Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
luclba

Novidades na fiscalização pelos agentes alfandegários?

Posts Recomendados

Pessoal cheguei :B

 

 

eu tive mt sorte na PF, eu cheguei 5h da manha, o aeroporto estava vazio. 

O aviao parou e todo mundo foi no nada a declarar, e aquela fila imensa de ngm declarando nada.

Eu falei para o meu amigo ''vamos declarar que e melhor''.

Nos fomos, eu declarei 2 video game ele 2 ipad, o fiscal gerou a darf para pagar e pronto, ele nao olhou nossas malas nem mochilas nao passamos no x-ray. Gracas a Deus, pq nos estavamos com 8 iphone 5, 4 ipad, 1 ipad mini, xbox, playstation, skate x8, perfumes, varios acessorios para idevices, e varias outras coisas. Eu paguei somente 140 reais de imposto.

 

Foram 2 caixas dessa:

 

http://www.flickr.com/photos/63815425@N04/8692651910

 

 

http://www.flickr.com/photos/63815425@N04/8692652136

 

 

E o pessoal que nao declarou nada, a policia parou quase todo mundo. E horrivel geral tendo que abrir aquelas milhoes de malas.

 

Dá vontade de mergulhar dentro dessas caixas e não sair mais. :D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

iPhones tem isenção ou não? Ou, o que acontece, na realidade, é uma falta de imparcialidade dos agentes alfandegários?

Obrigado.

Na verdade, conforme as novas regras, você tem isenção para UM celular de uso pessoal que esteja em uso (se tiver um, eles cobram o outro - até onde sei, isentam o mais usado), uma câmera (cuidado, se trouxer uma reflex parruda demais, com lentes teles muito grandes e tal, eles podem não isentar - fica a critério deles analisar quem deve estar utilizando a câmera para uso pessoal ou não) e um relógio. Notebooks não entram no esquema.

 

Ah, até onde sei, Kindles estão sendo isentos também... li algo sobre isso na internet a algum tempo atrás, mas não posso afirmar com 100% de ctza. pq eu não trouxe um quando vim do exterior, então... ;)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esse negocio de alfândega nao tem como afirmar o que vai acontecer se fizer tal coisa, ano passado voltei dos EUA via Panamá para são Paulo, cerca de meia noite ,decidi declarar apenas o iPad, fui com o papel que eles entregam no avião na fila a declarar, nao pediram o papel, passaram as malas no raio x e nao deu em nada, nao vi ninguém ser parado, havia chegado um vôo vindo de buenos Aires, os fiscais já avisaram, quem veio de buenos Aires poderia passar direto, e nem conferiram se quem passou direto realmente estava vindo da Argentina. Uma conhecida voltando de NY foi parada, nao trouxe nada eletrônico, apenas roupas sem etiquetas e tal, somente ela foi parada, o fiscal revistou tudo, por sorte elas guardaram todos os recibos e foi calculado a multa por aí, deu uma multa salgada, mas segundo o fiscal se nao tivesse os recibos eles fazem os cálculos assim, estimam $2000 por mala se nao estou me engano. Absurdo, nao sei se a pratica e correta, mas foi o que o fiscal falou.

Já passei pelo galeão também, era 6 da manha a receita estava fechada, vi gente passando com microondas e por aí. Pelo que parece nesse período de madrugada e mais tranquilo, mas vai muito da sorte.

Editado por Leandro Sasso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Depende do dia e da demanda de voos internacionais que aterrizam. Outra coisa que é comum é passar durante a troca de turno, que demora de 45min a 1h00min. Por fronteira terrestre, já vi gente trazendo duas televisões de LCD, aparelhos de Ar Condicionado e passando por volta das 5:00 ou das 17:00 (os plantões da Receita, nas fronteiras terrestres, são de 12 horas de Trabalho por 24 de Descanso), então o período das 5:00 e das 17:00 é o mais tranquilo de se passar. O problema é se a Polícia Federal está de Plantão, pois a PF faz rodízio de 24h por 48h em fronteiras terrestres. Não sei se o mesmo se dá em aeroportos. 



