Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Gustavo Jaccottet

[Preços] Redação de Carta Aberta à Apple Computer Brasil Ltda.

Posts Recomendados

(...)Na minha opinião, o principal responsável pelos altos preços é a tributação e não a empresa. (...)

E como esses produtos são consumidos por quem pode, o governo crava a faca.

Cara, a culpa é de quem financia essa merda toda: os consumidores que pagam altos preços e mantêm os lucros gordos.

A tributação é a mesma para todos os produtos da mesma categoria, seja qual for a marca.

A carga tributária é alta, claro, mas jamais faria 200 dólares virarem mais de 2 mil reais.

O governo joga a culpa nos fabricantes e os fabricantes no governo. E fica nisso. Mas as vendas continuam, afinal, brasileiro tem dinheiro, é esperto, sagaz, dá um jeitinho, parcela, paga juros, vai pro SPC, mas compra. Reclama, mas compra.

Afinal, nesse país a prioridade são os carentes.

Exatamente. Sabe o porquê? Porque dá voto.

O governo distribui bolsa-qualquer-coisa pros carentes e assim se mantém no poder. E no poder é fácil roubar.

Grande parte da nossa população é beneficiária dessas bolsas.

Miséria gera riquesas.

Mas quem paga essa conta...?

Eu até não me importaria muito com isso se tivesse a certeza de que a hipertributação fosse aplicada corretamente.

Pois é.

Editado por Del Rei

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Desculpe se a prioridade não foi os acentos, estava deitado na cama como note no colo e sabendo que o foco era outro acabei por não revisando o texto, normalmente faço isso quando os assuntos são outros.

Vc tem razão acho que o consumidor tem que se mexer, porém pode ser que a melhor solução venha do Estado em melhorar a infra-estrutura, diminuir a marginalidade e os impostos.

Com certeza sera uma surpresa pra mim, mas ja sou empresario a algum tempo, inclusive cadastrado no radar apesar de nunca ter feito nenhuma importação, ja que minha visao antes do radar era uma, e depois do radar quando então fui informado em alguns custos que não sabia passou a ser outra, tanto que me desmotivou a dar continuidade na importação, não se os amigos aqui sabem mas toda importação exige um despachante e isso não é barato, se houve uma virgula no romeio internacional errada, é multa ou apreensão, se o palete não for de madeira certificada ou estiver corretamente invernizado é multa, e por ai vai, são tantos os problemas e custos que o Brasil impoe ao empresario que muitos como eu desistem, sem falar que no Brasil andando certo vc ainda ta errado, correndo o risco de mesmo fazendo tudo certo ainda ter que dar um dinheiro para o fiscal em razão de algum ponto e virgula.

Acho que todos sabemos que o percentual de liberações de produtos que ocorrem no Brasil, onde existe uma gratificação não contabilizada é grande.

Sim não basta querer, tem que uma lei autorizar, pois se o fizer posso ser acusado de estimular ou induzir os consumidor a ter odio do estado, fora o fato de tais campos não existirem no layout da nota fiscal eletronica, o que vai mudar qdo a lei entrar em vigor.

Sim isso é historico e dificilmente vai mudar, acontece até na casa das pessoas, qdo a familia tem 2 filhos onde apenas 1 trabalha e contribui para o custeio geral, nem por isso a familia sacrifica o outro.

Aé eu tb nao ouvi, ainda não chegamos nessa grau de desenvolvimento, de qualquer forma texto extensos que atacam muitas vezes questões que nada tem haver com o tema, tipo numa discusão de impostos se atentar aos acentos, ortografia, etc pra mim é um ato de desespero, ou desrespeito, muitas pessoas não conseguem diferenciar uma discussão saudavel e formalmente fundamentada de uma guerra, entao passam a atacar as pessoas, principalmente se ela for nova no forum, como se isso fosse um diferencial negativo, quando acredito que não seja.

Acho que NATURALMENTE todos tentamos ser o mais claro possivel, mas o nivel de entendimento varia de pessoa para pessoa, eu por exemplo qdo percebo que tenho uma dificuldade em entender algo, me esforço para isso ja que não acho razoavel partir do principio que quem transmitiu deveria conhecer as particularidades de cada um que leia e assim tentar adaptar seu texto aquele com maior dificuldade de interpretação.

De qualquer forma acho essa discusão um pouco fora do tema, não ganho nada pra me aborrecer, achei que estava contribuindo para o aumento do conhecimento das pessoas de um modo geral principalmente quanto as dificuldade de ser empresario no brasil, a quem diga que um empresario de medio sucesso no Brasil seria um empresa de muito sucesso em qualquer outro País, mas se nao for assim a maioria achar que meus textos não tem qualquer fundamento, eu me calo.

Marcelo Neves, em 28 November 2012 - 15:35, disse:

O cnpj enquadra-se em:

"ou mesmo um CNPJ para fundar ações na justiça sobre marcas e patentes, mais nada"

Ou seja, não existe um produto made in Brasil da Apple a 17 ou 12 anos, é incrivel como as pessoas se esquecem rapido desse fato, até outro dia muitos consumidores reclamavam da Apple não ter presença no Brasil, agora consideram seu cnpj para fins de direito suficiente pra dizer que ela existia como fabricante por aqui.

Ok, Ok vcs venceram meu ultimo post, la na frente qdo as medidas não forem consideradas corretas, lembrem do chato que dizia que os esforço deveria ser junto ao Estado e nao a aquele ou esse fabricante.

Olá @Marcelo Neves,

Obrigada pela sua participação nesse tópico. E que bom, que ao lê-lo teve vontade de colaborar. Isso demonstra uma personalidade ativa de sua parte.

Se você procurar meus posts anteriores, perto do começo das discussões desse tópico, verá que eu responsabilizei o Estado, majoritariamente, pelas alterações de preço. Mas ressaltei que, mesmo com as tributações e percalços impostos pelo governo, o preço ainda ficava muito alto, após utilizar meu conhecimento na área de Importação e Exportação, e receber também auxílio e informação de outros membros, como Edtrajano, Odigoogle e Jaccottet.

Em relação ao que você escreveu sobre ser empresário, taxas, e o RADAR, tenho algumas observações.

O RADAR, é um sistema, que embora tenha sim suas complicações, funciona. E, caso você tenha dúvidas como preenchê-lo, existem cursos que duram um final de semana, que ensinam como evitar erros comuns, que incorrem, como você mesmo mencionou, em multas, taxas, e outros gastos desnecessários para o empresário. Uma certificação na área seria, não um gasto, mas um investimento. E ressalto que nunca precisei passar uma notinha, ou gratificar ninguém. Porque me recuso a fazê-lo. Nesses casos, recorro ao sistema judiciário, porque jamais hesitei em exerçer meus direitos.

Sobre a Nota fiscal, embora nos campos da NF-e não haja espaço para discriminar valores pertinentes a taxas e tributações, é possível anexar essa informação em uma versão impressa, ou em um anexo digital. Gostaria de ressaltar, como Trader e especialista em Análise de Comércio Exterior, que não há restrições legais específicas, quanto a discriminação em nota de quanto do valor de um determinado produto é composto de gastos com o governo. E qualquer processo legal que vise acusação de alguém por ódio ao Estado, deve ter por base a legalidade e a evidência, o que, numa simples discriminação fiscal, não seria, na maioria dos casos, procedente.

E ainda que o fosse, existem advogados para defender seu direito a democracia e liberdade. Nosso sempre presente membro, Gustavo Jaccottet, advogado, tenho certeza, pode legitimar essa frase. A liberdade e democracia são parte dos direitos e garantias fundamentais - e portanto cláusulas pétrias, ou seja, não sujeitas a alteração - do Artigo 5º da Constituição Federal de 1988. Não há lei nesse país que possa tirar de você esse direito, basta que você informe-se e lute pelo que é seu de direito, como o cidadão brasileiro que é. E se alguém do serviço público, ou órgão público, ameaçou, ou passou-lhe essa informação equivocada, você pode e deve processá-lo, e um processo administrativo deverá ser instaurado.

Sobre sua comunicação, confesso que fiquei confusa quando li seu post. Por isso mesmo, de início, não o respondi. A gramática fez dele de difícil compreensão. Mas te entendo, várias vezes, digitei com pressa, e acabei notando erros de gramática e semântica. Todos erramos. Ponto. O importante é que possamos corrigir os erros, e tornar-mo-nos o mais claros possível. Obrigada portanto, por esclarecer o que quis dizer, em posts subsequentes.

Sobre o que mencionou, em relação ao CNPJ da Apple Computer Brasil, note que - tenho certeza que sabe disso, por ser empresário - o CNPJ cria uma identidade jurídica, e portanto, uma entidade com responsablidades, direitos e deveres dentro do sistema legal desta nação. Independente de ser uma empresa de serviços, como é o caso de uma importadora/distribuidora, ou uma empresa de produtos, como é o caso de uma fábrica. A fábrica de produtos apple é uma filial taiwanesa chamada Foxconn, que não é da Apple, e sim uma fornecedora de peças, e montadora para a Apple Inc. A Apple Computer, cujo CNPJ mencionamos anteriormente, não é a fabricante, e sim a distribuidora do produto, e representante da marca Apple Inc. no Brasil. Portanto, existindo ou não produtos Apple fabricados no Brasil, não modificam o CNPJ, nem seu objetivo de criar uma personalidade jurídica aqui.

