Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Thiago Oliveira

[iTunes Match] Posso ser processado por pirataria?

Posts Recomendados

Acho que como 99% dos brasileiros, a maior parte da minha biblioteca de quase 6.000 músicas foram obtidas por meio de downloads (torrent, 4shared etc.) e não ripando Cds originais.

O iTunes Match propõe substituir toda a minha biblioteca por arquivos do acervo da iTunes Store. O que não encontrar correspondência, o sistema sobe meus arquivos para a nuvem.

O que eu gostei do Match é mesmo a possibilidade de fazer streaming e de baixar apenas as faixas que pretende ouvir no momento, além, é claro, de fazer um backup na nuvem.

Mas no site do recurso, a Apple afirma que "Você concorda por meio desde em usar o iTunes Match apenas para conteúdo legalmente adquirido. Qualquer uso para conteúdo ilegítimo infringe os direitos de terceiros e poderá sujeitá-lo a penalidades civis e criminais, incluindo danos patrimoniais, por violação de direitos autorais."

Será que se eu assinar o serviço, posso ser processado por pirataria?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Até onde eu sei (não sei se isso mudou de um tempo pra cá), música baixada por torrent, p2p, etc é considerada compartilhada e legal. Ilegal seria vender essa música. Usar o iTunes Match com essas músicas, ao meu ver, não é ilegal, já que você está pagando os 25 dólares para aqueles que produziram o conteúdo.

E ser processado por isso é muito difícil, seria mais fácil você ser processado por ter 6000 músicas sem ter pago (mas aí caberia uma contestação, com o argumento de que as músicas foram compartilhadas e você não as vendeu).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho que como 99% dos brasileiros, a maior parte da minha biblioteca de quase 6.000 músicas foram obtidas por meio de downloads (torrent, 4shared etc.) e não ripando Cds originais.

O iTunes Match propõe substituir toda a minha biblioteca por arquivos do acervo da iTunes Store. O que não encontrar correspondência, o sistema sobe meus arquivos para a nuvem.

O que eu gostei do Match é mesmo a possibilidade de fazer streaming e de baixar apenas as faixas que pretende ouvir no momento, além, é claro, de fazer um backup na nuvem.

Mas no site do recurso, a Apple afirma que "Você concorda por meio desde em usar o iTunes Match apenas para conteúdo legalmente adquirido. Qualquer uso para conteúdo ilegítimo infringe os direitos de terceiros e poderá sujeitá-lo a penalidades civis e criminais, incluindo danos patrimoniais, por violação de direitos autorais."

Será que se eu assinar o serviço, posso ser processado por pirataria?

Claro que sim, principalmente por estampar seu rosto, seu nome, provavelmente sua localização e fazer uma bela confissão como a acima. rsrsrsrsrs

Nem será preciso assinar o iTunes Match.

Na boa, cada um cuida de sua vida(desde que nao faca nada de errado, senão posso dar pitaco sim), então, vi no outro tópico que vc tem um 4s($$$), e mesmo se nao tivesse..... vai comprando tudo que vc quer mesmo ter, e apaga os downloads. Né, malandro?

E vamos abaixar esses 99%. Brasileiro é honesto e generalizar assim nao é bacana. Mesmo se fosse, nao justificaria. :D

Editado por giorio

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho que como 99% dos brasileiros, a maior parte da minha biblioteca de quase 6.000 músicas foram obtidas por meio de downloads (torrent, 4shared etc.) e não ripando Cds originais.

O iTunes Match propõe substituir toda a minha biblioteca por arquivos do acervo da iTunes Store. O que não encontrar correspondência, o sistema sobe meus arquivos para a nuvem.

O que eu gostei do Match é mesmo a possibilidade de fazer streaming e de baixar apenas as faixas que pretende ouvir no momento, além, é claro, de fazer um backup na nuvem.

Mas no site do recurso, a Apple afirma que "Você concorda por meio desde em usar o iTunes Match apenas para conteúdo legalmente adquirido. Qualquer uso para conteúdo ilegítimo infringe os direitos de terceiros e poderá sujeitá-lo a penalidades civis e criminais, incluindo danos patrimoniais, por violação de direitos autorais."

Será que se eu assinar o serviço, posso ser processado por pirataria?

Não. Você não será processado, pois a Apple só vai poder informar quais músicas você tem e você fez upload para os servidores dela merdiante mandato da justiça, que só pode ser solicitado se você já estiver sendo investigado pela polícia ou pelo Ministério Público. E a própria Apple nunca vai solicitar ao Ministério Público ou a polícia que começe uma investigação sobre você.

Agora, se por algum outro motivo você já estiver sendo investigado (tipo você comanda uma quadrilha de produção e revenda de discos piratas, ou faz parte de um grupo de hackers que está sendo investigado) aí a polícia ou o MP podem lançar mão destas informações como prova.

Até onde eu sei (não sei se isso mudou de um tempo pra cá), música baixada por torrent, p2p, etc é considerada compartilhada e legal. Ilegal seria vender essa música. Usar o iTunes Match com essas músicas, ao meu ver, não é ilegal, já que você está pagando os 25 dólares para aqueles que produziram o conteúdo.

