Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
T-Bond

Uma dura crítica e uma sugestão aos editores do MacMagazine

Posts Recomendados

Concordo, acho que viver disso não rola, tem que gostar mesmo pra tocar um site assim.

Eu tive um blog por pouco mais de 1 ano sobre tecnologia em geral, a equipe era pequena e não deu muito certo. Mesmo assim continuo na vontade de voltar e criar algo novo e bacana.

 

Claro que é sempre uma alternativa bem vinda, caso se tenha força de vontade de encarar a empreitada. Como o MM não é um blog qualquer, creio que os responsáveis vão levar as críticas a sério e tentar mudanças. Se fosse um certo outro blog, o autor do tópico já teria sido banido.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Comecei a acompanhar o site em 2008 quando comprei meu Macbook, e sim, era um ótimo site. Hoje, como falaram acima, há muitos posts mas pouca ou nenhuma informação, infelizmente.

O Chrono explicou bem as fases do site!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na minha humilde opinião, o MM está cumprindo muito bem a sua função, pois me deixa informado sobre as novidades do mundo Apple, do qual eu sou fã sim, pois considero os seus produtos realmente superiores aos da concorrência, tanto que, adquiri o meu primeiro Mac na pior fase da Apple, em 1997 e nunca mais consegui mudar essa imagem. Hoje eu possuo o pacote básico: Macbook, iPad e iPhone... E, não foi por falta de tentar fugir dos preços salgados da Apple no Brasil, mas no final sempre acabei me arrependendo e voltando pra cá.

Agora, duro mesmo são alguns fanboys de outras marcas que acham divertido postar comentários criticando a Apple e seus usuários em qualquer site que poste um comentário sobre os produtos da maçã.

Está ficando insuportável ler os comentários, pois sempre aparecem os revoltados falando que quem compra Apple é idiota, que os seus produtos não prestam e etc...

Pô, se eu sou idiota e pago mais caro por uma porcaria é por que eu sou livre para fazer o que bem entendo.

O que eu gostaria de dizer para esses haters é: Se você é mais inteligente do que eu, parabéns a você. Curtam os seus Androids, seus Samsung, seus Windows e... Me deixem em paz!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho interessante e apóio a ideia de fazer algo melhor, como colocado por alguns.

 

Acho as críticas feitas aqui pouco profundas e objetivas. Há uma série de artigos novos, inclusive sobre programação em Objective-C, algo difícil de se produzir. Alguns artigos com um nível maior de ruptura foram esculhambados nos comentários, como os do Halex por exemplo.

 

Quanto as fases do blog, concordo, algumas foram mais interessantes que outras e isso tem uma razão bastante clara: público.

Antigamente os cadernos de informática dos jornais eram a única fonte para consumo de notícias e informações. Hoje morreram ou perderam a relevância de maneira, pois o público tem outras fontes de informação e uma semana é tempo demais para se esperar por ela.

 

Sites especializados em notícias, especialmente no Brasil, sofrem com outro problema, o da falta de contato direto com as fontes, coisa que os sites estrangeiros, quando na origem, não tem. E aí, como a internet é livre, sabemos inglês e acessamos os sites estrangeiros, o que sobra? Sobram as análises, o pitaco nacional, os reviews com visão nacional e pouco mais...

 

Sendo objetivo, de que tipo de conteúdo vocês sentem falta?

 

 

 

Obs: Já fui colaborador em um blog, nos idos de 2000 e poucos só sobre iPods, que eram, então, os principais produtos da Apple. Imaginem: um blog só sobre iPods... pois é! E havia conteúdo...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo que dá vontade de fazer algo melhor. Antes de pensarmos em agregar gente, devemos pensar em como deve ser. Minha opinião, decorrente da análise do que pensa a maioria:

.Foco total no usuário Apple e nos produtos que ele usa.

.Não ter intuito comercial.

.Ser democrático, estimulando o leitor a colaborar com conteúdo.

