Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Juliano Cruz

Timecapsule + TL-WR941ND como repetidor

Posts Recomendados

Para que vc tenha todos os benefícios do Timecapsule (rede visitante, nat, dhcp, acesso aos discos mesmo pela web) e não tenha problema de NAT duplicado deixe o Timecapsule com NAT/DHCP e autenticação PPOE (coloque nele o usuário e senha do provedor) será ele que fará a liberação do sinal junto a operadora e neste caso o modem deverá estar configurado como Bridge ao invés de roteador

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Para que vc tenha todos os benefícios do Timecapsule (rede visitante, nat, dhcp, acesso aos discos mesmo pela web) e não tenha problema de NAT duplicado deixe o Timecapsule com NAT/DHCP e autenticação PPOE (coloque nele o usuário e senha do provedor) será ele que fará a liberação do sinal junto a operadora e neste caso o modem deverá estar configurado como Bridge ao invés de roteador

Olá Braulio, obrigado pela dica. Estarei tentando implementar isso. Olha, realmente não sabia que a autentificação PPOE podia ser feito pelo TC, pensei que tinha que ser sempre feito pelo modem (que está ligado direto na internet). Nesse caso, eu deveria desligar o DHCP do modem, certo? Aí o IP que hoje no meu caso o modem fornece pro TC deveria ser informado manualmente no TC? Pode ser o mesmo IP que o TC utiliza hoje? O Gateway, DNS deverão ser o TC também?

Sobre o problema do tamanho do arquivo, percebi que copiando o arquivo pela unidade mapeada funciona normalmente, somente quando direciona a biblioteca do iTunes e baixo arquivo maior que isso ele acusa que FAT-32 só suporta 4Gb... vai entender isso agora, de qualquer forma, utilizarei o iTunes do MacBook pra fazer esse provesso, aí não terei problema.

Quanto a questão do repetidor, tentei todas as dicas dadas pelos colegas Gustavo e Fernando, assisti o video tutorial, e após alguns dias tentando, o que posso dizer é que não teve jeito. Esta manhã trouxe aqui em casa um amigo que entende de rede (pelo menos mais do que eu), e não teve jeito. Resolvi simplificar e fazer as coisas do modo Apple like, comprei um Airport Express e finalmente consegui repetir meu sinal, a rede agora tirando o problema do NAT está perfeita, o sinal chega onde eu queria e ainda ganhei um recurso AirPlay pro meu iPad, iPhone e iTunes que eu não sabia que existia, de quebra, ressucitei umas caixas de som que tinha aposentada e montei um baita de um aparelho de som aqui em casa!!

Valeu pessoal pelo seu tempo e dedicação, pelo empenho em tentar me ajudar! Fico devendo a vocês.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Braulio, obrigado pela dica. Estarei tentando implementar isso. Olha, realmente não sabia que a autentificação PPOE podia ser feito pelo TC, pensei que tinha que ser sempre feito pelo modem (que está ligado direto na internet). Nesse caso, eu deveria desligar o DHCP do modem, certo? Aí o IP que hoje no meu caso o modem fornece pro TC deveria ser informado manualmente no TC? Pode ser o mesmo IP que o TC utiliza hoje? O Gateway, DNS deverão ser o TC também?

Sobre o problema do tamanho do arquivo, percebi que copiando o arquivo pela unidade mapeada funciona normalmente, somente quando direciona a biblioteca do iTunes e baixo arquivo maior que isso ele acusa que FAT-32 só suporta 4Gb... vai entender isso agora, de qualquer forma, utilizarei o iTunes do MacBook pra fazer esse provesso, aí não terei problema.

