Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Posts Recomendados

Em September 7, 2016 at 18:27, JoeD disse:

Sabe de nada, né inocente? Esse fone vai voar das prateleiras custe 160 our 260... Apple conhece seu público, e a galera vai aderir fácil, principalmente se funcionar maravilhosamente bem.  Agora, ela não tirou nada da caixa: os fones com fio continuam lá... e já com adaptador. O que ela não fez foi adicionar um fone extra, que seria o wireless.

 

Primeira vez que estou considerando um iPhone Preto!

 

Também. Se não esquentar o ouvido, já tô comprando.

Bem, ele errou por 10,90 dólares já que custa apenas 9! Haha.

Acho que você está enganado amigo... Esse iPhone 7 é o primeiro lançamento do aparelho após queda de vendas e o primeiro sem a introdução de nenhuma tecnologia realmente nova (a câmera dupla já existe em outros aparelhos e mesmo assim só está disponível no modelo Plus). No exterior é possível comprar excelentes fones de ouvido por esse valor de 159 dólares, com qualidade profissional e até fones wireless com qualidade superior aos da Apple (pelo que tenho lido esses airpods tem a mesma qualidade de som que os antigos fones que custam 29 dol). A Apple não tem esse domínio todo sobre o mercado hoje em dia e os fones anunciados estão muito super valorizados. Não acho que a estratégia foi correta no sentido da imagem da marca, no mercado do iPhone e nem na experiência do usuário. A Apple só considerou o lucro imediato, já que a marca que mais vende fones bluetooth no mercado hoje é dela (beats). Se ela realmente estivesse preocupada em fazer um aparelho totalmente wireless no sentido de inovação para o mercado, poderia ter feito um iPhone que a bateria carregasse sem fio e colocado fones sem fio na caixa do aparelho. Isso sim seria revolucionário, um aparelho totalmente wireless direto da caixa. Os benefícios que ela apresentou para ter removido a entrada de fone são questionáveis, já que os novos iPhones tem as mesmas dimensões dos antigos e os antigos também podem usar fones lightning que supostamente tem 'qualidade de áudio melhor que o 3.5mm'.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, brn00 disse:

Já esperava que fosse ser decepcionante. As cores normais (prata, rosé e dourado) ficaram ainda mais estranhas com a listra contornando ao invés de atravessar. Só se salvam os pretos mesmo, que vão alavancar as vendas pela questão da novidade.

Mas a falta da experiência mecânica do antigo Botão Home sepultou de vez qualquer chance de eu me interessar por esse device. Não há nada pior do que precisar retornar a um menu anterior, por exemplo, ou acessar a tela de início, sem a experiência física. Como acontece em alguns Androids. Acreditem, muitos vão sentir falta disso. Era o meu maior temor. Na minha opinião, para quem já tem o 6s, este iPhone 7 só vale pelo upgrade a uma das novas cores. 

Na verdade será o contrário! O novo botão home tem o mesmo motor tátil do Apple Watch, além do sensor de pressão (3D Touch) e para cada tipo de toque haverá uma vibração diferente correspondente. Acho que vai ficar bem melhor na verdade!

23 horas atrás, Thales Allebrandt disse:

Concordo em partes porém como fica no caso de querer escutar música enquanto carrega o iPhone? Sem contar que esse adaptador  é um solução pra um problema que a própria Apple criou. Tudo bem querer inovar(?) retirando a entrada P2 mas que então colocasse uns fones wireless no lugar de um adaptador tosco destes. 

Realmente não vai dar... mas na boa, não me lembro de fazer isto... Não me lembro de ficar ouvindo podcast ou música com o iPhone carregando. 

2 horas atrás, joaofaf disse:

Acho que você está enganado amigo... Esse iPhone 7 é o primeiro lançamento do aparelho após queda de vendas e o primeiro sem a introdução de nenhuma tecnologia realmente nova (a câmera dupla já existe em outros aparelhos e mesmo assim só está disponível no modelo Plus). No exterior é possível comprar excelentes fones de ouvido por esse valor de 159 dólares, com qualidade profissional e até fones wireless com qualidade superior aos da Apple (pelo que tenho lido esses airpods tem a mesma qualidade de som que os antigos fones que custam 29 dol). A Apple não tem esse domínio todo sobre o mercado hoje em dia e os fones anunciados estão muito super valorizados. Não acho que a estratégia foi correta no sentido da imagem da marca, no mercado do iPhone e nem na experiência do usuário. A Apple só considerou o lucro imediato, já que a marca que mais vende fones bluetooth no mercado hoje é dela (beats). Se ela realmente estivesse preocupada em fazer um aparelho totalmente wireless no sentido de inovação para o mercado, poderia ter feito um iPhone que a bateria carregasse sem fio e colocado fones sem fio na caixa do aparelho. Isso sim seria revolucionário, um aparelho totalmente wireless direto da caixa. Os benefícios que ela apresentou para ter removido a entrada de fone são questionáveis, já que os novos iPhones tem as mesmas dimensões dos antigos e os antigos também podem usar fones lightning que supostamente tem 'qualidade de áudio melhor que o 3.5mm'.

Acho que estes iPhones vão vender muito, embora a Apple já tenha anunciado que não vai divulgar os números de pré-venda.

Sobre os fones sem fio, para mim o recurso mais interessante é a mudança automática entre Mac, Watch, iPad e iPhone. Desconheço outros fones no mercado que façam isto. Além da duração da bateria, possibilidade de usar apenas um dos dois, cancelamento de ruído para o microfone, caixinha que recarrega o fone, pausar a música ao retirar do ouvido e só dar play quando encaixar... são fones excelentes, top de linha.

