Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Gustavo Jaccottet

[IMEI] Bloqueio de Aparelhos não Certificados pela ANATEL

Posts Recomendados

Cf. diz o art. 77 do Regulamento de Telefonia Móvel no Brasil:  “As prestadoras devem dispor de meios para identificar a existência de fraudes na prestação do SMP, em especial aquelas consistentes na utilização de Estação Móvel sem a regular Ativação utilizando Código de Acesso associado a outra Estação Móvel”, a ANATEL oficiou as operadoras de telefonia celular para o bloqueio de todo e qualquer aparelho celular não certificado pela Agência, com IMEI adulterado, clonado, ou outras formas de se fraudar o Serviço Móvel Pessoal, prestado pelas Operadoras de Telefonia, mas que, cf. as regras da Constituição Federal e da Lei Nacional de Desestatização, são serviços públicos essenciais e, portanto, regulados por Agência específica. O que se passa é que o objetivo da medida é coibir o comércio de aparelhos chineses. Ocorre que pelo memorial técnico da ANATEL, os aparelhos importados não homologados pela Agência, caso do iPhone 5 A1429 (em teoria) e de outras marcas que não chegam aqui, também serão bloqueados.

 

Aqueles que se sentirem lesados podem recorrer, preventivamente, à Justiça, pela via de Ação Ordinária com pedido Liminar para que o seu IMEI não seja bloqueado, argumentando que o iPhone 5 A1429 é idêntico ao comercializado no Brasil, operando na rede GSM, todavia, não foi levado à certificação pela Apple por ser também CDMA. Há diversos outros argumentos, como desvio de finalidade, abuso de poder, intervenção no comércio de aparelhos eletrônicos, direito concorrencial.

 

É um tema a ser debatido, pois em 2014 a medida já deverá ser implantada e o controle dos aparelhos a serem bloqueados ficará a cargo da mesma entidade que gerencia a portabilidade.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então Gustavo, se eu entendi direito, qualquer aparelho comprado fora, já que não foi homologado pela Anatel, será bloqueado?

No caso do iPhone 5 vindo dos EUA, como e o mesmo vendido aqui, não será bloqueado?

Isso valera apenas para os aparelhos novos (ativados a partir daquele ano), ou para todos indistintamente?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ja divulguei num post anterior um protocolo da agência sobre a vivo, que diz que ao bloquear imei exemplo de aparelhos de boa procedência (não homologado) como o iphone 5 A1429, basta levar a nota fiscal e deixar uma cópia em 5 dias uteis ele estará funcional, o importante ao comprar aparelho lá fora será manter a nota fiscal da loja, onde de alguma forma a operadora deve ir atrás para ver senão tem algum problema na procedência este resolução é pra acabar com os malditos xing ling que por sinal jamais deveriam ter sido lançados.

Editado por fabio.laurindo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Agora imagina na Copa...

 

Sério, os gringos que chegarem aqui usando aparelhos não homologados vão fazer como?

 

No mínimo querem que comprem novos aparelhos, e até os chips, aqui.

 

Mais sobre o assunto já rolava aqui:

http://macmagazine.com.br/forum/index.php?/topic/55977-dúvida-com-o-eventual-bloqueio-de-celulares-não-homologados-pela-anatel-o-iphone-modelo-a1429-funcionaria-aqui/?hl=%2Biphone+%2Bnão+%2Bhomologado

http://macmagazine.com.br/forum/index.php?/topic/55693-iphone-5-verizon-a1429-imei-serão-bloqueados-pelas-teles-br/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então Gustavo, se eu entendi direito, qualquer aparelho comprado fora, já que não foi homologado pela Anatel, será bloqueado?

No caso do iPhone 5 vindo dos EUA, como e o mesmo vendido aqui, não será bloqueado?

Isso valera apenas para os aparelhos novos (ativados a partir daquele ano), ou para todos indistintamente?

