Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Lookez

[GUIA] Boote da partição EFI, zero modificação no OS e instala em Intel SSE2 ou melhor!

Posts Recomendados

ATENÇÃO, ESSE GUIA NÃO É DE MINHA AUTORIA, SÓ FIZ A TRADUÇÃO

ATENÇAO 2, A TRADUÇÃO FOI FEITA NA MEDIDA DO POSSÍVEL, ATENDENDO AOS MEUS CRITÉRIOS, E NEM TODAS AS PALAVRAS PRECISAM SER TRADUZIADAS

Guia de instalação do Mac OS X na EFI sem modificação, por Munky. v0.9 (correções serão feitas)

*** Agradecimentos para Turbo, Dense, dfe, zef e o resto do time chameleon por fazer isso possível ***

UPDATES:

** Essa funcionalidade está indo para o release do time Chameleon muito em breve. Assim que o Chameleon suportar essa funcionalidade, esse projeto será aposentado. Obrigado a todos que usam esse bootloader, obrigado pelo apoio e pelas palavras de suporte **

Um GRANDE obrigado ao time Chameleon por dividir esses grandes recursos – o porting foi moleza!

O lançamento do incrível boot-132 loader do dfe foi um milagre para nós da comunidade osx86. O fato de podermos bootar o disco original do Leopard em máquinas modernas Intel significa que temos a habilidade de bootar um OS X totalmente não-modificado.

No entanto, parece que muitas pessoas não perceberam a importância de tal fato, ou simplesmente pensaram: "hum legal, usar o disco original. Ok, devolta para hackear o/System/Library/Extensions...."

Essa é a abordagem errada.

A abordagem correta é deixar o /System/Library/Extensions quietinho, e aplicar patches e modificações no sistema de um vetor diferente, assi como o boot-132

Essa é, na minha humilde opinião, o jeito mais FODA de instalação.

Que benefícios isso te traz?

*Que tal fazer o Software Update do Mac direto da Apple sem problemas? Até em Intels SSE2? (e AMDs quando o Voodoo 9.5.0 final sair...)

*Que tal ser capaz de apagar completamente e reinstalar o sistema sem quebrar seus patches cuidadosamente juntados?

*Que tal ser capaz de bootar o mesmo disco em um Mac ou no seu Hackintosh?

*Que tal ter um com.apple.Boot.plist completamente sem um OS instalado?

Tudo sem perder os benefícios usuais das linhas EFI que você expera de um bootloader... (graças ao time Chameleon!)

Ok, mãos na massa

Primeiro, uma pequena história...

Quando você formata um disco GPT (GUID Partition Table) no Utilitário de Disco, tem sempre uma partição escondida de 200Mb criada como a primeira partição no disco. Essa é supostamente uma partição de 200Mb FAT-32 usada para guardar drivers EFI, e é obrigatória pelas especificações EFI / GPT

A Apple honra essas especificações e bota uma partição de 200Mb lá. Entretanto (e isso é a parte importante...) A APPLE NÃO USA!

Então nós podemos hackear essa partição e usar para nossos fins.

Ok você ainda não pegou a coisa né...

Ok ok. Lá vai. Nós modificamos a partição EFI para ficar com nossos kexts (e se necessário, kernels) para que nós não tenhamos que mudar a instalação principal, DE JEITO NENHUM.

A parte boa é que o Mac OS X e o Utilitário de Disco (pelo menos a versão gráfica) ainda vai continuar a esconder a partição EFI, quando você não é para vê-la. Mas você também vai ter a opção de montá-la se você precisar para fazer modificações. E é claro em TODOS os sistemas (atualmente Intels SSE2 ou mais), o Software Update pode ser usado sem muita chance (se tiver alguma) de dar merda (kernel panic)

Ok, me entreguei. Então como eu faço?

Bom, primeiro faça o download do arquivo Zip anexado. Ele contem uma versão do boot0 do chameleon, a versão não-modificada do booth1h do chameleon, e um bocadinho do boot2 do dfe. O boot0 foi modificado para procurar por partições EFI do sistema, e o boot2 foi modificado para carregar kexts extras da partição EFI.

Avisos, Pré-requisitos

*** VOCÊ ESTÁ FAZENDO ISSO POR SUA CONTA PRÓPRIA *** Não encha se seu PC explodir e matar seu gato.

É melhor que você tente primeiro bootar seu sistema com um disco original do Leopard e o boot-132 antes de tentar esse método. Fazer funcionar com o boot-132 é uma boa prática para manter um sistema 'livres de patch', e vai te dar uma boa idéia dos kexts que você vai precisar para o seu sistema em particular.