E aparentemente a Apple nunca se importou de ter os acessórios mais caros, pelo jeito ela não visa lucro necessariamente com volume de venda dos acessórios - vide as capinhas com bateria, o carregador de pilhas do mac, etc.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Guedes - Brasília disse:

Na verdade será o contrário! O novo botão home tem o mesmo motor tátil do Apple Watch, além do sensor de pressão (3D Touch) e para cada tipo de toque haverá uma vibração diferente correspondente. Acho que vai ficar bem melhor na verdade!

Realmente não vai dar... mas na boa, não me lembro de fazer isto... Não me lembro de ficar ouvindo podcast ou música com o iPhone carregando. 

Acho que estes iPhones vão vender muito, embora a Apple já tenha anunciado que não vai divulgar os números de pré-venda.

Sobre os fones sem fio, para mim o recurso mais interessante é a mudança automática entre Mac, Watch, iPad e iPhone. Desconheço outros fones no mercado que façam isto. Além da duração da bateria, possibilidade de usar apenas um dos dois, cancelamento de ruído para o microfone, caixinha que recarrega o fone, pausar a música ao retirar do ouvido e só dar play quando encaixar... são fones excelentes, top de linha.

E aparentemente a Apple nunca se importou de ter os acessórios mais caros, pelo jeito ela não visa lucro necessariamente com volume de venda dos acessórios - vide as capinhas com bateria, o carregador de pilhas do mac, etc.

A Apple é a empresa com a maior % de lucro do mercado de eletrônicos. Lucro é MUITO importante para a Apple, tão importante que ela não vende produtos que não obedecem um parcela mínima de lucro alto. Mesmo o iPhone mais barato ainda gera lucros recordes para a empresa. Mas ela não se importa muito com volume de dispositivos (market share), justamente pois é difícil cobrar muito caro por um dispositivo (o iPhone é exceção). 

Acredito que existam outros fones wireless que também devem carregar sem fio, ter cancelamento de ruído, reconhecer qd está no ouvido, etc. O problema dos airpods é o preço, 160 dol é preço de fone com qualidade muito boa para excelente. Sem contar em toda manobra que a Apple fez para tirar a entrada de 3.5mm que no final das contas só beneficia a ela mesma.

Até estava lendo que o espaço usado pela entrada P2 foi usado para aumentar a bateria, usar um sensor maior na câmera e melhorar o haptic feedback. Mas eu me pergunto, será que o iPhone precisa ser tão fino como já é? Não seria melhor para o usuário um iPhone 1 ou 2mm mais grosso e que tivesse a entrada P2? Talvez desse até para aumentar a bateria ainda mais. Mas aí voltamos a questão da estética. Apple investe pesado em estética e em parecer fashion hoje em dia. Sacrifica desempenho e funções para ser um dispositivo fashion e cobrar horrores por ele.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em September 7, 2016 at 20:05, Cucobr disse:

@JoeD

Vai vir de graça rapaz!  Só comprar o 7.

Mas bem que ficamos com a pulga atrás da orelha de nao vir no box e você ter que pagar por fora para ter.

Talvez eu compre esse iphone 7 nos EUA, acredito que comprando uma passagem na promoção, saia mais barato que o preço aqui, já que irei querer também o AirPod.. e lá fora ele custa 150 dolares, aqui 1200 reais? lol...

Duh... óbvio que vem na caixa já que Phil deu a informação assim que explicou a decisão da empresa de trocar o conector desses novos earphones.

Mas no mesmo dia, a Apple store já estava vendendo avulso por 9 dólares. 

 

Em September 8, 2016 at 00:04, pbr disse:

Mas vocês ficam trocando de fone toda hora? Com os amigos e tals?

Não, você usa sempre o mesmo fone. Logo o adaptador irá ficar preso sempre no fone.

Nem fará tanta diferença assim...

Nada a ver... nem todo mundo usa os fones que bem com o iPhone. Muitas pessoas usam seus outros fones com o aparelho... esses Beats lançados até o ano passado por exemplo vão precisar do adaptador pra funcionar com o iPhone 7....

 

Em September 8, 2016 at 00:30, phpm disse:

Também acho.. Apple já tá de olho nas críticas pra mandar os fones sem fio, mesmo que mais simples e sem esse reconhecimento automático (que a primeiro instante é desnecessário.. poderia ser um fone sem fio mais simples e que tivesse menos custo de desenvolvimento e produção..) já no 7s pra causar a mesma euforia que os iPhones de 32GB no mínimo que foram apresentador na Keynote

Até parece que Apple lançaria uma versão meia boca de um produto já em mercado. Faz sentido 0 pegar os AirPods e criar uma versão mais simples deles...

 

Em September 8, 2016 at 00:33, pbr disse:

Não estou defendendo a posição da Apple :) Eu acho que a Apple deveria mandar os fones sem fio junto com o iPhone (quem sabe ano que vem).

Apenas ponderei sobre essa alegação de ter que levar o adaptador no bolso. Isso não faz sentido.

E pelo que eu ví nos comentários de um post no MM não é tão comum quanto agente pensa a pessoa querer carregar o iPhone enquanto escuta pelo fone (eu mesmo não me lembro de ter feito isso alguma vez...) mas é um problema, sem dúvida.

É comum sim... se você está vendo um filme, assistindo notícias, ou até mesmo música, você intuitivamente carrega o aparelho ao mesmo tempo que o utiliza. Se estiver jogando então, é mais que comum. Em avião faço o tempo todo.