Pela regra da Anatel, atendendo ao Regulamento das normas para o Serviço Móvel Pessoal, emitido pelo Ministério das Comunicações, sim, todo aparelho não certificado pela Anatel será bloqueado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ja divulguei num post anterior um protocolo da agência sobre a vivo, que diz que ao bloquear imei exemplo de aparelhos de boa procedência (não homologado) como o iphone 5 A1429, basta levar a nota fiscal e deixar uma cópia em 5 dias uteis ele estará funcional, o importante ao comprar aparelho lá fora será manter a nota fiscal da loja, onde de alguma forma a operadora deve ir atrás para ver senão tem algum problema na procedência este resolução é pra acabar com os malditos xing ling que por sinal jamais deveriam ter sido lançados.

O objetivo da norma é realmente coibir o uso dos aparelhos sem procedência. A rigor, a regra da Anatel vai atingir todos os aparelhos não certificados. Não há ainda um procedimento comum a todas as operadoras para a validação do IMEI de um aparelho não homologado, até porque a homologação segue não só as regras constitucionais e legais, como os instrumentos normativos da ABNT. Eu possuo um Garmin Nüvi Phone, que comprei no Uruguai. É um aparelho que poserá ser bloqueado, pois não faz parte do rol de aparelhos homologados.

Outro problema: nem todos os países emitem NF e se a compra for feita com terceiros, corre-se o risco de não se ter a NF, pois para a regulação da Anatel, o Serial Number não teria valor e sim se o IMEI está junto de um aparelho certificado ou não.

Editado: a questão da procedência é que pode dificultar o teu argumento. Eu vejo isso como uma medida para evitar a pirataria e valorizar o mercado nacional, mas sempre podem haver terceiros de boa-fé prejudicados.

Editado por Gustavo Jaccottet

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mas eles estão mais do que corretos. A Anatel visa os imperativos de regulamentação e fiscalização do SMP e todos os aparelhos deveriam ser comprados aqui, recolhendo os tributos e incentivando o mercado nacional, seja contra o contrabando, seja contra a pirataria.

Sobre a Copa, o interesse é no Roaming, não na compra de novos SIMs.

 

Editado: interessante a matéria do Olhar Digital.

Editado por Gustavo Jaccottet

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu concordo sobre a regulamentação, fiscalização, homologação, em evitar contrabando e pirataria, mas não concordo com o "deveriam ser comprados aqui" porque muitos entram num país levando seus aparelhos que nem sempre estão "homologados" no país de entrada e que não fazem parte de contrabando e nem de pirataria, eu me incluo nisso.

 

E se entrarem com aparelhos não homologados, sem portar nota fiscal e estes aparelhos forem bloqueados?  O que poderia ser feito, juridicamente a respeito desse bloqueio enquanto se estiver no país?

Editado por iFernanda

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu concordo sobre a regulamentação, fiscalização, homologação, em evitar contrabando e pirataria, mas não concordo com o "deveriam ser comprados aqui" porque muitos entram num país levando seus aparelhos que nem sempre estão "homologados" no país de entrada e que não fazem parte de contrabando e nem de pirataria, eu me incluo nisso.

 

E se entrarem com aparelhos não homologados, sem portar nota fiscal e estes aparelhos forem bloqueados?  O que poderia ser feito, juridicamente a respeito desse bloqueio enquanto se estiver no país?

 

Pois é iFernanda. O meu Garmin Nüvi Phone é de uso essencial, pois além de ser um bom GPS, é o meu único aparelho com Android. Eu penso que juridicamente se poderia usar de uma Ação Ordinária com Pedido de Antecipação de Tutela, argumentando que o aparelho que é usado prescreve todas as regras técnicas internacionais, não é nocivo à saúde (argumento de extirpar os celulares chineses do mercado), possui produtos similares ou semelhantes no Brasil, no caso do iPhone, é vendido no Brasil, é atribuída garantia pela Apple no Brasil. O mesmo se dá nos casos de outros aparelhos de marcas reconhecidas mundialmente.