Concordo com você, como já mencionei no início desse post, quando diz que o governo é o maior responsável. Mas, há de convir comigo, que não é o único responsável. Afinal, margens de lucro, são necessárias, mas não precisam ser exageradas. Porque, qualquer pessoal que já tenha lido Adam Smith e Karl Marx sabe, que a mais-valia é cumulativa.

Na economia de Mainard Keynes, uma vez que a margem de lucro seja estabelecida em 10%, ela não será mais reduzida, a 5%, e sim, desse momento em diante, apenas, logicamente, aumentará. Ou seja, se é estabelecida num piso alto, a tendência é que continue a aumentar. A menos que demanda seja profundamente prejudicada. Portanto, ou, nós, que somos, em essência a demanda, tomemos medidas que afetem a empresa, primeira e primáriamente, ou o preço final subirá cada vez mais, por conta do aumento da margem de lucro. Portanto, não acredito que nossa tentativa de contatar a empresa representante da Apple no Brasil seja inútil.

Nem por isso, descordo de você, Marcelo Neves. Pelo contrário. Acredito que, num futuro momento, podemos e devemos, questionar nosso governo. Mas acredito, que a personalidade jurídica Apple Computer Ltda é, a primeira a quem devemos pedir explicações. E não sejamos aqui, tolos e ingênuos, e acreditar, que uma empresa, enorme como a Apple, sofre demasiadamente com impostos, taxas, e protecionismo. Uma empresa, cujo lucro anual chega na casa dos bilhões? Desculpe, mas me recuso a considerar ela uma "coitada" que sofra nas mãos do governo.

Embora nosso governo seja corrupto e ineficiente, o governo é, em última instância, o nosso representante. Portanto, cabe a nós entendermos, que este é o reflexo de nossa população, assistencialista, corrupta, e acomodada. Se o governo faz a vida do empresário difícil, culpe a todos nós, cidadão brasileiros, porque isso é uma democracia. Nós votamos naquele governo corrupto. Ainda que não, individualmente; você pode não ter votado na Dilma, ou no Lula, ou no FHC, ou em Itamar, ou Collor.... mas a maioria da população votou neles, e por isso, e SOMENTE POR ISSO, eles tomaram o poder, e fazem hoje, sua vida, como empresário difícil. Então, cabe a nós cidadãos fazermos a mudança de governo que queremos ver.

Por isso, resolvi tomar partido e ajudar na elaboração dessa carta. Porque por menor que seja esse movimento, e por mais irrisória que pareça essa causa. Prova a mim, que existe ainda uma porção da população brasileira que não está alheia ao que lhe ocorre, e não se contenta por acomodar-se; por quaisquer causas!

Perceba, que pelos contribuintes desse forum, como por exemplo, @Meneses , @JoeD, @Gustavo Jaccottet,@edtrajano, @Fabio Seiji @Odigooogle, @Gabriel Hoffmann, @uk lima, @abaeda, @fmaricato e inúmeros outros membros que apoiam e contribuem com esse movimento, eu sinto apenas admiração e orgulho. Porque personificam essa camada inquieta da população.

E me ofende, que você chame a essas pessoas, de "fanboys". São pessoas inteligentes que verbalizam e lutam por fundamentar suas idéias, e aprender com os outros membros. Estamos aqui, por uma causa, que no futuro, vai levar ao mesmo questionamento que você direciona ao governo. Portanto, o seu objetivo último é o mesmo que o nosso.

Estamos apenas, fazendo uma escalada por etapas, como tentou te explicar inicialmente, ainda que de forma mais severa, o JoeD.

Então por favor, não insulte-nos. Isso me deixa triste e chateada. Porque todos aqui, gostamos de colaboração. Eu gosto, inclusive, da sua. Acredito, que a maioria das coisas que você disse, são úteis para fomentar a discussão e, porque não... o ócio criativo. Afinal, isso é um fórum, e é exatamente esse seu escopo: abrir espaço para discussões construtivas. Portanto, te agradeço quanto a essa parte.

Apenas, reservo-me ao direito, de me sentir insultada quando me incluo no grupo a que você chama de fanboys.

Estamos aqui, criticando uma corporação multinacional, que lucra bilhões anualmente, - bem como seu representante nesse país - para que ela diminua seus preços, não somos fanboys. Até onde vejo, isso é uma manifestação de educação e democracia, que nós como um grupo, estamos construindo.

Apenas, a título de informação,

vou repetir algo, que todos aqui estão cansado de ler em meus posts.

o IPI, varia de 0 a 15% para eletroeletrônicos, dependendo de qual sua classificação o NCM. E dependendo da política físcal, pode ser arbitrariamente modificado, mais de uma vez por período fiscal.

o I.I, varia de 0% - no caso de livros - a 35% a nível industrial - até 60%, para itens de alto valor agregado, e quando importado por Pessoa Física. Um computador, por pessoa jurídica, tem, em média, um imposto de 15%, dependendo do acordo de cooperação tecnológica que marca tiver com o governo.

o ICMS, pode variar de 0% (na zona franca de manaus), até 18% para itens importados, em que a origem e o destino sejam diferentes, e de regiões diferentes no país.

Esses impostos são cumulativos, e não implicam taxas, se pagos corretamente. Como @edtrajano nos ensinou, o ICMS pode ser pago por substituição, caso em que outras instâncias de distribuição e transporte do produto teriam seu valor descontado. já que, no início da cadeia, o valor total do ICMS teria já sido pago.

O câmbio, para empresa multinacionais opera em níveis de Currency Cushion, em que a taxa mais alta do câmbio de um período pré-determinado, é utilizado no momento do tabelamento do Valor Agregado Industrial, da Apple Inc. Para que quando chegue aqui, ou em qualquer outro país e/ou consumidor final, o valor de Valor Agregado Final, variações desfavoráveis não causem perdas.

Quero ressaltar, mais que tudo, que não estamos aqui, tirando o mérito dos empresários, que tem custos, como funcionários, manutenção de estoque e loja, seguro, reclamações, trocas, garantias, etc.

Sabemos dos custos e dificuldades de ser um empresário no Brasil.

Ou eu pelo menos, falando por mim exclusivamente, sei muito bem os custos. Afinal, meu pai é pequeno/médio empresário. E trabalho, nesse momento, para ele, como coordenadora e assuntos financeiros. Justamente porque a empresa entrou em crise, por dificuldades impostas pelo governo, e larguei meu emprego de Trader e Analista para ajudar a empresa do meu pai, que foi, no passado, do meu avô. Vivo essa dificuldade todos os dias. E ainda sim, te digo, a empresa, qualquer que seja, deve sim ser a primeira a ser questionada.

Se o governo for o problema, a empresa é quem deve apontar-nos isso, e nos direcionar no sentido correto, de como, porque e onde, devemos pressionar o governo. Pois não sabemos, a que nível está o empecilho governamental, afinal. Sabemos a tributação e só. Se há alguma contenção Apple x Governo, se há reclamações a nível de WTO... não sabemos. é função da empresa dar a satisfação a seus clientes.

Obrigada por me dar a oportunidade de esclarecer os itens que competem a minha profissão.

Atenciosamente, Lucy

Editado por letslucy

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Lucy, eu acho que ele não quiz insultar ninguém, o que acontece é que o cara entra, dá sua opinião, que todo mundo tem, inclusive eu, fala numa boa, conversa numa boa, como eu no começo. Dai vem o João Doe e sacaneia, sacaneia todo mundo, deixa todo mundo puto, dai o cara perde a linha, como eu perdi. O cara não aceita nenhuma opinião que seja contrária a dele e por ai vai. No final, quem discorda dele é perseguido por ele e por alguns que tomam as dores dele. É um saco, se vc não concorda com ele, tem que ficar calado, senão, não só ele te responde com ironia, e invariavelmente com falta de educação, como cola em vc e te persegue por todo o forum, criticando qualquer coisa que vc fala. Então a pessoa perde a linha.

Mas de volta ao assunto...

Eu concordo com o que vc diz. Mas talvez o que o Marcelo tenha querido dizer quando fala dos impostos é que é uma parafernália, e mesmo que o custo não justifique o aumento da Apple, ela cria um campo de distorção que serve às empresas, e ao governo.