 

14 horas atrás, brn00 disse:

Já esperava que fosse ser decepcionante. As cores normais (prata, rosé e dourado) ficaram ainda mais estranhas com a listra contornando ao invés de atravessar. Só se salvam os pretos mesmo, que vão alavancar as vendas pela questão da novidade.

Mas a falta da experiência mecânica do antigo Botão Home sepultou de vez qualquer chance de eu me interessar por esse device. Não há nada pior do que precisar retornar a um menu anterior, por exemplo, ou acessar a tela de início, sem a experiência física. Como acontece em alguns Androids. Acreditem, muitos vão sentir falta disso. Era o meu maior temor. Na minha opinião, para quem já tem o 6s, este iPhone 7 só vale pelo upgrade a uma das novas cores. 

Jura que você sofre esse monte por falta de um botão Home mecânico???

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 minutos atrás, JoeD disse:

Duh... óbvio que vem na caixa já que Phil deu a informação assim que explicou a decisão da empresa de trocar o conector desses novos earphones.

Mas no mesmo dia, a Apple store já estava vendendo avulso por 9 dólares. 

 

Nada a ver... nem todo mundo usa os fones que bem com o iPhone. Muitas pessoas usam seus outros fones com o aparelho... esses Beats lançados até o ano passado por exemplo vão precisar do adaptador pra funcionar com o iPhone 7....

 

Até parece que Apple lançaria uma versão meia boca de um produto já em mercado. Faz sentido 0 pegar os AirPods e criar uma versão mais simples deles...

 

É comum sim... se você está vendo um filme, assistindo notícias, ou até mesmo música, você intuitivamente carrega o aparelho ao mesmo tempo que o utiliza. Se estiver jogando então, é mais que comum. Em avião faço o tempo todo.

 

Jura que você sofre esse monte por falta de um botão Home mecânico???

Claro! O que faz sentido mesmo é a empresa dizer que tudo hoje em dia é sem fio, alegar a evolução e mandar na caixa do produto um fone com fio... Sentido 0 eu pensaria na empresa mandar um adaptador que é horrível esteticamente (dando a impressão de gato e remendo) e complica o uso de algo que era simples de ser usado... Sendo que o uso é pra fones externos de outras marcas. E a Apple foi lá e, surpreendentemente, fez. Muito mais simples pra empresa fazer um fone que tenha a mesma função dos EarPods: ouvir 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 7 de setembro de 2015 at 17:03, Gustavo Jaccottet disse:

E agora, já sabemos 99,99% do iPhone 6S.

 

E o iPhone 7? Será que a Apple vai revolucionar o mercado de uma vez por todas?

 

sigma, pode começar com os rumores!

Vai revolucionar sim, amigo .

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 07/09/2016 at 16:11, JoeD disse:

Exato... ainda bem que já vem na embalagem. Duro é ter que lembrar de sempre colocar no bolso. Unf... Mas, progresso é progresso... vamos ver se o resto da industria adere logo ou se vai ter adaptador no bolso por uns bons anos...

Fala Joe, quanto tempo. Será que entende com o progresso abolição da P2, eu pensava que viria a troca de diversas interfaces, menos dessa. Foi um passo bastante ousado para Apple, talvez o detalhe mais marcante do iPhone 7/7Plus. É algo pequeno e que pode passar despercebido, mas que vai alterar a vida dos audiófilos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Considerando os preços atuais do 6s acho que o 7 deve chegar custando uns 3500

Enviado de meu SM-G935F usando Tapatalk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 horas atrás, Mário Carlos Vota Junior disse:

Fico pensando se o fone de ouvido que custa US$ 159,00 lá e aqui custa 1.400,00 imaginem o iPhone 7 que custa US$ 659,00,aqui chegará perto de R$7.000,00.

infeleizmente desta vez ficarei com o meu 6S de 64 giga.

O multiplicador não é o mesmo para os iPhones.

https://macmagazine.com.br/2016/09/09/estoques-dos-iphones-77-plus-desaparecem-em-poucos-minutos-de-pre-venda-modelo-preto-brilhoso-tem-enorme-procura/

Eu também pensava em comprar o JetBlack mas depois que eu vi as heads on eu já estou pensando mais no Black mesmo.

O JetBlack é um imã de impressões digitais e arranha facilmente.. então tem que comprar obrigatoriamente uma capinha... pô... passei a usar iphones sem capa e é muito melhor.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em September 8, 2016 at 20:53, joaofaf disse:

Acho que você está enganado amigo... Esse iPhone 7 é o primeiro lançamento do aparelho após queda de vendas e o primeiro sem a introdução de nenhuma tecnologia realmente nova (a câmera dupla já existe em outros aparelhos e mesmo assim só está disponível no modelo Plus). No exterior é possível comprar excelentes fones de ouvido por esse valor de 159 dólares, com qualidade profissional e até fones wireless com qualidade superior aos da Apple (pelo que tenho lido esses airpods tem a mesma qualidade de som que os antigos fones que custam 29 dol). A Apple não tem esse domínio todo sobre o mercado hoje em dia e os fones anunciados estão muito super valorizados. Não acho que a estratégia foi correta no sentido da imagem da marca, no mercado do iPhone e nem na experiência do usuário. A Apple só considerou o lucro imediato, já que a marca que mais vende fones bluetooth no mercado hoje é dela (beats). Se ela realmente estivesse preocupada em fazer um aparelho totalmente wireless no sentido de inovação para o mercado, poderia ter feito um iPhone que a bateria carregasse sem fio e colocado fones sem fio na caixa do aparelho. Isso sim seria revolucionário, um aparelho totalmente wireless direto da caixa. Os benefícios que ela apresentou para ter removido a entrada de fone são questionáveis, já que os novos iPhones tem as mesmas dimensões dos antigos e os antigos também podem usar fones lightning que supostamente tem 'qualidade de áudio melhor que o 3.5mm'.