Pessoal cheguei :B

 

 

eu tive mt sorte na PF, eu cheguei 5h da manha, o aeroporto estava vazio. 

O aviao parou e todo mundo foi no nada a declarar, e aquela fila imensa de ngm declarando nada.

Eu falei para o meu amigo ''vamos declarar que e melhor''.

Nos fomos, eu declarei 2 video game ele 2 ipad, o fiscal gerou a darf para pagar e pronto, ele nao olhou nossas malas nem mochilas nao passamos no x-ray. Gracas a Deus, pq nos estavamos com 8 iphone 5, 4 ipad, 1 ipad mini, xbox, playstation, skate x8, perfumes, varios acessorios para idevices, e varias outras coisas. Eu paguei somente 140 reais de imposto.

 

Foram 2 caixas dessa:

 

http://www.flickr.com/photos/63815425@N04/8692651910

 

 

http://www.flickr.com/photos/63815425@N04/8692652136

 

 

E o pessoal que nao declarou nada, a policia parou quase todo mundo. E horrivel geral tendo que abrir aquelas milhoes de malas.

 

Imagina se tem alguém da Receita Federal frequentando o Fórum... kkkkkkkk...

 

Tivesse muita sorte, mas também poderias ter sérios problemas. Pensa melhor se fores tentar repetir isso outra vez.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pessoal cheguei :B

 

 

eu tive mt sorte na PF, eu cheguei 5h da manha, o aeroporto estava vazio. 

O aviao parou e todo mundo foi no nada a declarar, e aquela fila imensa de ngm declarando nada.

Eu falei para o meu amigo ''vamos declarar que e melhor''.

Nos fomos, eu declarei 2 video game ele 2 ipad, o fiscal gerou a darf para pagar e pronto, ele nao olhou nossas malas nem mochilas nao passamos no x-ray. Gracas a Deus, pq nos estavamos com 8 iphone 5, 4 ipad, 1 ipad mini, xbox, playstation, skate x8, perfumes, varios acessorios para idevices, e varias outras coisas. Eu paguei somente 140 reais de imposto.

 

Foram 2 caixas dessa:

 

http://www.flickr.com/photos/63815425@N04/8692651910

 

 

http://www.flickr.com/photos/63815425@N04/8692652136

 

 

E o pessoal que nao declarou nada, a policia parou quase todo mundo. E horrivel geral tendo que abrir aquelas milhoes de malas.

 

Meus parabéns pela "conquista". Quando você reclamar de um político corrupto, de alguém que conseguiu uma "boquinha" na prefeitura ou de algum motorista dirigindo em excesso de velocidade sem ser pego, lembre-se de sua chegada ao Brasil!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Meus parabéns pela "conquista". Quando você reclamar de um político corrupto, de alguém que conseguiu uma "boquinha" na prefeitura ou de algum motorista dirigindo em excesso de velocidade sem ser pego, lembre-se de sua chegada ao Brasil!

Como criticamos a conduta política do país, enquanto que no plano individual fazemos igual, ou pior, que os políticos corruptos e similares. Um erro não justifica o outro, por isso teu comentário é louvável. Prefiro pagar mais caro, mas recolher os impostos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Meus parabéns pela "conquista". Quando você reclamar de um político corrupto, de alguém que conseguiu uma "boquinha" na prefeitura ou de algum motorista dirigindo em excesso de velocidade sem ser pego, lembre-se de sua chegada ao Brasil!

 

 

Desculpa ai o  100% correto.

 

Eu nao vou entrar no merito, eu fiz minha parte de declarar, se o agente nao olhou minha mochila ou pediu para assar no x-ray. Sinto muito.

 

Agora falar e facil quero ver na pratica. E errado e errado, nao existe meio errado. Se vc nunca cometeu nada de errado meus parabens.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não concordo em sonegar os produtos, ou até mesmo pagar o imposto correto por um mas 'esconder' o resto.

Mas eu fui ao Paraguai e trouxe meu Retina como se fosse uso pessoal, pois é o que é, e nem me cocei em informar para pagar o imposto.

Discordo dos preços praticados aqui no Brasil porém não faço contrabando e os vendo aqui.

