Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
tiico1996

Chega de palhaçada né Apple Store

Posts Recomendados

eu não citei que esse lucro ia para a AppleUS

Pois é... Nem eu.

a culpa desses preços aumentarem(em comparação com os preços dos modelos 2011) não é do governo, e sim da applebr.

Acho que a culpa é de quem compra e incentiva esse capitalismo desenfreado.

A AppleBR quer ganhar dinheiro, muito dinheiro.

Agora, cabe ao consumidor decidir se ela vai ganhar ou não.... E não duvido que ganhe.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O custo de TUDO no Brasil é cômico,pra não dizer deprimente.

Não é só da Apple,é de absolutamente TUDO.

Num país com uma renda média medíocre como o nosso as coisas custarem o que custam é simplesmente inaceitável..eu pelo menos só compro aqui o que é estritamente necessário.

Nessa parte de eletrônicos e etc,ou peço pra algum conhecido que esteja de viagem para/do Brasil,ou então fico sem.

Simples assim.Não me sujeito a pagar os preços que são praticados aqui.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os preços estão muito caros realmente, mas se a gente parar para analisar como seriam os preços comprando nos EUA?

# Macbook Pro Retina 15.4 2.6 Ghz, 16 GB RAM e 256 SSD

- $2.834 (incluíndo 6,5% do imposto da Florida e mais 6,5% do IOF do cartão de crédito).

- Com um dólar a R$ 2,05, sairia por R$ 5.810, porém não foi pago nenhum tipo de imposto.

- Pagando o imposto de importação na Receita Federal no ato da entrada, você soma mais R$ 2.554 ($2661.43 (valor da NF da Apple) - $500 (desconto da cota), ficando um total de $1.080.71 de imposto)

- O preço com imposto fica então R$ 8.025.

- Vamos supor que você não quer declarar e a Receita Federal te pare, resumindo, você pagaria R$ 4.430 de imposto e multa, elevando o preço do macbook para R$ 10.240

- Todos esses valores você pagou à vista.

- Aqui no Brasil você compra essa mesma máquina à vista (com o desconto educacional) por R$ 9.521 ou R$ 10.579 em 12x.

- E agora, o que realmente vale a pena:

1. Viajar/Comprar e arriscar para não pagar imposto: R$ 5.810.

2. Viajar/Comprar e pagar o imposto de importação: R$ 8.025.

3. Viajar/Comprar, não declarar e pagar multa e imposto: R$ 10.240.

4. Comprar no Brasil a vista com os 10% educacional e 10% à vista por R$ 9.521.

5. Comprar no Brasil em 12x por R$10.579.

OBS.: Não coloquei nessa conta os custos com uma viagem: Hotel, Aluguel Carro, Avião (que pode ser milhagem) e alimentação.

- O que está nos quebrando é esse dólar alto e o que sempre nos quebrou foram os impostos! Não sei realmente quanto o Apple Brasil está lucrando nisso tudo...

Vamos analisar com calma.

De cara esses preços já comparam o Full Price de lá com o preço educacional aqui.

Lá o preço para estudante é $2.599,00 e como sabe a diferença vai aumentando, pois o imposto vai ficando proporcionalmente mais barato.

Considerando que ficasse o mesmo valor, eu AINDA ASSIM compraria fora, só para não validar essa prática da APPLE BR.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Deblyn, se você acha que sempre da na mesma, então por que teima em ficar acompanhando o tópico e ficar falando isso várias vezes? na boa cara, se acha que não vai dar em nada, ótimo, agora vir comentar a mesma coisa três vezes no mesmo tópico ta de sacanagem né?

Fora que a maioria ta pouco se lixando que você fala que isso não vai dar em nada, se as pessoas não comprarem isso vai dar em alguma coisa SIM!

Se eu "to de sacanagem" todo mundo que reclama das mesmas coisas a cada lançamento também está né?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vamos lá, o iPad 3rd na TIM conseguimos comprar sem atrelar a fidelidade ou plano a 1500,00 (e uns quebradinhos, não lembro).

Então não é TODO lançamento.

Mas convenhamos que sim, que os MBPs quando passaram de 3.600 para 4.000 sem alteração lá foram assustou um pouco.

Os MBAs então que estavam acessíveis ficaram bem caros, muita diferença.

Acho que a Apple sempre matou a cobra e mostrou o pau quanto aos iPhones, mas temos as operadoras, aí fomos levando.

Quando chegou o MBP Retina, sentimos que a Apple estava de MUITA SACANAGEM com agente.