Que cambalacho que vc faz pra comentar. Estava falando apenas sobre os AirPods e não sobre o iPhone 7 e vc fez essa misturança de argumentos. Mas vamos lá... eu não vou entrar no mérito de "tecnologia realmente nova" pois acho que raríssimos são quaisquer lançamentos que tragam uma tecnologia realmente nova. Apple em si nunca trouxe nenhuma tecnologia nova... ela apenas inventa uma forma de usar tecnologias já em mercado de uma forma nova. É isso o que ela faz, e o todo o resto sempre copia. Não tem como olhar em qualquer smartphone que veio depois do iPhone e falar que não é uma cópia. Todo aquele processo Apple VS Samsung deixou isso bem claro. Tudo indica que Apple está realmente caminhando para tentar tornar seu telefone totalmente wireless, mas se eles não fizeram isso este ano, talvez seja porque não tem capacidade para tal... ou a manufatura de tal modelo ainda não seria interessante pelo tal custoXbenefício. É fácil dizer algo no estilo "olha, revolução seria um telefone que projeta holograma!" Difícil é entregar tal coisa. Alguma outra empresa aí apresentou algo na linha de smartphones que deixou a Apple comendo poeira? Hmmm... não! Igual umas pessoas por aí falando que a Samsung já tinha lançado um earphone wireless que so funcionava de fato de um lado. Pra ser palhaçada só falta um palhaço segurando o tal Gera Iconx. E por que a Apple teria que dar os AirPods de graça? Ela ainda não sabe em que escala seu público vai aderir a tal acessório. E que adiantaria já colocar na caixa e cobrar mais caro pelo combo completo? A impressão que dá é que pessoas que reclamam desse fato pensam consigo mesmas: ai poxa, eu QUERO mas e muito caro! Haha. E suas respostas são cheias de "achismos" - pelo menos nas respostas que li até então - os quais você nunca se palpa em nenhum dado concreto. Você também faz umas generalizações estranhas tipo "Apple só considerou o lucro imediato". Você sabe mesmo o que se passa lá? Como você pode afirmar isso? Qual sua fonte? A minha opinião é que a Apple não escolheria focar nessas mudanças apenas por ser voluntariosa. Teve pesquisa, teve foco e teve escolhas para se focar no que escolheram alterar. O produto não precisa passar por mudanças de dimensões para ser  melhor. Se o que esta dentro está mais afinado, isso já justifica seu aperfeiçoamento. Duvido que vai ser um fracasso e repito que não há dúvidas de que os Airpods vão vender muito bem. 

 

Em September 8, 2016 at 23:28, Guedes - Brasília disse:

(...)

Sobre os fones sem fio, para mim o recurso mais interessante é a mudança automática entre Mac, Watch, iPad e iPhone. Desconheço outros fones no mercado que façam isto. Além da duração da bateria, possibilidade de usar apenas um dos dois, cancelamento de ruído para o microfone, caixinha que recarrega o fone, pausar a música ao retirar do ouvido e só dar play quando encaixar... são fones excelentes, top de linha.

E aparentemente a Apple nunca se importou de ter os acessórios mais caros, pelo jeito ela não visa lucro necessariamente com volume de venda dos acessórios - vide as capinhas com bateria, o carregador de pilhas do mac, etc.

Muito bem observado. O que as pessoas esquecem é que com essa coisa de integração a Apple não apenas agrada ainda mais seu consumidor fiel, como também pratica uma das estratégias na qual mais se desenvolveu: customer captivity. A pessoa vê que tudo se integra, que funciona bem, e tem mais uma razão pra não correr pra concorrente. 

 

Em September 9, 2016 at 02:06, joaofaf disse:

A Apple é a empresa com a maior % de lucro do mercado de eletrônicos. Lucro é MUITO importante para a Apple, tão importante que ela não vende produtos que não obedecem um parcela mínima de lucro alto. Mesmo o iPhone mais barato ainda gera lucros recordes para a empresa. Mas ela não se importa muito com volume de dispositivos (market share), justamente pois é difícil cobrar muito caro por um dispositivo (o iPhone é exceção). 

Acredito que existam outros fones wireless que também devem carregar sem fio, ter cancelamento de ruído, reconhecer qd está no ouvido, etc. O problema dos airpods é o preço, 160 dol é preço de fone com qualidade muito boa para excelente. Sem contar em toda manobra que a Apple fez para tirar a entrada de 3.5mm que no final das contas só beneficia a ela mesma.

Até estava lendo que o espaço usado pela entrada P2 foi usado para aumentar a bateria, usar um sensor maior na câmera e melhorar o haptic feedback. Mas eu me pergunto, será que o iPhone precisa ser tão fino como já é? Não seria melhor para o usuário um iPhone 1 ou 2mm mais grosso e que tivesse a entrada P2? Talvez desse até para aumentar a bateria ainda mais. Mas aí voltamos a questão da estética. Apple investe pesado em estética e em parecer fashion hoje em dia. Sacrifica desempenho e funções para ser um dispositivo fashion e cobrar horrores por ele.

Hmmm... eu achava que lucro era importante para qualquer empresa. Não é? A menos que tenha empresa por aí que curte ficar no vermelho, eu acho que lucro é o objetivo número 1 pra qualquer fabricante.

Eu também acredito que tenha fones por aí mais barato. Compra AirPods quem quer, né?