 

Eu fiz um parecer, há uns anos atrás, para o caso de Computadores não certificados pela ANATEL, usados em repartições públicas, mas importados pelos órgãos do governo, por não haver similares à época, que era justamente o uso do Wi-Fi. No parecer eu argumentei que apesar de não existir certificação, o aparelho está dentro das normas técnicas internacionais de produção e circulação de mercadorias (ISO), bem como é certificado pela Agência reguladora do país de origem.

 

Sobre entrar com um produto estrangeiro, realmente, em 99% dos casos não é contrabando ou descaminho, pois acredito que tu, como a grande maioria dos usuários que aqui estão, comprem os produtos lá fora em razão dos preços abusivos praticados aqui. Eu me incluo nesse rol. Não se pode prejudicar que agiu de boa-fé. Pelas informações que eu colhi até o o momento, em conversas com colegas da área, entendemos que os usuários deverão ser notificados pelas operadoras a ou trocar de aparelho ou apresentar razões que motivem a ANATEL a entender que esse aparelho não deve ser bloqueado, por ter procedência idônea, estar dentro das regras normativas da entidade e não ser objeto de contrabando, descaminho, crime ou contravenção, bem como não teve seu IMEI clonado, replicado ou adulterado.

 

Por fim, caso a violação ao direito do usuário seja direta, caberia a impetração de mandado de segurança preventivo ou mandando de segurança posterior à prática da ilegalidade. Pode-se questionar ainda a ação da Anatel por via de Ação Popular, Processo Administrativo (dentro da própria Agência) e Ação Civil Pública, mediante denúncia ao MP, que estabelece inquérito civil para a aferição da ilegalidade e da abusividade da prática da ANATEL a determinados usuários que não se enquadram no uso de aparelhos notoriamente proibidos.

 

Se eu não respondi por inteiro, por favor, pode pedir que eu esclareça algum ponto, mas até o momento, os argumentos principais seriam esses.

 

Abs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O objetivo da norma é realmente coibir o uso dos aparelhos sem procedência. A rigor, a regra da Anatel vai atingir todos os aparelhos não certificados. Não há ainda um procedimento comum a todas as operadoras para a validação do IMEI de um aparelho não homologado, até porque a homologação segue não só as regras constitucionais e legais, como os instrumentos normativos da ABNT. Eu possuo um Garmin Nüvi Phone, que comprei no Uruguai. É um aparelho que poserá ser bloqueado, pois não faz parte do rol de aparelhos homologados.

Outro problema: nem todos os países emitem NF e se a compra for feita com terceiros, corre-se o risco de não se ter a NF, pois para a regulação da Anatel, o Serial Number não teria valor e sim se o IMEI está junto de um aparelho certificado ou não.

Editado: a questão da procedência é que pode dificultar o teu argumento. Eu vejo isso como uma medida para evitar a pirataria e valorizar o mercado nacional, mas sempre podem haver terceiros de boa-fé prejudicados.

O servidor da anatel que gerencia  é muito fácil a implantação de imei seja ele ou não homologado, tudo neste país se da um jeito não tenha a duvida que os grandes aparelhos com boa procedência e até que eles quiserem serão aceitos quem vai pagar é a grande população eu concordo em termos com as regras pois muamba não é certo mais também não puder trazer um aparelho mais barato de fora e ter que aceitar os altos preços do Brasil ai seria demais

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

...muamba não é certo mais também não puder trazer um aparelho mais barato de fora e ter que aceitar os altos preços do Brasil ai seria demais

Também penso assim. Viajamos para fora, trazemos um aparelho mais barato, dentro da nossa cota, tudo como manda o figurino. Mas não podemos usar. Somos obrigados a comprar os caríssimos aparelhos vendidos aqui.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O servidor da anatel que gerencia é muito fácil a implantação de imei seja ele ou não homologado, tudo neste país se da um jeito não tenha a duvida que os grandes aparelhos com boa procedência e até que eles quiserem serão aceitos quem vai pagar é a grande população eu concordo em termos com as regras pois muamba não é certo mais também não puder trazer um aparelho mais barato de fora e ter que aceitar os altos preços do Brasil ai seria demais

De fato. Espero que o gerenciamento seja eficiente para que não ocorra o bloqueio de aparelhos homologados, pois como se sabe, tudo é possível.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

De fato. Espero que o gerenciamento seja eficiente para que não ocorra o bloqueio de aparelhos homologados, pois como se sabe, tudo é possível.