E ser processado por isso é muito difícil, seria mais fácil você ser processado por ter 6000 músicas sem ter pago (mas aí caberia uma contestação, com o argumento de que as músicas foram compartilhadas e você não as vendeu).

Até onde eu sei música baixada por torrent é crime sim. Nada a ver. Somente não é crime caso detentor do direito autoral das músicas tenha permitido o compartilhamento.

Alguns artistas permitem o compartilhamento de suas músicas. Em geral são artistas independentes e que não assinaram contrato com grandes gravadoras, pois as grandes gravadoras normalmente exigem que o artista não permita o compartilhamento de suas músicas.

Enfim... música é arte e como tal o artista tem direito a proteção da propriedade intelectual de sua obra. E o mais ético é respeitar a decisão do artista. Se o artista permite o compartilhamento de suas músicas, ótimo. É legal baixar. Se o artista optou por assinar contrato com uma gravadora e não permite o compartilhamento, é justo respeitar o trabalho e comprar as músicas pelos meios que a gravadora oferece.

Se não concorda com os artistas que fazem contratos com as gravadoras e proíbem o compartilhamento de suas obras, a opção ética e legal é parar de escutar estes artistas e escutar música alternativa - tem muita coisa boa feita por artistas independentes que liberam suas músicas em seus sites pessoas e semeias torrents.

E se os artistas que você admira fecharam contratos com gravadoras então o mais ético é suportá-los adquirindo as músicas legalmente. Afinal todos aqui somos capitalistas e temos por objetivo de vida ganhar dinheiro com o nosso talento. Os artistas também. E as gravadoras são empresas, tal qual Apple, tal qual a rede de supermecados que fazemos nossas compras, tal qual a Coca Cola, tal qual a marca da cerveja que gostamos, e visam lucro com seus produtos - é obvio. E o Brasil, como país capitalista tem leis que protegem o lucro e tal... E hoje em dia está mais fácil do que nunca criar uma gravadora independente e fazer contrato com a Apple / google / amazon para vender músicas pela internet.

Agora, o iTunes Match é, em tese, para permitir que músicas compradas em outras lojas ou ripadas de CDs usando softwares diversos estejam na nuvem e com qualidade padronizada.

Entretanto, com certeza a Apple sabe que muita gente vai subir músicas baixadas de forma ilegal para seu serviço, na tentativa de "legalizar" as músicas. Talvez o objetivo da Apple fosse permitir a legalização das músicas mesmo, mas pelo jeito não é o que está escrito os termos de uso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

No Brasil realmente é crime oficializado desde 2005 (emenda da lei dos direito autorais) portar qualquer conteúdo com propriedade intelectual sem licença prévia (inclue tudo, desde softwares a filmes).

Porem na Suiça e nos Estados Unidas da America é como o NetoVIana comentou, baixar não é crime, somente a comercialização indevida.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cuidado pessoal. O que acontece em alguns países como Suíça e alguns estados dos EUA é que o compartilhamento e a venda de propriedade intelectual indevida são tipificados em formas diferentes de crime. Semelhantemente ao que acontece com entorpecentes, onde posse e uso é diferente de comercialização e tráfico.

Nos EUA, em alguns estados, ser pego com música pirata e semeando Torrent é crime punido com multa e prestação se serviços. (algo como contravenção penal) e a venda pode dar cadeia.

Ou seja, em qualquer lugar compartilhar a obra de um artista sem autorização é feio, muito feio. E imoral e antietico.

Editado por Guedes - Brasília

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A Apple não tem como determinar quem ripou o arquivo. Como eles vão provar que suas MP3 piratas foram ripadas por outros e não por você? E outra, utilizar outro programa para ripar seus supostos CDs originais não viola o DMCA, na verdade a Apple não pode impor que voce ripe seus CDs originais apenas no iTunes, até porque muito antes do iTunes ser lançado voce ja poderia ter uma colecao de CDs ripados e se desfeito dos CDs originais.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pelo que eu li na época, o pagamento dos 25 doletas para a Apple iria legalizar suas músicas, eu li, acho que aqui mesmo no MM que suas músicas seriam substituidas por arquivos de maior qualidade (256) e seriam legalizadas em lote, porque o pagamento anual para a Apple teria sido acordado entre a Apple e as gravadoras.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.



