Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Posts Recomendados

Cara, duvido muito que a Apple deixe de comercializar telefones menores.

Ainda existem o 5, 5S e o 5C... E devem ser substituídos por outros compatíveis.

Também acho, até porque existe um público muito grande que acha a tela de 4" o ideal e o limite pro iPhone.

 

Acho engraçado o comentário de alguns em blogs por aí. Quando disseram que iam sair dois modelos com telas maiores e questionados sobre o que iria acontecer com os de 4", a resposta era: a Apple deve baixar o preço do 5S e ele vai continuar sendo vendido. Engraçado, como se já não houvessem milhões de pessoas com iPhones 5S. Digamos que uma pessoa não quisesse mudar para uma tela maior mas quisesse um iPhone novo, ia fazer o que? Comprar um 5S de novo?

 

Acho que a Apple vacilou nesse aspecto. Não que os usuários de iPhone 5/5C/5S não irão/possam trocar para um de 4.7/5.5, mas a Apple ignorou que esse pode ser o tamanho ideal para muita gente, em prol de números e possíveis novos clientes. Como li em alguma lugar e concordo em gênero, número e grau: 

 

A Apple de Tim Cook é focada em números, em quantidades de produtos e clientes.

A Apple de Jobs era focada na qualidade (não que a Apple tenha perdido isso) e experiência sem igual para o consumidor. 

 

Eu acho que vou gostar de ter um iPhone de 4.7", mas também fico pensando naqueles que devem estar meio chateados com essa mudança. Que no ano que vem a Apple recoloque o iPhone de 4" de volta ao mercado com um modelo novo.

O 6 PLUS até mesmo o canto inferior direito fica difícil de alcançar. Nunca gostei de phablet...

 

O 6 para mim já está grande demais.

Precisar usar aquele duplo-toque não rola! :(

 

Agora só resta torcer para ano que vem surgir um iPhone mini...

Eu mostrei a impressão que fiz hoje a minha mãe e ela: "E a Apple já lançou um iPad novo junto com o iPhone 6?". Hehe

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como tinha dito anteriormente, não vou pegar o de 5,5 não. Tem mulheres que adoram esses smartphones maiores que suas próprias mãos, nada contra, mas não é para mim isso não. Gosto de ser meio discreto, muitas vezes mesmo eu utilizo o próprio fone de ouvido para conversar na rua, justamente para não precisar sacar o iphone do bolso. Mas, não duvido que esse modelo de 5,5 acabe matando o iPad Mini.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como tinha dito anteriormente, não vou pegar o de 5,5 não. Tem mulheres que adoram esses smartphones maiores que suas próprias mãos, nada contra, mas não é para mim isso não. Gosto de ser meio discreto, muitas vezes mesmo eu utilizo o próprio fone de ouvido para conversar na rua, justamente para não precisar sacar o iphone do bolso. Mas, não duvido que esse modelo de 5,5 acabe matando o iPad Mini.

Será que vai matar o iPad mini? Mesmo com a diferença de preços e conceitos?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Será que vai matar o iPad mini? Mesmo com a diferença de preços e conceitos?

Acho que não.

São nichos de mercado diferentes, temos por exemplo a linha Galaxy, que possui as mais diversas formas e tamanhos possíveis e imagináveis (sem exagero), e o Galaxy Tab não compete com o Note, cada um na sua.

Por ter adotado a mesma estratégia da Samsung, creio que a comparação é válida.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

As linhas da Samsung tem um tablet para cada 0.1" a mais. Espero que a Apple nunca faça algo do tipo.

Galaxy Tab 7, 7.1, 7.2, 7.3... 7,99 :D

Se esse for o meio de maximizar os lucros, o Cook irá fazer.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O iPad Mini vai permanecer.

 

A Apple, tem uma política diferente da Samsung. Enquanto a Apple lança dois iPhone por ano, a Samsung lança um número indefinível de Galaxies por ano, sejam Smartphones, Tabletes, Smartwatches...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O iPad Mini vai permanecer.

 

A Apple, tem uma política diferente da Samsung. Enquanto a Apple lança dois iPhone por ano, a Samsung lança um número indefinível de Galaxies por ano, sejam Smartphones, Tabletes, Smartwatches...

