Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Gustavo Jaccottet

[Preços] Redação de Carta Aberta à Apple Computer Brasil Ltda.

Posts Recomendados

É exatamente isso Del Rei. Desde o começo eu defendi que seria perda de tempo. Num país como o nosso, criticar os preços praticados por uma multinacional elitista é besteira, visto que a nossa elite é, quando se trata de dinheiro, mais alienada que qualquer outra fatia da sociedade. É triste, mais é o que acontece.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala, Gustavo.

Realmente gostaria de poder ter este otimismo também.

 

Mas, sinceramente pra mim, ficou muito claro que a AppleBR simplesmente resolveu aumentar os preços porque brasileiros pagam pelos seus produtos.

 

Qualquer resposta que ela der diferente disso, será hipocrisia pura.

 

 

E mais... Embora eu tenha assinado a Carta Aberta, me sinto como um ser sem o menor amor próprio. É como se estivéssemos suplicando à AppleBR "Por favor, nos deixem comprar seus produtos, por favor, por favor!!".

 

 

Pois é Del Rei,

 

Por sinal fostes um dos primeiros a assinar a carta.

 

Eu não me considero como um ser decepcionado pois esperava que isso poderia acontecer.

 

Infelizmente a Apple Brasil não liga para os seus usuários brasileiros, assim como as operadoras de telefonia... etc.

 

Abs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Li a matéria. Pois e, lá as leis existem e são cumpridas. O contrario daqui. Lá há pedido de explicações, há multa (pesada), e as empresas tem que pagar senão sofrem sanções seríssimas.

Aqui, os órgãos reguladores cobram, as empresas dão as costas, são multadas, não pagam, sofrem processos judiciais, recorrem, e recorrem, e recorrem, e fica por isso mesmo.

O governo tem culpa, a empresa (fabricante) tem culpa e o consumidor tem culpa. Reclama, xinga, esperneia, mas compra! Mesmo em 12x sem juros.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na boa.... Sou contra essa interferência do governo nisso. O vendedor coloca o preço que ele quiser no produto dele. Apesar de estarmos lidando diretamente com a AppleBR, certamente a Apple americana já sabe que os preços aqui são bizarros. Se não intervieram, é porque estão de acordo.

Não estamos tratando de produtos essenciais à vida, como alimentos. Estamos tratando de computadores, telefones, tablets, etc. Ninguém aqui vai morrer se não puder comprar um iPhone.

Não adianta querer esperar que abaixem os preços se ainda estamos comprando.

E não acho que o governo deva se preocupar com isso também. E sonha quem acha que o governo vai intervir nisso. E se fizer, vai ser só pra constar, exatamente igual ao MP investigando preços altos de carros aqui no Brasil.... Terminou tudo em pizza, claro.

Nós, consumidores, precisamos de muito pouco: apenas conscientização! É só não comprar... Parece muito difícil viver sem status, luxo, supérfluos, etc. Depois ficamos reclamando.

Editado por Del Rei

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na boa.... Sou contra essa interferência do governo nisso. O vendedor coloca o preço que ele quiser no produto dele. Apesar de estarmos lidando diretamente com a AppleBR, certamente a Apple americana já sabe que os preços aqui são bizarros. Se não intervieram, é porque estão de acordo.

Não estamos tratando de produtos essenciais à vida, como alimentos. Estamos tratando de computadores, telefones, tablets, etc. Ninguém aqui vai morrer se não puder comprar um iPhone.

Não adianta querer esperar que abaixem os preços se ainda estamos comprando.

E não acho que o governo deva se preocupar com isso também. E sonha quem acha que o governo vai intervir nisso. E se fizer, vai ser só pra constar, exatamente igual ao MP investigando preços altos de carros aqui no Brasil.... Terminou tudo em pizza, claro.

Nós, consumidores, precisamos de muito pouco: apenas conscientização! É só não comprar... Parece muito difícil viver sem status, luxo, supérfluos, etc. Depois ficamos reclamando.

Mas Del Rei, aqui o governo age direta ou indiretamente no incentivo à produtividade das empresas. Como exemplos de ações diretas há os incentivos fiscais (Lei do Bem), corte nas contas de luz e demais leis específicas. Como incentivo indireto há o financiamento via BNDES de diversas atividades comerciais. Assim a Apple, bem como toda e qualquer empresa beneficiária de incentivos públicos, a despeito de serem livres para fixar o preço que bem entender, devem pelo menos explicar a sua política de preços.