Estava pensando nisso. Tudo neste pais e feito de forma desordenada e atabalhoada que, de repente, bloqueia até os aparelhos homologados, comprados aqui de forma legal.

Só de pensar da até um frio na barriga!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estava pensando nisso. Tudo neste pais e feito de forma desordenada e atabalhoada que, de repente, bloqueia até os aparelhos homologados, comprados aqui de forma legal.

Só de pensar da até um frio na barriga!

Por isso o processo tem que ser muito bem gerenciado. Quem vai gerenciar os bloqueios é o mesmo setor da portabilidade numérica, ou seja, se ainda há problemas com a portabilidade, rendendo indenizações de mais de R$2.000,00, imaginem um bloqueio indevido de IMEI.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não há nenhum problema em comprar aparelho fora do país, é permitido legalmente. 

 

E também, quando implementarem esse controle de IMEI, não podem cobrar NF de aparelhos antigos, e sim somente dos adquiridos no exterior após esta data. Teoricamente não pode mudar a regra do jogo no meio do caminho. 

Editado por guklein

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não há nenhum problema em comprar aparelho fora do país, é permitido legalmente. 

 

E também, quando implementarem esse controle de IMEI, não podem cobrar NF de aparelhos antigos, e sim somente dos adquiridos no exterior após esta data. Teoricamente não pode mudar a regra do jogo no meio do caminho. 

 

De fato a ANATEL pode, pois essa regra já existe, ela apenas ainda não foi implementada. O art. 77 que rege o SMP permite que a Agência faça esse controle.

 

Concordo que não há problema algum em comprar um aparelho fora do país. Agora, é permitido legalmente se: a) estiver dentro da cota de U$500,00 para migração via Aeroportos e U$300,00 para a migração via terrestre ou marítima; B) o aparelho trazido deve estar no rol de aparelhos regulamentados pela ANATEL, caso do iPhone 5 A1428; c) excedendo a cota fixada em lei, deve-se pagar o devido imposto, que agora pode ser pago com cartões de débito em alguns aeroportos brasileiros.

 

O controle de IMEI visa um controle por parte da Autoridade encarregada, no caso a ANATEL. Com a finalidade de não prejudicar terceiros, a ANATEL vai realizar esse bloqueio de forma lenta e progressiva, que será executado pelas operadoras. A NF não é o único documento hábil a comprovar que o aparelho é idôneo e não infringe as regras do SMP. Pode-se usar pareceres técnicos, produtos de semelhantes fabricantes, produtos que contenham os mesmos componentes de fabricação.

 

Pode-se mudar a regra no meio do caminho quando o interesse público prevalece sobre o interesse privado, claro, contando sempre com a razoabilidade e o bom senso por parte da ANATEL e das operadoras em permitir aos usuários que comprovem o que já foi exposto acima, por mim e pelos demais colegas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo que não há problema algum em comprar um aparelho fora do país. Agora, é permitido legalmente se: a) estiver dentro da cota de U$500,00 para migração via Aeroportos e U$300,00 para a migração via terrestre ou marítima; B) o aparelho trazido deve estar no rol de aparelhos regulamentados pela ANATEL, caso do iPhone 5 A1428; c) excedendo a cota fixada em lei, deve-se pagar o devido imposto, que agora pode ser pago com cartões de débito em alguns aeroportos brasileiros.

 

Em relação a celular, discordo! Um único celular, de uso próprio, é considerado bem isento. Não é preciso pagar imposto.