Espero que a Apple continue com esse cronograma de uma atualização anual pra não fazer o que a Sony fez. Lançou o Xperia Z2 com uma hardware monstro e 6 meses depois, agora na IFA, lança o Z3 com praticamente as mesmas especificações. Lógico que não força ninguém a trocar, mas acho um total desrespeito com o consumidor se não tem um caminhão de novidades para justificar a atualização. E, hoje em dia, não tem tanta novidade assim no mercado. Tanto que foram poucas as reais novidades no iPhone 6/6 Plus, mesmo passado 1 ano do lançamento do iPhone 5S.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O iPad Mini vai permanecer.

 

A Apple, tem uma política diferente da Samsung. Enquanto a Apple lança dois iPhone por ano, a Samsung lança um número indefinível de Galaxies por ano, sejam Smartphones, Tabletes, Smartwatches...

 

Mas ela está se aproximando da mais da estratégia da Samsung (oferecer variedade de escolha para o consumidor).

Ainda está a quilômetros de distancia, mas um pouco mais perto.

 

A algum tempo atras ninguém imaginaria que a Apple lançaria um phablet.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Claro,

 

Mas mesmo assim a Apple está longe, muito longe, de seguir a estratégia das concorrentes. Recentemente, o único caso de dois lançamentos de um mesmo aparelho no mesmo ano foi no mesmo ano, com o iPad 3a Geração e o iPad com Tela Retina, sendo que ambos tinham tela retina.

 

Num período inferior a um ano a Samsung lançou 6 Relógios e uma infinidade de Smartphones. Sony, Motorola, LG, Nokia... idem. A estratégia da Apple e seguir as vendas mesmo quando o produto apresenta problemas, como foi o caso do iPhone 4 e o problema da antena (lembram, da necessidade de bumper) e do iPhone 5 Preto, que descascava com um sopro.

Editado por Gustavo Jaccottet

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Claro,

Mas mesmo assim a Apple está longe, muito longe, de seguir a estratégia das concorrentes. Recentemente, o único caso de dois lançamentos de um mesmo aparelho no mesmo ano foi no mesmo ano, com o iPad 3a Geração e o iPad com Tela Retina, sendo que ambos tinham tela retina.

Num período inferior a um ano a Samsung lançou 6 Relógios e uma infinidade de Smartphones. Sony, Motorola, LG, Nokia... idem. A estratégia da Apple e seguir as vendas mesmo quando o produto apresenta problemas, como foi o caso do iPhone 4 e o problema da antena (lembram, da necessidade de bumper) e do iPhone 5 Preto, que descascava com um sopro.

No quesito adotar a estratégia, não seria essa quebra no ciclo de um ano, e sim, aumentar a gama de produtos ofertada ao consumidor.

Curioso que, tal postura, foi adotada na gestão do Tim Cook (no que tange iPhones e iPads), nada de "sdds Jobs", apenas a comparação da gestão.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Claro,

 

Mas mesmo assim a Apple está longe, muito longe, de seguir a estratégia das concorrentes. Recentemente, o único caso de dois lançamentos de um mesmo aparelho no mesmo ano foi no mesmo ano, com o iPad 3a Geração e o iPad com Tela Retina, sendo que ambos tinham tela retina.

 

Num período inferior a um ano a Samsung lançou 6 Relógios e uma infinidade de Smartphones. Sony, Motorola, LG, Nokia... idem. A estratégia da Apple e seguir as vendas mesmo quando o produto apresenta problemas, como foi o caso do iPhone 4 e o problema da antena (lembram, da necessidade de bumper) e do iPhone 5 Preto, que descascava com um sopro.

 

O complicado, é que quando o Jobs saiu a primeira vez, foi assim aos poucos que ela virou aquela empresa cheia de produtos de tudo quanto é tipo

É comum as empresas ter vários projetos. Precisa alguém dizer não para alguns deles, mesmo depois de gastar muitos meses e dólares.

Sem esse alguém para dizer não, acontece o que acontece com toda grande empresa: "Já gastamos tanto, lança assim mesmo, e vamos ver o que dá."