Nota: Você não pode usar NADA alem do disco Original. Não tente um disco de restore, pois NÃO VAI FUNCIONAR.

Outra nota: Bootloaders existentes como chameleon, PC-efi etc podem seriamente fuder geral. Se você tiver problemas por favor tente com somente 1 HD conectado e tenha certeza que você destruiu completamente as partições existentes antes da instalação.

No guia a seguir, eu usei a convenção do diskXsY. Por favor entenda, você NUNCA deve digitar diskX ou diskXsY – X e Y são constantes (assim como em fórmulas matemáticas)e precisam ser trocadas por valores apropriados. Na maioria dos sistemas instalados no primeiro HD, essas vão ser disk0. Partição 1 em qualquer disco GPT formatado pelo Utilitário de Disco vai ser a partição EFI de 200Mb. Então na maioria dos casos, estaremos falando de disk0, rdisk0 e disk0s1.

No mais, por favor LEIA e RELEIA esse guia antes de começar. Se você estiver incerto sobre qualquer 1 desses passos, meu conselho é para que NÃO FAÇA. Espere por alguém para transformar essas instruções em um instalador fácil de usar ou algo assim.

FINALMENTE, VAMOS LÁ

Então, a melhor maneira é usar um disco boot-132 e instalar uma instalação fresquinha do Leopard em um disco GPT com o disco original. Vamos chamar isso de 'Fase 0'. Você vai achar ou criar um disco boot-132 capaz de bootar para o instalador do Leopard original na sua configuração. Vá no utilitário de disco do menu e particione um dos disco como uma GUID Partition Table e crie pelo menos uma partição grande o suficiente para o Leopard. Procure em outro lugar por questões sobre o boot-132 (como os links acima). Esse guia assume que você pode e não só pode como conseguiu bootar o disco original do Leopard e instalou ele em um disco GPT.

Assim que você tiver feito isso, boote na sua nova instalação via o boot-132, e faça o seguinte:

-Fase 1: Reformatando a partição de sistema EFI.

1) Abrir o Terminal

2) Sudo –s (e digite seu password)

3) Diskutil info / |grep Identifies – isso fala para você os valores diskXsY do '/' que no caso é o sistema que você acabou de bootar. (Se você está fazendo isso em um disco outro do qual você tenha bootado, você vai ter que modificar de acordo)

4) Diskutil list –diskXs1 deve se chamar EFI. Essa é a partição EFI escondida no seu disco.

5) Diskutil eraseVolume "HFS+" "EFI" /dev/diskXs1 – agora, tenha MUITA certeza que esse é o drive correto, isso vai formatar a partição EFI como HFS+ (nota: depois de formatar vai tentar montar, mas vai falahr com "Não foi Possível montar disk0s1 com o nome depois de apagar". Ignore isso).

-Fase 2: Instalando o bootloader modificado.

1)Extraia o arquivo ZIP para um diretório (Safari deve fazer isso para você)

2)No terminal, cd para esse diretório (o que contem o boot0, boot1h, boot-turbo-munky.bin and fdisk)

3) ./fdisk –f boot0 –u –y /dev/rdiskX – isso bota o bootloader estágio 0 no disco desejado (disco alvo)

4) dd if=boot1h of=/dev/rdiskXs1 – isso bota o bootloader estágio 1 no disco desejado (partição EFI)

5) mkdir /Volumes/EFI

6) mount hfs /dev/diskXs1 /Volumes/EFI

7) cp boot-turbo-munky.bin /Volumes/EFI/boot

8) cp update.sh /Volumes/EFI/

-Fase 3: Tornando o disco bootável

Esse estágio pode não ser necessário em algumas placas, mas na minha placa Intel e em placas Bad Axe é. Se você pular esse passo e seu sistema não bootar, tente fazê-lo.

Com isso dito, fazendo isso em placas que NÃO precisam não vai danificar então minha lógica é que faça mesmo assim.

Digite o comando fdisk e depois cada linha como mostrado abaixo:

1) ./fdisk -e /dev/rdiskX (nota: Ignore qualquer erro "fdisk: não foi possível abrir o arquivo MBR /usr/standalone/i386/boot0: Não há tal arquivo ou diretório")

2) f 1

3) w

4) q

-Fase 4: Configure a sua nova partição bootloader EFI

1) Configuar os caminhos do diretório (directory tree)

mkdir -p /Volumes/EFI/System/Booter

mkdir /Volumes/EFI/Extensions

mkdir /Volumes/EFI/.fseventsd

2) touch /Volumes/EFI/.fseventsd/no_log – isso previne os File System Events Daemon (dseventsd) de fazer logs nesse volume, que pode impedir a partição EFI de ser montada.