.Evitar ao máximo posts de rumores. No máximo um post antes dos eventos, e talvez uma reunião de links de outros blogs a cada quinze dias. Não ser concorrente do Mac Rumors ou mesmo do atual Mac Magazine.

.Este ponto leva a outro: o blog não deve ser fechado em si mesmo. É positivo e necessário o diálogo com outros blogs, sites, vlogs. É ilusão acreditar que a única fonte de notícia de alguém vai ser este blog novo. É mérito, não demérito, dizer ao fim do artigo para o leitor clicar em 1, 2 ou 3 links para saber mais.

.Como decorrência de não ser a única fonte de notícia, o conteúdo principal deve ser outro. Penso que o ideal seria ter dicas dos sistemas operacionais Apple (OS X, iOS, "iPod OS"), dicas dos apps mais usados nas plataforma (iTunes, Office, Evernote e etc), reviews de apps e jogos, dissertações sobre o momento da Apple e dos produtos de seu ecossistema.

.Entender que existem sempre usuários novatos e mais experientes.

.Como não estamos fora do mundo, seria interessante vez ou outra falar-se de Google, Microsoft e outras. Assim mesmo o conteúdo seria outros, e não poderia exceder 10% do conteúdo postado.

Enfim, aguardo sugestões e pessoas dispostas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não é fácil criar um blog do zero e conquistar o mercado. Bem como custa caro manter um site no ar. O MM conseguiu fazer as duas coisas, ser relevante e se sustentar.

 

Por outro lado, infelizmente ele tornou-se um site de repetição de notícias, de traduções, de rumores. Quase não existem artigos "originais", pois estes são trabalhosos. Necessitam de pessoas com tempo, disposição e opinião. E para ter opinião é preciso ter inteligência, para defender sua tese, mesmo que ela não agrade a maioria.

 

Posso citar os artigos do Halex. Não importa o quão certo ou errado ele esteja, ele expõe sua opinião, argumenta, defende seu ponto de vista. Isso é cultura. Quem não concorda deveria fornecer argumentos contrários, criar uma discussão racional e produtiva. Infelizmente não encontramos muitos leitores racionais no MM de hoje em dia. É a geração "twitter" que só consegue se expressar em até 140 caracteres.

 

Busquei informações sobre o novo MacBook Air de 11". No MM nada de relevante. Quem me dera tivesse encontrado um review detalhado sobre ele. Saber como é usar sua tela de 11" no dia-a-dia. Ver prints de programas como Office, Evernote, Parallels. 

 

Imaginem outras informações relevantes no site, ler sobre como é usar um MacBook Pro com SSD e HD convencional? Como é usar o AirServer para sonorizar uma casa? 

 

São assuntos inesgotáveis. Mas o site virou um repetidor de notícias. Tais assuntos ficaram renegados aos fóruns. Uma pena.

 

Na minha opinião falta isso ao MM. Conteúdo original. Humanidade. Personalidade.

 

Abs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo, acho que viver disso não rola, tem que gostar mesmo pra tocar um site assim.

Eu tive um blog por pouco mais de 1 ano sobre tecnologia em geral, a equipe era pequena e não deu muito certo. Mesmo assim continuo na vontade de voltar e criar algo novo e bacana.

O que acha de um chat com o pessoal desse tópico, pra descutir sobre isso? eu adoraria.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

100% de acordo com T-Bond, rott e Chrono;

 

meus acessos a este blog e participaçao no forum despencaram a partir de 2007/2008, quando a coisa descambou para o "fanboysmo" e 99% dos posts e tópicos eram sobre iphone e iOS.

realmente virou um site de rumores...e também acho impressionante a arrogancia de alguns admins daqui. 

 

tópico sendo bloqueado em 3...2...


se a gente conseguir movimentar bem esse tópico, quem sabe ele aparece no blog como tópico que "bombou"  no forum....rsrsrsrsrs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sério que tem tanta gente insatisfeita? confesso que tirando um post ou outro gosto muito do blog numa avaliação geral. 