Enquanto isso iMacs vendidos a 4.500,00, talvez não, talvez não estavam com tanta sacanagem assim.

Aí entrou uma diferença até no iPod Classic (Na boa, alterar o preço do iPod Classic?????) dpz da última keynote. Brincadeira?

Agora veio o MBP Retina a 7.000,00 (SETE MIL REAIS) enquanto lá foram é 1699 obamas e os iMacs com um aumento considerável de mais de 2 MIL REAIS.

RIDÍCULO!!! Se eram produtos da elite, vão voltar a ser. E tenho medo do futuro, pq ta tudo aumentando, não sei oq pensar.

Se no futuro dissermos, houve um tempo que compravamos iProducts no Brasil e hoje não podemos mais, não irá me surpreender.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se eu "to de sacanagem" todo mundo que reclama das mesmas coisas a cada lançamento também está né?

Nossa velho, é tão difícil assim entender que reclamamos do aumento que teve, e não do preço em si? onde que tu viu alguém aqui reclamar de iMac de entrada por R$3600 - R$4000 a cada lançamento?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aí entrou uma diferença até no iPod Classic (Na boa, alterar o preço do iPod Classic?????) dpz da última keynote. Brincadeira?

Sobre esse aumento no iPod Classic, na verdade não houve aumento só na última keynote.

O iPod Classic vem sendo reajustado mais seguidamente.

Que eu lembre, de cabeça:

Em 2010 foi pra 899.

Em 2011 foi pra 915

E agora foi pra 1099.

O que mudou nele, desde 2010 pra cá, nada.

O HDD continua sendo HDD, poderiam colocar SSD e aí reajustar, justificaria o reajuste.

Aliás, depois dos antigos rumores sobre "matar" o iPod Classic, nada mais nele foi alterado.. Além do preço.

Editado por iFernanda

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mas convenhamos que sim, que os MBPs quando passaram de 3.600 para 4.000 sem alteração lá foram assustou um pouco.

Teve alteração sim! Quando a Apple lançou o Retina de 15pol. ela cortou em US$ 100,00 os preços dos MBP e MBA nos EUA, mas aqui ela aumentou o preço destas duas linhas.

Eu ia comprar um MBP 13pol. depois daquela keynote mas como a Apple fez isso aqui no Brasil, eu não comprei.

Se eu aceitasse pagar estaria ratificando um atestado de otário!

Editado por Odigooogle

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Este ano a Apple aumentou o preço de quase tudo.

Até o Airport Express, que custava R$369, agora sai por R$479. Lembrando que nos EUA continua custando $99.

O iPod Shuffle custava R$229, agora custa R$259. Nos EUA continua $50.

As Smart Covers e Smart Cases, sofreram reajuste também. As de couro saem agora por R$299, antes R$249.

Eu poderia citar aqui praticamente todos os produtos, mas todos já percebemos que a coisa está ficando feia.

Realmente a qualidade dos produtos é ótima porém não existem impostos que justifiquem esses aumentos, infelizmente

acho que a Apple não se preocupa muito com isso, mesmo porque se a pessoa realmente quiser comprar ela vai comprar, não é tão fácil assim comprar nos EUA, os custos de viagem existem o a alfândega também.

Só nos resta torcer para que a apple acorde e mude essa atitude lamentável.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara... A Apple Brasil não é a Apple Americana. Tanto que aqui nem temos lojas da Apple, temos apenas lojas revendedoras.

Esse lucro exorbitante não vai pra AppleUS, mas sim pra AppleBR que não é a AppleUS.

Por isso acho que a única maneira é mandando zilhões de emails pro Tim, pro Phil Schiller, pra quem quer que seja.

Boicotar não adianta, 3 pessoas que fizerem um boicote não vão nem fazer cócegas na Apple. 3 pessoas que não comprem vão só mudar o número de brasileiros que não vão de qualquer jeito comprar um iMac de 179.899.997 pra 179.900.000.

Se a nave mãe ficar irritada, ou perceber que estamos satisfeito, vai dar um jeito de baixar a bola da Apple BR, mesmo sendo duas empresas 'diferentes'

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tudo bem que os impostos no Brasil são abusivos, mas a Apple poderia ter um pouquinho mais de consideração com os consumidores, e de quebra aumentaria exponencialmente as suas vendas em nosso País, eu mesmo estava propenso a adquirir meu primeiro MacBook, mas com esses preços e com o lançamento do Windows 8, já começo a reconsiderar.

