Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Teresa.GCarvalho

iPhone 6, 6 plus - Início das vendas no Brasil

Posts Recomendados

A vivo só dá descontos se você tem um plano do tipo 300 a 500 reais por mês, ou mais. O assinante vê o preço do iphone 6 mais baixo, fica empolgado e compra. O que ele não percebe é que nesse mesmo plano ele poderia pegar outros aparelhos high-end a baixíssimo custo ou até de graça. O assinante poderia vender esse aparelho e recuperar um dinheiro maior do que o desconto que está tendo no iphone. A vivo cobra mais do assinante por ele ser um usuário de iphone. A maioria das pessoas não se importa, querem conveniência, querem sair da loja com um iphone e por um valor menor que o já exorbitante da apple. A vivo ganha duas vezes, no plano alto e no desconto menor que oferece no iphone.

Tenho um plano de 100min com 4gb na vivo e tenho desconto no plano então pago MTO menos que isso. Nesse plano que tenho a vivo quer me cobrar mais caro que a apple, 2950 num 6 16gb. Ela quer que eu mude de plano, é claro. Mas eu me recuso, não pego plano caro só para ter uma ilusão de estar pagando menos num iphone. Arrumei meu iphone 6 lacrado numa loja pequena no centro da cidade, paguei quase 700 reais a menos que a apple cobra a vista, vou manter meu desconto no plano atual e ainda vou pegar um aparelho no plano para revender e recuperar mais um dinheiro. Se as pessoas pesquisassem mais os valores do mercado, a vivo não poderia abusar tanto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os divulgadores negativos, eu estou incluído, não divulgaram nada além das informações da própria empresa.

 

Iphone 6 no pré-pago é ridiculamente mais caro que na Apple Store, Fnac, Fast, Saraiva, etc...

Vale lembrar que a Vivo é uma empresa que ganha dinheiro "vendendo planos de voz e dados". Não é uma empresa varejista, que depende da venda de aparelhos!

Simplesmente ridícula a posição da Vivo. Coisa de amador!

 

Meu plano é o de 100 min /3G+. Me atende perfeitamente!

Sou cliente há 11 anos, com debito em cota corrente. Logo, sou um ótimo cliente.

Pois bem, fui na loja da Vivo (Shopping Rio Sul), e questionei os valores do iphone 6+ de 64gb, em um plano 4G (para o consultor é uma ótima oportunidade para arrancar mais dinheiro de um ótimo cliente).

O consultor inicia o papo dizendo que iphone 6+ de 64 e 128gb não existem na Vivo e não teria a menor idéia de quando iria chegar. Logo depois, ele me encaixou em um plano de 150 min com 2gb de internet 4G (NOTA: Os planos estavam impressos em um papel bem vagabundo e não constam na Internet), com um valor superior ao meu. Com isso, o telefone iria para 3500 reais, com um belíssimo desconto da Vivo! Somando todos os pontos que possuo, os quais nunca utilizei, me deram mais um belo desconto de 100 reais!

 

Na mesma hora eu questionei o péssimo desconto oferecido, mesmo com migração de pontos, e o consultor disse que não poderia fazer nada. É isso ou nada!

 

Bom, obvio que nem preciso comentar o quanto sai puto da vida da Vivo.

Sou cliente a 11 anos, e não recebo nenhum tipo de incentivo para trocar meu telefone e, consequentemente, gastar mais na Vivo! Eles só podem ser muito amadores!

 

Procurei na internet e vi que a Claro possui um valor muito inferior.

Plano de 2gb + 100 min de voz + torpedo, além de ser 18 reais mais barato /mês, o iphone 6+ 64gb sai por 2988,00 reais.

 

Não tem comparação entre os valores.

Gustavo,

não foi isso que eu percebi da Vivo. Lá, o olho grande e na venda dos pacotes e nos aparelhos! Querem ganhar em todas as posições!

To refletindo muito se vale a pena ficar por lá.

A Vivo aqui (sul de MG) está uma verdadeira merda

As chamadas simplesmente nunca são completadas, tem que tentar ligar umas 3, 4x até conseguir.. horários de pico, esquece!

Internet 3g nao funciona

 

E carissima

Teve uma boa reducao de preco nos planos (4g + sms ilimitado + DDD + internet) está a partir de 99,00, era 149 ha uma semana (50% mais).. mesmo assim continua bem mais caro que a Claro, que nesta mesma configuracao cobra R$70,00.