Quanto a questão do repetidor, tentei todas as dicas dadas pelos colegas Gustavo e Fernando, assisti o video tutorial, e após alguns dias tentando, o que posso dizer é que não teve jeito. Esta manhã trouxe aqui em casa um amigo que entende de rede (pelo menos mais do que eu), e não teve jeito. Resolvi simplificar e fazer as coisas do modo Apple like, comprei um Airport Express e finalmente consegui repetir meu sinal, a rede agora tirando o problema do NAT está perfeita, o sinal chega onde eu queria e ainda ganhei um recurso AirPlay pro meu iPad, iPhone e iTunes que eu não sabia que existia, de quebra, ressucitei umas caixas de som que tinha aposentada e montei um baita de um aparelho de som aqui em casa!!

Valeu pessoal pelo seu tempo e dedicação, pelo empenho em tentar me ajudar! Fico devendo a vocês.

Que bom, acho que fizestes uma excelente aquisição, a AirPort Express é excepcional! Tenho ela junto da AirPort Extreme e dos dois routers TP-Link que vou trocar por dois routers da mesma marca, mas dual-band, mais em razão de preço, do que de qualidade, por que se tivesse recursos agora, colocaria tudo, com AirPort.

Abração e vamos fingir que o NAT duplo não existe. heheheheheh

Abs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Juliano,

eu tive a mesma pendenga que você quando instalei a banda larga da GVT em 2010. Na ocasião, pus o modem em modo bridge e deixei o TC fazer todo o trabalho, ou seja, PPoE, DHCP, NAT, rede visitante e tal. Problema zero.

Todavia, resolvi instalar a GVT TV também e aí as coisas complicaram. O modem antigo foi substituído pelo modelo que trabalha com a TV e não permite desabilitar o DHCP/NAT, criando o problema do NAT duplicado. Ignorei o alerta de erro e vivi feliz para sempre, inclusive fazendo conexões remotas aos meus Macs, via Back to my Mac em Macs ou Screens Connect em dispositivos com iOS.

Resumindo: esqueça o NAT duplicado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Juliano,

eu tive a mesma pendenga que você quando instalei a banda larga da GVT em 2010. Na ocasião, pus o modem em modo bridge e deixei o TC fazer todo o trabalho, ou seja, PPoE, DHCP, NAT, rede visitante e tal. Problema zero.

Todavia, resolvi instalar a GVT TV também e aí as coisas complicaram. O modem antigo foi substituído pelo modelo que trabalha com a TV e não permite desabilitar o DHCP/NAT, criando o problema do NAT duplicado. Ignorei o alerta de erro e vivi feliz para sempre, inclusive fazendo conexões remotas aos meus Macs, via Back to my Mac em Macs ou Screens Connect em dispositivos com iOS.

Resumindo: esqueça o NAT duplicado.

Só um aviso. Não ignore o NAT duplicado. Quem usa máquina virtual pode ter problemas. Ele não vai impedir a tua navegação, mas dizer para ignorar o NAT da rede duplicado não é correto. Ele não acarreta problemas à navegação, mas pode acarretar problemas, em especial para usuários de modo de discagem em VPN. O Windows XP Mode, por exemplo, para quem faz uso desse modo de máquina virtual, vai ter problemas. Logo, no aspecto MAC OS X não deve haver problemas, mas para quem transita e depende de outros modelos de OS, melhor ter cautela.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A mensagem de NAT da rede duplicado quer dizer que no segmento de rede existe dois roteadores provendo o mesmo intervalo da rede (pelo DHCP). Recomendo deixar um roteador com um segmento de rede, por exemplo 10.1.1.0 = endereço principal da rede 1, e o outro roteador com 192.168.1.0 = endereço principal da rede 2. O DHCP deixe no intervalo 10.1.1.10 até 10.1.1.254, e o da rede 2 faça o mesmo com 192.168.1.10 até 192.168.1.254.

Deixe o intervalo de endereço ip x.x.x.1 até x.x.x.9 para você configurar roteadores ou servidores que precisam de ip fixo. Logo, o roteador da rede 2, na porta wan você configura com o endereço 10.1.1.2 por exemplo e o endereço do roteador da rede 1 é 10.1.1.1. E assim sucessivamente para a rede 2. Mas lembre-se, desta forma você está criando 2 domínios de colisão, isto é, você separa o broadcast da rede e limita o tempo de máquina parada para ficar escutando a rede, isto se você tiver uma rede com muitas estações. Desta forma, com domínios separados, a máquina da rede 1 não enxerga máquina da rede 2, exceto se você fizer roteamento.