Acho que a tendência do blog se tornar mais comercial por conta da popularidade é perfeitamente normal, até porque pelo que eu percebo o Fishmann se dedica integralmente ao trabalho no MacMagazine.

Quanto ao site tratar excessivamente de rumores, cara, rumor é uma parte altamente importante da apple, é praticamente publicidade pra empresa desde sempre.

Continua lendo o site desde que conheci, lá por 2008 eu acho, ouço os Podcasts, leio bastante o Forum... 

E sim, eu sou um Fanboy, tenho critério mas sou um Fanboy. Quando converso com alguém sobre tecnologia e o papo vai pra Apple ou Microsoft eu tenho os meus argumentos de que a Apple é uma empresa que faz produtos melhores e etc. 

Aliás, o MM pode até dar umas agulhadas nos competidores mas os competidores também fazem isso com a Apple. Já leram os Gizmodos da vida? Se comparar o MM com o Gizmodo vocês vão perceber como o MM é melhor.

Enfim.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sério que tem tanta gente insatisfeita? confesso que tirando um post ou outro gosto muito do blog numa avaliação geral. 

Acho que a tendência do blog se tornar mais comercial por conta da popularidade é perfeitamente normal, até porque pelo que eu percebo o Fishmann se dedica integralmente ao trabalho no MacMagazine.

Quanto ao site tratar excessivamente de rumores, cara, rumor é uma parte altamente importante da apple, é praticamente publicidade pra empresa desde sempre.

Continua lendo o site desde que conheci, lá por 2008 eu acho, ouço os Podcasts, leio bastante o Forum... 

E sim, eu sou um Fanboy, tenho critério mas sou um Fanboy. Quando converso com alguém sobre tecnologia e o papo vai pra Apple ou Microsoft eu tenho os meus argumentos de que a Apple é uma empresa que faz produtos melhores e etc. 

Aliás, o MM pode até dar umas agulhadas nos competidores mas os competidores também fazem isso com a Apple. Já leram os Gizmodos da vida? Se comparar o MM com o Gizmodo vocês vão perceber como o MM é melhor.

Enfim.

 

Então tu não é um fanboy. Este não tem critério, não argumenta nada, é bom e pronto, enquanto as outras são lixo (e pronto).

 

Se o Gizmodo alfineta a Apple, bem, isso é uma atitude imbecil da parte dele. A Apple não é concorrente dele, assim como a Microsoft e cia. não são concorrentes do MM.   

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Teve uma coisa que realmente eu não gostei no Blog:

 

Durante a cobertura da WWDC 2013, no espaço destinado a escrita do texto pelos editores sobre a cobertura do evento.. havia ali na tela da escrita deles.. anúncio e propagandas.

 

Isso eu considerei um desrespeito, um abuso e uma atitude desprezível por parte dos editores para o com o seu público (NÓS né!!) e vou dizer o motivo: o blog tem que ter anúncios e propagandas.. ok.. tem que ter e eu aceito e entendo isso.. mas já tinha anúncios na página onde estava acontecendo a cobertura do evento e e nós sempre convivemos com esses anúncios sem muitas queixas até por sabermos a real necessidade deles.. e ainda assim colocaram mais anúncios bem na parte onde eles escreviam.

 

Resumo: eu perguntei se o anúncio que constava na parte escrita da cobertura ficaria ali pois eu estava acompanhando no iPad mini e aquele anuncio ficou imenso no mini.. eu não tive retorno nenhum.

 

Saí e fui conferir a cobertura completa na MacWorld.. feita em tempo real com streaming de vídeo e assistindo também o evento pelo streaming da Apple.. tudo isso sem anúncios e sem propagandas.

 

Se já tinham anúncios espalhados nas páginas do blog, colocá-los na parte exclusiva do texto da cobertura era desnecessário pois a própria página da cobertura também tinha seu anúncio...