 

Portei o meu pra Claro, que aqui é a única que tem 4g, e também portaram meu pai, mae e irma...

dois amigos tambem portaram e estao satisfeitissimos

 

A vivo já foi boa, herança dos bons tempos da telemig celular

 

Fora os pontos, sou cliente de plano de conta há anos, e vou pegar um desconto e é ridículo, já que o aparelho deles custa mais caro do que qualquer concorrente

Vivo to fora, por um bom tempo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Recebi hoje a nota fiscal eletrônica do iPhone 6 Plus de 128 GB que comprei. Os impostos discriminados na nota (ICMS, IPI, PIS e COFINS) somam inacreditáveis e absurdos R$ 1.876,40. Detalhe que o imposto de importação e demais taxas de desembaraço alfandegário não estão discriminados na nota, e estão obviamente embutidos no preço restante, que ainda conta com despesas de frete, distribuição, logística, armazenamento (custos esses absurdamente mais altos aqui do que nos Estados Unidos), além do lucro da própria Apple e dos lojistas, dos juros das compras parceladas nos cartões de crédito que estão embutidos no preço final (coisa que só existe aqui) e de uma margem para compensar as flutuações do dólar que não para de subir. 

 
Eis o Custo Brasil e o verdadeiro motivo desses preços absurdos. É extremamente ingênuo achar que esses preços se devem a uma suposta ganância da Apple que quer lucrar horrores aqui. Não tenho a menor dúvida que o lucro da Apple aqui é baixíssimo comparado com o lucro de outros países e inversamente proporcional ao preço cobrado. 
Editado por Robinho Simões

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sobre os cartões de crédito, não é algo que existe apenas no Brasil. Nos países vizinhos, vide Argentina, Uruguai e até mesmo no Chile, já é comum a prática de pagamento em parcelas e com o uso de práticas abusivas, tais como capitalização diária dos juros, prática de juros compensatórios e moratórios a percentuais que passam dos 700% a.a., cobrança de TAC, comissão de permanência, uso de TBF...

 

Sobre o Dólar, bem, foi uma das opções viáveis para dar o lastro ao Real quando do começo da sua implantação em 1993, com a URV (Unidade Real de Valor), tanto que a compra de dólares por parte do Governo Itamar foi tamanha que o Real por um bom tempo valia o mesmo, ou até mesmo mais, que o Dólar.

 

Já provamos pelo movimento #AbusoApple https://abusoapple.wordpress.com/, que infelizmente terminou em 2013, que a carga tributária não é a única responsável pelos preços praticados pela Apple aqui no Brasil.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sobre o Dólar, bem, foi uma das opções viáveis para dar o lastro ao Real quando do começo da sua implantação em 1993, com a URV (Unidade Real de Valor), tanto que a compra de dólares por parte do Governo Itamar foi tamanha que o Real por um bom tempo valia o mesmo, ou até mesmo mais, que o Dólar.

 

 

Na verdade 1 Real valia 1 Dólar por decreto lei. O cambio era fixo. – Da mesma forma que foi feito na Argentina anos atrás e hoje o cambio ainda é fixo na China. Só que no caso da China para manter desvalorizada a moeda chinesa e assim favorecer as exportações. É por isso que as coisas fabricadas na China ficam tão baratas. – Tanto, que quando o cambio do Real passou para flutuante disparou para algo em torno de 4 Reais, de imediato. Normalizando algum tempo depois perto dos 2 Reais.

 

 

Já provamos pelo movimento #AbusoApple https://abusoapple.wordpress.com/, que infelizmente terminou em 2013, que a carga tributária não é a única responsável pelos preços praticados pela Apple aqui no Brasil.

 

 

Não é a única com certeza; mas é, sem sobra de dúvida, a maior responsável pelos preços altos.

Editado por pbr

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sobre o câmbio, não era por decreto lei. O governo estabelecia um teto para o Dólar. Quando ele batesse o teto, o BACEN entrava em ação. Na Argentina, te referes ao Plano Cavallo, que durou 10 anos e praticamente quebrou o país. Por 10 anos os Argentinos recebiam em "dólar", havia uma total equivalência das moedas. O câmbio no Brasil sempre permitiu a flutuação, mas esta não era a regra. Eu lembro que entre 1994 e 1995 o Real valia bem mais que o Dólar. Já em 1998, o teto era R$1,25 para cada U$1,00. Depois, em Janeiro de 1999, o Brasil adotou o câmbio flutuante como regra.