Ao governo, porque podem roubar a vontade da gente, já que só especialistas vão entender isso, e ainda cuspir na nossa cabeça, como no mensalão, e às empresas, pois elas se aproveitam da confusão gerada e metem a faca. Qualquer coisa, é só botar a culpa no governo que todo mundo vai aceitar. Então, matematicamente, vc está certa, mas estrategicamente, se as empresas não pudessem usar este campo de distorção da realidade criado pelo governo a seu favor, não poderiam responder cartas como a que a Appel respondeu aqui no forum mesmo, culpando o governo pelos aumentos. 90% da população vai acreditar neles, quer dizer, 90% dos que compram Apple.

Os incentivos fiscais só deveriam ser liberados com uma planilha de preços finais, tipo vamos incentivar a Foxxcom, mas o iPad vai ter que custar tanto, senão o incetivo acaba, botar preço em tudo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aqui mesmo no Uy, tem aparentemente apenas o tal do IVA, apesar de muito alto, é menos confuso. Quando dão incentivos, as coisas realmente caem de preço, pois vem com pressões nesta área. Por exemplo, roupas de frio, como o pais é muito frio, e as coisas muito caras, se o governo não desse incentivo para isso o povo morria de frio. Aqui vc compra dois capotes bons, recheados, com cobertura para a cabeça e tal, e duas botas boas, femininas, por 114 reais tudo, se fosse sem IVA sairia bem mais caro, e o preço é realmente barato. No Brasil os incentivos não funcionam, talvez por conta da confusão criada em torno dos impostos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Lucy, eu acho que ele não quiz insultar ninguém, o que acontece é que o cara entra, dá sua opinião, que todo mundo tem, inclusive eu, fala numa boa, conversa numa boa, como eu no começo. Dai vem o João Doe e sacaneia, sacaneia todo mundo, deixa todo mundo puto, dai o cara perde a linha, como eu perdi. O cara não aceita nenhuma opinião que seja contrária a dele e por ai vai. No final, quem discorda dele é perseguido por ele e por alguns que tomam as dores dele. É um saco, se vc não concorda com ele, tem que ficar calado, senão, não só ele te responde com ironia, e invariavelmente com falta de educação, como cola em vc e te persegue por todo o forum, criticando qualquer coisa que vc fala. Então a pessoa perde a linha.

Mas de volta ao assunto...

Eu concordo com o que vc diz. Mas talvez o que o Marcelo tenha querido dizer quando fala dos impostos é que é uma parafernália, e mesmo que o custo não justifique o aumento da Apple, ela cria um campo de distorção que serve às empresas, e ao governo.

Ao governo, porque podem roubar a vontade da gente, já que só especialistas vão entender isso, e ainda cuspir na nossa cabeça, como no mensalão, e às empresas, pois elas se aproveitam da confusão gerada e metem a faca. Qualquer coisa, é só botar a culpa no governo que todo mundo vai aceitar. Então, matematicamente, vc está certa, mas estrategicamente, se as empresas não pudessem usar este campo de distorção da realidade criado pelo governo a seu favor, não poderiam responder cartas como a que a Appel respondeu aqui no forum mesmo, culpando o governo pelos aumentos. 90% da população vai acreditar neles, quer dizer, 90% dos que compram Apple.

Os incentivos fiscais só deveriam ser liberados com uma planilha de preços finais, tipo vamos incentivar a Foxxcom, mas o iPad vai ter que custar tanto, senão o incetivo acaba, botar preço em tudo.

Oi uk lima,

Discordo de você, viu...

Como eu mencionei no meu post anterior, o JoeD tem sim uma língua afiada. Mas ele tem o direito de vir aqui e dar a opinião dele como todos nós.

Você quer saber se eu concordo com a maneira como ele aborda certos assuntos e críticas?

Não, eu não concordo sempre.

Gosto dele, respeito a opinião dele, e acho-o uma pessoa extremamente instruída, e adoro conversar com ele. E de fato, se ele publicar um livro, vou querer ler, sim.

Mas não concordo com tudo que ele escreve, tenho esse direito, e acho sim que ele é agressivo e muitos ou na maioria dos seus posts.

Mas, note, cada um tem uma personalidade. E essa é a dele, e eu respeito isso.

é como morar em uma casa com alguém. Se você sabe que X pessoa é teimosa, então, deixa ela ser teimosa.... temos que aceitar que não conseguiremos mudar uma pessoa. Mesmo porque, não conhecemos o JoeD o suficiente para saber porque ele é como é.

E eu, mesmo discordando dele, em pontos de vista mesmo, em diversas discussões, nunca ele foi rude comigo. E nunca, como você mesmo disso, eu consegui convencê-lo a "gostar" do meu lado ou opinião em uma discussão, haha!

Nem por isso, deixo de discutir assuntos de todo tipo com ele.

Por favor, não estou aqui para criticar nem você, nem ele. Muito menos para defender ninguém. O partido que tomo é o partido do que acho justo.

Agora, JoeD pode ter sido rude em sua abordagem, mas não tira o mérito de seus argumentos sobre o Marcelo Neves.

Por isso, mesmo com essa personalidade teimosa, eu o respeito, e ainda "me arrisco" em iniciar discussões de todo tipo com Joe.

Outra coisa uk lima... entendo como é perder a linha.

Quando digo que me sinto insultada, acredite, sou eu perdendo a linha. Porque ainda que, eu achei um insulto me chamar de fanboy, ou mesmo ainda, que JoeD tenha sido rude com Marcelo Neves, eu não serei.

Porque não é porque alguém se irrita e perde a paciência, e torna a discussão um tanto quanto rude, que eu também farei isso. Eu sou responsável pelo que digo. E não quero ser responsável por ofender ninguém, nunca.

Nós somos responsáveis pelo que dizemos e como dizemos. Se JoeD quer ser rude, ele é responsável por isso, e ponto. Assim como o é Marcelo Neves, quando chama a todos desse movimento, de fanboys. Mesmo que, não tenha sido a intenção de causar um insulto. O que importa, é que eu, e acho que outros também, se sentiram insultados. E isso, torna essa discussão baixa e vil.

Acredito que, o JoeD não pode ser responsabilizado pelo comportamento ofensivo do Marcelo Neves.

JoeD é responsável pelo seu próprio comportamento, bom ou ruim, ou se ofendeu ou não o Marcelo Neves. Isso é entre ele dois.

E todos somos livres para pensarmos o que quisermos de quaisquer atitudes de quaisquer membros desse fórum, assim como você está agora, expressando sua opinião sobre outro membro.

O JoeD incluso. Se ele quer discutir ou conflitar isso, ou o que falam dele, é opção da outra pessoa, entrar ou não na discussão.

Mas essa coisa JoeDxMarceloNeves não é o tópico dessa discussão. Porque isso não muda o fato, de que Marcelo Neves deu-nos sua opinião sobre a carta, ao que sou grata. Mas infelizmente, não trouxe muita fundamentação teórica o suficiente para um background sólido. Mas trouxe, de forma válida, sua visão como empresário. é isso que importa.

O que me chateia, na opinião de Marcelo Neves, é que, ele não quis aceitar que não somos fanboys, e que pesquisamos muito. (Isso sim é teimosia). A impressão que tive é que ele desmereceu nosso trabalho. Por isso fiquei triste, e resolvi responder.

Acredito que JoeD não tem nada a ver com esse insulto.

Porque ele usou o plural. Ele não disse JoeD é fanboy.

Se tivesse feito, nem me daria ao trabalho de responder, afinal seria entre eles dois.

Ele chamou a todos nós, o que me chateou muito. E ainda fez referência a ser atacado por duas pessoas. Acredito que se referia ao Hoffmann, que foi muito, mas muito educado mesmo, em fornecer todas as fontes para os argumentos que bolamos. Então, porque ele se sentiria atacado por dois membros?

Eu critico Marcelo Neves pelo conteúdo total do que ele escreveu, porque gosto de se justa e honesta. Ele é responsável pelo que decide escrever, e nenhum outro membro, quem quer que seja, deve ser responsabilizado por isso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Agora,@uk lima sobre a bagunça de impostos, não poderia concordar mais com você. As empresas usam o carnaval de impostos para lucrar mais, e o governo, para roubar mais.

A empresa em questão nós estamos pressionando...

Agora uma pergunta, se nós colocamos o governo lá no planalto, de quem a culpa que eles se utilizem da administração fiscal e tributário para roubar tanto?? (Ou ainda, de quem é a culpa de que tenham inventado um sistema fiscal e tributário tão insano e injusto?)

PESSOAL, IGNOREM O POST #745, ESTÁ DUPLICADO, E JÁ PEDI AOS MODERADORES, QUE SE POSSÍVEL, REMOVAM-O.

O post correto a ser lido é o #746

Editado por letslucy

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E agora ignorem meu aviso de ignorar, porque o post duplicado já foi removido! Hehe

=B

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é, em geral todos que eu conheci do Sul tem muito mais educação que eu por exemplo. Acho que não tenho tanta quanto vc. A discussão é válida, mas discordar não traz nenhum problema a nenhuma discussão, pelo contrário, se estivéssemos todos concordando o tempo todo com tudo, nem precisaria deste forum, bastaria nos olharmos no espelho e conversar sozinhos. O problema é a abordagem, vc bate com uma pena, de tão leve, mas nem por isso deixa de falar o que pensa e o dá a opnião que quer dar, sem ofender.