A melhor parte desse comentário é: Apple investe pesado em estética e em parecer fashion hoje em dia. Risos x 1000. Olha, se tivesse sido dido que Apple investe pesado no minimalismo (que lhe é característico), tudo bem. Fazer algo para parecer "fashion" soa mais como preocupação de leitora de revista de moda. Tenho certeza que a aparência do produto fatora sim no resultado, mas aposto que a última preocupação na lista dos designers é ser fashion! Hahahah.

Ah, iPhone não é um dispositivo... 

Em September 9, 2016 at 07:17, phpm disse:

Claro! O que faz sentido mesmo é a empresa dizer que tudo hoje em dia é sem fio, alegar a evolução e mandar na caixa do produto um fone com fio... Sentido 0 eu pensaria na empresa mandar um adaptador que é horrível esteticamente (dando a impressão de gato e remendo) e complica o uso de algo que era simples de ser usado... Sendo que o uso é pra fones externos de outras marcas. E a Apple foi lá e, surpreendentemente, fez. Muito mais simples pra empresa fazer um fone que tenha a mesma função dos EarPods: ouvir 

Bem, pra começar a Apple nunca disse "hoje em dia tudo é sem fio". Foi dito que cada vez mais se caminha rumo a um mundo sem fio, e eles - Apple - abraçam essa ideia. Apesar de achar que o adaptador trará sim ao dia a dia um elemento de chatice por ter sempre que carregá-lo, acho que "horrível" é uma palavra descabidavisto que ele segue a mesma linha de todos os adaptadores já feito pela Apple. Praticamente falou "adaptador" feito pela Apple, todos sabem o que esperar. Aposto no entanto que esse adaptador vai ficar mais acoplado sempre no fone para cujo uso é necessário, do sempre já no iPhone. Afinal de contas, quantos headphones uma pessoa tem? E repito: sentido 0 fazer uma versão meia boca de um produto que já está nas prateleiras. É a mesma coisa de falar: "ih gente, esse iPhone novo além de caro não é compatível com meu genérico de Beats que comprei 2 anos atrás! Af, pq a Apple nao faz um iPhone tipo esse novo, só que mais barato, mesmo que tenha que regredir o que aperfeiçoou? Assim eu posso usar meu genérico de Beats com ele!"

 

Em September 9, 2016 at 09:11, Gustavo Jaccottet disse:

Fala Joe, quanto tempo. Será que entende com o progresso abolição da P2, eu pensava que viria a troca de diversas interfaces, menos dessa. Foi um passo bastante ousado para Apple, talvez o detalhe mais marcante do iPhone 7/7Plus. É algo pequeno e que pode passar despercebido, mas que vai alterar a vida dos audiófilos.

Ae Gustavo! Uma coisa que a gente aprende sempre é que o progresso ninguém breca, né? Ah, como será que o Abuso Apple abordaria o valor dos AirPods no Brasil? Haha. Piada pronta do ano.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
33 minutos atrás, JoeD disse:

Que cambalacho que vc faz pra comentar. Estava falando apenas sobre os AirPods e não sobre o iPhone 7 e vc fez essa misturança de argumentos. Mas vamos lá... eu não vou entrar no mérito de "tecnologia realmente nova" pois acho que raríssimos são quaisquer lançamentos que tragam uma tecnologia realmente nova. Apple em si nunca trouxe nenhuma tecnologia nova... ela apenas inventa uma forma de usar tecnologias já em mercado de uma forma nova. É isso o que ela faz, e o todo o resto sempre copia. Não tem como olhar em qualquer smartphone que veio depois do iPhone e falar que não é uma cópia. Todo aquele processo Apple VS Samsung deixou isso bem claro. Tudo indica que Apple está realmente caminhando para tentar tornar seu telefone totalmente wireless, mas se eles não fizeram isso este ano, talvez seja porque não tem capacidade para tal... ou a manufatura de tal modelo ainda não seria interessante pelo tal custoXbenefício. É fácil dizer algo no estilo "olha, revolução seria um telefone que projeta holograma!" Difícil é entregar tal coisa. Alguma outra empresa aí apresentou algo na linha de smartphones que deixou a Apple comendo poeira? Hmmm... não! Igual umas pessoas por aí falando que a Samsung já tinha lançado um earphone wireless que so funcionava de fato de um lado. Pra ser palhaçada só falta um palhaço segurando o tal Gera Iconx. E por que a Apple teria que dar os AirPods de graça? Ela ainda não sabe em que escala seu público vai aderir a tal acessório. E que adiantaria já colocar na caixa e cobrar mais caro pelo combo completo? A impressão que dá é que pessoas que reclamam desse fato pensam consigo mesmas: ai poxa, eu QUERO mas e muito caro! Haha. E suas respostas são cheias de "achismos" - pelo menos nas respostas que li até então - os quais você nunca se palpa em nenhum dado concreto. Você também faz umas generalizações estranhas tipo "Apple só considerou o lucro imediato". Você sabe mesmo o que se passa lá? Como você pode afirmar isso? Qual sua fonte? A minha opinião é que a Apple não escolheria focar nessas mudanças apenas por ser voluntariosa. Teve pesquisa, teve foco e teve escolhas para se focar no que escolheram alterar. O produto não precisa passar por mudanças de dimensões para ser  melhor. Se o que esta dentro está mais afinado, isso já justifica seu aperfeiçoamento. Duvido que vai ser um fracasso e repito que não há dúvidas de que os Airpods vão vender muito bem. 

Hmmm... eu achava que lucro era importante para qualquer empresa. Não é? A menos que tenha empresa por aí que curte ficar no vermelho, eu acho que lucro é o objetivo número 1 pra qualquer fabricante.