Tudo bem que os impostos no Brasil são abusivos, mas a Apple poderia ter um pouquinho mais de consideração com os consumidores, e de quebra aumentaria exponencialmente as suas vendas em nosso País, eu mesmo estava propenso a adquirir meu primeiro MacBook, mas com esses preços e com o lançamento do Windows 8, já começo a reconsiderar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ainda mais o governo em pressão total por causa da desindustrialização devido aos produtos importados da China e da crise europeia, cada vez mais incentiva a produção local, o que justifica o menor preço do iPad e iPhone (que são produzidos agora no Brasil). Agora, MacBook Pro Tela Retina e iMac, ainda são fabricados fora do Brasil, e sabe se lá quando serão fabricados por aqui.

Menor preço ? Onde isso ??

Aqui iPhone custa em torno de R$2.000,00 .. e o iPad então ? Nem se fala ... Mesmo produzindo aqui, os preços continuam elevados!!!

Pois bem, também achei um absurdo a atitude da Apple Brasil..

Se o preço nos EUA mudou pouca coisa, então porque aqui aumentou absurdamente?? Lembrando que os impostos continuam o mesmo!!

Com certeza isso aí é sujeira da Apple, querendo se aproveitar de nós brasileiros.. Sacanagem, hem Dona Apple!

E o pior disso tudo é que tem brasileiro que compra!! hahaha Lamentável..

Comprei meu iMac há dois anos, e recentemente fui para os EUA e comprei o MacBook Pro ... Paguei barato pela máquina e ainda por cima aproveitei a viagem!!! Arrependimento zero!!!!!

Enfim, deixo aqui meu apoio a esta campanha!

Editado por marcelpsaraiva

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Todo mundo já está cansado de saber dos problema de impostos do Brasil, porém, não dá pra achar normal a BAGUNÇA que a Apple anda fazendo do ano passado pra cá. Macbook Air e iPhone 4S (esse lançado a 2300 reais) não me deixam mentir. Esses preços novos dessa semana só podem e só devem ser encarados como ofensivos e concordo plenamente com o que foi dito no início do tópico. Eu tava mais do que convencido a comprar um iMac 2012 assim que chegasse aqui, até esperava um aumento mas tava disposto a comprar ainda assim, julgando "entendível" um aumento de 300-500 reais. Quando minha previsão foi ATROPELADA por um aumento de mais de DOIS MIL reais minha reação de desgosto e desprezo, creio eu, n deve ser tão complicadinha de ser entendida por qualquer pessoa de bom senso. Boicote sim.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E um erro tanto do governo quanto ganância da Apple.

Se você pega o valor do produto lá dos EUA, há que se adicionar IPI (60%) e ICMS (18% + 6%).

Ainda há erro de bi-tributação, ou seja, o ICMS incidirá sobre o valor total do bem + IPI + custos de frete.

Então, vamos fazer a seguinte conta. Para cada dólar, vamos utilizar a taxa de R$ 2,00.

Assim: 2,00 * 1,60 * 1,24 = 3,968.

Logo, para um computador que custa nos EUA $ 2.200, aqui no Brasil, sem considerar custos logísticos, o mesmo deveria sair por R$ 8.729,60. Considerando custos logísticos (de transporte) + custos aduaneiros + fator novidade (tela retina), chega-se aos R$ 1.300 que estavam faltando para so R$ 10.000.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu estou pesquisando um pouco sobre o sistema tributário brasileiro pra entender melhor como ocorre esse "milagre da multiplicação dos preços" no Brasil, estou pensando em escrever alguma coisa sobre isso pra ajudar a esclarecer o que é culpa dos impostos e o que é ganância nos preços da Apple. Se alguém quiser ajudar mantenha contato.

Mas eu gostaria de citar mais um exemplo que embasa a teoria do "Lucro Brasil": o caso das câmera digitais compactas.

Todo mundo aqui deve se lembrar que na década passada (2001 a 2009), principalmente no meio dela, por volta de 2005, os gadgets do momento eram essas câmeras. Naquela época celulares que tiravam foto eram raridade e os que tiravam só serviam pra brincar porque a qualidade era horrível. Smartphone era coisa de executivo ou aficcionados por tecnologia.

O fato era que ter uma câmera digital, principalmente uma Sony Cyber-shot, dava status (pois é). Quando uma pessoa sacava uma compacta do bolso todo mundo dizia ooohhhh, nem que fosse no pensamento. Todo mundo queria ter uma câmera dessa. As pessoas nem tinham condição financeira pra isso, mas iam lá e compravam uma câmera Sony.