 

Não sei se me fiz entender, mas eu sei que eles sabem muito bem do quê eu tô falando.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então tu não é um fanboy. Este não tem critério, não argumenta nada, é bom e pronto, enquanto as outras são lixo (e pronto).

 

Se o Gizmodo alfineta a Apple, bem, isso é uma atitude imbecil da parte dele. A Apple não é concorrente dele, assim como a Microsoft e cia. não são concorrentes do MM.

Não concordo com você, um fan não precisa necessariamente ser um alienado estúpido que se comporta como criança. Acho que a Apple é uma empresa que se destaca no mercado pela qualidade dos seus produtos mas também comete erros, assim como todos.

E o gizmodo é um blog pró Microsoft, natural que os posts de lá sejam nesse sentido, assim como o MM é voltado pra Apple.

Mas beleza, cada um acha uma coisa, reitero que gosto do MM, aqui tenho todas as informações concentradas no meu idioma sobre um assunto que me interessa.

Abraços!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acompanho o site desde 2009, e acho que além da óbvia queda da qualidade editorial do site, o grande tiro no pé foi a implementação de comentários pelo Facebook: antes, na época do IntenseDebate, o que me atraía para o site todos os dias era o alto nível de discussão dentro de cada post. Claro que tinha um ou outro bitolado, mas o problema é que com a mudança para o Facebook, este tipo de comentarista (fanboy, se querem chamar assim; me refiro ao ignorante que defende qualquer coisa como um fanático religioso, sem ao menos abrir espaço para discussão) virou praticamente a regra.

 

É só lembrar dos posts de Halex Pereira: na época em que ele era um colaborador regular (áureos tempos do IntenseDebate), seus posts eram sempre muito elogiados e debatidos. Agora, vão olhar os últimos posts (de mesma qualidade, ao meu ver) que ele fez para o site: só um bando de chorão, xingando o cara por blasfemar contra o deus deles.

 

Enfim, resumindo, ao menos para mim, o que sempre fez o MacMagazine ser um site que valia a pena visitar era a bela seção de comentários e a qualidade editorial. Hoje, infelizmente, nenhum dos dois existe mais.

 

(Lembrando que esta é uma crítica construtiva, caso contrário não estaria aqui gastando meu tempo apenas para falar mal de um blog que não teria mais interesse em acessar)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não concordo com você, um fan não precisa necessariamente ser um alienado estúpido que se comporta como criança. Acho que a Apple é uma empresa que se destaca no mercado pela qualidade dos seus produtos mas também comete erros, assim como todos.

E o gizmodo é um blog pró Microsoft, natural que os posts de lá sejam nesse sentido, assim como o MM é voltado pra Apple.

Mas beleza, cada um acha uma coisa, reitero que gosto do MM, aqui tenho todas as informações concentradas no meu idioma sobre um assunto que me interessa.

Abraços!

 

Pedro, acho que tu desconhece o significado do termo "fanboy". Tu és fã da Apple, todos nós aqui somos, ser fanboy é outra coisa. São os fanboys que, conforme o rott disse, polarizam tudo e tornam qualquer disussão insuportável. É Mega Drive x Super Nintendo, Sony x Sega, Sony x Microsoft, Battlefield x Call of Duty, isso pra ficar só no campo dos jogos eletrônicos. Para cada um destes há os fãs, mas também os fanboys.

  

Pode não constar em dicionários, mas é consenso que existe um conceito para o termo. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acompanho o site desde 2009, e acho que além da óbvia queda da qualidade editorial do site, o grande tiro no pé foi a implementação de comentários pelo Facebook: antes, na época do IntenseDebate, o que me atraía para o site todos os dias era o alto nível de discussão dentro de cada post. Claro que tinha um ou outro bitolado, mas o problema é que com a mudança para o Facebook, este tipo de comentarista (fanboy, se querem chamar assim; me refiro ao ignorante que defende qualquer coisa como um fanático religioso, sem ao menos abrir espaço para discussão) virou praticamente a regra.