A melhor parte desse comentário é: Apple investe pesado em estética e em parecer fashion hoje em dia. Risos x 1000. Olha, se tivesse sido dido que Apple investe pesado no minimalismo (que lhe é característico), tudo bem. Fazer algo para parecer "fashion" soa mais como preocupação de leitora de revista de moda. Tenho certeza que a aparência do produto fatora sim no resultado, mas aposto que a última preocupação na lista dos designers é ser fashion! Hahahah.

Ah, iPhone não é um dispositivo... 

Nossa senhora... fazia tempo que não lia tanta besteira num mesmo post mas vamos lá... Fiz uma resposta mais longa pois tinha ver com o assunto e pois também gosto do assunto, além do mais algumas vezes é preciso usar mais palavras para se fazer entender melhor, o que não sempre funciona. Este é um bom exemplo, seu tipo de linguajar, conclusões superficiais e estilo fanfarrão já são um alerta que você deve ser uma pessoa difícil de ter um diálogo racional. 

Primeiro, falando de tecnologias novas. No mercado gigantesco de eletrônicos é realmente difícil ser a primeira empresa a lançar uma determinada tecnologia, o que importa mais é ser a primeira a fazer uma implementação realmente eficiente e popular dela. A Apple é exemplo disso. A Apple fez a Siri, fez o touch ID, fez o 3D Touch, acho que todas estas e outras ainda se encaixam ai.. e o iPhone 7? De realmente novo? Tem uma câmera dupla que só está presente no modelo Plus e a LG mesmo já vendeu alguns milhões de celulares com câmera dupla neste ano (mesmo que seja outra implementação). Os fones sem fio não estão na caixa, então não tem como considerar parte do iPhone 7. Isso que quis dizer com falta de algo 'realmente novo' e não estou sozinho, um dos mais famosos jornalistas de tecnologia e comentarista de apple nos estados unidos, walt mossberg, também pensa assim quando escreveu sobre essa geração de iPhones com o título 'apple takes a breather' (você diz que não tenho dados ou fontes então vou tentar colocar algumas só para te provar errado :))

Em relação as razões que eu citei para a retirada do fone de ouvido do iPhone 7, procure no google pelo site buzzfeed que fez uma matéria enorme sobre uma entrevista com as próprios executivos da Apple comentando o assunto.

Em relação ao que falei de lucro, dá uma olhada no marketshare de fones sem fio e a posição que a Beats tem nesse mercado (líder), depois lembra que a Apple é dona da Beats. Uma empresa sempre visa os lucros, isso é óbvio, mas é preciso medir também a satisfação do consumidor e o valor que está sendo oferecido ao consumidor. A Apple desmediu isso nos últimos tempos, não é a toa que esse é o primeiro ano que temos queda de venda de iPhones (pode procurar pelo resultado dos últimos trimestres fiscais). Outra questão é que o lucro dela é o maior do mercado, se ela quer manter essa posição ela precisa ser a empresa que mais oferece valor (objetivo ou subjetivo). A Apple sofre grande escrutínio sim mas ela se coloca nesse lugar. É lógico.  

É um pouco difícil para alguns fanboys aceitarem isso, ou para criticar qualquer coisa que a Apple faça. Tudo é sempre ideal ou perfeito, e se alguma coisa parece estranha ou até falha, a culpa acaba sempre recaindo sobre o mercado ou sobre o usuário. Tem até um termo pejorativo usado na gringa para apple fanboys: 'justifying bullshit'.

Em relação a questão 'fashion', de alguns anos para cá, a Apple começou a aumentar sua presença em desfiles de moda. Primeiro eram desfiles gravados com iPhones e com a presença de alguém da empresa, depois com o Apple Watch contatos foram feitos para o produto ser colocado com capas de revista, lojas de grife da europa e também nas passeatas. O próprio Jony Ive deu entrevista em evento grande de moda no ano do lançamento do Watch. Ao mesmo tempo, a Apple começou a oferecer eletrônicos cada vez mais finos e dourados, até feitos de ouro (lembram do watch de 20 mil dólares?). Ao mesmo tempo também que contratavam a antiga CEO da Burberry para fazer uma renovação completa das lojas e da experiência de compra da empresa. As evidências apontam de forma alarmante para um foco em 'moda' por parte da Apple. Precisa ser muito obtuso para não reconhecer isso.

Para finalizar, alguns significados de dispositivo: 'aparelho construído com determinado fim', 'conjunto de componentes físicos ou lógicos que integram ou estão conectados a um computador, e que constituem um ente capaz de transferir, armazenar ou processar dados.'.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A pre-venda do jet black ta november e não tem pick up por enquanto. Sua sorte seria tentar a fila em alguma loja mesmo.

Enviado de meu SM-G935F usando Tapatalk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 minutos atrás, joaofaf disse:

A pre-venda do jet black ta november e não tem pick up por enquanto. Sua sorte seria tentar a fila em alguma loja mesmo.

Enviado de meu SM-G935F usando Tapatalk
 

Parece que aquela barbaridade que foi para eu conseguir o 6 vai se repetir. Estava aqui na semana do lançamento, e me recusei em ficar nas filas quilométricas. 

Já tinha dado como perdido. Mas em poucos dias já não haviam mais filas, porém tive que garimpar para achar o plus de 128, na maioria das lojas estavam esgotadas. Se esgotou assim na preorder, não quero nem ver nas lojas, não? 