 

Bom, com relação ao iPhone 5, realmente teve alguns que descascaram muito fácil. Não sei dizer se foram todos assim. Mas alguns eu sei que teve o problema.

 

Mas o antenagate do iPhone 4 foi meio lenda.

Comprei um iPhone 4 logo no lançamento e usei até um pouco depois do lançamento do iPhone 5S, sem nunca usar capa, e ele sempre se saiu melhor que outros aparelhos que comparei.

Da mesma forma conheço muita gente que usa iPhones 4 sem problemas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é, o problema do iPhone 4 não se passou comigo também, mas foi algo que a Apple assumiu e que causou um desconforto. Mesmo assim o aparelho não saiu de mercado. Teve ainda o problema do iPhone 4 Branco, lembram, que foi lançado apenas em Fevereiro de 2011, pois descascava. Até a Apple achar uma solução, a sua colocação no mercado foi adiada. A Apple é muito cautelosa e com toda a certeza o AppleWatch não foi lançado em 2014 para ser um divisor de águas no começo de 2015. É algo, repito, muito parecido com 2007, quando o SJ apresentou o iPhone, mas a sua liberação no mercado aconteceu apenas 6 meses depois.

 

A Apple ainda tem muito que acertar os ponteiros desse Device que, não tenho dúvidas, vai transformar a indústria dos Relógios. Fico curioso para ver como que as empresas que fazem os seus Swiss Made vão reagir. Imaginem a Tag Heuer, a Omega e a Rolex lançando seus respectivos Smartwatches, seria engraçado, pois agora a Apple passa a concorrer com empresas cujos produtos mais baratos custam na casa dos 3.000 USD, para mais.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

 Imaginem a Tag Heuer, a Omega e a Rolex lançando seus respectivos Smartwatches, seria engraçado, pois agora a Apple passa a concorrer com empresas cujos produtos mais baratos custam na casa dos 3.000 USD, para mais.

 

A Rolex não muda seus relógios a 50 anos.

Não acho que o Apple watch vai mudar isso. :)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Será que vai matar o iPad mini? Mesmo com a diferença de preços e conceitos?

Não acredito. Como você falou, é outro conceito... Nem tanto pelo preço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A Rolex não muda seus relógios a 50 anos.

Não acho que o Apple watch vai mudar isso. :)

 

Um dia tudo tem de mudar. Talvez as mais tradicionais, Rolex, Syma e Patek Philippe, as quais, como eu costumo dizer, estão acima do bem e do mal, não sofram tanto. São poucas as pessoas que têm um Rolex para cada dia da semana (quem dera eu poder um dia dizer isso), mas já marcas também tradicionais, mas que vão mais na onda, como a Tag Heuer, a Omega, a Tissot, dentre outras, possam vir a ter de repensar a sua estratégia, principalmente no que diz respeito ao público jovem. Jamais um AppleWatch vai ter a máquina dele feita em ouro, como é o caso de um Rolex, ou a elegância de um Tag Heuer Kirium. Sempre ouvi a frase de que "o sol nasceu para todos", mas há momentos em que aqueles que não se atualizam podem ficar para trás. Basta ver o que o estrago que os carros asiáticos fizeram na indústria automobilística dos EUA e da Europa. Deem uma olhada com o que se passou nos anos 80 na cidade de Flint, Michigan, pois justamente com essa ideia de que "não mudamos o nosso padrão", a GM teve que mudar e com isso levou uma cidade inteira e milhares de empregados à ruína. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo plenamente com seu comentário Gustavo. Não usarei o termo evolução, mas sim, a modernização dos produtos é algo quase que inevitável. Ao meu ver, daqui algumas décadas relógios de maquinário que não digital, serão itens extremamente caros.

Mas ainda, comento que, ainda, não vi uma grande revolução no mercado de smartwatches com a entrada da Apple, vi uma apresentação do mesmo que possuímos atualmente, porém, um pouco melhor acabado justamente por estar ambientado no sistema da Apple. Porém, é algo que pode mudar se os caminhos forem semelhantes aos traçados pelo iPad em seu lançamento, lembro que na época estava na França e comprei o meu dentro do Louvre, mas na verdade queria um iPhone 4 (porém não estava disponível), foi algo como um "consolo". Ninguém via uma grande utilidade nele que não fosse reproduzir as coisas do iPhone/iPod Touch em tamanho maior, porém, depois com a massiva investida dos desenvolvedores e criatividade destes, o cenário mudou. Mas, ainda mais radicalmente quando veio a segunda geração do Tablet, e assim por diante.