Tal como tu, sou favorável à livre iniciativa e temeroso às intervenções do governo, mas não é o caso. O que a Austrália visa é regular o mercado de acordo com os parâmetros da razoabilidade.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu concordo com os dois. Acho que governo tem que se meter em infraestrutura (mesmo assim só apoiando), ensino e segurança pública, mais nada. Por outro lado, se o governo está liberado impostos para algumas empresas, estas deveriam apresentar uma contrapartida, ou perder o incentivo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu concordo com os dois. Acho que governo tem que se meter em infraestrutura (mesmo assim só apoiando), ensino e segurança pública, mais nada. Por outro lado, se o governo está liberado impostos para algumas empresas, estas deveriam apresentar uma contrapartida, ou perder o incentivo.

 

Penso desta forma. Se o governo dá um subsídio/incentivo fiscal a uma empresa e ela não repassa para o consumidor em forma de desconto, o governo tem que cobrar e, se necessário, cortar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Penso desta forma. Se o governo dá um subsídio/incentivo fiscal a uma empresa e ela não repassa para o consumidor em forma de desconto, o governo tem que cobrar e, se necessário, cortar.

 

 

Claro que a Empresa não é obrigada a repassar os subsídios da Lei do Bem, mas deveria, pelo menos, justificar de onde e de que forma os gastos são empreendidos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala, Gustavo.

Entendo.

Mas veja que essa Lei do Bem só beneficia as empresas brasileiras que realizam pesquisa tecnológica e desenvolvimento de inovação tecnológica... E que exportem seus produtos e serviços.

O que não é o caso da Apple aqui no Brasil, e também não usa recursos financiados pelo BNDES.

Se estivéssemos falando de outras empresas, eu até concordaria, mas esses inventivos não afetam a Apple diretamente.

Falando em cortes de benefícios, acho que deveriam cortar é os religiosos. Mas isso é outro papo! Rsss.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E a medida australiana já surtiu efeito...

A Adobe baixou os seus preços e os deixou bem mais próximos dos praticados no mercado norte americano.

http://www.engadget.com/2013/02/12/adobe-drops-prices-in-australia/

 

A ineficiência e o descaso com o povo dos nossos congressistas é algo notório, mas ainda assim não seria interessante enviar e-mails para o maior número deles? 

 

Acredito ser um próximo passo válido para o movimento. Redigir uma carta curta e bem feita comparando a situação brasileira e a australiana e pedindo uma investigação do caso. 

 

Tenho noção que dificilmente surtiria algum efeito, mas ainda assim me parece melhor do que só chorar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mas a Apple recebeu incentivos sim, relativos aos macbooks, coisa de dois anos atrás, junto a todos os outros, e agora recebe incentivos para fabricação de ipads e iPhones.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acabo de saber que a Apple baixou preço de de alguns modelos de MacBook nos EUA e no Brasil.

Acabei de ver, pelo contrário, alguns preços foram reajustados em até R$500,00 ou mais.

Editado: O MBP de 13", modelo de entrada, saía por R$3.999,00, agora sai por R$4.799,00. Posso estar desatualizado, mas não lembro de ver esse preço, antes, na Apple Store, considerando, ainda, que o Dólar caiu.

Editado por Gustavo Jaccottet

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Realmente aumentou o preço de modelo de entrada. O de Tela Retina baixou. Bom motivo para eu comprar Retina 13 polegadas nos EUA em abril, embora queria muito 15 pol.

 

 

Verdade, todos os modelos de entrada foram reajustados. Os modelos intermediários ou ficaram ao mesmo preço, ou foram levemente reduzidos e os modelos topo de linha receberam incremento no Hardware e tiveram seu preço reduzido, o que é pode ser visto como um bom sinal para a próxima linha de MacBooks.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

To achando que os preços mais altos da Apple não colaram nem lá fora, acho que deram um tiro no pé e estão tentando refazer. Imagino, com o Macpro por sair, que o preço dele vai ter que ser maior que os outros, então algum idiota lá deve ter pensado alto - gente, se a gente colocar o Macpro mais caro, vai sair mais caro que carro usado!! Dai o pessoal pode ter acordado de seu delírio.

 

Aqui, o Macpro vai sair mais caro que carro novo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.



  • Conteúdo Similar

    • Por gtv11
      Olá, Pessoal!
       
