Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
LiveinRiot

Compreendendo o rMBP 13"

Posts Recomendados

Com esse tópico, eu gostaria de debater sobre o rMBP 13", mais precisamente sobre o seu lugar no mercado.

Antes de começar a falar do rMBP 13" precisamos falar dos MBAs e do MBP 13". Os MBAs são uma opção de baixo custo, como também uma opção para aqueles que dão prioridade da portabilidade em relação ao desempenho. Com isso, vemos notebooks com 1kg (11") e de 1,30kg (13"), e com autonomias de 9-12h. Levando em consideração que são notebooks de entrada, não podemos exigir muito de performance, apesar de serem bem poderosos para o uso diário, entretanto nada além disso. Por sua vez, o MBP 13" é um notebook de uso profissional, na verdade era para ser, mas sua potência é questionada, pois seu uso profissional na prática é relacionado ao uso de Word, Excell, edição de áudio, coisas que qualquer MBA faz, até porque seus processadores tem desempenho parecidos. Então o que faz o MBP 13" ser bem vendido? O uso da palavra PRO, junto com o seu preço, que é bem convidativo.

Agora, iniciamos com o rMBP 13", seu preço é muito alto, apesar dos duros cortes que a Apple fez do seu valor original. Qualquer modificação do notebook faz com que ele se torne inviável para a sua performance. O modelo de entrada custa 1500 dólares, porém ao adicionar mais SSD, e um processador melhor (que na prática não muda muita coisa) já temos um preço similar ao rMBP 15" que tem um placa de vídeo dedicada, e um processador quad-core. A situação fica pior se comparar com os outros modelos da Apple como MBA 13" e o rMBP 15". De fato, ele é um modelo intermediário dos dois, mas isso apenas em preço, porque em desempenho ele é muito próximo ao MBA, tudo isso por culpa dos processadores dual-core que vem sendo adotado nos modelos.

Com a entrada dos Haswells, a Intel lançou um processador quad-core que possui um gasto de energia bem similar aos processadores adotados pelo MBP (processadores com 37w), no caso eu estaria me referindo ao processador i5-4570T, que possui um gasto de energia abaixo dos modelos tradicionais dos MBP 13", que seria de 35w. O problema começa com sua placa de vídeo dedicada ser a HD4600, uma placa de vídeo integrada 50% melhor do que as encontradas hoje no rMBP13", porém mais fraca que a Iris.

Por sua vez, os Haswells adicionaram uma nova linha de processadores dual-core, que possuem a Iris (HD5100), como também com um gasto de energia menor (27w). É quase certo que a Apple utilize esses processadores em um novo modelo. Esses processadores darão uma autonomia de bateria melhor aos rMBP 13", como também a possibilidade de deixar mais fino e leve.

O rMBP 13" tem um enorme problema de localização no mercado, ele não é tão leve e fino, como também não é tão superior aos ultrabooks em geral por ser, justamente, dual-core. A tela retina é o único motivo de ter vendas, diferente do seu irmão mais velho (rMBP15")

No geral, eu espero que a Apple adote o processador quad-core, daria um gás maior para o modelo, e sem dúvidas valeria o nome PRO.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ultimamente a Apple tem divulgado que o foco dos seus produtos "PRO" são voltados para Video, Audio e Imagem, nessa ordem.

 

 

Dessa forma, ela entende que ao colocar uma tela retina e um HD rápido estará atendendo a esse público. A diferença de preço entre o MBP e o rMBP até compensa. Se pensarmos que ao comprar um MBP comum ainda terá que investir em memória e SSD, o custo desses upgrades pode ultrapassar o custo de um rMBP que ainda vem com a tela retina e isso não tem como fazer upgrade.

 

 

A placa de video ruim sempre foi um gargalo. Uso um MBP de 15 (não retina). Tem uma Intel HD Graphics 3000 e uma ATI Radeon HD6750. Com a Intel a bateria dura o dia todo, mas se mudar pra ATI, mesmo só na internet e vendo email, a bateria some em 1 hora. Acredito que video e processador inferiores no rMBP de 13 devem ser para beneficiar o consumo de energia. Políticas da empresa... talvez para oferecer uma característica de modelo de entrada ao rMBP de 13.

 

Mas pra mim, o mais aceitável é que a Apple está usando os Macbooks Retina como "Marketing" pra mostrar que é uma empresa inovadora e coloca tecnologia de ponta em seus produtos. São produtos pra fazer bonito em reportagens, reviews, etc. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tenho um rMBP 13 de entrada, dos 1500 dólares citados.

 

Não acho o processador dual core lento ou lerdo se comparar com os processadores dos Air. É muita diferença.

E ainda mais, dando uma olhada em ultrabooks no mercado, os processadores são cada vez com menos clocks (vaios/dell/hp/lg/samsung com 1.7, 1.8, 2.0) e o modelo de entrada dos retina é de 2.5.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.



  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      48.883
    • Total de Posts
      417.354
×
×
  • Criar Novo...