Falei tudo isso pois é esta nossa reação agora, no entanto creio que ao ser lançada a próxima geração, estaremos todos ávidos pela compra do dispositivo que se fará fundamental em nosso dia a dia, assim como foi com o iPad (no momento, escrevo de um).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Espero que a Apple continue com esse cronograma de uma atualização anual pra não fazer o que a Sony fez. Lançou o Xperia Z2 com uma hardware monstro e 6 meses depois, agora na IFA, lança o Z3 com praticamente as mesmas especificações. Lógico que não força ninguém a trocar, mas acho um total desrespeito com o consumidor se não tem um caminhão de novidades para justificar a atualização. E, hoje em dia, não tem tanta novidade assim no mercado. Tanto que foram poucas as reais novidades no iPhone 6/6 Plus, mesmo passado 1 ano do lançamento do iPhone 5S.

Realmente essa da Sony não entendi...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mas aí é que está a diferença. Todos esperavam pelo lançamento do Smartwatch da Apple. Isto ainda não aconteceu de fato. Tem-se um conceito de três modelos, regular, sport e de luxo, mas sabemos, fora os detalhes externos e algumas especificações, quase nada sobre ele. o AppleWatch vai ser um divisor de águas justamente por não ter sido lançado de supetão. Minha namorada disse que nunca imaginaria ver um produto de alta tecnologia em Ouro Rosé 18k, com pulseira em couro. Eu fiquei vidrado pelo modelo regular com pulseira em aço escovado... e por aí vai... as impressões causadas por uma simples demonstração foram tais... imagina quando colocarmos as mãos nele!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe do debate

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, entre agora para postar com ela.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.



  • Conteúdo Similar

    • Por victormotta
      Caros, boa tarde
      Por nao me acostumar mais com o IOS, coloco a venda meu iPhone 11 de 256gb. 
      Nacional, comprado a 2 meses, com NOTA em meu nome. 
      Ele tem um pequeno risco na tela (coisa de criança) que não atrapalha nada quando está ligado, só da pra ver mesmo com a tela off. 
      Preço pra vender rápido ====>   R$ 3.900,00 
      Completo, com caixa, carregador, fone, etc. 
      Obrigado,
      Victor  11 99011-2616  (Whatsapp) 




    • Por Julio Cesar Freitas
      Lojapontoapple
      Novo MacBook Pro Touch Bar 16 polegadas.
      Processador de seis núcleos e 2,6 GHz
      Armazenamento de 512 GB
      AMD Radeon Pro 5300M
      Processador Intel Core i7 (9ª geração) de seis núcleos e 2,6 GHz
      Turbo Boost até 4,5 GHz
      AMD Radeon Pro 5300M com 4 GB de memória GDDR6
      Memória DDR4 de 16 GB com 2666 MHz
      Armazenamento SSD de 512 GB¹
      Tela Retina de 16 polegadas com True Tone
      Touch Bar e Touch ID
      Quatro portas Thunderbolt 3i
      com garantia pela apple.
      Atenção Preço bom pra vende logo aceito mercado pago e pague seguro com taxas por conta do cliente. Aceito smartphones e Produto apple como parte do pagamento tambΘm.
      Interessados entrar em contato comigo por esse numero 11987011828 ou 11972787972 ou no chat. Entrego no shopping tatuape ou Shopping Analia Franco.






    • Por Rafael Gil
      Olá, pessoal.
      Gostaria de saber a opinião de vocês sobre a aquisição de um iPhone XS Max 256gb agora, junho/2020, por 4100 reais (novo, zero bala)
      Ou seria melhor esperar o 12? (talvez perdendo a promoção desse XS Max)
      Obrigado desde já.
    • Por Rodrigo Hermes ᶜʳᶠ
      Bom dia, pessoal. Estou com dois problemas chatos demais com o meu iPhone SE 1º, que ainda está na garantia.
      Vou explicar o que acontece com o iPhone e queria saber se algum de vocês tem alguma sugestão do que posso fazer para resolver de vez os problemas.
       