      Estou vendendo meu iMac 21.5 Late 2013. O Mac não tem marcas aparentes, apenas uma etiqueta de controle colada na parte de trás.
      As configurações são:
       
      Tela: 21.5
      Processador: 2,9GHz - Intel Core i5 quad core de 2,9GHz (Turbo Boost até 3,6GHz) com 6MB de cache L3
      Memória: 8GB (dois módulos de 4GB) de memória DDR3 de 1600MHz
      Armazenamento: Disco rígido de 1TB, 5400 rpm
      Chip Gráfico: Processador gráfico NVIDIA GeForce GT 750M com 1GB de memória GDDR
      Acompanha teclado e mouse original.
      Valor: R$ 4.500 (negociável).
      Mais informações e especificações do produto em:
      https://support.apple.com/kb/SP687?locale=pt_BR
       
      Moro em SP - Capital, próximo ao centro.
      Meu email é: gabriel.veronezi@gmail.com
       




    • Por RicardoLuis
      Andei pesquisando e achei uma maneira de desligar o iMac remotamente usando um script + regras do Mail.
      Esse é o post do tutorial: https://macmagazine.uol.com.br/post/2008/05/18/como-desligar-o-seu-mac-remotamente-via-uma-simples-mensagem-de-texto/
      Alguém sabe me dizer se ainda funciona? Infelizmente só achei isso e é um post de 2008!
      Tenho um iMac com alguns anos de atividade já, comprei ele usado, investi mais um dinheiro nele e aqui no meu bairro começou a ter quedas seguidas de energia, com isso acabei comprando um no-break pra tentar amenizar algum dano. Só que o no-break aguenta 30 min - 1 hora no máximo, de qualquer forma isso seria tempo suficiente pra eu poder pelo menos desligar ele da forma correta, nada de desligamentos abruptos pela queda de luz. Como trabalho durante a noite, caso eu fique sabendo da queda de energia, é possível que eu consiga desligar ele de forma remota.
      Alguém sabe alguma outra forma?
    • Por _Eduardo
      Então pessoal, segunda feira de manhã meu iMac 2011 de 21 polegadas simplesmente desligou do nada e quando fui iniciá-lo novamente, a clássica tela de boot cinza com o logo da Apple apareceu com uma série de listras verticais na cor verde. A barra de carregamento chega até a metade e reinicia, e fica nesse loop eterno se eu não desligar. Já tentei entrar no Recovery (não carrega), já tentei também analizar pelo CMD+R mas não dá resultado algum. 
      Fazendo algumas pesquisas, acabei vendo que mais pessoas tiveram o mesmo problema (possivelmente na placa de vídeo), mas 99% dos casos, é na versão de 27 polegadas, e não na de 21.
      Entrei em contato com uma autorizada e falaram que não podem fazer nada por já ser uma máquina defasada. Achei um técnico que "acha que pode arrumar" por R$500, mas estou com medo do cara fazer alguma besteira ainda maior. Ou que a resolução seja temporária.
      Alguma dica de como proceder? Já estou pensando em tentar vender mesmo com esse problema pra tentar montar um PC, mas não tenho ideia de quanto conseguia pegar (muito menos se exite interesse)

    • Por Camila Ramos
      Boa noite!
      Estou começando no ramo da ilustração e gostaria de saber qual impressora vocês indicam - semi-profissional .
       