O problema nem é a primeira ou a segunda ofensa, o cara me fez perder a linha pelo conjunto da obra, e quando ele pega no pé é até para desistir de participar do forum mesmo, não desisti porque recebi algumas MP falando para deixar para lá. Tenho tentado evitar responder qualquer coisa para este cara, pois já passou do ponto de termos qualquer relacionamento civilizado. Você diz que ele tem cultura e isso e aquilo, mas pelo que eu sei, ele "falou" que tem cultura, "falou" isso e aquilo. Quem tem realmente cultura não sai por ai dizendo besteira. Conheço um cara aqui que fala várias linguas, já escreveu livro, é advogado, pós, etc e tal, e num papo com ele ele não cita nada disso. Vc só fica sabendo muito tempo depois.

Como dizia o velhinho grego - A única coisa que sei é que nada sei. (ou coisa parecida, afinal ele estava falando grego).

A gente tem culpa de tudo na verdade (eu pelo menos, não coloco ninguém lá, a última vez que votei de verdade foi pelo Lula contra o Collor. Sim, confesso, fiz besteira, mas a opção era bem ruim). De lá para cá, tento protestar não votando em ninguém.

O Francis Fukuyama, que escreveu que a história tinha acabado, escreveu um livro muito bom, chamado a Grande Ruptura, me pareceu um acabamento para A ética Protestante e o Espírito do Capitalismo, acho que só funciona com uma ruptura total, o protesto tem que chegar a um ponto que eles entendam, por isso prego a maioria de votos nulos, pois assim nenhum governo vai ter representatividade e eles vão ter que nos ouvir. Mas chega a hora da eleição, todo mundo tem um candidato, pois fulano de tal tem parente aqui e ali, sicrano trabalha aqui ou ali e vai subir de posto se tal ganhar, etc. E fica assim.

Ele faz uma análise tb de como as entidades tipo ONG nos paises protestantes influem no funcionamento do gov. Mas no brasil conseguiram corromper as ONG, no brasil, a maioria delas usa o N da sigla só no nome, e dependem totalmente de verbas governamentais. Acho ele ótimo, mas queimou o filme dele ao falar do fim da história.

O problema do Brasil é sempre o mesmo, enquanto grandes nações sempre passam por grandes rupturas e se reinventam, sempre melhor, o galho do brasil verga, mas não quebra, e sempre volta ao estado anterior. Só uma ruptura vai mudar alguma coisa.

A Bjorg, cantora islandesa, uma vez estava em um doc. mostrando uma casa típica deles, de uns 40 anos atrás, miserável, de pedra com teto de bosta com grama. Ela disse tipo assim - Minha vó morava em uma casa assim. Depois que separamos da Dinamarca, as coisas mudaram.

Lá, em 20 anos eles viraram primeiro mundo. Agora derrubaram o governo pelo facebook. A Revolução das Panelas, acho que eles chamaram.

Editado por uk lima

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Lucy, eu acho que ele não quiz insultar ninguém, o que acontece é que o cara entra, dá sua opinião, que todo mundo tem, inclusive eu, fala numa boa, conversa numa boa, como eu no começo. Dai vem o João Doe e sacaneia, sacaneia todo mundo, deixa todo mundo puto, dai o cara perde a linha, como eu perdi. O cara não aceita nenhuma opinião que seja contrária a dele e por ai vai. No final, quem discorda dele é perseguido por ele e por alguns que tomam as dores dele. É um saco, se vc não concorda com ele, tem que ficar calado, senão, não só ele te responde com ironia, e invariavelmente com falta de educação, como cola em vc e te persegue por todo o forum, criticando qualquer coisa que vc fala. Então a pessoa perde a linha.

(...)

Quer dizer então, UK Lima, que eu sou o "marioneteiro"? Eu "faço" com que as pessoas entrem aqui e tomem minhas dores? Nossa... como eu sou poderoso! HAhahaha... coloco as minhas MPs à disposição de qualquer pessoa que queira revira-las e investigar se eu faço tal coisa. Senhor... eu não preciso disso. Eu sei muito bem me defender sozinho. Não preciso de ajuda alheia para me ajudar a argumentar, mas agradeço a quem faz. Tenho certeza que são pessoas de igual lucidez que enxergam os absurdos que eu debato.

Na história do Marcelo Neves - que esclareço: nunca foi pra ser JoeD X Marcelo Neves como infelizmente colocado por letslucy - foram pelo menos umas 5 pessoas que discordaram dele diretamente. Não entendi pq apenas repercutem as minhas respostas ao cidadão... será que é porque elas são engraçadas? Já me falaram que eram...

Eu aceito opiniões contrárias o tempo todo... o que não aceito são opiniões estapafúrdias ou mal embasadas. E isso, UK Lima, vc é um dos campeões. Vc é de fato uma das pessoas mais incoerentes que eu já vi no fórum e na vida. Vc fala X, e faz Y. Vc é teatral, faz escarcéu... Várias vezes já dei por encerrada a minha interação com vc, e lá vem vc cutucar, falar coisas, continuar a me lembrar que vc está rondando. Até mesmo numa discussão onde já nem está tanto em voga o que eu disse ou deixei de dizer, lá vem vc querer apontar o dedo pra mim. Vc acompanha tudo que eu falo por tópicos variados... parece um stalker! Se nossa interação fosse na vida real, já teria pedido uma ordem judicial pra que vc fosse mantido a pelo menos um kilômetro de distância de minha pessoa.

Engraçado vc dizer que vcs entram aqui, e depois perdem a cabeça e saem ofendendo os outros por minha culpa. Que isso agora? Então se você perder a cabeça e passar com o carro em cima de mim na rua, a culpa é minha? Disse que o Marcelo Neves não quis insultar ninguém - com o termo fanboy - mas que perdeu a cabeça pq eu sacaneei. Eu sacaneei? Onde? Vá, vá... não me responsabilize pela falta de inteligência emocional alheia... seja a dele, a sua, ou de qualquer outra pessoa.

Vc também já me ofendeu, me chamou de nomes, e já usou descrições violentas do que vc gostaria que acontecesse comigo. Eu nunca te chamei de palavrão nenhum. Anunciou uma vez que eu era a razão que vc sairia do fórum. Nunca saiu... só fez escarcéu... e depois quis me usar de novo pra tentar se expulso do fórum (como se vc não fosse criar uma nova conta dali uma hora e voltar aqui... parece que este é seu único passatempo). Sem comentários para essas coisas que vc faz. Até mesmo do fórum vc já falou mal... uma pena que o Ramon deletou essas mensagens, pois eu poderia usá-las de quote agora. Vc disse, entre outras coisas, que este fórum já era, que tinha virado uma porcaria, que era muita conversa de iPhone, iPad... enfim. E no entanto, dá-lhe vc sempre voltando aqui.

Se eu fosse listar todas as coisas que vc já falou a meu respeito que eu fiz questão de ignorar, daria uma listinha boa. Se eu listar o que eu respondi, dá um livrinho.

No entanto, eu tenho mesmo é vontade que vc me esqueça. Eu fico as vezes com pena de ter que te responder. E incrível como vc se acha como o lesado de todos os eventos. Madre Teresa de Calcutá seria FICHINHA perto de vc... de tanto que vc sempre se coloca na posição de vítima coagida e acuada.

Me poupe.

Editado por JoeD

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi uk lima,

Discordo de você, viu...

Como eu mencionei no meu post anterior, o JoeD tem sim uma língua afiada. Mas ele tem o direito de vir aqui e dar a opinião dele como todos nós.

Você quer saber se eu concordo com a maneira como ele aborda certos assuntos e críticas?

Não, eu não concordo sempre.

Gosto dele, respeito a opinião dele, e acho-o uma pessoa extremamente instruída, e adoro conversar com ele. E de fato, se ele publicar um livro, vou querer ler, sim.

Mas não concordo com tudo que ele escreve, tenho esse direito, e acho sim que ele é agressivo e muitos ou na maioria dos seus posts.

Mas, note, cada um tem uma personalidade. E essa é a dele, e eu respeito isso.

é como morar em uma casa com alguém. Se você sabe que X pessoa é teimosa, então, deixa ela ser teimosa.... temos que aceitar que não conseguiremos mudar uma pessoa. Mesmo porque, não conhecemos o JoeD o suficiente para saber porque ele é como é.

E eu, mesmo discordando dele, em pontos de vista mesmo, em diversas discussões, nunca ele foi rude comigo. E nunca, como você mesmo disso, eu consegui convencê-lo a "gostar" do meu lado ou opinião em uma discussão, haha!

Nem por isso, deixo de discutir assuntos de todo tipo com ele.

Por favor, não estou aqui para criticar nem você, nem ele. Muito menos para defender ninguém. O partido que tomo é o partido do que acho justo.

