisquer dúvidas! 
       

       
       
       
       
       
    • Por Diego Alves
      Olá comprei um monitor lg 25 polegadas ultrawide com resolução de 2.560 x 1.080 porem meu MBP não reconhece essa resolução, encontrei alguns softwares que dizem aumentar a resolução, porem queria saber se de repente alguém passou por isso e achou alguma solução?
    • Por luanlazz
      Olá, estou vendendo meu MacBook Pro por questões de compatibilidade com os softwares que necessito. Ele está excelente, sem riscos ou amassados, o único detalhe é o carregador, onde está levemente rompido em um ponto do fio, acredito que seja fácil consertar, não fui atrás pois funciona.  Favor interessados entrar em contato.
      link: https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1294824984-macbook-pro-retina-2014-i5-8gb-ram-e-256gb-ssd-_JM?quantity=1&variation=41935552087
    • Por João Gabriel Feldmann
      O modelo é um MacBook pro 2018 (touchbar)
       
      Está na versão 10.14.6
       
      foi atualizado hoje e começou a piscar a tela durante o uso
      Como posso proceder com esse problema?
       

    • Por Gustavo Henrique Damiani Chinelato
      Queria saber se meu hardware é compativel com o hackintosh...
       
      Proc: AMD Ryzen 5 2400G 3,6 GHz
      Ram: 8gb
      MB:   Asrock A320M-HDV
      Placa de Vídeo:  Vega 11
  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      48.010
    • Total de Posts
      411.357
×
×
  • Criar Novo...