Outra solução é você deixar o roteador 1 e roteador 2 no mesmo segmento de rede IP, mas distribuindo IP da seguinte forma:

Roteador 1: IP 192.168.1.1 DHCP de 192.168.1.10 até 192.168.1.110

Roteador 2: IP 192.168.1.2 DHCP de 192.168.1.111 até 192.168.1.211

Isto deve resolver o problema de NAT da rede duplicado mas pode trazer problema quando uma máquina (estação) se conectar a sua rede pois existem dois servidores DHCP provendo faixa de IP no mesmo segmento de rede. A solução definitiva para isto seria selecionar o roteador 2 para trabalhar em modo DHCP forwarder, isto é, você deixa o endereço de rede disponível para o DHCP no roteador 1, contemplando a faixa de IP 192.168.1.10 até 192.168.1.211 e o roteador 2 trabalhará em modo DHCP forwarder, porém ao contrário dele estabelecer um endereço IP para a estação que estiver entrando na rede, ele encaminhará um endereço IP estabelecido pelo roteador 1.

A mensagem de NAT da rede duplicado quer dizer que no segmento de rede existe dois roteadores provendo o mesmo intervalo da rede (pelo DHCP). Recomendo deixar um roteador com um segmento de rede, por exemplo 10.1.1.0 = endereço principal da rede 1, e o outro roteador com 192.168.1.0 = endereço principal da rede 2. O DHCP deixe no intervalo 10.1.1.10 até 10.1.1.254, e o da rede 2 faça o mesmo com 192.168.1.10 até 192.168.1.254.

Deixe o intervalo de endereço ip x.x.x.1 até x.x.x.9 para você configurar roteadores ou servidores que precisam de ip fixo. Logo, o roteador da rede 2, na porta wan você configura com o endereço 10.1.1.2 por exemplo e o endereço do roteador da rede 1 é 10.1.1.1. E assim sucessivamente para a rede 2. Mas lembre-se, desta forma você está criando 2 domínios de colisão, isto é, você separa o broadcast da rede e limita o tempo de máquina parada para ficar escutando a rede, isto se você tiver uma rede com muitas estações. Desta forma, com domínios separados, a máquina da rede 1 não enxerga máquina da rede 2, exceto se você fizer roteamento.

Outra solução é você deixar o roteador 1 e roteador 2 no mesmo segmento de rede IP, mas distribuindo IP da seguinte forma:

Roteador 1: IP 192.168.1.1 DHCP de 192.168.1.10 até 192.168.1.110

Roteador 2: IP 192.168.1.2 DHCP de 192.168.1.111 até 192.168.1.211

Isto deve resolver o problema de NAT da rede duplicado mas pode trazer problema quando uma máquina se conectar a sua rede pois existem dois servidores DHCP provendo faixa de IP no mesmo segmento de rede. A solução definitiva para isto seria selecionar o roteador 2 para trabalhar em modo DHCP forwarder, isto é, você deixa o endereço de rede disponível para o DHCP no roteador 1, contemplando a faixa de IP 192.168.1.10 até 192.168.1.211 e o roteador 2 trabalhará em modo DHCP porém ao contrário dele estabelecer um endereço IP para a estação que estiver entrando na rede, ele encaminhará um endereço IP estabelecido pelo roteador 1.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A mensagem de NAT da rede duplicado quer dizer que no segmento de rede existe dois roteadores provendo o mesmo intervalo da rede (pelo DHCP). Recomendo deixar um roteador com um segmento de rede, por exemplo 10.1.1.0 = endereço principal da rede 1, e o outro roteador com 192.168.1.0 = endereço principal da rede 2. O DHCP deixe no intervalo 10.1.1.10 até 10.1.1.254, e o da rede 2 faça o mesmo com 192.168.1.10 até 192.168.1.254.