Agora, JoeD pode ter sido rude em sua abordagem, mas não tira o mérito de seus argumentos sobre o Marcelo Neves.

Por isso, mesmo com essa personalidade teimosa, eu o respeito, e ainda "me arrisco" em iniciar discussões de todo tipo com Joe.

Outra coisa uk lima... entendo como é perder a linha.

Quando digo que me sinto insultada, acredite, sou eu perdendo a linha. Porque ainda que, eu achei um insulto me chamar de fanboy, ou mesmo ainda, que JoeD tenha sido rude com Marcelo Neves, eu não serei.

Porque não é porque alguém se irrita e perde a paciência, e torna a discussão um tanto quanto rude, que eu também farei isso. Eu sou responsável pelo que digo. E não quero ser responsável por ofender ninguém, nunca.

Nós somos responsáveis pelo que dizemos e como dizemos. Se JoeD quer ser rude, ele é responsável por isso, e ponto. Assim como o é Marcelo Neves, quando chama a todos desse movimento, de fanboys. Mesmo que, não tenha sido a intenção de causar um insulto. O que importa, é que eu, e acho que outros também, se sentiram insultados. E isso, torna essa discussão baixa e vil.

Acredito que, o JoeD não pode ser responsabilizado pelo comportamento ofensivo do Marcelo Neves.

JoeD é responsável pelo seu próprio comportamento, bom ou ruim, ou se ofendeu ou não o Marcelo Neves. Isso é entre ele dois.

E todos somos livres para pensarmos o que quisermos de quaisquer atitudes de quaisquer membros desse fórum, assim como você está agora, expressando sua opinião sobre outro membro.

O JoeD incluso. Se ele quer discutir ou conflitar isso, ou o que falam dele, é opção da outra pessoa, entrar ou não na discussão.

Mas essa coisa JoeDxMarceloNeves não é o tópico dessa discussão. Porque isso não muda o fato, de que Marcelo Neves deu-nos sua opinião sobre a carta, ao que sou grata. Mas infelizmente, não trouxe muita fundamentação teórica o suficiente para um background sólido. Mas trouxe, de forma válida, sua visão como empresário. é isso que importa.

O que me chateia, na opinião de Marcelo Neves, é que, ele não quis aceitar que não somos fanboys, e que pesquisamos muito. (Isso sim é teimosia). A impressão que tive é que ele desmereceu nosso trabalho. Por isso fiquei triste, e resolvi responder.

Acredito que JoeD não tem nada a ver com esse insulto.

Porque ele usou o plural. Ele não disse JoeD é fanboy.

Se tivesse feito, nem me daria ao trabalho de responder, afinal seria entre eles dois.

Ele chamou a todos nós, o que me chateou muito. E ainda fez referência a ser atacado por duas pessoas. Acredito que se referia ao Hoffmann, que foi muito, mas muito educado mesmo, em fornecer todas as fontes para os argumentos que bolamos. Então, porque ele se sentiria atacado por dois membros?

Eu critico Marcelo Neves pelo conteúdo total do que ele escreveu, porque gosto de se justa e honesta. Ele é responsável pelo que decide escrever, e nenhum outro membro, quem quer que seja, deve ser responsabilizado por isso.

Olá letslucy... depois de tantos dias sumida finalmente reapareceu. E veio mandando bala.

Então... sobre esta sua resposta... o que poderia eu dizer além de UAU?

Nesse post que vc fala JoeD 12 vezes, e se refere a minha pessoa com ele/dele inúmeras outras. Fica meio trabalhoso querer responder jsutamente tintin por tintin a tudo que vc alegou a meu respeito. Então, para tentar facilitar o meu trabalho, vou apenas me limitar ao fato de que esse teu post é no mínimo deselegante. Não se fala de uma pessoa que está participando de um tópico como se ela não existisse, e fica trocando suas impressões e avaliações sobre essa pessoa para outro usuário. Como se vc tivesse em um nível mais elevado e capaz de dar uma palavra final sobre se a pessoa agiu bem ou mal. Parece que vc está me usando para lecionar sobre o que vc pensa a respeito de comportamento e relações interpessoais. E me usando para contrastar a sua personalidade e querer mostrar o como vc é mais boazinha e cidadã exemplar.

Antes que vc me acuse de fazer o mesmo, já esclareço que eu, quando tenho algo a dizer, falo diretamente para a pessoa a quem tenho que dizer algo. As minhas respostas ao Marcelo Neves foram todas para ele. Nunca abri um post e falei: então fulano, o Personagem A é isso e aquilo, e ele age assim porque ele é assim e assim. E muito menos uso impressões de conversas particulares que eventualmente tive com a pessoa.

Te dou todo o direito de discordar e não curtir certas coisas que digo. Mas vc devia falar isso pra mim caso decida que quer fazer notório seu ponto de vista.

Vc recheou seu post de críticas indiretas e alfinetadas. E novamente digo: poderia ter feito todas essas observações diretamente para mim. Eu pelo menos sou assim. Gosto de honrar as calças que visto. Eu me responsabilizo por tudo que falo. Nunca fujo de nada e falo diretamente. Sem rodeios. E lembro até que agradeci o Marcelo Neves pela participação antes mesmo de discordar ou de falar de algumas coisas que não faziam sentido em seus posts.

Engraçado que: o JoeD que é direto, claro, discurso objetivo, e que NUNCA apela pra palavrões, é taxado de mal educado. Aquele que usa de condescendência, mascara suas ofensas com artimanhas literárias, é taxado de educado. Interessante. Talvez aqui prevaleça a tal mentalidade: xingue, mas disfarce. Elogie primeiro e depois desça a cacetada. Será isso mesmo, povo?

Acho também incrível essa sua técnica de falar: JoeD é rude... mas ele estava certo no que falou pro Marcelo Neves. É como dizer: olha Marcelo, não concordei com patavinas do que vc falou, mas vou aproveitar e amenizar meu lado, e falar que o JoeD - que tb não concordou com vc assim como eu - fez de uma forma que eu jamais faria. Pois sou mais polida que ele. ;) Interessantíssimo.

Mais interessante é usar CORES para sublinhar os pontos de seu primeiro post em resposta ao Neves, e tentar ilustrar ao máximo que vc ficou magoada. A impressão que dá, é que vc até deixou de comer de tanto desgosto! Só me pergunto se esta técnica colou com o resto dos leitores aqui. Foi um tanto novela da 6 a meu ver.

Aí tem outras pérolas como "não estou aqui para criticar nem você, nem ele. Muito menos para defender ninguém. O partido que tomo é o partido do que acho justo. " Certo... mas pra quem apareceu de última hora após tantos dias sumida, vc mais tomou o partido de um do que de outro. E criticou sim... criticou ambos. A crítica a mim foi a pior... pois vc me usou de exemplo para ilustrar seus códigos do que pensa ou não ser ético. E o pior: usou de experiências privadas da sua interação comigo.

Se vc achava tudo isso de mim, pq não falou isso para mim? Fosse por MP ou no fórum mesmo? Vc realmente quis me mandar recado através de um post para o UK Lima? ^_^

Como disse, analisar minuciosamente e dar uma resposta a cada coisa ficaria inviável e não tenho muita paciência nesta ocasião. Acho que vou passar essa. Acho...

Só reitero mais uma vez: não foi apenas eu que discordei do Neves. Se fui afiado, pelo menos fui claro quanto a isso. Não disfarcei nada como alguns que se refereriam a mim como "esse aí" e coisas semelhantes.

E viva as divergências de opiniões! Mas eu jamais seria anti-ético.

Editado por JoeD

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi JoeD,

Como vai?

Olha sinto muito se você ficou chateado com o que eu disse.

Mas, estou expressando minha opinião.

Não achei certo te culparem, e falei que não achei certo mesmo. E independente de como você tenha se expressado, eu disse, e repito que existe mérito em suas palavras.

Eu não quis de nenhuma forma te ofender. E se isso ocorreu, me desculpe.

E sim, fiquei triste. Não deixei de comer, claro! Mas também nunca disse que assim o fiz. Só fiquei chateada. Porque a impressão que deu, foi que o movimento estava sendo desprezado. E eu tenho carinho pelo movimento, e por todas as pessoas que dele fazem parte.

Somente isso.

Pensei, e desculpe se julguei errado, que você sabe que de te acho inteligente, e disse isso aqui.

Sim, acho que você pega pesado? Acho sim. Não vejo problema em dizer isso.

Você quer que seja na primeira pessoa? Então, okay. Acho que as vezes você pega pesado. Pronto.

é o seu jeito de ser aqui no fórum, e ponto. Não há nada errado nisso.

Nunca te chamei de mal educado, porque nunca vi você ser mal educado. Você é, - ao menos aqui no fórum - direto, sem papas na língua, e foi isso que quis dizer. Se isso te ofende, novamente, desculpe. E, eu disse, que eu não sou assim, tanto que, meus textos em geral são longos, porque abordo trocentas coisas, por trocentos aspectos. Meus posts são mais um monólogo, do tipo A tem razao aqui, e B tem razão aqui, e eu concordo com esse pontinho de A, mais um ponto maior de B.

