Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
diogo.nunes

Conversor de vídeo para formato .dav

Posts Recomendados

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Entre para seguir isso  

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.



  • Conteúdo Similar

    • Por Coyote®
      Pessoal,
      uma coisa que não entendo: como comprimir um vídeo HD em tão pouco tamanho (MB~GB)?
      Do que andei pesquisando notei que o Target Bitrate (Mbps) influencia muito no tamanho do arquivo, mesmo eu deixando em 5~8 Mbps na hora de exportar ainda considero um arquivo grande.
      Utilizo Adobe Premiere.
      Pra vocês entenderem, vejam na imagem em anexo a comparação: um arquivo filme que baixei na internet de 1h32min 1920x1040 tem 1,55 GB e o outro que exportei no Premiere de 5 minutos 1280x720 ficou com 217 MB.
      Como fazer uma compressão que mantenha a qualidade com o menor tamanho de arquivo?
       
      Obrigado.
       

    • Por Gabriel Lana
      Boa tarde. Estou tendo problemas com meu FCPX.
      Quando aplico transições, elas ficam com cores estranhas, diferente do que era pra ser.
      Seguem uns prints.

    • Por Coyote®
      Olá!
       
      (MacBook Pro 10,1 (Retina, Mid 2012) - NVIDIA GeForce GT 650M 1 GB - Intel HD Graphics 4000 1536 MB)
       
      Quando sei qual GPU está sendo utilizada?
      Consigo escolher uma padrão e não mudar ao invés do MacBook mudar automático?
      Como funciona isso?
       
      Obrigado! 👊
    • Por MVittiS
      Olá, membros do fórum! Há alguns anos passo essa dica para meus amigos que usam iCoisas, e todos eles se surpreendem por um recurso tão útil assim não ser divulgado mais pela Apple. Então, decidi escrever um post aqui que, espero, ajude ainda mais pessoas do que as próximas a mim. ?
      Nos primórdios do iOS, quando MVittiS tinha um iPod Touch 2G, eu era fã do ConvertBot. Um aplicativo com uma interface polida e funcional, altamente elogiado pelo MM, e com várias unidades para escolher. O tempo passou, porém, e não só a Tapbots não atualizou o aplicativo quando as telas Retina chegaram, mas ele foi esquecido no limbo 32-bit deixado pelo iOS 11, tornando-o inacessível hoje. Há várias alternativas em forma de apps, mas há algum tempo descobri uma alternativa muito mais prática, e nativa ao próprio sistema: Spotlight.
      A barra de pesquisas encontrada no iOS e macOS possui algumas propriedades mágicas além da simples busca de arquivos e aplicativos, e uma delas é a de conversão de unidades. Você pode digitar praticamente qualquer unidade (até moedas) e, contanto que se respeite a mesma medida (volume para volume, massa para massa, moeda para moeda), o Spotlight fará a conversão para você. Melhor ainda; você pode digitar tanto unidades por extenso quanto em abreviações/símbolos; ambos funcionam! Vamos a alguns exemplos, então.
       
      ? Moedas ?
      Por padrão, o sistema vai converter a moeda que você digitar (seja por extenso ou o código de 3 letras ISO, usado por casas de câmbio e bancos) para a moeda do país em que você se encontra - no meu caso, o Brasil. Se quiser converter para outra moeda, digite "in/to <outra moeda>" (em inglês) ou "em/para <outra moeda>" (em português)

       
      ⏳ Tempo ⏳
      Suponha que você queira saber quantos minutos há em um dia, quantos dias levam 4 mil minutos, ou até que fração de um ano dá 1 segundo. O Spotlight te ajuda.

       
      ? Volumes e massas ?
      Eu gosto de cozinhar, e não é raro pegar uma receita do exterior que vem em unidades imperiais como "libras" (pounds), "onças" (ounces), "onças fluidas" (fluid ounces), e a temida "colher de chá" (tablespoon, não teaspoon!). De novo, o Spotlight te ajuda a acertar na medida.

       
      ? Comprimento e distância ?
      Para nós que estamos acostumados com o sistema métrico, é fácil se confundir com distâncias no sistema imperial - milhas, polegadas, pés, e jardas. Felizmente, seja você um engenheiro, fotógrafo, ou turistando pelos Estados Unidos, o Spotlight cobre todos os casos.

       
      ? Área ?
      Assim como comprimento, área também causa uma certa confusão, e não só no sistema imperial - casas nos Estados Unidos são medidas em pés quadrados, mas lotes no Brasil são em acres; vai entender. Enquanto o sistema métrico não obsoleta tudo isso, podemos pedir ajuda ao Spotlight.

       
      ? Autonomia ?
      É comum sites em inglês reportarem a autonomia de um determinado carro em MPG, ou Milhas Por Galão. O Spotlight incrivelmente cobre esse caso, também! Por padrão, ele converte MPG para L/100km (litros por 100 km rodados), uma unidade comum de autonomia na Europa. Para nós tupiniquins, é só pedir para converter para km/L e voilà!

