Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Renato Amorim

Mais uma da MacBahia.

Qualidade de atendimento MacBahia.  

13 votos

  1. 1. Você, que já precisou de serviços da MacBahia, o que achou do atendimento?

    • Excelente
      1
    • Bom
      0
    • Regular
      1
    • Ruim
      3
    • Péssimo
      8


Posts Recomendados

De qualquer forma, fico admirado pela solicitude dessa empresa, que nada tem a ver com algumas de suas ATs.

A Apple se comportou da mesma forma comigo com relacão a MacBahia. Mas devemos pensar que a AT só presta serviço a Apple por conta dela mesmo, logo, ela(Apple) tem responsabilidade SIM.

No mais, espero que tudo acabe com menos 'empurrões-de-barriga'.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Enquanto eu tento achar uma forma mais adequada de reportar os últimos acontecimentos, me perco pensando na capacidade infinita da MacBahia de lesar seus clientes. Sua criatividade, morosidade, preguiça, incompetência e má-vontade beiram o inimaginável quando se trata de irritar e maltratar as pessoas que dão seu sustento.

Vou começar pelos acontecimentos de ontem. Chegou o iPod Touch prometido pela Juliana, do C.R. da Apple nos EUA. Pra quem não se lembra, fui presenteado com esse iPod como forma de desculpas pelo atraso no envio do computador novo. E pra quem não se lembra também, pra facilitar as coisas pra mim e diminuir meu transtorno, Juliana (Super-Juliana) combinou que o envio do mesmo seria pra minha casa, e não mais pra MacBahia, e que depois eu mandaria o laptop velho pra lá. A chegada do iPod me deixou aliviado, porque percebi que o dia da chegada da máquina nova estava próximo.

Hoje pela manhã, recebi satisfeito ligação dos EUA: Juliana informando que o computador já estava na MacBahia. COMO ASSIM, NA MACBAHIA? Argumentei com ela que o combinado tinha sido meu endereço domiciliar. Era não lembrava, mas se disponibilizou a repassar o valor de um possível frete pra Aracaju. Então, desde o início da tarde passei a pesquisar uma forma de envio mais rápido da peça pra cá. Meu amigo se ofereceu pra pegar o laptop na MacBahia e levar até a Gollog, que embarcando hoje à noite, estaria disponível na primeira hora de funcionamento da Gol amanhã, a um preço bem em conta.

Entretanto, meus caros colegas que acompanham esse Calvário, havia uma pedra no meio do caminho. Ela se chama MacBahia. Seus simpáticos funcionários, representado pelo automático Diego, com quem tratei do assunto hoje, impediram a saída do laptop a menos que o velho fosse entregue lá, o que quebra TODO o esquema de minimização do meu estresse, que foi projetado pela Juliana. Diego me pediu que ligasse mais tarde porque iria consultar a Apple para que fosse autorizada a entrega do computador ainda hoje. Antes de ligar novamente pra Macbahia, mandei um e-mail pedindo socorro pra Juliana . Liguei de novo pra AT, e nova dor de cabeça: O entrave foi sacramentado por um hipotético Rafael, da Apple do Brasil, que consultado pela MacBahia, corroborou a teoria de que uma máquina nova só sai após a entrega da máquina antiga, e não adiantou eu dizer pro Diego que o meu caso era à parte. Até porque com certeza esse teórico Rafael sequer leu a Bíblia que já deve estar o meu protocolo de atendimento. Depois de ter passado mais de meia hora tentando argumentar com os robôs burocráticos da Macbahia, eu desisti e desliguei o telefone, conformado com mais atraso no recebimento do Macbook.

Cinco minutos depois, Juliana me ligou perguntando o que tinha acontecido, e expliquei o ocorrido. Prontamente ela informou a MacBahia da sua decisão e autorizou a saída da máquina. Logo depois, chegou um e-mail da MacBahia confirmando a autorização. Resolvido, né?

Claro que não. Tudo se resolveu ao final do funcionamento da Assistência Técnica, que fica no mesmo local da loja, no Shopping Salvador. Então, eu havia dito a Diego que deveriam deixar o computador NA LOJA, pra que fosse entregue ao meu amigo. Claro que eles não deixaram, e certamente alegaram todo um compêndio de entraves burocráticos que justificasse isso. Depois de tudo, absolutamente tudo, certo pra que o translado do aparelho fosse feito, essa tinha que ser a chance de ouro pra que a Macbahia conseguisse êxito pela última vez em lesar seu cliente. Meu amigo saiu da loja com mãos vazias, e eu fiquei super constrangido de incomodá-lo para nada. Aliás, estresse e constrangimento têm sido sentimentos comuns à minha pessoa há quase 5 meses por causa disso.