      1. Uns dos problemas mais chatos que acontece: Ao fazer/receber uma ligação, na hora de desligar ou recusar uma chamada o iPhone fica na tela de chamada pra sempre. Se a tela estiver bloqueada, eu receber a ligação e tentar atender ou recusar, a tela fica travada ali. A tela não desliga por nada. Mas se a tela estiver desbloqueada posso até usar o aparelho quando aceitar e encerrar ou recusar a chamada, porém fica aquela barra verde como se eu estivesse na ligação. A tela fica travada “finalizando...”
      O único jeito de resolver por alguns minutos é reiniciando o aparelho. Depois de minutos se eu voltar a receber ou tentar fazer ligações, volta tudo de novo e preciso novamente reiniciar o aparelho.
       
      2.Modo Pouca Energia: Ao usar o Modo Pouca Energia tem hora que não é possível desativar. O botão não funciona de jeito nenhum para desativar. Nem carregando o iPhone, chegando a 80% ele desativa. Ou seja, fica pra sempre no Modo Pouca Energia, precisando eu reiniciar o aparelho para desativar. E acontece também de não ter como ativar.
       
      Isso acontece desde a versão anterior do iOS 13.5.1. Já restaurei, fiz instalação limpa... e nada resolveu. Minha esposa tem um iPhone SE 1º também e não e nunca enfrentou esses problemas iguais ao mesmo.
       
      Espero que dê para vocês entenderem o meu problema. Fico na dúvida se chega a ser caso de levar na autorizada.
    • Por Gustavo Marin
      Compro iPhone 8 plus em ótimo estado, em Curitiba-PR
      Todo original nunca aberto, bateria pelo menos 83%
    • Por seminteresse
      Boa noite, Galera, 
      Hoje vou falar sobre Cabos e Carregadores.
      Quem é usuário de vários produtos da Apple sabe que hoje você precisa levar consigo diversos tipos de cabos e carregadores. 
      Para resolver isso sem gastar muito eu resolvi testar a marca Baseus. Escolhi essa marca porque comprei um fone e gostei muito. 
      Comprei os seguintes itens:
      1 - Carregador Rápido de 60W com duas portas USB e uma USB-C; (Modelo: BS-EU910.)
      2 - Carregador Rápido de 30W para Carro com conector em isqueiro com uma porta USB e uma USB-C; (Modelo: BC-C15C.)
      3 - Cabos de 3.5A com uma entrada USB e três saídas uma Lightning, uma USB-C e uma USB-mini; (Modelo: Em chinês kkkk.)
      Testei por alto e a qualidade dos cabos é evidente o carregamento rápido realmente funciona e é possível usar as três entradas dos cabos simultaneamente em carga rápida. 
      Depois posto um Review mais detalhado. Mas de cara o carregador é menor que o do Macbook, um pouco maior que o ipad e bem menor que o meu carregador de viagem. 

    • Por Bemhidratada
      Possuo um iPhone SE 16gb, que estava sem memória. 
      baixei o Google Fotos, fiz backup, apaguei todas as fotos e vídeos da galeria. 
      Até aí ok, tudo deu certo. 
      Mas, vi que meu app fotos ainda ocupa mais de 3gb mesmo vazio. 
      O que fazer?