       
      ?️ Temperaturas ?️
      O Spotlight cobre não só a manjada conversão de Celsius para Fahrenheit, mas também Kelvin,  para a alegria dos físicos, químicos, e astrônomos de plantão!

       
      ? Dados ?
      Mais surpreendente ainda, o Spotlight também converte dados entre as escalas decimais (fabricantes de HDDs/SSDs) e binárias (fabricantes de RAM)! Use "xb" para decimal, e "xib" para binário, onde 'x' é a sua unidade (k, m, g, t, e por aí vai).

       
      ?? Beleza, mas e o Português? ??
      Ah, caro leitor, o Spotlight também funciona na sua língua! Com algumas modificações, porém: alguns acrônimos precisam ser alterados, ou escritos por extenso ("tbsp", por exemplo, precisa ser escrito como "colher de chá"; "in", de polegadas, como "pol"; e por aí vai).

       
      Por último, vale ressaltar duas coisas:
      1 - A conversão usando Spotlight funciona offline, se você fez alguma antes! Até moedas funcionam, usando as taxas de conversão que o sistema baixou da última vez que estava online. ?
      2 - Funciona igualmente bem em versões mais antigas de ambos iOS e macOS - testei todos os exemplos acima no meu iPad 3, rodando iOS 9.3.5, e funcionaram igualmente.
       
      Então, aqui fecho meu tutorial sobre esse recurso muito útil, mas pouco conhecido dos sistemas da Apple. Essas são as conversões que descobri ao longo dos anos (a dos dados descobri hoje!), mas aposto que ainda há outras a serem descobertas; se vocês souberem de mais alguma, comentem abaixo! Aproveitem, e bom feriado para vocês. ?
    • Por jorgegjunior
      Ola venho enfrentando com este modelo de iMac de 21,5 polegadas com processadores i3.  Recebi um iMac deste modelo para trocar a placa de video, uma radeon. O problema era listras na imagem tanto no lcd quanto via monitor externo. efetuei a troca agora ele nao da o video interno somente o externo as placas de video  sao identicas ja efetuei o teste em um imac similar mas com o processador i5. Quando coloco a com problema de volta acontece o mesmo problema, ja testei o lcd, esta ok. Sei que tem um misterio sobre esse imac, tipo ele so da o video externo se a fonte for exatamente do mesmo modelo, ano de fabricação, uma fonte de i5 nela o faz ligar e nao da video interno somente externo. Loucura isso.
    • Por Filipe Kalicki
      Pessoal, gostaria de ideias/opiniões...
      Quero espelhar a tela do meu Macbook Air no iMac 27", a questão é conectividade, no Air é Thunderbolt (versão 2) e no iMac é Type-C.
      Eu não acho cabo com esses plugs diferentes em cada saída. Uma ideia seria usar adaptador em cada ponta e usar um HDMI entre ambos ou usar um adaptador da versão 2 para 3 (Thunderbolt) ou vice-versa. Outra ideia é usar algum app de screen, testei AirServer e similares mas a qualidade da imagem não é bom, ele usa AirPlay.
      Sugestões?
    • Por Philippe.P
      Bom dia pessoal,
      Nesse ultimo sábado tive um problema com meu Macbook Pro 15" Late 2011. Estava usando normalmente (estava até no bootcamp no momento) até que a tela começou a bugar muito: começaram a aparecer linhas finas coloridas horizontais, alterar resolução sozinho, as janelas começaram a ficar divididas, tela começou a piscar e o mais estranho é que eu estava ouvindo música e ela não parou de tocar mesmo eu não conseguindo fazer mais nada no computador (estava travando) até que eu tive que desligar. Quando religuei o Mac, o que eu estava temendo aconteceu, e, ao que tudo indica, a placa de vídeo foi embora... ?
      Quando ligo no MacOS aparece a maça começando a carregar o sistema, e em certo ponto a tela fica branca continuamente e nada acontece... Se eu tento entrar pelo Windows no Bootcamp começa a carregar normal, aparece o logo do Windows carregando, porém, quando vai entrar no sistema, aparece a temida tela azul da morte.
      Mesmo sabendo que meu Macbook tem 6 anos liguei pro suporte da Apple pra ver se eu conseguiria algum lugar pra reparar meu laptop (que eles chamam de 'vintage'), e, como eu já esperava, a atendende disse que muito provavelmente não vou achar mais peças de reparo pra ele e que talvez eu pudesse encontrar em uma loja na Califórnia (o que pra mim fica meio difícil).
      Mesmo esse Mac sendo Late 2011, ano passado eu fiz upgrade de memória (coloquei 16GB) e um SSD de 512GB o que deu uma bela renovada nele, estava funcionando muito bem. Como sou designer gráfico preciso de agilidade, muitas vezes mexo com Photoshop e Illustrator juntos com mockups pesados, imagens grandes e ele dava conta disso facilmente.
       