  • Conteúdo Similar

    • Por Del Rei
      Fala, galera.
      Eu tenho um iPhone 8+ e fiz um backup dele há uns 10 dias, no iTunes. Depois fui pros EUA e comprei outro iPhone. Não restaurei nada, apenas fiquei usando como um novo iPhone, e tirei muitas fotos, claro. Ao retornar pra casa, pequei o iPhone novo, conectei ao iTunes e restaurei nele o backup que eu havia feito 10 dias atrás. As fotos novas, tiradas no novo iPhone sumiram. Eu imaginei que fossem mesclar as fotos do backup com as recentes. Mas foram embora. Alguém sabe como resgatar essas fotos recentes que sumiram após a restauração?
    • Por willwalbr
      Começou nesse último sábado(18/5), ao tentar adicionar alguma álbum do Music à biblioteca do iTunes, ele abre uma nova janela(pequena) que fica carregando sem fim… Olhando pelo iPhone aconteceu a mesma coisa, mas a janela consegue carregar o conteúdo, que é uma janela sobre termos e condições, e pede que eu aceite. Depois disso tudo volta ao normal, mas como no Mac jamais carrega o conteudo, fico impossibilitado de fazer qualquer coisa que não seja escutar as músicas. Aconteceu com mais alguém? Alguma solução?
    • Por jpcampos
      Meu iPhone 7 estava  com 127,4 de 128Gb ocupados e não fiz nenhum backup das ultimas 28.000 mídias aproximadamente, e precisava  atualizar o iOS  para ultima versão, a qual necessitava de 3,15Gb de armazenamento. Ao apagar fotos para liberar espaço elas voltavam instantaneamente então fui reiniciar o aparelho e ficou travado na tela da maçã.  Forcei reinicialização até o modo de restauração aparecer,  fui no iTunes e cliquei em  atualizar, onde a Apple dizia que tentaria reinstalar o iOS sem apagar os dados deu como concluído mas ao solicitar acesso ao celular pelo PC aparecia que não podia ser estabelecido., ou seja não foi reconhecido pelo iTunes.  A senha do meu IDApple estava no dispositivo e não me recordo, e demora muito tempo para eles se quer entrarem em contato. Alguém sabe o que devo fazer?
    • Por Eder Flores
      Bom dia, estou com problema que ao apertar a tecla de atalho do play, o iTunes abre automaticamente, eu uso o Spotfy para ouvir musicas, antes ele abria normalmente e do nada começou a abrir o player iTunes, tem alguma configuração que devo ativar para não abrir o iTunes? obrigado
    • Por Juliane Carneiro
      Comprei um novo Macbook e esqueci de finalizar a sessão no antigo Macbook que deixei na loja. Além disso, não tenho acesso ao meu número de telefone cadastrado, pois estou fora do Brasil e o chip não funciona aqui. 
      Como posso recuperar minha conta e iniciar uma sessão se não consigo realizar a autenticação de dois fatores da Apple? Tentei a recuperação de conta da Apple, mas acho que não é isso que vai resolver o meu problema.
    • Por Just Thassy
      Olá, boa tarde
      Estou com um problema que não consigo resolver no iPad. O dono do table colocou uma senha de inicialização e não se lembra, depois de muitas tentativas o iPad ficou inativo e foi preciso tentar restaurar o sistema, eu fiz o processo de restauração pelo itunes, usando o modo de recuperação.
      Mas por algum motivo ele não entrou no modo recuperação, ao invés disso, ele aparece um aviso "iPad está Inativo - Conecte ao iTunes"
      MAS quando conecto com o iTunes, aparece esse aviso:
       
       
      O que eu devo fazer? Como restaurar de fabrica se não consigo nem pelo itunes e não consigo entrar no tablet? Preciso muito de uma ajuda!
    • Por Ruth Aparecida
      Hoje abri o itunes pra passar algumas músicas e ele não abriu. Cliquei 2 vezes no ícone, sem resposta. Às vezes, abre uma caixa de diálogo mandando que eu feche todos os aplicativos e verifique se tem mais algum usuário usando no momento. Fazendo isso, não abre. Já reparei, instalei/desinstalei o itunes...e nada. Uso win 7 home premium.
      Alguém pode me ajudar?? 
    • Por Ângelo Marques
      Boa noite pessoal,
      Há alguma forma de criar uma playlist inteligente que escolha as músicas mais tocadas de uma determinada data, no Apple Music? Parece impossível, já pesquisei e nada de solução.
      Eu quero criar uma playlist das músicas mais tocadas em 2018, até agora claro, mas a única hipótese que tenho é de organizar as músicas pelas reproduções totais. Tentei, por exemplo, organizar com "Última reprodução após..." e coloquei 31/12/2017, sabendo que dessa forma todas as músicas que aparecem na lista terão sido tocadas, pelo menos uma vez, em 2018, no entanto, imaginemos que eu toquei 100 vezes uma música em 2017, e 5 vezes em 2018, ela aparecerá no topo dessa lista pois terá 105 reproduções, no entanto apenas 5 delas foram dadas em 2018.
      É extremamente chato e até um pouco ridículo existirem centenas de opções para criar listas inteligentes no iTunes e não existir a mais cogitada: um top de músicas mais tocadas numa determinada ocasião/ano/data.
    • Por jrsantos
      Olá pessoal! 
      A Apple lançou a playlist dos amigos e ela até apareceu aqui em um dia, mas depois sumiu e nao voltou mais.
      Alguém aqui passou por isso? 
       

    • Por Nátaly
      Erro ao restaurar e atualizar iphone 7 plus pelo iTunes, mensagem diz “esgotou-se o tempo de rede”, mas, havia conexão.

  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      48.555
    • Total de Posts
      415.254
×
×
  • Criar Novo...