 

É só lembrar dos posts de Halex Pereira: na época em que ele era um colaborador regular (áureos tempos do IntenseDebate), seus posts eram sempre muito elogiados e debatidos. Agora, vão olhar os últimos posts (de mesma qualidade, ao meu ver) que ele fez para o site: só um bando de chorão, xingando o cara por blasfemar contra o deus deles.

 

Enfim, resumindo, ao menos para mim, o que sempre fez o MacMagazine ser um site que valia a pena visitar era a bela seção de comentários e a qualidade editorial. Hoje, infelizmente, nenhum dos dois existe mais.

 

(Lembrando que esta é uma crítica construtiva, caso contrário não estaria aqui gastando meu tempo apenas para falar mal de um blog que não teria mais interesse em acessar)

 

Concordo plenamente. Não concordava com algumas coisas que o Halex escrevia, mas ao menos ele incitava um diálogo bacana entre o pessoal que acessava o MM. Pelo que vejo, os comentários no MM são ricos em fundamentalistas loucos e autoritários que não te deixam sequer expressar uma opinião contrária. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala, pessoal!

 

Antes de mais nada, obrigado a todos pelas colocações. Acredito que todos os que participaram aqui visam à melhoria do site, caso contrário não estariam investindo tempo participando com suas opiniões. Diariamente somos alvos de trolls e gente que se aproveita dos benefícios do mundo digital pra "vomitar" a primeira coisa que vem à mente simplesmente para se divertir detonando, alfinetando ou até mesmo ofendendo os outros.

 

Demorei para chegar a este tópico pois estava viajando até ontem à noite.

 

É duro para nós — eu e o Eduardo Marques, principalmente, os dois únicos que estão de fato à frente hoje do trabalho diário no MM — ler que nossa qualidade editorial caiu. Trata-se de algo absurdamente subjetivo e certamente relativo, mas se alguns de vocês acham isso, não será a minha opinião contrária que irá mudar a sua percepção. De todas as críticas aqui expostas, essa é a que mais me incomoda, pois é algo que prezamos acima de tudo e que constantemente, entre nós, procuramos diferenciar em relação a outros sites — sejam eles nacionais ou internacionais. Se o nosso está ruim, eu nem imagino o que vocês devem pensar sobre outros que vemos por aí.

 

Comentando algumas outras coisas que citaram aqui:

  • Rumores: reduzimos absurdamente mas não pretendemos deixar de cobri-los. É algo que faz parte do mundo Apple e que muitos leitores adoram. Não é porque há uma parcela que não gosta que devemos abolir, é preciso deixar o egoísmo de lado ao fazer uma crítica a um trabalho comunitário como o nosso. Pessoalmente, eu acho muito divertido e aposto que o mundo Apple seria muito mais enfadonho sem eles.
  • Comercial: sim, o MM é um trabalho full-time hoje em dia tanto para mim quanto para o Edu. Então sim, necessitamos de propagandas para sustentar o site — não só banners, mas outros meios comerciais como publieditoriais, indicação de produtos e afins. Sempre buscamos balancear isso e nunca faremos algo que afete o núcleo do nosso negócio, como a leitura de artigos (do tipo esconder/misturar anúncios no meio de uma reportagem normal). Nós também somos leitores do site.
  • Imparcialidade: quem disse que acompanha o site há anos e notou que ele está se tornando aos poucos mais "imparcial", me desculpem, *não* acompanha o site há anos e não sabe qual é a nossa proposta. O MM é um blog colaborativo e opinativo, e sempre procuramos ser o mais PARCIAIS possível. Quando não conseguimos isso é pela correria diária em vias de lhes trazermos todas as informações quentinhas, mas a ideia é, sim, sempre embutir uma visão crítica sobre assuntos. Por favor, leiam este meu editorial sobre o assunto.
  • "Fanboy": eu odeio esse termo. Sou FÃ da Apple, assim como também sou fã da Coca-Cola, da Porsche, do Pink Floyd e de muitas outras coisas. Não tenho por que esconder isso pessoalmente e nem o MM esconde isso como um site. Agora, de novo, quem diz que conhece o nosso trabalho e afirma que nós não reconhecemos erros da Apple também está falando pelos cotovelos. Nós criticamos a Apple sim sempre que devido, seja em posts ou no nosso podcast. Que vocês verão muito mais críticas a ela de quem não gosta da empresa e de quem não vive nesse mundo diariamente, eu não tenho dúvidas. E não é porque outros criticaram algo que eu tenho que concordar com eles. E não é porque eu critiquei algo que o Edu tem que concordar comigo. De novo: o MM é colaborativo. Não existe nem nunca existiu uma opinião ou um posicionamento "do MM", não existem posts nossos escritos pela "Redação". Todos são devidamente assinados pelos seus respectivos editores/autores, muitos deles inclusive leitores que não fazem parte da nossa equipe.
  • Quantidade de posts: muito me surpreende ninguém ter observado uma mudança significativa que fizemos em nossa pauta de janeiro pra cá. Como bem notaram, até o ano passado chegamos a ter uma média de 20-25 posts num só dia, às vezes chegando a 30-35. Nós internamente demos uma sacudida drástica nisso e estamos hoje muito mais focados em assuntos relevantes, tentando não passar de 10 posts diários. Às vezes ficamos em 6-8, às vezes ainda inevitavelmente passamos um pouco da meta de 10. Mesmo assim é um trabalho duro para basicamente duas pessoas, ainda mais considerando que o nosso site se mantém ativo há tantos anos sem interrupções.
  • Comentários: temos consciência de muitos preferiam a época do IntenseDebate, mas a migração para o Facebook foi, sim, positiva no nosso balanço geral e não, não temos planos de voltar atrás. Muito pelo contrário, infelizmente hoje em dia sobra pouquíssima coisa quando se "espreme" tudo o que pinta nos comentários. A interação que temos com leitores aqui pelo Fórum, por email e, principalmente, pelas redes sociais é na maioria das vezes muito mais valiosa. Ainda consideramos abolir completamente a área de comentários em posts.

Acho que estes são os pontos mais significativos a comentar aqui, mas independentemente de qualquer coisa queria agradecer a todos vocês pelas colocações e dizer que tudo será levado em consideração por nós. E sim, vocês podem e devem criticar/sugerir/opinar sempre que acharem devido, tudo isso é muito bem-vindo no MM quando feito de forma séria e construtiva.

 

Esperamos que alguns dos nossos planos internos se realizem em breve para que possamos ampliar a nossa equipe novamente e nos dedicarmos ainda mais a cada aspecto do site, a cada linha produzida em nossos artigos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala, pessoal!

 

Antes de mais nada, obrigado a todos pelas colocações.

Rafael, obrigado pela resposta. Ter uma resposta acredito que era o principal.

 

Não vou rebater ponto por ponto, porque seria inútil. Apenas algumas notas.

 

1 - Pessoalmente não fiz nenhuma crítica ao fato de ser comercial. Fazendo um balanço do site num post neste mesmo tópico, apenas notei isso e outros pontos, como o crescimento do número de posts. Posteriormente disse que num eventual novo blog (que não seria concorrente do MM atual) evitaria isso. Quem mencionou este aspecto de maneira mais explícita (que eu me lembro) foi a iFernanda, e no relato dela me parece mais uma crítica ao exagero. Mesmo porque é óbvio que vocês devem pagar o site. Me lembro em um post muito tempo atrás você se orgulhando de que estava se dedicando full-time ao MM. Não sei se continua assim, mas pedir que tirassem uma fonte de sustento tua seria pedir demais.