 

[]'z

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não concordo em sonegar os produtos, ou até mesmo pagar o imposto correto por um mas 'esconder' o resto.

Mas eu fui ao Paraguai e trouxe meu Retina como se fosse uso pessoal, pois é o que é, e nem me cocei em informar para pagar o imposto.

Discordo dos preços praticados aqui no Brasil porém não faço contrabando e os vendo aqui.

 

[]'z

 

 

Entendo. Nenhum produto que eu trouxe foi para venda tbm, todos produtos eram para mim. Os unicos produtos que eu estou vendendo e o ps vita, mas ambos eu declarei e paguei as taxas. E eu nem ia vender, so vou vender pq eu nao gosto de video game mas mesmo assim insisto em comprar, comprei nem liguei e vi que nao era pra mim.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Meus parabéns pela "conquista". Quando você reclamar de um político corrupto, de alguém que conseguiu uma "boquinha" na prefeitura ou de algum motorista dirigindo em excesso de velocidade sem ser pego, lembre-se de sua chegada ao Brasil!

Como criticamos a conduta política do país, enquanto que no plano individual fazemos igual, ou pior, que os políticos corruptos e similares. Um erro não justifica o outro, por isso teu comentário é louvável. Prefiro pagar mais caro, mas recolher os impostos.

Discordo. Os preços daqui são muito abusivos demais! Deixei de ser "certinho" faz tempo pois o governo tá nem aí com os contribuintes. Só se interessa a acarredação de impostos para fins políticos. Enquanto a insegurança, os buracos nas estradas, a burocracia, a ineficiência de SUS etc continuam, continuo não declarando os meus produtos comprados nos EUA. Sem mais.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Desculpa ai o  100% correto.

 

Eu nao vou entrar no merito, eu fiz minha parte de declarar, se o agente nao olhou minha mochila ou pediu para assar no x-ray. Sinto muito.

 

Agora falar e facil quero ver na pratica. E errado e errado, nao existe meio errado. Se vc nunca cometeu nada de errado meus parabens.

 

Não sou nem nunca fui 100% correto, mas procuro ser sempre que posso. Quem nunca errou que atire a primeira pedra é um ensinamento válido sempre. O fiscal pode não ter feito o trabalho dele, mas você também não cumpriu sua obrigação. Se quiser, dirija bêbado também. Se nenhum policial te pegar, paciência, eles é que não fizeram o trabalho deles.

 

É uma pena que ainda tenha gente pensando que o melhor é levar vantagem e que o outro é o otário.

 

Não concordo em sonegar os produtos, ou até mesmo pagar o imposto correto por um mas 'esconder' o resto.

Mas eu fui ao Paraguai e trouxe meu Retina como se fosse uso pessoal, pois é o que é, e nem me cocei em informar para pagar o imposto.

Discordo dos preços praticados aqui no Brasil porém não faço contrabando e os vendo aqui.

 

[]'z

 

Ok, mas o preço com o imposto ainda é menor do que no Brasil.

 

Entendo. Nenhum produto que eu trouxe foi para venda tbm, todos produtos eram para mim. Os unicos produtos que eu estou vendendo e o ps vita, mas ambos eu declarei e paguei as taxas. E eu nem ia vender, so vou vender pq eu nao gosto de video game mas mesmo assim insisto em comprar, comprei nem liguei e vi que nao era pra mim.

 

Todos? E os oito iPhones, quatro iPads, etc... Não sou ninguém para julgar o que cada um faz com suas coisas, se quiser vender ou dar de presente não interessa. A obrigação é sempre a de declarar.

 

Quem compra um carro sabe que além do valor deste tem que contar o seguro, o IPVA, licenciamento, combustível. O mesmo para quem compra acima da cota no exterior, tem que ter o costume de contabilizar também o imposto a ser recolhido na volta.

 

Discordo. Os preços daqui são muito abusivos demais! Deixei de ser "certinho" faz tempo pois o governo tá nem aí com os contribuintes. Só se interessa a acarredação de impostos para fins políticos. Enquanto a insegurança, os buracos nas estradas, a burocracia, a ineficiência de SUS etc continuam, continuo não declarando os meus produtos comprados nos EUA. Sem mais.