Algo me diz que há um quê de proposital nessa onda de "má-vontade" da Macbahia. Eu disse a Diego que todo o assunto que eu tratei com ele estava devidamente registrado em tempo real aqui no MacMagazine, e que meu post era a 4ª mais importante referência do Google ao se digitar a palavra Macbahia. Ele me disse que tinha conhecimento disso. Dito isto, permite a qualquer um que não padeça de miopia intelectual deduzir que é plenamente possível que haja um certo "comportamento padrão" contra clientes exigentes, como forma de se vingarem pela pressão que os mesmos impõem com relação ao atendimento. Sou médico, e trabalho em instituições privadas e públicas e já testemunhei muitas vezes o "comportamento padrão" anti-clientes-exigentes, perpetrado por funcionários de vários setores de hospitais onde trabalho. Eu acho isso lamentável. Se isso for verdade, é um tiro no pé, porque uma vez que haja concorrência com a Macbahia no mercado da Apple em Salvador, uma legião cada vez maior de clientes correrão pra longe dessa loja, que aos poucos vai se tornando um baluarte do mau atendimento baiano, instalada num dos pontos comerciais mais privilegiados e expostos de Salvador: O Shopping Salvador. Não tenho mais o que dizer. Hoje só quero dormir e esquecer esse transtorno por algumas horas, e me preparar pra amanhã de manhã. Eles teriam que entregar o Macbook pro meu amigo até as 10hs da manhã, pra que ele consiga embarcar essa máquina pra Aracaju pela Gollog às 11:00, e eu receberia às 16hs. Vamos ver que satanície vão me aprontar amanhã.

A seguir, cenas dos próximos capítulos...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Em tempo,

Acabei de enviar e-mail para Carlos Palmieri, Gerente de Suporte e Serviços da Apple do Brasil. Acabei descobrindo que o tal Rafael que citei no post anterior deve-se tratar de Rafael Surcalo, do mesmo setor. Meu Deus, será que esse povo sabe da bagaceira toda e ainda fica passando a mão na cabeça? Vamos aguardar se vai haver retorno do Sr. Carlos Palmieri.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em tempo,

Acabei de enviar e-mail para Carlos Palmieri, Gerente de Suporte e Serviços da Apple do Brasil. Acabei descobrindo que o tal Rafael que citei no post anterior deve-se tratar de Rafael Surcalo, do mesmo setor. Meu Deus, será que esse povo sabe da bagaceira toda e ainda fica passando a mão na cabeça? Vamos aguardar se vai haver retorno do Sr. Carlos Palmieri.

Duvido que esse sr. irá responder seu email. Ele é extremamente mal educado e não está nem ai para as reclamações de clientes contra as ATs.

O assistente dele Rafael Rubalo até responde e diz que vai passar o ocorrido para o tal Carlos Palmieri. Só que ele mesmo não responde.

Na verdade o que se sente é que ele não está nem ai. Acha que o cliente reclama sem razão.

Nunca aparece, nunca esclarece as coisas, nunca dá a cara a tapa. Está lá só para vender peças para as assistências.

O Inácio Pereira é que era competente. Na época dele não tinha em 10% do que tem hoje.

Enfim... Vamos ver. É mais fácil você entrar em contato com a pessoa da matriz que resolveu o problema de 2 pessoas em outro tópico.

É lamentável ter tudo isso acontecendo. Mais uma vez volto a dizer, existe algo de podre no reino da nossa .BR.

Panelinha, máfia... Entendam como quiser. Mas que é estranho tanto protecionismo é sim.

Carlos Palmieri deveria tirar a bunda da cadeira e ir visitar TODAS as ATs e "gongar" as que tem qualquer tipo de procedimento que passe perto do inaceitável para os produtos que representam. A nossa .BR tem verba para pagar passagem para todos os estados que tem Ats. Afinal de contas duvido que Jobs, com a exigência que tem com relação a qualidade dos seus produtos, aceitaria esse cabaré que é a falta de respeito conosco.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

http://macmagazine.com.br/2010/03/12/r...olicia-federal/

Como será que a Apple vai se posicionar com relação a isso?