 

2 - Sobre a imparcialidade, novamente só posso falar de mim. Não fiz uma crítica sobre isso. Tomar partido de algo é essencial. Não costumo falar da minha vida pessoal, mas pedir para um advogado que atualmente faz uma segunda graduação em Filosofia é implorar para ser respondido com uma risada. Minha crítica é outra.

 

3 - Eu acho que existe uma diferença informal entre o fã e o fanboy.

 

4 - Eu não sei o critério em que se analisa os comentários do Facebook como positivos. Quando eu leio os comentários raramente encontro algo do nível da época do Intense Debate. Vários usuários que eram conhecidos pela pertinência dos comentários ou pararam de comentar ou diminuíram muito sua frequência. Há muito ruído hoje.

 

5 - Você não respondeu a "acusação" de nos últimos tempos ter adquirido um certa arrogância. Aliás, nem é uma crítica que pode ser direcionada a você, já que imagino que a conta dos perfis do MM sejam compartilhadas entre os editores (corrija-me se estiver enganado).  Pipocam exemplos dessa postura em posts e comentários. Eu mesmo fui afetado por isso, quando uns anos atrás fui bloqueado pelo perfil do site no Twitter por conta de uma piada (se me lembro bem). Até às vezes fazia outra piada comentando em posts de promoções se quem estava bloqueado no Twitter poderia participar haha. Detalhe, anteriormente havia ganhado do blog uns dois ou três apps.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Rafael, obrigado pela resposta. Ter uma resposta acredito que era o principal.

 

Não vou rebater ponto por ponto, porque seria inútil. Apenas algumas notas.

 

1 - Pessoalmente não fiz nenhuma crítica ao fato de ser comercial. Fazendo um balanço do site num post neste mesmo tópico, apenas notei isso e outros pontos, como o crescimento do número de posts. Posteriormente disse que num eventual novo blog (que não seria concorrente do MM atual) evitaria isso. Quem mencionou este aspecto de maneira mais explícita (que eu me lembro) foi a iFernanda, e no relato dela me parece mais uma crítica ao exagero. Mesmo porque é óbvio que vocês devem pagar o site. Me lembro em um post muito tempo atrás você se orgulhando de que estava se dedicando full-time ao MM. Não sei se continua assim, mas pedir que tirassem uma fonte de sustento tua seria pedir demais.

 

2 - Sobre a imparcialidade, novamente só posso falar de mim. Não fiz uma crítica sobre isso. Tomar partido de algo é essencial. Não costumo falar da minha vida pessoal, mas pedir para um advogado que atualmente faz uma segunda graduação em Filosofia é implorar para ser respondido com uma risada. Minha crítica é outra.

 

3 - Eu acho que existe uma diferença informal entre o fã e o fanboy.

 

4 - Eu não sei o critério em que se analisa os comentários do Facebook como positivos. Quando eu leio os comentários raramente encontro algo do nível da época do Intense Debate. Vários usuários que eram conhecidos pela pertinência dos comentários ou pararam de comentar ou diminuíram muito sua frequência. Há muito ruído hoje.

 

5 - Você não respondeu a "acusação" de nos últimos tempos ter adquirido um certa arrogância. Aliás, nem é uma crítica que pode ser direcionada a você, já que imagino que a conta dos perfis do MM sejam compartilhadas entre os editores (corrija-me se estiver enganado).  Pipocam exemplos dessa postura em posts e comentários. Eu mesmo fui afetado por isso, quando uns anos atrás fui bloqueado pelo perfil do site no Twitter por conta de uma piada (se me lembro bem). Até às vezes fazia outra piada comentando em posts de promoções se quem estava bloqueado no Twitter poderia participar haha. Detalhe, anteriormente havia ganhado do blog uns dois ou três apps.

 

Você pode achar que não, mas o nível das discussões subiu no geral e, principalmente, os trolls praticamente sumiram. Sim, tem muita besteira; sim, tem muita repetição; mas o uso de perfis do Facebook tornou a coisa muito mais saudável e controlada, a gente praticamente não faz mais nada em moderação nos comentários.