E sinceramente, prefiro ficar sem agora e esperar do que optar por outra cor. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala Joe,

Eu já deixei esses assuntos no automático. Os AirPods são algo inútil no presente, ao mesmo tempo uma maneira da Apple fazer a Beats valer o preço... a abolição da P2 é um passo atrás, mas há quem veja como positiva, sob os seguintes aspectos: 1) devices sem fio com melhoras significativas na fidelidade de som; 2) avanço na autonomia da bateria; 3) maior oferta de devices que exijam o bluetooth 4.2; 4) aceleração por parte da Apple no incremento da interface sem fio e no lançamento do Bluetooth 5.0 o quanto antes... os pontos negativos, por sua vez, são milhares, vou citar alguns: 1) a fidelidade de um device via P2 é infinitas vezes superior a um device via Bluetooth 4.2; 2) ter mais um device para ser carregado vai exigir muita paciência dos usuários...

 

Por ora é isso.

 

Abs,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Kauê Chamiso disse:

Parece que aquela barbaridade que foi para eu conseguir o 6 vai se repetir. Estava aqui na semana do lançamento, e me recusei em ficar nas filas quilométricas. 

Já tinha dado como perdido. Mas em poucos dias já não haviam mais filas, porém tive que garimpar para achar o plus de 128, na maioria das lojas estavam esgotadas. Se esgotou assim na preorder, não quero nem ver nas lojas, não? 

E sinceramente, prefiro ficar sem agora e esperar do que optar por outra cor. 

Vamos comparar com o ano passado. Neste ano a Apple disparou a pré-venda para a mesma semana do lançamento e as vendas se iniciando exatos nove dias depois, ou seja, um lapso inferior aos 16 dias de 2015. Outro ponto: a cor JetBlack será a coqueluche da vez, como se deu com o Ouro Rosé, mesmo assim um reforço na oferta será sentido, quem sabe, na segunda semana de vendas, pois o trâmite entre a saída da China e a chegada às prateleiras, nos EUA, leva entre 1 e 3 semanas, dependendo da modalidade de revenda (Apple Store, APR, Revenda Autorizada) e o local. Outro ponto que não pode ser descartado: o número de países do primeiro lote será absurdamente alto. Ano passado a grande maioria dos países que estão na primeira remessa estavam na segunda remessa, o que indica que a oferta de produtos por parte da Apple ou aumentou ou será fracionada entre EUA, China e Japão com os outros países que compõem os favorecido, na proporção de 2/3 para EUA, China e Japão e 1/3 para os demais. Sobre estes números faço uma mera estimativa, mas ela se aproxima bastante da lógica praticada pela Apple e dentro desses 2/3, mais de 50% da oferta deve ser destinada aos EUA, especialmente aos clientes das operadoras que compõem o rol de parceiras da Apple.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se o cartão for recusado na pré venda, eles dão a opção de colocar outro sem perder a fila do envio ou teria que fazer a compra de novo? sendo q eles só fazem a cobrança quando está proximo do envio.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O que mais está me impressionando são os supostos números do desempenho da CPU do iPhone 7. O que vem por aí não é um Smartphone para rivalizar com o S7 e/ou coisa parecida e sim para se manter na frente por 2/3 anos, pois mesmo o Snapdragon 830 só sai ano que vem. Por ora o que há é o 821, que nem sequer pode ser usado como parâmetro para o A9 e/ou A9X... fico pensando no que vem por aí com o A10X.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.



  • Conteúdo Similar

    • Por
      Olá , Gostaria de saber como está o iOS 13.1.2 nos iphone 7 e 7 plus , se está rodando direitinho sem muitos bugs e se a bateria está boa ou não hoje a minha bateria dura o dia todo e está com 84% da capacidade , estou com o ios 12.3 estou com duvida e um pouco de receio de atualizar pois vi algumas pessoas reclamando de bugs . obrigado pela atenção
    • Por ederrp
      Olá pessoal,
       
      Estou com um iPhone 7 32gb space gray lacrado com garantia de 1 ano.
      Estou localizado na zona Leste de SP (Artur Alvim), posso entregar em algum shopping da zona lesta.
      Valor R$2.100,00.
      mais infos contate no meu whatsapp abaixo:
      https://bit.ly/2KIwKv4
       
    • Por italofelix
      Boa noite,
      Comprei um iphone 7 em outubro de 2017 e, apesar de todo mundo reclamar da bateria da apple, sempre consegui que ela durasse 2 dias de uso. E isso durou até o início desse ano.
      Entretanto, mais ou menos em maio desse ano, após uma das atualizações do ios 12 (não me recordo qual), percebi que a bateria começou a "durar" menos.
      Comecei a prestar atenção na Saúde da Bateria, e em 8 de junho ela estava em 90%. Achei normal, visto que eu ja estava com ele há mais de 1 ano.
      Mas em 7 de julho vi que ela já estava com 87% e hoje (1 de agosto), ela caiu para 86%, ou seja, diminuiu 1% em 1 mês.
      Isso é normal, visto que o celular tem quase 2 anos? Alguém mais teve esse problema?
      Obs: meu uso do celular se resume a navegação na internet e whatsapp. As vezes eu jogo alguma coisa leve.
    • Por itsJhon
      Olá amigos, 
       
      Comprei um iPhone 7 novo que acabou de ser entregue aqui em casa. Assim que liguei notei que há luz vazando no canto inferior esquerdo da tela, é bem perceptível! Tenho um outro iPhone 7 e comparando as telas lado a lado fica bem clara a diferença.
       
      O que vocês recomendam fazer? Pelo que sei tenho duas opções, levar em uma autorizada Apple ou devolver o celular para a loja (magazine luiza) e pedir outro. O problema de levar na Apple seria a possível troca da tela, pois o aparelho é novo, não seria legal ele ser aberto e ficar lá "jogado" na assistência. O problema de devolver para a loja seria a burocracia, até porque viajo neste domingo.
       
      Enfim, essa é minha situação, gostaria de conhecer as experiências de vocês e talvez dicas.
       