      Feito toda essa contextualização preciso da ajuda de vocês:
      - Pelos sintomas apresentados vocês acham que foi realmente a VGA que zuou?
      - Se eu tirar o SSD do Mac antigo e colocar num case eu consigo acessar meus arquivos normalmente mesmo tendo senha no MacOS? (lembro que quando troquei o HD fiz isso mas não lembro se tinha tirado a senha antes)
      - Será que vale a pena correr atrás de um reparo pra esse Macbook? Estou receoso quanto a isso pois vai que eu encontre a peça, realize o reparo e logo depois ele da problema em outra coisa sei lá..
      - No caso se eu fosse pegar um novo, estava pensando em pegar o MacBook Pro 15" i7 2.8Ghz / 16GB Ram / 256GB SSD - Modelo MPTR2LL (2017) é um bom Mac? Nesse modelo eu não consigo fazer upgrade do SSD, né?
       
      E por último, vocês me indicam alguma loja? Pois os preços da Apple BR e das lojas daqui são proibitivos...
       
      Desculpa o texto grande e obrigado pessoal!
    • Por Xande Carlos Alexandre
      Pessoal, bom dia.
      Preciso de ajuda!
      Tenho um Mac Mini, o mesmo possui a saída hdmi (que uso no meu monitor principal), também as portas usb 3, firewire e thunderbolt/displayport.
      O uso é pra um home estúdio e não posso abrir mão do uso de um segundo monitor.

      O meu 2º monitor conta com duas opções de conexões de entrada, VGA ou DVI. Atualmente uso com um adaptador baratinho Displayport x VGA.
      Mas preciso liberar essa saída pra minha nova placa de áudio, que será conectada nessa porta thunderbolt única do meu mac mini.

      Sou novo em uso de Mac e seus sistemas, comprei há pouco já com o sistema macOS Sierra (versão 10.12.6).
      Preciso de ajuda para solucionar o dilema:

      - escolho um adaptador usb (2.0 ou 3.0, acho que tanto faz) para VGA (ou DVI);
      - ou alguma outra ideia que vocês usuários mais experientes possam propor. (continue lendo, agora que vem o verdadeiro problema rs)

      Assim como o adaptador displayport baratinho que eu usei até hoje, agora preciso de uma outra solução (usb, ou até mesmo firewire, se houver).
      Só que tem que ser algo que me garanta a compatibilidade com o sistema OS Sierra.
      A maioria das opções de adaptador que encontro só descrevem vagamente a compatibilidade com "mac OS X" e alguns acrescentam que só suportam até o sistema Lion ou alguma das outras versões bem anteriores ao Sierra.

      Quando digo outras soluções é porque eu também já pensei em algumas, mas como novo usuário de Mac não fiquei convicto que daria certo, achei mais que faria besteira e gastaria dinheiro a toa.
      Pensei em um adaptador usb 3.0 para displayport fêmea (pra usar na sequência o adaptador Displayport x vga que já tenho aqui). Mas não encontro um desses. Nem sei se daria certo.
      Também cogitei usar a saída hdmi com um conversor pra vga ou dvi pra mandar pro meu monitor secundário e conseguir um adaptador usb para hdmi pro meu monitor principal (porque seria um adaptador mais fácil de encontrar com compatibilidade ao Sierra).
      Especulei e cogitei essas e outras opções, mas todas sem convicção rsrs.
      Obs.: o tal 2º monitor que preciso conectar é um Samsung SyncMaster B2230, o monitor principal é uma tv Philips 32PFL3018D/78 e o computador é um Mac mini (Late 2012) com Intel HD Graphics 4000.
      Dos adaptadores usb que estava inclinado a comprar:
      Adaptador UGA - Usb 2.0 Multi Display (Hdmi/dvi/vga)
      Adaptador USB 2.0 para VGA DVI - Kensington

      Preciso de ajuda. Algum usuário de Mac mais experiente pode me salvar com alguma ideia brilhante ou me certificar sobre algumas das ideias que cogitei?

      Desde já, agradeço muito a cooperação dos amigos. Aguardo alguma resposta.
      Grande abraço!
    • Por Thiago de Oliveira
      Boa tarde Pessoal! 
      Meu iphone 6 não está captando o som quando eu faço um vídeo com o app nativo da camera ou com alguns app de vídeo que baixei. Mas o engraçado é que quando faço um vídeo pelo stories do intagram, ele capta o som.
      Para ligação e música no alto-falante está funcionando normal.
      Antes estava na versão 10.3.3 e atualizei via OTA para a 11.2 pensando que poderia ser problema no sistema, mas a falta de captura de áudio continua.
       
      Oq pode ser?
      Obrigado! 
  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      47.713
    • Total de Posts
      409.187
×
×
  • Criar Novo...