 

Pois é, esse raciocínio leva à conclusão de que se o outro faz errado (governo), eu também posso fazer. Como eu disse antes: depois nada de cobrar decência ou moralidade dos políticos eleitos. Como vou cobrar um comportamento que nem eu pratico? Aí voltamos para o círculo vicioso.

 

Galera, não estou aqui para dar lição de moral em ninguém, é apenas o meu ponto de vista sobre o assunto, com o qual trabalho todos os dias. Vejo um pouco mais de perto o efeito nocivo tanto da tributação exagerada quanto do descaminho, por isso sou um pouco mais "caxias" com certos assuntos. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sinceramente? O cara que vai pagar 60% de imposto de tudo na alfândega é pior que o cara que trambica. Ele já paga muito imposto embutido quando compra qualquer coisa durante o ano todo, paga imposto de renda... quando compra um carro, paga um valor muito maior do que os próprios carros que são fabricados aqui e vendidos no exterior... e acha que pagar mais 60% de tributação em umas tralhas que comprou fora é certo. O pior de tudo é que faz tudo isso, paga tudo, dá lição de moral em quem faz qualquer coisinha errada pra se safar, pra depois chegar em casa, sentar o traseiro no sofá e ver na porcaria manipulada do Jornal Nacional que a conta de blablabla vai aumentar, que a farinha, o arroz, o feijão, a inflação e etc vai f*der com você (e garanto que a alfândega não é quem gera essa inflação rs).

Quem tenta trambicar não tá errado, errado é quem concorda em pagar o governo pra depois estes aprovarem auxilio-terno pra deputado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não sou nem nunca fui 100% correto, mas procuro ser sempre que posso. Quem nunca errou que atire a primeira pedra é um ensinamento válido sempre. O fiscal pode não ter feito o trabalho dele, mas você também não cumpriu sua obrigação. Se quiser, dirija bêbado também. Se nenhum policial te pegar, paciência, eles é que não fizeram o trabalho deles.

 

É uma pena que ainda tenha gente pensando que o melhor é levar vantagem e que o outro é o otário.

 

 

Ok, mas o preço com o imposto ainda é menor do que no Brasil.

 

 

Todos? E os oito iPhones, quatro iPads, etc... Não sou ninguém para julgar o que cada um faz com suas coisas, se quiser vender ou dar de presente não interessa. A obrigação é sempre a de declarar.

 

Quem compra um carro sabe que além do valor deste tem que contar o seguro, o IPVA, licenciamento, combustível. O mesmo para quem compra acima da cota no exterior, tem que ter o costume de contabilizar também o imposto a ser recolhido na volta.

 

 

Pois é, esse raciocínio leva à conclusão de que se o outro faz errado (governo), eu também posso fazer. Como eu disse antes: depois nada de cobrar decência ou moralidade dos políticos eleitos. Como vou cobrar um comportamento que nem eu pratico? Aí voltamos para o círculo vicioso.

 

Galera, não estou aqui para dar lição de moral em ninguém, é apenas o meu ponto de vista sobre o assunto, com o qual trabalho todos os dias. Vejo um pouco mais de perto o efeito nocivo tanto da tributação exagerada quanto do descaminho, por isso sou um pouco mais "caxias" com certos assuntos.

Não vou entrar em polemica. Detesto isso.

Estou acompanhando a discussão desde o inicio e faço coro com você. Assino embaixo! Não vou me locupletar com o errado!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cada um tem a sua ética: quero, mas devo; posso, mas não quero; devo, mas não posso. Dentro dessa tríade cada um fundamenta a sua ética, que é diferente da moral.

 

Do ponto de vista da moral, tudo o que foi dito nos últimos posts mostra quem são os verdadeiros culpados pelos preços abusivos praticados no Brasil e, mais, por estar sem óculos posso ter lido errado, trazer um produto do Paraguai, por não concordar com os preços aqui praticados, revender o produto aqui, é assinar a apólice de seguros dos corruptos que estão em Brasília e apesar do que diz o cidadão que trouxe uma infinidade de produtos da Apple, com o qual brinquei dizendo ter sorte de não estar sendo vigiado por um agente da receita federal, digo que ele não fez a sua parte, pois deveria ter declarado tudo e pago o imposto sobre tudo, só assim teria feito a sua parte. E aqui é o lugar para se debater sobre assunto, salvo se a moderação decidir que não é.