Porque sou muito relativa, nem sempre tudo que uma pessoa fala é totalmente errado pra mim. E jamais disse que sou mais polida que você, porque você nunca, ao menos, não em nada que li de você nos tópicos afora, disse palavrão, nem nada. Isso seria ofensivo e mal educado, coisa que nunca vi vindo de você.

Mas como disse antes, a maneira como você expõe o que pensa, jamais tiraria o mérito do que você diz.

Quando mencionei das vezes que falei com você, e você nunca foi rude comigo, me referia, especificamente ao tópico de Macbook Air x Retina, e o do mini x mini retina. Em todas as vezes, você deu sua opinião, como sempre, e quis dizer que nunca me senti ofendida por isso, nem haveria razão para tal!

Quando digo que não estou aqui para criticar ninguém, não digo que não vou criticar. O sentido foi, que a razão para me juntar ao MM, foi para contribuir com o fórum de uma forma geral. Então, meu objetivo último não é jogar críticas, e sim, ajudar sempre que possível. Se, esse post não foi útil para esclarecer, que eu não concordo que X pessoa, seja responsabilizada por o que Y pessoa diz, que pelo menos seja útil para os que concordam ou não refletirem.

Se isso não ficou claro, espero que fique agora.

Quando eu digo "eu discordo" já estou, de certa forma criticando. Pois vou expor uma opinião.

Não tive intenção de alfinetar ninguém. Apenas, intencionei expor um paralelo. Do tipo: Ok chamar de fanboy, mas não ok responder a essa acusação? E tentei mostrar como dois pesos duas medidas não funciona. E usei você como exemplo, porque uk lima falou especificamente de você, ao que, eu não achei justo. Ponto.

Claro que várias pessoas discordaram do Neves, eu mesma sendo uma delas. Bem como inúmeros outros.

Escrevi aqui, aberto ao público, perfeitamente ciente que você leria e responderia. Não estou falando pelas suas costas, JoeD.

Dou um quote a você

"e viva a divergência de opiniões" ;)

E obrigada, pelas suas críticas e opiniões. Pois eu as valorizo sempre. Volto a dizer, que essas discussões são saudáveis.

Att

Lucy

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi JoeD,

Como vai?

Olha sinto muito se você ficou chateado com o que eu disse.

Mas, estou expressando minha opinião.

Não achei certo te culparem, e falei que não achei certo mesmo. E independente de como você tenha se expressado, eu disse, e repito que existe mérito em suas palavras.

Eu não quis de nenhuma forma te ofender. E se isso ocorreu, me desculpe.

E sim, fiquei triste. Não deixei de comer, claro! Mas também nunca disse que assim o fiz. Só fiquei chateada. Porque a impressão que deu, foi que o movimento estava sendo desprezado. E eu tenho carinho pelo movimento, e por todas as pessoas que dele fazem parte.

Somente isso.

Pensei, e desculpe se julguei errado, que você sabe que de te acho inteligente, e disse isso aqui.

Sim, acho que você pega pesado? Acho sim. Não vejo problema em dizer isso.

Você quer que seja na primeira pessoa? Então, okay. Acho que as vezes você pega pesado. Pronto.

é o seu jeito de ser aqui no fórum, e ponto. Não há nada errado nisso.

Nunca te chamei de mal educado, porque nunca vi você ser mal educado. Você é, - ao menos aqui no fórum - direto, sem papas na língua, e foi isso que quis dizer. Se isso te ofende, novamente, desculpe. E, eu disse, que eu não sou assim, tanto que, meus textos em geral são longos, porque abordo trocentas coisas, por trocentos aspectos. Meus posts são mais um monólogo, do tipo A tem razao aqui, e B tem razão aqui, e eu concordo com esse pontinho de A, mais um ponto maior de B.

Porque sou muito relativa, nem sempre tudo que uma pessoa fala é totalmente errado pra mim. E jamais disse que sou mais polida que você, porque você nunca, ao menos, não em nada que li de você nos tópicos afora, disse palavrão, nem nada. Isso seria ofensivo e mal educado, coisa que nunca vi vindo de você.

Mas como disse antes, a maneira como você expõe o que pensa, jamais tiraria o mérito do que você diz.

Quando mencionei das vezes que falei com você, e você nunca foi rude comigo, me referia, especificamente ao tópico de Macbook Air x Retina, e o do mini x mini retina. Em todas as vezes, você deu sua opinião, como sempre, e quis dizer que nunca me senti ofendida por isso, nem haveria razão para tal!

Quando digo que não estou aqui para criticar ninguém, não digo que não vou criticar. O sentido foi, que a razão para me juntar ao MM, foi para contribuir com o fórum de uma forma geral. Então, meu objetivo último não é jogar críticas, e sim, ajudar sempre que possível. Se, esse post não foi útil para esclarecer, que eu não concordo que X pessoa, seja responsabilizada por o que Y pessoa diz, que pelo menos seja útil para os que concordam ou não refletirem.

Se isso não ficou claro, espero que fique agora.

Quando eu digo "eu discordo" já estou, de certa forma criticando. Pois vou expor uma opinião.

Não tive intenção de alfinetar ninguém. Apenas, intencionei expor um paralelo. Do tipo: Ok chamar de fanboy, mas não ok responder a essa acusação? E tentei mostrar como dois pesos duas medidas não funciona. E usei você como exemplo, porque uk lima falou especificamente de você, ao que, eu não achei justo. Ponto.

Claro que várias pessoas discordaram do Neves, eu mesma sendo uma delas. Bem como inúmeros outros.

Escrevi aqui, aberto ao público, perfeitamente ciente que você leria e responderia. Não estou falando pelas suas costas, JoeD.

Dou um quote a você

"e viva a divergência de opiniões" ;)

E obrigada, pelas suas críticas e opiniões. Pois eu as valorizo sempre. Volto a dizer, que essas discussões são saudáveis.

Att

Lucy

Eu fico feliz pela Lucy ter aparecido!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu fico feliz pela Lucy ter aparecido!

Obrigada Jaccottet!

é bom estar de volta!!

Desculpe o sumiço, estive numas semanas complicadas.

Escute, eu queria ajudar no twitter, mas o que é para eu fazer exatamente lá?

(fora recuperar minha senha, haha!, eu esqueci.. estou matutando aqui, uma hora eu lembro)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigada Jaccottet!

é bom estar de volta!!

Desculpe o sumiço, estive numas semanas complicadas.

Escute, eu queria ajudar no twitter, mas o que é para eu fazer exatamente lá?

(fora recuperar minha senha, haha!, eu esqueci.. estou matutando aqui, uma hora eu lembro)

É a organização de Tweets em massa. Por exemplo, fixamos um horário e dia e todos bombardeamos as contas com tweets contendo a hashtag #AbusoApple e o endereço do blog, visando chamar a atenção das pessoas. É o modo de propagação dissociativa, é quase uma anarquia digital, mas funciona.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Lucy, eu acho que ele não quiz insultar ninguém, o que acontece é que o cara entra, dá sua opinião, que todo mundo tem, inclusive eu, fala numa boa, conversa numa boa, como eu no começo. Dai vem o João Doe e sacaneia, sacaneia todo mundo, deixa todo mundo puto, dai o cara perde a linha, como eu perdi. O cara não aceita nenhuma opinião que seja contrária a dele e por ai vai. No final, quem discorda dele é perseguido por ele e por alguns que tomam as dores dele. É um saco, se vc não concorda com ele, tem que ficar calado, senão, não só ele te responde com ironia, e invariavelmente com falta de educação, como cola em vc e te persegue por todo o forum, criticando qualquer coisa que vc fala. Então a pessoa perde a linha.

Mas de volta ao assunto...

Eu concordo com o que vc diz. Mas talvez o que o Marcelo tenha querido dizer quando fala dos impostos é que é uma parafernália, e mesmo que o custo não justifique o aumento da Apple, ela cria um campo de distorção que serve às empresas, e ao governo.

Ao governo, porque podem roubar a vontade da gente, já que só especialistas vão entender isso, e ainda cuspir na nossa cabeça, como no mensalão, e às empresas, pois elas se aproveitam da confusão gerada e metem a faca. Qualquer coisa, é só botar a culpa no governo que todo mundo vai aceitar. Então, matematicamente, vc está certa, mas estrategicamente, se as empresas não pudessem usar este campo de distorção da realidade criado pelo governo a seu favor, não poderiam responder cartas como a que a Appel respondeu aqui no forum mesmo, culpando o governo pelos aumentos. 90% da população vai acreditar neles, quer dizer, 90% dos que compram Apple.

Os incentivos fiscais só deveriam ser liberados com uma planilha de preços finais, tipo vamos incentivar a Foxxcom, mas o iPad vai ter que custar tanto, senão o incetivo acaba, botar preço em tudo.

uk lima,

Agradeço o apoio, to evitando comentar pq percebo que para alguns é guerra, e não é essa minha pretensão.