3) Copie extensões necessárias em /Volumes/EFI/Extensions

(exemplo: cd <directory containing kexts> cp -R *.kext /Volumes/EFI/Extensions).

4) Se necessário, copie o Kernel patcheado para /Volumes/EFI

cd <directory containing the wonderful Voodoo kernel>

cp mach_kernel.voodoo /Volumes/EFI/

5) cd /Volumes/EFI

chmod +x update.sh

sudo./update.sh – Isso vai criar um kextcache em /System/Boot. Por favor confira o update.log por erros. (Avisos de dependência são OK e normais – as dependências estarão disponíveis na hora do boot a parti de /System/Library/Extensions).

6) umount /Volumes/EFI (If this fails, do umount -f /Volumes/EFI).

7) rm -rf /Volumes/EFI

8) Se a sua máquina não puder usar o Kernel Vanilla, nesse momento você deve tomar nota do seu UUID de instalação. Abra o Utilitário de Disco.app e clique na partição contendo a nova instalação. Clique no ícone "I" azul de informação e procure por Identificador Universal Único (Universal Unique Identifier). Isso deve ser uma sequência hex bem longa. Escreva isso em um pedaço de papel. (não em um arquivo de texto no computador!)

Nesse ponto você deverá estar pronto para bootar.

-Fase 5: Boot de teste!

Então isso diferencia sensivelmente dependendo se você tem ou não um CPU Core (Core 2 Duo, Core Duo etc) – Isto é, se você pode (ou escolhe) rodar o kernel Vanilla ou um Kernel Patcheado.

Se você bootar o Kernel Vanilla, você deve apenas apertar Return (enter), uma vez que o bootloader vai achar o seu OS instalado.

Se você bootar um Kernel Patcheado, a mágica que você vai precisar é a seguinte:

bt(0,0)/mach_kernel.voodoo -v boot-uuid=<escreva aqui o UUID que você anotou anteriormente>.

Com um pouco de sorte você vai conseguir bootar no seu novo e maravilhoso Leopard novinho em folha, e vai conseguir usar o Software Update sem nenhum problema.

-Fase 6: Pós-Instalação – Kexts, Strings EFI, Boot.plist, e Troubleshooting

Kexts:

Então você bootou novamente, mas talvez você não esteja com suporte a VGA, ou então está faltando um kext de LAN… Para montar o EFI:

sudo -s

mkdir /Volumes/EFI

mount_hfs /dev/diskXs1 /Volumes/EFI

para instalar novas kexts:

sudo -s

cd path/to/kext

cp -R Blah.kext /Volumes/EFI/Extensions

cd /Volumes/EFI

./update.sh

Strings EFI e com.apple.Boot.plist:

A v3 do bootloader suporta um com.apple.Boot.plist localizado na partição EFI. Você pode colocá-lo em qualquer um desses 2 lugares:

/Volumes/EFI/com.apple.Boot.plist

-ou-

/Volumes/EFI/Library/Preferences/SystemConfiguration/com.apple.Boot.plist

Fica na sua escolha, e não tem nenhuma diferença. Se você tiver nos dois lugares ele vai favorecer o que estiver em /Library/Pref…..

Esse é, com certeza, o local para por Strings EFI – também chamado propriedades dos dispositivos -. Esse bootloader suporta Strings EFI no mesmo formato que o Chameleon os espera (ou seja, seguindo a mesma linha de raciocínio do Chameleon)

Troubleshooting

Se você tiver "mount_hfs: Argumento Inválido' quando tentar montar a partição EFI, faça isso para consertar:

fsck_hfs /dev/disxXs1.

*** Sempre desmonte a partição EFI antes de reiniciar, para fazer isso parar de acontecer!! Unmount /Volumes/EFI! ***

Notas:

Eu também tenho uma instalação vanilla em um pendrive USB que eu divido entre dois Macs de verdade (meu Macbook Pro e meu Macbook Pro do trabalho) assim como meu hack. Eu tenho os kexts e kernels necessários na partição EFI (lembre-se, os Macs de verdade ignoram essa partição), e booto ele no meu Hackintosh.

Uma coisa – você pode usar rd=diskXsY para especificar o dispositivo de boot. Eu prefiro usar o boot-UUID porque isso não vai quebrar se eu mudar a configurar dos HDs na minha máquina, enquanto os valores diskXsY poderiam.