      PS.: meu iPhone antigo é um de 32GB produzido na China, o novo é um 128GB produzido no Brasil.
    • Por Eliane Sembarski Medina
      Apenas 1 mês de uso, com nota fiscal, sem avariações e nenhuma queda. 
      Apenas estou vendendo, pois não me atende no âmbito profissional.
      Troco por Iphone 7 com 128 Gigas  ou 8  
    • Por wlleo
      Meu iphone 7 do nada ficou doido, apresentou defeito no botao home, ele não clica mais, so le a digital, defeito no sensor de proximidade e tbm no som, não sai audio e não reproduz video ou qualquer coisa que reproduza audio, o video ou audio fica parado e não anda, ja tentei atualizar mas nada, me ajudem!!!
    • Por ricardofh95
      Tenho um iPhone 7 256gb ha pouco mais de um ano, sempre funcionou perfeitamente. Uma semana atras resetei o iPhone como sempre fiz com todos os iPhones que ja vendi e comprei, indo em Settings, General, Reset e reset all content and settings, mas desta vez apos o reset o iPhone comecou a exibir a mensagem "Sim not supported" mensagem essa que apenas deveria ser exibida em caso de iPhones bloqueados em operadoras. Moro em Dublin (Irlanda), comprei online num site de classificados, porem o celular havia sido ativado uma semana antes, eu chequei. O aparelho sempre foi desbloqueado desde que comprei, sempre usei pre pago, em pelo menos tres operadoras na Irlanda e duas em Portugal, nunca tive problemas antes. Liguei no suporte da Apple e fiz tudo que me mandaram, restaurei pelo iTunes mas nada, configurei como novo iPhone, tentei com backup do iCloud, mas sempre que coloco o sim card vejo uma tela branca com aquele Hello em varios idiomas e uma janela me dizendo "Activation Required", e a unica opcao a ser selecionada "Dismiss", seleciono e vejo um texto me dizendo "Update Completed" e que restam mais alguns passos antes de terminar, clico em "Continue" e vejo uma tela branca com uma rodinha carregando dizendo que pode levar alguns minutos para a ativacao, segundos depois me exibe a mensagem "Sim not valid" e um texto dizendo que o sim card instalado vem de um provedor nao suportado sobre a politica de ativacao.
      Agendei um horario num revendedor premium da Apple, disseram que deve ser problema de hardware, e que muito dificilmente pode ser consertado pois o leitor de sim card esta soldado na placa mae. Verificou no sistema que meu iPhone foi comprado no Reino Unido, que era bloqueado mas atualmente se encontra desbloqueado, mas como poderia ter sido desbloqueado menos de uma semana apos a compra? Se fosse desbloqueado naquelas lojinhas que fazem baratinho, seria definitivo e apareceria ate no sistema da Apple?
       Disse tambem que segundo a legislacao de la ainda sou elegivel para substituicao do aparelho, se eu tiver a nota, coisa que nao tenho, eu posso ir em Belfast na Irlanda do Norte (parte do Reino unido) onde se encontra a Apple Store mais proxima e provavelmente ter meu aparelho trocado, do contrario posso pagar 380 euros pela substituicao aqui em Dublin mesmo. 
      Agora nao sei o que faco, sei que muito depende de quem te atende, pode ser ate que nao me exijam nota nem documento nenhum, como ja ouvi relatos. Estou considerando viajar esses 150km e ir la ver o que acontece.
      Alguem tem alguma informacao util ou ja passou por situacao parecida?
    • Por guijesaraujo
      Pessoal, tudo bom?
      Vou comprar um iPhone X de 64GB no Boulevard Monti Mare, ali na Paulista.
      Pra quem não é de São Paulo, é uma galeria dominada por chineses e que é famosa por ser o centro de compras informal de eletrônicos (quase como uma Santa Efigênia).
      A questão é: o iPhone X é caro. E depois que vi a possibilidade de adquirir um Apple Care + de fora (acompanhei o post da MM sobre o assunto: https://macmagazine.com.br/2018/03/15/saiba-como-adquirir-online-o-applecare-para-o-seu-iphone-recem-comprado/), fiquei tentando a adquirir um. Ainda mais que o celular é bonito pra caramba, não quero embrulhar ele numa case e ficar por isso aí.
      Mas um iPhone X, ou qualquer outro aparelho que não tenha sido comprado diretamente com a Apple, tem direito ao Apple Care +? Sei que na aquisição do AC+ online, não é necessário apresentar uma nota fiscal, apenas fazer uma varredura via app.
      Enfim, será que é possível?
    • Por hedersacj
      Estou com um problema pra receber chamadas em um iPhone 7, rodando iOS 11.3, na operadora Vivo, esse problema já deve ter cerca de 2 meses, ocorre que sempre quando ligam a primeira a chamada cai na caixa postal, mas se logo em seguida a pessoa ligar novamente, a ligação completa.
      Já resetei os ajustes de rede (mais de uma vez), entrei em contato com a Vivo e segundo eles fizeram um procedimento na linha pra tentar resolver o problema, mas até então nada de solucionar o problema!
      Agradeço desde já quem souber resolver o problema ou mesmo se estiver passando pela mesma situação.
    • Por Ricardo Stuani
      Vi um anuncio da venda de um iphone 7 128gb com o preço mas baixo, 1500, mas segundo o dono a biometria não funciona e nem a câmera frontal, gostaria de saber se alguém aqui sabe quando custa aproximadamente arrumar essas duas peças em uma não autorizada e na própria apple 
  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      48.241
    • Total de Posts
      413.728
×
×
  • Criar Novo...