Veja vídeo abaixo:

 

http://www.receita.fazenda.gov.br/aduana/viajantes/videos/regras_bagagem.html

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Em relação a celular, discordo! Um único celular, de uso próprio, é considerado bem isento. Não é preciso pagar imposto.

Veja vídeo abaixo:

http://www.receita.fazenda.gov.br/aduana/viajantes/videos/regras_bagagem.html

Eu sei que é um bem de uso próprio, mas atendidas as regras da receita para que o produto seja considerado de uso próprio. Se eu trouxer o celular fechado, na caixa, não se aplica a regra. O mesmo se eu trouxer dois ou mais aparelhos, sem ter uma justificativa plausível para tanto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.



  • Conteúdo Similar

    • Por Renata Fagundes
      Amigos, sou nova aqui e vim trocar uma ideia com vcs.
      Tenho um Iphone 7 Plus faz 6 meses, foi comprado de segunda mão de um amigo que trouxe de fora, não tenho Nf, até ontem (03/10/18) o Iphone funcionou normalmente, a Vivo bloqueou meu Imei, não sei o que fazer! Se trata de um aparelho caro, fui à operadora e eles não tem explicação para o bloqueio, dizem apenas que foi a própria operadora que bloqueou, fiz reclamação na Anatel, e agora não sei mais a quem recorrer, alguem que tenha passado por isso poderia me dar uma luz? Desde já agradeço!
    • Por Jaaneto
      Boa tarde, comprei um iPhone X desbloqueado (T - Mobile) nos EUA (na loja da Apple no Mall at Millenia em Orlando - FL) e recebi o seguinte SMS: 
      “VIVO avisa: Pela Lei 9.472 este celular esta irregular e nao funcionara nas redes celulares em 75 dias. Acesse anatel.gov.br/celularlegal ou ligue 1058“. 
      Consultei meu IMEI no site da ANATEL e não aparece nenhuma restrição na consulta.
      Se todo iPhone X é compatível com o 4G brasileiro e homologado, isto não deveria acontecer! Alguém pode me ajudar com o que eu deveria fazer??
      Obrigado

    • Por Ahs
      Criei esse tópico para informar a “novela”, comprei um iPhone X da Verizon modelo A1865 desbloqueado full price ativado na operadora vivo no Brasil, nos primeiros dias tudo ok depois do nada não era possível realizar e receber chamadas de voz na rede levei para Apple do Morumbi lá fui informado que não era problema do aparelho e sim um impedimento do IMEI, ai começou fui orientado a procurar a operadora ou Anatel, na Vivo os funcionários nem sabem o que fazer o único procedimento deles é de aparelho recuperado de furto ou perda é só orientam e falam besteiras, falaram vc já foi na delegacia? rs resumo milhares de protocolos e não resolveram (isso eles são excelentes).Na Anatel jogou o problema para a operadora mais um protocolo, fui informado depois de um mês que estavam bloqueado aparelhos não homologados, esse iphone não é pirata só queria como pessoa física tenho a nota de compra o direito de uso mas como a Anatel não importa, como Pessoa física não tenho capacidade de homologar o aparelho somente Pj poderia fazer aleguei isso resumo somente a Apple resolveu.Tentei resumir só para informar a galera Anatel e operadoras em caso desse novo sistema do IMEI não vão resolver, comprem aparelhos com IMEI homologados para não ter essa dor de cabeça.
       