      Obrigada!
    • Por Del Rei
      Fala, galera.
      Eu uso bastante o preview (barra de espaço) do OSX. 
      O "problema" é que no iMac 5K, como a resolução é enorme, os vídeos em 1080p sofrem. 
      Toda vez que uso o preview em vídeos 1080p, o iMac automaticamente abre uma mega janela, enorme, que estica o vídeo demais, ficando com uma qualidade horrorosa, e eu sempre tenho que diminuir manualmente a janela do preview pra ter uma imagem de qualidade. E como exporto muitos vídeos e preciso compará-los, principalmente em termos de qualidade, é uma tristeza ficar toda hora tendo que diminuir o tamanho da janela. Sem falar que não sei o tamanho exato que deve ser diminuído, então acaba indo no "olhômetro".
      Enfim, minha pergunta: Tem como configurar o tamanho da janela do preview? Seja definir um tamanho fixo ou determinar que ele sempre abra o arquivo no tamanho original da mídia...? Procurei e não encontrei.
      Valeu.
    • Por Rodrigo Teixeira
      Tenho um iMac late 2013, comprado zero em meados de 2015. 
      Tem 8 gb de RAM, 1tb de HD, Core i5, rodando Mojave.
      Acho que 50% do meu dia anda comprometido em ver o carrosselzinho arco-íris rodando para executar as tarefas mais corriqueiras do mundo, como alternar janelas. 
      Sou designer gráfico, e tenho que rodar a Creative Cloud no micro, o que não ajuda em nada. 
      Preciso fazer alguma coisa quanto à situação, mas não consegui me decidir ainda. Estou aqui atrás de alguma boa alma, que possa me dar uma luz sobre qual alternativa devo escolher.  
      Minhas opções atuais são:
      1) Trocar de micro. Coisa que não estou podendo, por motivos de falta de grana. Mas o desespero é tanto que talvez seja o caso. O caso é: o que comprar? Os preços dos Macs novos são simplesmente ridículos. Trocar por um PC me assusta paca, mas tenho ouvido algumas pessoas dizendo que eu com R$ 7k eu compro um Note responsa, enquanto que do lado Mac eu mal consigo um usado pouco melhor que o meu.
      2) Colocar um SSD. Que deixaria meu micro mais rápido. Porém, esse iMac tem o HD soldado, o que pode representar um risco. Também já ouvi dizer que pode simplesmente melhorar o tempo de acesso aos arquivos, mas que o sistema ficaria mais ou menos na mesma. 
      3) Downgrade. Que é a opção teoricamente mais simples, mas visto que a Creative Cloud continuará a ser executada, fará diferença mesmo? E para qual versão eu deveria baixar? El Captain? 
      Enfim, se alguém já passou por isso, e teve alguma solução, eu agradeço imensamente a interação. 
       
      Obrigado, abraços. 
       
       
       
       
    • Por moarojunior
      Bom Dia, tenho um IMAc 2009 ao qual a sua porta mini display Port não funciona, ja foi tentado uma serie de adaptadores e por mais que ela indique que esta funcionando a imagem passada a outro bonitos fica toda cheia de interferência!
      Será que alguém tem algum dica quanto a isto? Se eu perder esta saída tenho como utilizar alguma alternativa? Sendo qu nesta maquina tem 3 portas USB e uma Firewire.
       
      Obrigado a todos.
    • Por Vinicius Vasques
      Tudo bem pessoal?
      Nesta manhã ao tentar dar boot no meu iMac Mid 2011 fui agraciado com a tela desligada ao iniciar. O som de boot aparece, as ventoinhas parecem ligar mas o maldito monitor não liga. Ainda vou buscar um monitor externo para verificar se não é algo na placa de vídeo. Já tentei resetar o SMC e a PRAM nenhuma destas alternativas surtiu efeito. Alguém já passou por problema parecido?
    • Por MarceloRodrigo
      Estou com um Problema no meu IMAC. Apenas um lado dele não sai som. Já tentei várias coisas, mas não funciona. No balanço de som, se eu jogar para o lado direito não sai som algum, no meio também funciona só o esquerdo. Alguém já teve um problema parecido? Tem alguma forma de testar pra saber se realmente o falante que é o problema?
    • Por Del Rei
      Fala, galera.
      Meu primeiro iMac foi um 21" Mid 2010, aquele modelo mais largo com HDD de 720rpm. Não tinha problemas de lentidões, bolinha arco-íris girando... Aí em 2014 troquei por um 21" mais moderno do tipo fino, com o maldito HDD de 5400rpm. De lá pra cá, minha experiência nunca foi exatamente a mesma.
      Hoje tenho um 27" 2017 com Fusion interno e rodo o SO e aplicativos no SSD externo (Samsung T5 de 1TB) via USB-C. E é bem comum clicar num arquivo da Mesa, selecionar "Abrir com..." e ficar a mensagem "Obtendo..." como se estivesse lendo os possíveis programas pra abrir aquele arquivo - mesmo os arquivos da Mesa e os aplicativos estando todos no SSD. 
      Já fiz teste usando o Fusion (interno) e o desempenho é ainda pior.
      Quando o sistema entra na proteção de tela e preciso colocar a senha para voltar, é comum aparecer a bolinha girando, dando uma travada temporária. 
      O Photoshop (original, pago) às vezes trava de vez o computador e preciso desligar no botão. Inacreditável.
      Essas coisas nunca aconteciam com o meu antigo Mid 2010. 
      Alguém já teve esses problemas??
  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      48.751
    • Total de Posts
      417.178
×
×
  • Criar Novo...