Deixe o intervalo de endereço ip x.x.x.1 até x.x.x.9 para você configurar roteadores ou servidores que precisam de ip fixo. Logo, o roteador da rede 2, na porta wan você configura com o endereço 10.1.1.2 por exemplo e o endereço do roteador da rede 1 é 10.1.1.1. E assim sucessivamente para a rede 2. Mas lembre-se, desta forma você está criando 2 domínios de colisão, isto é, você separa o broadcast da rede e limita o tempo de máquina parada para ficar escutando a rede, isto se você tiver uma rede com muitas estações. Desta forma, com domínios separados, a máquina da rede 1 não enxerga máquina da rede 2, exceto se você fizer roteamento.

Outra solução é você deixar o roteador 1 e roteador 2 no mesmo segmento de rede IP, mas distribuindo IP da seguinte forma:

Roteador 1: IP 192.168.1.1 DHCP de 192.168.1.10 até 192.168.1.110

Roteador 2: IP 192.168.1.2 DHCP de 192.168.1.111 até 192.168.1.211

Isto deve resolver o problema de NAT da rede duplicado mas pode trazer problema quando uma máquina (estação) se conectar a sua rede pois existem dois servidores DHCP provendo faixa de IP no mesmo segmento de rede. A solução definitiva para isto seria selecionar o roteador 2 para trabalhar em modo DHCP forwarder, isto é, você deixa o endereço de rede disponível para o DHCP no roteador 1, contemplando a faixa de IP 192.168.1.10 até 192.168.1.211 e o roteador 2 trabalhará em modo DHCP forwarder, porém ao contrário dele estabelecer um endereço IP para a estação que estiver entrando na rede, ele encaminhará um endereço IP estabelecido pelo roteador 1.

A mensagem de NAT da rede duplicado quer dizer que no segmento de rede existe dois roteadores provendo o mesmo intervalo da rede (pelo DHCP). Recomendo deixar um roteador com um segmento de rede, por exemplo 10.1.1.0 = endereço principal da rede 1, e o outro roteador com 192.168.1.0 = endereço principal da rede 2. O DHCP deixe no intervalo 10.1.1.10 até 10.1.1.254, e o da rede 2 faça o mesmo com 192.168.1.10 até 192.168.1.254.

Deixe o intervalo de endereço ip x.x.x.1 até x.x.x.9 para você configurar roteadores ou servidores que precisam de ip fixo. Logo, o roteador da rede 2, na porta wan você configura com o endereço 10.1.1.2 por exemplo e o endereço do roteador da rede 1 é 10.1.1.1. E assim sucessivamente para a rede 2. Mas lembre-se, desta forma você está criando 2 domínios de colisão, isto é, você separa o broadcast da rede e limita o tempo de máquina parada para ficar escutando a rede, isto se você tiver uma rede com muitas estações. Desta forma, com domínios separados, a máquina da rede 1 não enxerga máquina da rede 2, exceto se você fizer roteamento.

Outra solução é você deixar o roteador 1 e roteador 2 no mesmo segmento de rede IP, mas distribuindo IP da seguinte forma:

Roteador 1: IP 192.168.1.1 DHCP de 192.168.1.10 até 192.168.1.110

Roteador 2: IP 192.168.1.2 DHCP de 192.168.1.111 até 192.168.1.211

Isto deve resolver o problema de NAT da rede duplicado mas pode trazer problema quando uma máquina se conectar a sua rede pois existem dois servidores DHCP provendo faixa de IP no mesmo segmento de rede. A solução definitiva para isto seria selecionar o roteador 2 para trabalhar em modo DHCP forwarder, isto é, você deixa o endereço de rede disponível para o DHCP no roteador 1, contemplando a faixa de IP 192.168.1.10 até 192.168.1.211 e o roteador 2 trabalhará em modo DHCP porém ao contrário dele estabelecer um endereço IP para a estação que estiver entrando na rede, ele encaminhará um endereço IP estabelecido pelo roteador 1.