Mas vamos la vou tentar seu mais claro possivel, o que ocorre no Brasil é uma inseguração seja, fiscal, financeira, juridica, etc. No ditado popular a empresa mesmo estando certa, esta errada. Por ser assim, o empresariado brasileiro que não vive de caridade impõe uma margem que considera justa para o risco da atividade, e pq essa margem é alta se comparada a outros paises??? Justamente pela inseguraça que o governo oferece.

É muita insegurança, tanto de:

  • Cambio
  • Transporte (Aereo / Maritimo)
  • Liberação (Imposto - SP concedeu incentivo e agora o STF a pedido do AM tirou)
  • Armazenagem (Greve)
  • Furto de Carga
  • Transporte terrestre
  • Distribuição
  • Margem do comerciante

Sendo que a toda essa insegurança esta atrelada obrigaçoes trabalhistas, sendo que no Brasil a mao de obra é cara e pouco produtiva, não estou dizendo isso pra ofender ninguem não, pq tenho certeza que me incluo nela, tenho certeza que eu poderia produzir mais, mas culturalmente não faço isso, afinal sou Brasileiro nato, a revista exame retratou bem essa situação.

Eu acho que a solução para o Brasil seria o país oferecer mais segurança juridica, fiscal e financeira, ao mesmo tempo que investe na distribuição e apartir dai, o cidadão seria o ponto forte fazendo do seu poder de compra o meio adequado para regular a margem das empresas.

Hoje como esta, se houver boicote é natural que mais e mais empresas começem a fechar, e o que mais me preocupa é o emprego que as empresas oferecem, pensa na pessoa dispensada e sem emprego e renda, que chega em casa e ve seus filhos com fome?? Não tem outra alternativa senão partir para a ilegalidade, ninguem suporta ver a familia com fome, então a manutenção do emprego é primordial.

O Brasil de hoje deixa o problema acontecer pra entao tentar resolver, qdo acho que o trabalho deveria ser preventivo, investimento principal seria em educacao, saneamento basico, transporte e tecnologia.

Bom de qualquer forma nao quero me estender mais, e peço desculpas pelos erros, pois estou novamente no meu notebook, e nao tem word e corretor ortografico, tb nao vou me dar ao trabalho de corrigir os erros pois a intençao é debater e nao ter um portugues perfeito.

Em tempo: Nao sou defensor da Apple ou qualquer outra empresa, sequer um dia dei lucro para esta, só defendo meu entendimento que a maior culpa pelo alto custo no Brasil é primeiramente e em grande parte do Governo, e depois contribuindo tb para o problema estao as empresas e o proprio consumidor.

Editado por Marcelo Neves

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

uk lima,

Agradeço o apoio, to evitando comentar pq percebo que para alguns é guerra, e não é essa minha pretensão.

Mas vamos la vou tentar seu mais claro possivel, o que ocorre no Brasil é uma inseguração seja, fiscal, financeira, juridica, etc. No ditado popular a empresa mesmo estando certa, esta errada. Por ser assim, o empresariado brasileiro que não vive de caridade impõe uma margem que considera justa para o risco da atividade, e pq essa margem é alta se comparada a outros paises??? Justamente pela inseguraça que o governo oferece.

É muita insegurança, tanto de:

  • Cambio
  • Transporte (Aereo / Maritimo)
  • Liberação (Imposto - SP concedeu incentivo e agora o STF a pedido do AM tirou)
  • Armazenagem (Greve)
  • Furto de Carga
  • Transporte terrestre
  • Distribuição
  • Margem do comerciante

Sendo que a toda essa insegurança esta atrelada obrigaçoes trabalhistas, sendo que no Brasil a mao de obra é cara e pouco produtiva, não estou dizendo isso pra ofender ninguem não, pq tenho certeza que me incluo nela, tenho certeza que eu poderia produzir mais, mas culturalmente não faço isso, afinal sou Brasileiro nato, a revista exame retratou bem essa situação.

Eu acho que a solução para o Brasil seria o país oferecer mais segurança juridica, fiscal e financeira, ao mesmo tempo que investe na distribuição e apartir dai, o cidadão seria o ponto forte fazendo do seu poder de compra o meio adequado para regular a margem das empresas.

Hoje como esta, se houver boicote é natural que mais e mais empresas começem a fechar, e o que mais me preocupa é o emprego que as empresas oferecem, pensa na pessoa dispensada e sem emprego e renda, que chega em casa e ve seus filhos com fome?? Não tem outra alternativa senão partir para a ilegalidade, ninguem suporta ver a familia com fome, então a manutenção do emprego é primordial.

O Brasil de hoje deixa o problema acontecer pra entao tentar resolver, qdo acho que o trabalho deveria ser preventivo, investimento principal seria em educacao, saneamento basico, transporte e tecnologia.

Bom de qualquer forma nao quero me estender mais, e peço desculpas pelos erros, pois estou novamente no meu notebook, e nao tem word e corretor ortografico, tb nao vou me dar ao trabalho de corrigir os erros pois a intençao é debater e nao ter um portugues perfeito.

Em tempo: Nao sou defensor da Apple ou qualquer outra empresa, sequer um dia dei lucro para esta, só defendo meu entendimento que a maior culpa pelo alto custo no Brasil é primeiramente e em grande parte do Governo, e depois contribuindo tb para o problema estao as empresas e o proprio consumidor.

Mais uma vez vou ter que discordar dos seus argumentos.

O lucro das empresas brasileiras são altíssimos e quando as fábricas de automóveis estavam falindo nos EUA aqui no Brasil as montadoras estavam batendo recordes de venda e lucro.

As grandes varejistas registram recordes de vendas a cada ano e o nível de desemprego está baixíssimo se comparado à década passada.

Muitos profissionais brasileiros estão sendo contratados para ir ao exterior, isso mostra que o nível técnico do brasileiro é maior ou igual ao dos estrangeiros.

Inclusive muitas empresas brasileiras estão executando serviços no exterior como a Camargo Correa e Odebrecht que imperam na construção civil na Argentina, Chile, Bolívia e outros (levando mão de obra brasileira para fora).

Não dá pra ficar passando a mão na cabeça dos empresários para eles garantirem o emprego dos funcionários uma vez que os empresários brasileiros estão entre os mais ricos do mundo e o operário brasileiro um dos mais mal-pagos do mundo.

Este ano os banqueiros pagaram fortunas em bônus para executivos e reduziram a participação dos lucros para os demais funcionários, mesmo lucrando cada vez mais (http://bancariospa.org.br/clipping-online/44-geral/3303-bancos-lideram-ranking-de-pagamento-de-bonus-para-executivos).

O salário médio (mensal) do funcionário da Foxconn Brasil é menor do que o preço de 1 iPad ou iPhone mais barato que eles produzem.

O brasileiro é egoísta, se acha sempre melhor do que o outro, se acha no direito de humilhar, de fazer comentários e piadas preconceituosas, de dar fechadas no trânsito, de rir da desgraça alheia, de criticar a boa vontade dos outros (vide os comentários que vemos nos blogs onde a carta foi publicada) e etc, etc e etc.

Fugindo do clichê de ficar falando que o governo deveria investir em educação, saúde e segurança, eu acho que a prioridade é investir em civilidade, moral e respeito ao próximo; só depois disso o brasileiro poderá usufruir de educação/saúde/segurança sem que haja desvio de verbas públicas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fabio Seiji falou DE NOVO com esmero.

Mas deveria ter se poupado do trabalho.

Afinal, só a palavra "inseguração" já é motivo pra rir da coisa toda. Enfim...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fabio Seiji falou DE NOVO com esmero.

Mas deveria ter se poupado do trabalho.

Afinal, só a palavra "inseguração" já é motivo pra rir da coisa toda. Enfim...

Ôxi, eu me poupo sempre... eu poderia escrever textos gigantescos tentando esclarecer cada sentença escrita pelo Marcelo Neves, dando vários exemplos, links e até imagens, mas eu tento sempre escrever de forma muito resumida, rsrs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

uk lima,

Agradeço o apoio, to evitando comentar pq percebo que para alguns é guerra, e não é essa minha pretensão.

Mas vamos la vou tentar seu mais claro possivel, o que ocorre no Brasil é uma inseguração seja, fiscal, financeira, juridica, etc. No ditado popular a empresa mesmo estando certa, esta errada. Por ser assim, o empresariado brasileiro que não vive de caridade impõe uma margem que considera justa para o risco da atividade, e pq essa margem é alta se comparada a outros paises??? Justamente pela inseguraça que o governo oferece.