    • Por seminteresse
      Galera muito boa noite, 
      Quem acompanha o site sabe que esse mês o Luiz Gustavo Ribeiro escreveu artigo bem detalhado sobre Fones de ouvido que seriam "Clones"dos fantásticos Airpods da Apple ele falou da HTC. 
      Para quem interessar segue o Link: https://macmagazine.uol.com.br/post/2020/05/19/htc-tambem-entrara-na-onda-dos-clones-de-airpods/
      Ai que veio a surpresa nos comentários quando o @iSheepOS me disse que a Marca Baseus tinha um modelo que durava 35 3 - 5 horas de reprodução. kkkk 
      Nisso fui no DuckDuckGo googlar sobre o tal fone. Achei em minutos o Fone da Baseus W04 Pro que visualmente era muito clone dos Airpods. Porém, a Baseus não parou na semelhança fisica as especificações são até superiores em alguns aspectos ao primeiro modelo de fones da Apple. 
      Outra coisa que chama muito a atenção é que Ele tem 4 versões de cores (Preto, cinza, Branco e Rosa), quem compra fones da Apple sabe que a muitos anos ela só tem uma opção de cor a branca "brilhante".
      O ponto é que eu achei tão interessante que comprei um modelo apenas para testar usando o MercadoLivre por apenas R$ 230,00 facadas reais. 
      E disse que quando chegassem iria fazer um comparativo rápido entre eles, então ai vai:
      AirPods 1 Vs Baseus W04 Pro: 
      Primeiramente eles são tão clones que os Airpods da Apple entram dentro da Case do Baseus W04 Pro, embora não carreguem. (Tirei uma foto porque achei enrgaçado.)
      Vamos começar pelo Preço:
       
      Airpods 1 - R$ 1349,00 (Com chip H1 que é o meu caso, pois, já troquei os falantes 3 vezes por conta da bateria.)
      Baseus W04 Pro - R$ 230,00 (Comprando com o vendedor oficial da marca no MercadoLivre e nota fiscal.) Sonegar é crime.
      A segunda vantagem é estética pois eu pude escolher a cor e comprei Preto. (Adoro fones pretos, desde a época do WalkMan quando os Fones esportivos da Philips eram considerados Top, não me julguem.) 
      Seguindo o que surpreendeu é que o acabamento da case é acetinado, não é aquele Black Piano ou seja a Case não vai fica totalmente arranhada e não vou precisar de uma capa de silicone pra ela. 
      Outra vantagem clara é que os fones da Baseus possuem Recarga sem fios e pasmem funciona muito bem. Para ter o mesmo na Apple você precisa pagar apenas R$ 1679,00. Apenas R$ 330,00 reais de diferença. 
      Os fones também respondem aos toques, sendo que apenas na região do falante. 
      A bateria do fone e da case são semelhantes aos Airpods e duram exatas 5 horas com volume pouco acima de 50%.
      Para quem prefere carga rápida ou usar com o Macbook ou iPad Pro esses fones saem na frente pois a case de recarga é USB-C. (O que para mim foi ótimo.)
      Por fim vou falar muito por alto da qualidade e velocidade de conexão dos fones com o iphone. 
      Primeiro a conexão a Baseus fez uso de um truque para fazer os fones conectarem mais rápidos que o próprio Airpods com chip H1, sendo muito simples. Assim que você abre a tampa da Case ela conecta o fone, ou seja, quando leva ao ouvido ele já está conectado. (Bem simples e genial.) 
      Segundo é qualidade o Drive da Baseus por incrível que pareça na minha opinião pessoal é melhor que os da Apple. Testei com musicas difíceis e com volume máximo e o som manteve a clareza e profundidade melhores que os fones da Apple. 
      As únicas coisas que notei de diferença é que a case da Baseus não mostra a quantidade de bateria no iphone, porém, tem 4 leds na case de regarga. O que resolve isso de forma bem elegante. 
      Os falantes tbm tem um pequeno led cada que quando no ouvido vc não vê mas estão lá. E indicam a carga deles por cor quando no estojo. Quando conectado ao iphone fica mais simples ver a carga dos falantes pelo proprio aparelho. 
       
      Para terminar, quem reclama muito dos preços da Apple no site tem agora uma opção muito boa e barata para seguir. Agradeço a Ovelha pela dica. rsrs
       

    • Por caio henckes
      oi, meu nome é caio e eu estou com problema na bateria ja faz uma semana.
      da noite para o dia meu iphone 8 ele começou a esquentar na região da bateria e esquentar muito, fiz um diagnóstico com o suporte e eles falaram que o iphone estava perfeito por dentro, pediram para atualizar o celular e foi o que eu fiz mas isso nn ajudou em nada, algm tem alguma ideia de qual problema pode ser?
  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      50.109
    • Total de Posts
      424.571
×
×
  • Criar Novo...