Afinal de contas, essa empresa representa a marca.

Alem das várias cagadas já postadas no fórum a respeito do relaxo dos cara com os equipamentos dos clientes, agora essa...

Que bonito em MacBahia... Lamentável.

Mais lamentável ainda vai ser uma empresa como essa continuar a representar os produtos Apple.

Numa boa, quem vai confiar neles ainda?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Engraçado foi ter um dos !-responsáveis pela loja, na mesma mesa que eu, ao lado de seu 'escudeiro' estufando o peito pra dizer: 'trabalhamos com mac a 132234234 anos' e eu perguntei: e ainda não aprenderam a fazer direito?

não me surpreendeu. vamos ver o que ocorre agora.

Editado por ˜ed

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

AHAHAHAHAHAHA...

"Tudo indica que ALGUÉM, querendo fazer NOME NO MERCADO, decidiu expor a MacBahia.."

Pois é.

São as famosas "forças maiores". ta parecendo Janio Quadros na época que renunciou...

Velho, finalmente as coisas estão acontecendo para quem é picareta. Chega da política do "dar o tombo".

É pra se lascar mesmo, Abará macumbeiro da porra. Chegou a justiça!

Agora pegou fogo nesse cabaré que é a MacBahia.

Puta vergonha da porra. Crescer fazendo falcatrua é fácil. Lamentável...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

CAPÍTULO FINAL

Enfim... Já estou com o laptop novo. Desculpem esse tempo todo de ausência, mas é que tudo o que estava atrasado por causa dos defeitos do outro laptop estava sendo atualizado: minhas videoaulas, minha monografia, minha apresentação à banca, e um vasto etc que inclui minhas séries favoritas (Heroes, Lost...). Demorou e todos sabem o quanto a MacBahia atrasou a saída do laptop de lá. Mas finalmente, na manhã de quinta-feira, eles foram literalmente intimados por Juliana (C.R. Apple USA) a entregar a máquina pro meu amigo. Outro Calvário foi tentar enviar o computador novo pra minha cidade (Aracaju). A GOLLOG se recusava a enviá-lo pq não tinha nota fiscal, já que é produto de troca. E os correios mais ou menos a mesma coisa, sendo que mesmo que isso fosse burlado na saída de SSA, ao chegar em AJU a Receita Federal confiscaria como produto de contrabando (e olha que engraçado justamente essa palavra hoje estar associada à MacBahia, ahahah...) Foi o jeito esperar até a madrugada de sábado, quando amigos do meu irmão vieram de carro e trouxeram meu novo filhinho, que na mesma hora já começou a ser utilizado.

Uma hora e meia no Assistente de Migração, e esse laptop novo já era a "reencarnação" do meu laptop antigo, com todos os pormenores de instalação de aplicativos, configurações de tudo o que existia na outra máquina, sem tirar nem por (AMO O MACOSX, e sei que vcs tb...)

Informei e agradeci a Juliana por tudo e aproveitei pra deixar avisado sobre o envio da máquina antiga.

Hoje, quando resolvi entrar aqui no MacMagazine pra postar essas informações, foi que li sobre o mau tempo sobre a MacBahia. Nada mais óbvio do que uma situação como essa, que mostra que na verdade o mau caratismo de uma empresa desce como cascata desde o proprietário até seus empregados mais inferiores. Ao contrário, quando um dono de empresa é honesto, se importa com seu cliente, quando o trata com gentileza e prestatividade, ele automaticamente ensina a cada um dos funcionários que vão se incorporando o quanto vale cada um de seus clientes. O empresário dá o tom da sua empresa. Uma marca de respeito é a própria personificação da austeridade e honradez de seu dono. Isso hoje está provado positivamente com a Apple e ao contrário no caso da MacBahia.

Espero que o esforço de relatar esse caso sirva de exemplo para outras pessoas que vierem a ser lesadas por Assistências Técnicas e Fabricantes sobre o que deve ser feito, o que NÃO deve ser feito e o que se pode esperar de seres humanos mal intencionados.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.



  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      48.563
    • Total de Posts
      416.215
×
×
  • Criar Novo...