Ótima explicação. Espero que os demais usuários a usufruam! Parabéns!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gostei da sua explicação Ricardo, tentarei fazer dessa forma. Tentei rapidamente fazer uma configuração seguindo essa lógica que você passou, não deu certo o problema do NAT duplicado, ei abaixo o que eu fiz e o que eu posso ter colocando de errado:

Configurações do Modem (roteador 1)

Endereço IP: 10.1.1.1

Máscara: 255.0.0.0

Faixa de IPs DHCP: 10.1.1.10 até 10.1.1.254 (antigamente ia do 10.1.1.2, mas mudei para poder colocar IP fixo no TC)

Configurações do TC (roteador 2)

Aba TCP/IP

Configure IPV4: Manual

IP Address: 10.1.1.2

Subnet Mask: 255.0.0.0

Router Address: 10.1.1.1

DNS Server: 10.1.1.1

Aba DHCP

DHCP Begining: 192.168.1.2

DHCP Ending: 192.168.1.200

O endereço IP do TC está como 192.168.1.1

O que estou fazendo de errado, uma vez que mudei a faixa de IP no DHCP do router1, na minha percepção não deveria mais dar conflito de NAT, certo?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gostei da sua explicação Ricardo, tentarei fazer dessa forma. Tentei rapidamente fazer uma configuração seguindo essa lógica que você passou, não deu certo o problema do NAT duplicado, ei abaixo o que eu fiz e o que eu posso ter colocando de errado:

Configurações do Modem (roteador 1)

Endereço IP: 10.1.1.1

Máscara: 255.0.0.0

Faixa de IPs DHCP: 10.1.1.10 até 10.1.1.254 (antigamente ia do 10.1.1.2, mas mudei para poder colocar IP fixo no TC)

Configurações do TC (roteador 2)

Aba TCP/IP

Configure IPV4: Manual

IP Address: 10.1.1.2

Subnet Mask: 255.0.0.0

Router Address: 10.1.1.1

DNS Server: 10.1.1.1

Aba DHCP

DHCP Begining: 192.168.1.2

DHCP Ending: 192.168.1.200

O endereço IP do TC está como 192.168.1.1

O que estou fazendo de errado, uma vez que mudei a faixa de IP no DHCP do router1, na minha percepção não deveria mais dar conflito de NAT, certo?

Tenta com o IP Adress em 192.168.0.1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Pessoal peço ajuda a vcs pois estou tendo problemas com minha rede e com meu AE que acabei de adquirir.

Acabei de comprar meu Extreme e percebi que com ele a qualidade de sinal melhorou, o alcance não se modififcou, pode ter até diminuído ligeiramente pois antes utilizava um TP-Link com 3 antenas, fico devendo o modelo.

O problema ocorre que no segundo andar da casa, as paredes aqui são bem espessas, quase um bunker rsrsrsrss, e não sei se conseguirei utilizar equipamentos como AppleTv neste andar. Pelo que entendo posso ampliar o sinal com os adaptadores de tomada da WD, ou comprando um Express. No caso da segunda opção qual a melhor forma de manter a performance, utilizando cabo da porta LAN do Extreme e ligando ele na porta WAN do Express no modo Ponte? Posso fazer o mesmo com o TPLink? Ou utilizando o Express sem o cabeamento, somente como repetidor?

Percebi tambem que meu AE está no modo Ponte, mesmo eu tendo ligado o cabo desde o início na porta WAN, minha internet é via rádio na frequência de 5.8, engraçado é que não tenho nenhum modem em casa, somente o roteador.



Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Pessoal peço ajuda a vcs pois estou tendo problemas com minha rede e com meu AE que acabei de adquirir.

Acabei de comprar meu Extreme e percebi que com ele a qualidade de sinal melhorou, o alcance não se modififcou, pode ter até diminuído ligeiramente pois antes utilizava um TP-Link com 3 antenas, fico devendo o modelo.