 

E eu insisto: os tributos cobrados são os mesmos. O que mudou foi o câmbio e o ICMS em SP. O resto ficou igual. O custo do combustível nos EUA caiu, em razão da queda no Barril de Petróleo em quase 20%, reduzindo assim o preço do querosene de aviação, reduzindo o valor do Frete China-Brasil. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O dólar valeu menos que o dólar por um bom tempo. Não existia isso de decreto de lei. Lembro perfeitamente quando 1 dólar valia R$ 0,86, R$ 0,89. Era uma coisa inacreditável na época. Os muambeiros do Paraguai estavam preferindo Real ao Dólar.

 

E os impostos não são o único motivo dos preços altos, mas são o principal fator, disso não tenho dúvidas, aliado a esse dólar na casa de 2,60, bem maior que no ano passado, a coisa tinha que ficar feia esse ano mesmo. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu ia com os meus país aqui para a fronteira e os Duty Free vendiam Celulares Microtac Ellite da Motorola com 10% de desconto se o pagto fosse em real. Um tênis saía por 30 reais, ou menos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Isso já foi muito debatido em fóruns diversos e a resposta todo mundo já sabe: 

Custo Brasil + lucro Brasil = preços absurdos.

Ou seja, são impostos altos e toda a burocracia e problemas brasileiros + alta margem de lucro das empresas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mas não adianta: sempre tem alguém que não segue as regras do fórum, que não pesquisa outros posts e fica postando essa ladainhas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu só não fico verdadeiramente estarrecido com os preços da Apple no Br pq lembro dos anos 90.

 

Naquele tempo, um Mac era "incomprável" pra 95% do nós, pobres brasileirinhos.

 

Hoje, um imac basicão ou um MBP de entrada são compráveis, mesmo que o nego se jogue no carnê (o que vale pra iphones) haha 

 

É uma evolução

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu só não fico verdadeiramente estarrecido com os preços da Apple no Br pq lembro dos anos 90.

 

Naquele tempo, um Mac era "incomprável" pra 95% do nós, pobres brasileirinhos.

 

Hoje, um imac basicão ou um MBP de entrada são compráveis, mesmo que o nego se jogue no carnê (o que vale pra iphones) haha 

 

É uma evolução

 

Pois é,

Pessoal que conheceu o mundo Apple recentemente não faz idéia de como era a coisa nos anos 90.

 

Sem contar naquela época em que o dólar estourou. iPods chegavam aqui por 3 mil Reais!

Era de chorar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Até mesmo os Retina de 13" são conpraveis. O que só deixa a pulga atrás da orelha é que o preço sobe imotivadamente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu só não fico verdadeiramente estarrecido com os preços da Apple no Br pq lembro dos anos 90.

 

Naquele tempo, um Mac era "incomprável" pra 95% do nós, pobres brasileirinhos.

 

Hoje, um imac basicão ou um MBP de entrada são compráveis, mesmo que o nego se jogue no carnê (o que vale pra iphones) haha 

 

É uma evolução

 

Pois bem, eu lembro que o iPhone 3G de 16GB chegou aqui no Brasil em... 2008, custando R$ 2,2k e isso já era muito caro na época. A galera não lembra disso...

Editado por Luiz Falk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu fui um dos que comprei o iPhone 3G com um baita dum desconto na TIM. Morava em SP na época e assinei o Plano TIM iPhone. O desconto foi de quase R$1.000,00. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu fui um dos que comprei o iPhone 3G com um baita dum desconto na TIM. Morava em SP na época e assinei o Plano TIM iPhone. O desconto foi de quase R$1.000,00. 

 

 Você não curte muito citar, né? Tive que atualizar a pagina pra ver se alguém havia comentado...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 Você não curte muito citar, né? Tive que atualizar a pagina pra ver se alguém havia comentado...

 

Não.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Lembro disso. Nessa época era possível pegar um plano barato/médio e ter um desconto grande no iphone. Com um plano de 100min + pacote de dados vc levava um iphone por 1200-1300. Hoje em dia no mesmo plano nego quer te cobrar 2500-2900, é surreal.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe do debate

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, entre agora para postar com ela.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.



  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      50.358
    • Total de Posts
      425.440
×
×
  • Criar Novo...