       
    • Por Del Rei
      Entonces...
      Eu não entendo nada disso, e a galera que entende pode dar dicas/palpites de qual modelo poderemos usar no Brasil?
      Pra evitar aquele lance de comprar um aparelho incompatível com as redes daqui, né.....
      Vi que o 8 terá 8 modelos e o X terá 2....
    • Por Leosalamaia
      Olá pessoal, espero que possam me ajudar...
      Comprei um iphone de uma loja online que vende produtos de miami. A loja parecia muito confiavel pois varios artistas fazem propagandas pra eles, mas parece que me enganei. Quando comprei o celular me informaram que mandariam a nota fiscal dele, entretanto nunca o fizeram, ja até busquei o PROCON mas nao foi resolvido, ai pensei em processa-los no pequenas causas e me veio uma duvida...
      Como eles compraram o iphone de uma loja de la eles podem bloquear ele pelo IMEI entrando em contato com a operadora de origem??? 
      Depois de pensar nisso eu fiquei com medo de processa-los pois nao sei se seria possivel bloquearem meu celular e eu nao poder desbloquea-lo por nao ter a nota fiscal, tenho apenas as conversas e audios com o dono da loja me falando que ia gerar a nota para mim (varias vezes ele ja disse isso e nada) e o comprovante de pagamento do pagseguro (onde só informa que comprei um iphone deles, mas nao informa o IMEI). 
      Tenho o celular faz 5 meses e nao sei se devo entrar na justiça ou nao, nem se terei exito se fizer isso.
    • Por savio roncoletta
      ha 30 dias eu comprei um iphone 7 , assim que abri a caixa coloquei um chip da vivo e funcionou normal ate 2 dias atras , agora ele parou de receber e fazer chamada ..... o aparelho da sinal de torre da VIVO e de outras operadoras mas nao completa chamada e nem recebe.... ontem fiz uma pesquisa de IMEI no site da anatel e consta que meu celular esta com imei IMPEDIDO .....  Fui em uma loja da VIVO e atendendo me afirma que nao tem nenhum bloqueio do aparelho , na Apple mesma coisa .... hj fiz um chamado da ANATEL pra tentar resolver o problema ..... Vi algumas post aki no forum sobre esse assunto ...ALGUEM PODE ME AJUDAR 
    • Por Wesley Alexandre
      Bom galera, estou com uma dúvida muito pessoal, que talvez até no futuro, possa ajudar também outras pessoas do próprio fórum, porque nunca se sabe quando você pode perder um celular.
      No sábado a noite, eu perdi meu celular em uma balada, um Iphone 5S, e estou entrando em contato com a mesma desde o domingo, nisso estão tentando encontrar meu celular.
      Já tentei no site da própria Apple, rastrear o celular pelo "buscar meu iphone", porém o aparelho desde a hora que eu o perdi, ainda não foi ligado ou retiram o chip, então não obtive nenhum exito em encontrá-lo. 
      Então, até agora, eu não fiz o B.O na delegacia porque tenho esperanças de consegui-lo encontrar junto com a Administração da balada que está me ajudando, mas caso eu não o encontre, precisarei fazer isso.
      E logo depois, vem uma dúvida muito importante minha, não encontrando o aparelho, eu tenho em mente BLOQUEAR O IMEI do celular, assim outra pessoa que tenha o encontrado com o pensamento de usá-lo, não vai conseguir usufruir do celular. Mas meu celular foi comprado nos EAU, e não foi homologado pela ANATEL, então mesmo assim, eu conseguiria junto com a Anatel, solicitar o bloqueio do IMEI do celular ?
    • Por jeferjefis
      Olá pessoal boa tarde a todos.
      Comprei um iphone 7 1660 - e mesmo não está fazendo e nem recebendo ligação aqui no Brasil (falha na ligação) o estranho é que o restante funciona normalmente.
      Já tentei vários chip de diversas operadoras e nada, já reinstalei pelo iTunes e nada. O mais estranho é que o sinal fica Ok.
      E ele liga normalmente para os números de emergência.
      Não consta nenhum bloqueio no aparelho, pois ele foi adquirido FULL.
      Será que ele esta com restrição pela ANATEL por se tratar de aparelho que não foi o Homologado.
      Todo auxilio é muito bem vindo, preciso de um direcionamento.
      Obrigado a todos.
    • Por bfernandes
      Salve nobres foristas, tudo bem?
      Na semana passada, tive o meu carro roubado e dentro estava o meu iPhone, me dirigi até a delegacia mais próxima e fiz o Boletim de Ocorrência. 
      Na delegacia, o inspetor me falou que agora a delgada está integrado a Anatel, uma vez fornecendo o numero de telefone e operadora, o IMEI vai para "blacklist"não necessitando ir à operadora com o numero de IMEI.
      Para minha surpresa, no dia seguinte enviei uma mensagem pelo iCloud para o meu telefone com um numero (trabalho) para contato e 20 min depois uma senhora me ligou falando que achou o meu telefone jogado no chão.
      Peguei o referido e o telefone só fica FORA DE SERVIÇO, consultei no site e meu telefone consta como IMPEDIDO
      Me dirigi à delegacia onde fiz a ocorrência, solicitando o desbloqueio inspetor me falou que precisa ir a operadora pois a Policia Civil não desbloqueia.
      Fui na Tim e abri vários chamados para desbloquear o meu IMEI (Estou com o B.O / Nota Fiscal)
      Hoje fui informado na TIM que eu deveria ir Apple Store (Moro no Rio) para desbloquear, chegando lá, primeira coisa que fizeram foi colocara outro chip (Claro) para teste, surpreso,funcionou e quando eu coloco o meu, fica SEM SERVIÇO. 
      NOTA: O meu telefone consta como IMPEDIDO ainda na Anatel
      Dei um "master reset"e funcionou o meu chip da Tim, mas agora parou de vez.
      O que eu faço agora, o telefone não era para funcionar, tendo em vista que ele está IMPEDIDO? Poque ele funcionou por momento o meu chip e agora parou? Preciso de ajuda amigos, não sei o que fazer, abri uma reclamação na Anatel, abri várias solicitações na Tim, enfim, estou perdido.
    • Por luizfnn
      Pessoal boa tarde!
       