O preço médio de uma câmera da Sony ia de 900,00 até 1.600,00 reais, dependendo do modelo. As outras marcas mais famosas também praticavam preços semelhantes. Até ai tudo bem né?

Aí veio o iPhone e a moda passou a ser smartphone e como esses aparelhos têm câmeras melhores, e as pessoas começaram a substituir as câmeras compactas pelos smarts na medida em que os sensores fotográficos deles iam melhorando.

Hoje ter câmera digital não é mais símbolo de status, eu não vejo mais o efeito ooohhhh quando alguém saca uma câmera, eu vejo esse efeito quando alguém saca um iPhone ou um MacBook, com a maçãzinha iluminada.

Como a fissura dos brasileiros por câmera acabou, a demanda deve ter no mínimo estagnado, acho que foir por isso que as fabricantes diminuíram os preços pra menos da metadade, né?

No site da Sony o preço médio de uma Cyber-Shot compacta é de R$ 500,00. Isso não existia em 2005!!! Hoje o modelo mais carinho na loja da Sony custa R$ 999, mas só porque tira fotos em "3D". Nitidamente uma tentativa de causar o efeito ooohhhh e assim justificar o lucro preço maior.

Agora vejam que interessante: a inflação, ao contrário do que o governo apregoa, tá aí comsumindo o poder aquisitivo das pessoas ano após ano, mas mesmo o preço das câmeras digitas compactas caíram em média 50% em relação ao que era praticado 6-7 anos atrás. Como isso pode ter acontecido? :huh:

A única explicação é que a demanda caiu, porque a modinha da câmera digital acabou, por causa disso as fabricantes tiverem que baixar a margem de lucro oportunista pra conseguirem vender. Na verdade as fabricantes colocaram o preço normal nos produtos, o preço que deveria ter sido cobrado desde sempre. Ou vocês pensam que as fabricantes não estão tendo lucro agora? <_<

Resumo da ópera: se ninguém comprar produtos com preços abusivos, as fabricantes são obrigadas a baixar os preços para os níveis normais, com margens de lucro decentes. Mas enquanto existirem pessoas "ocas" que compram as coisas pensando em status ou modismos, fabricante nenhuma perderá a oportunidade de lucrar em cima destes trouxas.

Hashtag #BoicoteAppleJá no twitter!

Editado por Odigooogle

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho interessante que o MacMagazine não critique os preços praticados pela Apple Brasil, para mim, independente de ser um blog, ou site jornalistico sobre a Apple, é obrigação de apresentar os dois lados da cara, não adiante ficar idolatrando os mac's como o maravilhoso e perfeito, e não criticar coisas que tem de ser criticadas(como os preços). Por isso admiro muito o pessoal do vídeo da Macworld Brasil, eles criticaram abertamente a Apple Brasil sobre os novos preços dos iMac's, MacMini e Macbook's.

Quem quiser ver o vídeo:

sabe porque o macbook retina se chama retina? pq ele custa os olhos da cara

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu comprei meu imac em dezembro do ano passado pagando R$ 3,419,00 na apple store. Sendo com desconto de estudante + 10% para pagamento à vista via telefone. Achei um ótimo preço pelo produto que é.

Porém o que mais me intriga agora é o seguinte, como pode um produto que teve APENAS U$ 99,00 (noventa e nove DOLARES) de reajuste nos eua ter no Brasil o "sobrevalor" de R$ 2,199,00 REAIS.

O que é "normalmente praticado" é que esse reajuste seja 3x mais no brasil (devido conversão e impostos), ou seja, algo como R$ 600,00 a mais que totalizariam no novo iMac por R$ 4,600,00 em relação ao antigo.

Além de abusivo é incompreensível.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ainda bem que não segui os conselhos dos amigos do fórum de esperar o novo. Nunca que eu teria um iMac haha Paguei 3399 na Fnac em setembro deste ano :)

Fez muitíssimo bem!!! Infelizmente, parece que pra mim a época de comprar micros da Apple no Brasil chegou ao fim. E estou nessa desde 1996... Torço pra que meu iMac 2008 aguente mais um pouquinho e quando chegar a hora de trocar, infelizmente a opção que vejo como mais viável financeiramente é partir pra um Dell e me reacostumar com o Windows velho de guerra. Fazer o que... É a vida.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.



  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      48.226
    • Total de Posts
      413.680
×
×
  • Criar Novo...