O problema ocorre que no segundo andar da casa, as paredes aqui são bem espessas, quase um bunker rsrsrsrss, e não sei se conseguirei utilizar equipamentos como AppleTv neste andar. Pelo que entendo posso ampliar o sinal com os adaptadores de tomada da WD, ou comprando um Express. No caso da segunda opção qual a melhor forma de manter a performance, utilizando cabo da porta LAN do Extreme e ligando ele na porta WAN do Express no modo Ponte? Posso fazer o mesmo com o TPLink? Ou utilizando o Express sem o cabeamento, somente como repetidor?

Percebi tambem que meu AE está no modo Ponte, mesmo eu tendo ligado o cabo desde o início na porta WAN, minha internet é via rádio na frequência de 5.8, engraçado é que não tenho nenhum modem em casa, somente o roteador.



O AirPort Express e o AirPort Extreme funcionam, ambos, como repetidores, com a alimentação de sinal pela porta WAN, mas não funcionam, em tese, em modo WDS. O teu TP-Link, se for o mesmo modelo de três antes que dá nome ao tópico, o TL-WR941ND, pode ser configurado na modalidade WDS. Aqui segue um tutorial para que o TP-Link seja configurado como repetidor em WDS:

Infelizmente, pelas informações que tenho, ambos modelos de AirPort (até porque eu tenho os dois modelos), repetem o Sinal apenas pela porta WAN e quando ativar o repetidor, há de se desligar o DHCP e ativar o modo ponte ou bridge, dependendo do idioma que você usa no seu OS.

Sobre o seu AE estar em modo ponte, podes tentar ativar o DHCP dele, mas tens que ver qual o DHCP da rede da tua casa. Se já tiver uma fonte de DHCP, ele roteia o sinal em modo bridge.

Eu não compraria um AirPort Express para ampliar o sinal. No teu caso, recomendo esse modelo de http://www.bondfaro.com.br/roteador--tp-link-tl-wr2543nd.html que é Dual-Band e funciona em modo WDS, como Router Primário e Repetidor, além de ter porta USB.

Abração.

Editado por Gustavo Jaccottet

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado Gustavo.

Pelo que entendi eu ligarei o meu AE por cabo neste router dual band, pela porta WAN no modo ponte, até aí tudo bem. A dúvida agora é:

1- Poderei fazer backup num HD ligado ao Extreme, que fica no térreo (ligando o AE e o do segundo andar por cabo), utilizando a Wi-Fi de 5Ghz no segundo andar, onde ficará este novo router?!

2- O Express não é dual band tambem?! Poderei fazer o mesmo com este?

Veja que terei dois roteadores na casa, um no térreo (AE) e um no segundo andar, ambos utilizando as duas frequências por Wi-Fi. Desculpe a confusão, tentei ser claro mais sou leigo no assunto. Rsrsrs

Desde já agradeço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado Gustavo.

Pelo que entendi eu ligarei o meu AE por cabo neste router dual band, pela porta WAN no modo ponte, até aí tudo bem. A dúvida agora é:

1- Poderei fazer backup num HD ligado ao Extreme, que fica no térreo (ligando o AE e o do segundo andar por cabo), utilizando a Wi-Fi de 5Ghz no segundo andar, onde ficará este novo router?!

2- O Express não é dual band tambem?! Poderei fazer o mesmo com este?

Veja que terei dois roteadores na casa, um no térreo (AE) e um no segundo andar, ambos utilizando as duas frequências por Wi-Fi. Desculpe a confusão, tentei ser claro mais sou leigo no assunto. Rsrsrs

Desde já agradeço

Tanto o Extreme como o Express são dual-band. O Express não suporta HDD, só impressora, mas como o HDD vai ficar no Extreme, vais usá-lo como uma Time Capsule, fazendo o Backup pela Rede, normalmente, sem problema algum, o computador vai reconhecer o HDD ligado à rede e basta ir nas configurações de Time Machine e selecionar como TC o HDD ligado ao AE. Isso é extremamente simples. Só não te esqueças que tudo tem de feito por cabo, ambos os Routers da Apple não funcionam como WDS, ou seja, ambos tem que ser alimentados pela porta WAN e distribuem o sinal por cabo (no caso do AE por três portas e no caso do Express por uma porta) e por Wi-FI em duas frequências de sinal.