É muita insegurança, tanto de:

  • Cambio
  • Transporte (Aereo / Maritimo)
  • Liberação (Imposto - SP concedeu incentivo e agora o STF a pedido do AM tirou)
  • Armazenagem (Greve)
  • Furto de Carga
  • Transporte terrestre
  • Distribuição
  • Margem do comerciante

Sendo que a toda essa insegurança esta atrelada obrigaçoes trabalhistas, sendo que no Brasil a mao de obra é cara e pouco produtiva, não estou dizendo isso pra ofender ninguem não, pq tenho certeza que me incluo nela, tenho certeza que eu poderia produzir mais, mas culturalmente não faço isso, afinal sou Brasileiro nato, a revista exame retratou bem essa situação.

Eu acho que a solução para o Brasil seria o país oferecer mais segurança juridica, fiscal e financeira, ao mesmo tempo que investe na distribuição e apartir dai, o cidadão seria o ponto forte fazendo do seu poder de compra o meio adequado para regular a margem das empresas.

Hoje como esta, se houver boicote é natural que mais e mais empresas começem a fechar, e o que mais me preocupa é o emprego que as empresas oferecem, pensa na pessoa dispensada e sem emprego e renda, que chega em casa e ve seus filhos com fome?? Não tem outra alternativa senão partir para a ilegalidade, ninguem suporta ver a familia com fome, então a manutenção do emprego é primordial.

O Brasil de hoje deixa o problema acontecer pra entao tentar resolver, qdo acho que o trabalho deveria ser preventivo, investimento principal seria em educacao, saneamento basico, transporte e tecnologia.

Bom de qualquer forma nao quero me estender mais, e peço desculpas pelos erros, pois estou novamente no meu notebook, e nao tem word e corretor ortografico, tb nao vou me dar ao trabalho de corrigir os erros pois a intençao é debater e nao ter um portugues perfeito.

Em tempo: Nao sou defensor da Apple ou qualquer outra empresa, sequer um dia dei lucro para esta, só defendo meu entendimento que a maior culpa pelo alto custo no Brasil é primeiramente e em grande parte do Governo, e depois contribuindo tb para o problema estao as empresas e o proprio consumidor.

Eis um ponto de vista maduro sobre o problema, não adianta culpar a empresa pelo valor injusto, se a injustiça maior ocorre dentro do planalto central. Ou seja, enquanto tivermos uma gestão protecionista frente as mazelas sociais tratando as com caridade e pouco investimento efetivo no desenvolvimento do individuo, quem sempre vai pagar a conta somos nós, ditas classe C ou B.

O que os governos vem fazendo, soa ate interessante para empresa se instalar, mas isso não garante o seu "custo de produção" menor, logo, a questão fica um pouco mais complicada se analisada do ponto de vista liberal. Embora o foco não seja em politica econômica não da pra negar que fundamentalmente é sobre isso que se trata. Saber escolher os responsáveis pela "nossa politica de taxas maluca" já faria uma boa diferença a longo prazo. Mas, as pessoas insistem e viver no vermelho, se é que me entendem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.



  • Conteúdo Similar

    • Por Julio Cesar Freitas
      Meu contato 11987011828 
    • Por Julio Cesar Freitas
      Lojapontoapple
      iMac 27" Retina 5K | Part Number: MNED2LL/A (1 mes de uso)
      Display Retina retroiluminado por LED 27" 5K (resolução: 5120x2880 pixels)
      Processador: Processador Intel Core i5 Quad Core 3,8GHz (Turbo Boost até 4.2GHz)
      Processador Gráfico: Radeon Pro 580 (8GB GDDR5 VRAM)
      Memória Ram: 16GB 2400MHz DDR4
      Armazenamento: 2TB Fusion Drive
      Apple Magic Mouse 2 + Teclado sem fio da Apple
      Valor: R$ 15000.00
      com garantia pela apple.
      Atenção Preço bom pra vende logo aceito mercado pago e pague seguro com taxas por conta do cliente. Aceito smartphones e Produto apple como parte do pagamento também.
      Interessados entrar em contato comigo por esse numero 11987011828 ou 11972787972 ou no chat. Entrego no shopping tatuape ou Shopping Analia Franco.








    • Por Gilmar Jeronimo
      Salve galera, adquiri esse Imac em 2014 com o Gilberto @Gfruas, aqui do fórum. Sempre usado em casa para freelas e trabalhos de faculdade. Agora com essa demanda de home office preciso de uma máquina mais rápida e gostaria de receber propostas para um eventual upgrade... estava pensando em um Imac 2017 pra cima....O meu Imac esta completinho e muito novo com caixa e tudo que tem direito.....se tiver alguém interessado é só chamar. Grato...
      9 9522 7763
      Gilmar

    • Por Rodrigo_Braga
      Olá! Tenho um desktop iMac 21pol mid2010, 3,2ghz Intel Core i3, 4gb 1333mhz ddr3, Gráficos Ati Radeon hd 5670 512mb.
      Ele está lento e gostaria de dar uma sobrevida. O que seria mais indicado para um upgrade: aumentar a memória de 4gb para 16gb (máximo), instalar um SSD, ou ambos (vale a pena ambos)?
      Obrigado. Rodrigo
    • Por Fernando Braz
      QUERO R$5000

      macOS High Sierra
      iMac 27-inch, Mid 2011
      Processador 3,4GHz Intel Core i7 Quad-Core
      Memória 16GB 1333 MHz DDR3
      Disco de Inicicialização 480GB SSD + Sata de 1TB
      Gráficos AMD Radeon HD 6970M 2GB
      Thunderbolt de até 10GB/s x2
      Não acompanham Magic Mouse e Keyboard.
      Máquina impecável, pra trabalhos pesados já que a uso para edições de vídeos no Premiere e também para lazer no Netflix, qualidade de imagem incomparável.
      Apenas venda ou troca apenas por macbook e imac similares de anos superiores.
      Parcelo em 12x com taxas e juros por conta do comprador.
      Sou da capital de SP - Zona Sul.





    • Por Cesar Mietti
      Olá a todos! Tenho um iMac 27" 5K late 2017 já fora da garantia. Notei há alguns dias que surgiu uma mancha pequena na tela, o que me deixou muito preocupado, pois sem garantia deve ser caríssimo a substituição, já abri protocolo na Apple e me indicaram algumas assistências técnicas, porém não tenho carro e levar de Uber pode ser bem complicado visto que, com a caixa é bem grande. O que queria saber de vocês é se conhecem alguém que já passou por isso e se seria um vício tardio, que deveria ser coberto pelo fabricante. E será que é muito caro a substituição dela se eu precisar pagar?

    • Por Glauco Pinheiro
      Vendo meu Mac Mini 2012 ou troco por MacBook Pro do mesmo ano. As configurações do meu Mac são as seguintes: core i5, 2.4GHZ, HD de 500GB e 10GB de ram. Valor: R$1.900,00
      Se alguém se interessar poderá me chamar no WhatsApp 32 98886-3601


    • Por mpanebianco
      Boa tarde amigos!
      Antes de mais nada, eu não possuo conhecimentos profundos sobre o Mac, então talvez minhas perguntas sejam básicas para quem é conhecedor, me desculpem..rs..
      Eu trabalho com produção de audio profissional (Por Tools) e uso desde 2011 um iMac i5, 16 GB, comprado novo, ou seja ele é de 2011 (modelo 12.1). O OSX 10.7 - Lion.  Nunca fiz nenhuma atualização por conta do software que uso para gravar, porém esse software foi atualizado, e ele roda a partir do OSX 10.13.6 (High Sierra). Já vi no site da apple que meu iMac suporta essa atualização. Perguntas:
      1-Como eu faço essa atualização? É preciso baixar ele de algum lugar, gerar algum pendrive bootavel? Não encontrei nada no site.
      2-Se eu quiser voltar para o sistema original (lion), é possivel? Porque eu continuo trabalhando com o sistema antigo, sem problema, e caso de algum bug, não posso ficar sem trabalhar e voltaria para o Lion.
      3-Meu iMac aceita um SSD ?
      4-Nessa atualização é possivel formatar o iMac, começar do zero? Porque alguns softwares e plugins, depois de 9 anos, ja estão dando bugs.
      É isso!
      Muito Obrigado!!!
       
    • Por Filipe Franco
      Olá,
      Sou novo no fórum E tenho uma dúvida pertinente ao iMac. Minha esposa tem um iMac late 2012, eu nunca fui usuário de mac, sempre tive pc e nunca tive dificuldade de fazer upgrade em minhas máquinas. Porém mac e um terreno que não conheço, no caso nós temos essa máquina da foto, gostaria de saber o que fazer para melhorar o desempenho dela para edição de fotos, minha esposa trabalha com fotografia e utiliza Photoshop e Lightroom nele, mas depois de algumas horas fica muito lento. Não tenho capital para compra de um MacBook Pro ou outro iMac, o melhor caminho seria tentar o upgrade e o Mac tem a vantagem da tela ser retina para edição isso é muito bom. E se for possível melhorar memória, SSD, e placa de vídeo, quais marcas e modelos são indicados para essa máquina? Obrigado

  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      49.749
    • Total de Posts
      421.909
×
×
  • Criar Novo...