 

Eu não falei nada sobre arrogância porque discordo disso completamente. Vira e mexe vejo casos e acusações parecidas com outras pessoas (nada relacionado ao MM, no geral mesmo) simplesmente porque na internet, digitando, não há como passarmos o tom de palavras e não há o olho a olho de uma conversa ao vivo, em que você sabe exatamente como é a pessoa que está falando e ela sabe com a quem ela está se dirigindo. Não é à toa que, depois de tantas acusações desse tipo, hoje em dia em praticamente todas as nossas respostas públicas (em comentários, Twitter, etc.) nós "artificialmente" inserimos um emoticon no final para tentar atenuar um pouco isso. Mas ainda assim não resolve.

 

Olha, para algum de nós chegar a bloquear alguém no Twitter a pessoa tem que passar bastante do limite viu — e não apenas uma vez. Peço-lhe desculpas se interpretamos a sua piada errado e desde já pode me passar a sua conta para que seja desbloqueada, sem problemas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Quem mencionou este aspecto de maneira mais explícita (que eu me lembro) foi a iFernanda, e no relato dela me parece mais uma crítica ao exagero. Mesmo porque é óbvio que vocês devem pagar o site. Me lembro em um post muito tempo atrás você se orgulhando de que estava se dedicando full-time ao MM. Não sei se continua assim, mas pedir que tirassem uma fonte de sustento tua seria pedir demais.

 

 

 

Percepção é algo individual: cada um tem a sua, independente de ser correta ou equivocada.

 

No meu caso, que mencionei a publicidade dentro da parte restrita a escrita dos editores, não tem nada de exagero pois foi algo que aconteceu mesmo. Eu não inventei, eu não criei, não imaginei e não exagerei justamente por ser uma mulher bem realista e ver bem o que vi.

 

Tu deves ter acompanhado a WWDC2013 e deve ter visto isso também. Caso contrário, percebeste o exagero como algo errôneo.. mas cada um percebe as coisas como pode e até sugiro que leias novamente o que escrevi porque em momento algum mencionei para que "tirassem uma fonte de sustento" do blog, exatamente o contrário.

 

Sobre a "acusação" de arrogância por parte dos editores ou admins, vejo que é um termo pesado e não concordo com esse termo de "acusação" pois, a meu ver (minha opinião pessoal) não condiz com a realidade porque considero as condutas rígidas e que fazem, me referindo ao fórum, ser muito bem cuidado, por mais que alguns não gostem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

Percepção é algo individual: cada um tem a sua, independente de ser correta ou equivocada.

 

No meu caso, que mencionei a publicidade dentro da parte restrita a escrita dos editores, não tem nada de exagero pois foi algo que aconteceu mesmo. Eu não inventei, eu não criei, não imaginei e não exagerei justamente por ser uma mulher bem realista e ver bem o que vi.

 

Tu deves ter acompanhado a WWDC2013 e deve ter visto isso também. Caso contrário, percebeste o exagero como algo errôneo.. mas cada um percebe as coisas como pode e até sugiro que leias novamente o que escrevi porque em momento algum mencionei para que "tirassem uma fonte de sustento" do blog, exatamente o contrário.

 

Sobre a "acusação" de arrogância por parte dos editores ou admins, vejo que é um termo pesado e não concordo com esse termo de "acusação" pois, a meu ver (minha opinião pessoal) não condiz com a realidade porque considero as condutas rígidas e que fazem, me referindo ao fórum, ser muito bem cuidado, por mais que alguns não gostem.

 

 

Fernanda, você está se referindo ao MacMagazine Live?

 

A página continua aí no ar nesse link, para quem quiser ver. Tem 1 (hum) único banner.

 

É isso que você está chamando de "exagero" da nossa parte?! o.0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.



  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      48.638
    • Total de Posts
      415.819
×
×
  • Criar Novo...