Quanto às frequências, o Express e o Extreme funcionam, simultaneamente, em 2,4 e 5GHz, a não ser que tu selecione, manualmente, pelas configurações de AirPort, algo em sentido contrário, mas em regra ele funciona normalmente. Eu em casa tenho hoje 5 Routers. Ontem instalei mais um TP-LINK. O Segredo para não ter problema em frequências iguais ou diferentes é ter o DHCP desativado, porque pelo que entendi o teu sinal de internet já chega à tua casa com um DHCP estabelecido pela empresa que presta o serviço de internet, por isso que o teu AE pede para que o modo ponte seja ativado.

É tudo extremante simples, rápido e intuitivo, eu fiz a configuração de todos os meus via iPad, nem sequer liguei o MacBook.

Abração!

Gustavo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Desde já agradeço Gustavo.

Fiz estas perguntas pois pelo que pude ver o alcance da 5 Ghz é bem curto, se limitando ao cômodo em que se encontra o Airport. Logo gostaria de saber se com um roteador dual band ligado ao meu Extreme por cabo no segundo andar me permitiria fazer backup pela rede Wi-Fi de 5 Ghz, no disco da porta do Extreme no andar de baixo. Pelo que entendi não existe problema. Estou certo?!

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Desde já agradeço Gustavo.

Fiz estas perguntas pois pelo que pude ver o alcance da 5 Ghz é bem curto, se limitando ao cômodo em que se encontra o Airport. Logo gostaria de saber se com um roteador dual band ligado ao meu Extreme por cabo no segundo andar me permitiria fazer backup pela rede Wi-Fi de 5 Ghz, no disco da porta do Extreme no andar de baixo. Pelo que entendi não existe problema. Estou certo?!

Abraço

Sim, não há problema algum. desde que a ligação entre ambos seja por cabo funcionará perfeitamente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gustavo Jaccottet

gostaria de saber como faço pra encontrar a rede wireless aqui em casa. Eu consigo pegar rede em todos os lugares com o Macbook pro,

mas aqui em casa a wireless só funciona no outro pc de marca positivo.

Ela nem aparece para conectar como rede disponível quando ativo wi-fi nesse pc.

Os caras da net vieram instalar o roteador de marca THOMSON.

Já tentei ir nesse utilitário AirPort ai que vc explicou, mas não aparece nada para clicar, ele só fica uma mensagem no final da aba dizendo que o utilitário airport não

encontrou estações base airport configuradas e continuará procurando.

Não entendo muito de configurações, se puder falar de forma leiga agradeço.

Obrigada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gustavo Jaccottet

gostaria de saber como faço pra encontrar a rede wireless aqui em casa. Eu consigo pegar rede em todos os lugares com o Macbook pro,

mas aqui em casa a wireless só funciona no outro pc de marca positivo.

Ela nem aparece para conectar como rede disponível quando ativo wi-fi nesse pc.

Os caras da net vieram instalar o roteador de marca THOMSON.

Já tentei ir nesse utilitário AirPort ai que vc explicou, mas não aparece nada para clicar, ele só fica uma mensagem no final da aba dizendo que o utilitário airport não

encontrou estações base airport configuradas e continuará procurando.

Não entendo muito de configurações, se puder falar de forma leiga agradeço.

Obrigada.

Eu só consigo localizar a minha rede da NET via os Roteadores que tenho. AExpress e TP-Link. O Roteador da NET é muito ruim.

-------

Colegas do fórum, não sei como dar uma explicação para que a Paola resolva o problema sem o uso de um outro roteador, alguém aqui sabe como ajudá-la?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.



  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      48.883
    • Total de Posts
      417.354
×
×
  • Criar Novo...