 

Não sou acima do bem e do mal, mas criamos o movimento #AbusoApple para justamente permitir que assuntos como esse sejam debatidos na esteira da moral e que seja permitido aos brasileiros comprar os seus produtos aqui, recolhendo os seus impostos de forma correta e pagando preços corretos. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cada um tem a sua ética: quero, mas devo; posso, mas não quero; devo, mas não posso. Dentro dessa tríade cada um fundamenta a sua ética, que é diferente da moral.

 

Do ponto de vista da moral, tudo o que foi dito nos últimos posts mostra quem são os verdadeiros culpados pelos preços abusivos praticados no Brasil e, mais, por estar sem óculos posso ter lido errado, trazer um produto do Paraguai, por não concordar com os preços aqui praticados, revender o produto aqui, é assinar a apólice de seguros dos corruptos que estão em Brasília e apesar do que diz o cidadão que trouxe uma infinidade de produtos da Apple, com o qual brinquei dizendo ter sorte de não estar sendo vigiado por um agente da receita federal, digo que ele não fez a sua parte, pois deveria ter declarado tudo e pago o imposto sobre tudo, só assim teria feito a sua parte. E aqui é o lugar para se debater sobre assunto, salvo se a moderação decidir que não é.

 

Não sou acima do bem e do mal, mas criamos o movimento #AbusoApple para justamente permitir que assuntos como esse sejam debatidos na esteira da moral e que seja permitido aos brasileiros comprar os seus produtos aqui, recolhendo os seus impostos de forma correta e pagando preços corretos.

Quando eu crescer quero ser igual a você. :D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cada um tem a sua ética: quero, mas devo; posso, mas não quero; devo, mas não posso. Dentro dessa tríade cada um fundamenta a sua ética, que é diferente da moral.

 

Do ponto de vista da moral, tudo o que foi dito nos últimos posts mostra quem são os verdadeiros culpados pelos preços abusivos praticados no Brasil e, mais, por estar sem óculos posso ter lido errado, trazer um produto do Paraguai, por não concordar com os preços aqui praticados, revender o produto aqui, é assinar a apólice de seguros dos corruptos que estão em Brasília e apesar do que diz o cidadão que trouxe uma infinidade de produtos da Apple, com o qual brinquei dizendo ter sorte de não estar sendo vigiado por um agente da receita federal, digo que ele não fez a sua parte, pois deveria ter declarado tudo e pago o imposto sobre tudo, só assim teria feito a sua parte. E aqui é o lugar para se debater sobre assunto, salvo se a moderação decidir que não é.

 

Não sou acima do bem e do mal, mas criamos o movimento #AbusoApple para justamente permitir que assuntos como esse sejam debatidos na esteira da moral e que seja permitido aos brasileiros comprar os seus produtos aqui, recolhendo os seus impostos de forma correta e pagando preços corretos. 

Bom, não sei se foi pra mim MAS eu não comprei no Paraguai para revender, deixei bem claro que comprei no Paraguai o MEU MBPR para MEU uso. E discordei de quem compra lá para revender aqui sonegando na alfândega.

 

[]'z

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.



  • Conteúdo Similar

    • Por Wil
      Fala galera,
      Vou fazer uma viagem rápida para os EUA agora em outubro e pretendo trazer um macbook pro que será para uso pessoal e precisarei utilizá-lo já durante a viagem. Mas estou com essas dúvidas:
      1- Ele será taxado pela receita? Ouço muitas estórias de que se vier utilizando a receita não taxa.
      2- O correto seria ir para a fila para declarar ou essas estórias de uso pessoal e vir utilizando permite ir para fila de nada a declarar?
      Essas regras vivem mudando e achei meio que subjetivo no site da receita. Alguém passou por isso esse ano?
      Valeu
  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      48.559
    • Total de Posts
      415.302
×
×
  • Criar Novo...