      Tenho visto várias discussões separadas sobre a homologação do iPhone 6S no Brasil e resolvi abrir este tópico para centralizarmos as discussões. Estou nos EUA, (Em Cupertino! Equipe MM quero encontrar com vocês no dia do MM Tour por aqui!)
      Tenho acompanhado sobre o lançamento e todas estas especulações estão gerando muitas dúvidas.
       
      Entrei no site da Apple Brasil e quando clicamos em especificações técnicas, aparecem informações dos dois modelos (http://www.apple.com/br/iphone-6s/specs/)  Desta forma complica ainda mais rsrsrsrs.
       
      Caso alguém tenha alguma novidade ou dúvida favor inserir aqui para discussão.
       
      O importante é que todos nós possamos comprar o modelo correto com garantia no Brasil!
       
      Abs! Luiz
       
       
      Rede celular e wireless Modelo A1633*
      Modelo A1634*
      LTE (Bandas 1, 2, 3, 4, 5, 7, 8, 12, 13, 17, 18, 19, 20, 25, 26, 27, 28, 29, 30)
      TD-LTE (Bandas 38, 39, 40, 41)
      TD-SCDMA 1900 (F), 2000 (A)
      UMTS/HSPA+/DC-HSDPA (850, 900, 1700/2100, 1900, 2100MHz)
      GSM/EDGE (850, 900, 1800, 1900MHz)
      Modelo A1688*
      Modelo A1687*
      LTE (Bandas 1, 2, 3, 4, 5, 7, 8, 12, 13, 17, 18, 19, 20, 25, 26, 27, 28, 29)
      TD-LTE (Bandas 38, 39, 40, 41)
      TD-SCDMA 1900 (F), 2000 (A)
      CDMA EV-DO Rev. A (800, 1700/2100, 1900, 2100MHz)
      UMTS/HSPA+/DC-HSDPA (850, 900, 1700/2100, 1900, 2100MHz)
      GSM/EDGE (850, 900, 1800, 1900MHz)
       
       
       
       
  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      48.615
    • Total de Posts
      415.676
×
×
  • Criar Novo...