Outra coisa, para os usuários pré-Core (Pentium etc) por favor mantenham os System.kext relevantes na partição EFI para o kernel que você quiser usar. Por exemplo, meu hackintosh tem mach_kernel.voodoo (9.4.0 kernel para o 10.5.4), e o 9.4.0 (10.5.4) System.kext em /System/Booter/Extensions.mkext. Esses são usados em preferência para o kernel e o System.kext na instalação, que são ambos versão Vanilla 9.5.0 (10.5.5). Isso significa que montar da USB etc não vá quebrar.

Boot Duplo, Triplo, Quádruplo!!

A partir do momento que o bootloader é baseado no dfe, você pode apertar escape no prompt do boot Darwin e botar uma nova Device Bios ID para bootar. Se você tiver um segundo HD com Windows, você aperta esc, digita 81 e enter, e deve aparecer o prompt Darwin com 'Foreign OS'. Aperte enter para bootar o Windows.

Leitura em segundo plano

Se tudo isso é novo para você, ou se você está tendo problemas, por favor leia esses tópicos primeiro:

http://forum.insanelymac.com/index.php?showtopic=113288

http://forum.insanelymac.com/index.php?showtopic=123841

http://forum.insanelymac.com/index.php?showtopic=123313

AGRADECIMENTOS AO MUNKY E A TODOS QUE FIZERAM ISTO POSSÍVEL

Espero que gostem :D:lol::lol:

efi_boot_v5.1.zip

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

consegui efetuar a instalacao em um micro AMD

;D

funcionou legal, ja apliquei as kexts da vga, som e rede

mas apliquei direto no Leopard e nao na partiçao EFI..

para aparecer macbook nas propriedades do sistema e etc....

o que é necessario??

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi, até agora eu só usava mac original, e então resolvi instalar o leopard no pc do meu irmao... pesquisei um pouco e instalei pelo iatkos 5i, foi bem fácil, ta funcionando tudo redondo e atualizando normal... o unico problema é que as vezes com mtos apps abertos ele dá a tela cinza pedindo pra reiniciar o computador.... alguém sabe o q pode ser isso??? caso não consiga resolver vou fazer a instalação pelo seu método, que apesar de ser um pouco mais complicado me parece que mantém o sistema o mais original possível... o que dá menos margens a erros....

alguma alma caridosa pode me explicar o que são kexts e qual o papel delas no sistema??

abraços..

Dion Lima

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Oi, até agora eu só usava mac original, e então resolvi instalar o leopard no pc do meu irmao... pesquisei um pouco e instalei pelo iatkos 5i, foi bem fácil, ta funcionando tudo redondo e atualizando normal... o unico problema é que as vezes com mtos apps abertos ele dá a tela cinza pedindo pra reiniciar o computador.... alguém sabe o q pode ser isso??? caso não consiga resolver vou fazer a instalação pelo seu método, que apesar de ser um pouco mais complicado me parece que mantém o sistema o mais original possível... o que dá menos margens a erros....

alguma alma caridosa pode me explicar o que são kexts e qual o papel delas no sistema??

abraços..

Dion Lima

Qual é o seu hardware?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tentei seguir essa instalação, mas deu eu erro logo que botei o Mac OS retail pra carregar. 3 tentativas, e a veio a preguiça, junto com a falta de tempo.

Baixei duas versões do Ideneb e, qdo tudo parecia ir bem, a instalação danou. No kalyway nunca tinha tido problema, nem na primeira tentativa.

O pc tá rodando windows a contragosto agora. Acho que vou tentar arrumar paciência de novo...se o pc ficar no windows, vou continuar usando só o macbook do mesmo jeito. Agora que essa merda me deixou mal acostumado,tenho que ralar pra botar Mac OS redondo de novo no pc (e, nesse método, teria como colocar o windows fácil, pra rodar um ou outro jogo, ou algum aplicativo que só roda nessa nhaca).

Parabéns pelo guia, você me faz pensar em tentar isso uma vez mais. Valeu!

Editado por tbsilverio

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Tentei seguir essa instalação, mas deu eu erro logo que botei o Mac OS retail pra carregar. 3 tentativas, e a veio a preguiça, junto com a falta de tempo.

Baixei duas versões do Ideneb e, qdo tudo parecia ir bem, a instalação danou. No kalyway nunca tinha tido problema, nem na primeira tentativa.

O pc tá rodando windows a contragosto agora. Acho que vou tentar arrumar paciência de novo...se o pc ficar no windows, vou continuar usando só o macbook do mesmo jeito. Agora que essa merda me deixou mal acostumado,tenho que ralar pra botar Mac OS redondo de novo no pc (e, nesse método, teria como colocar o windows fácil, pra rodar um ou outro jogo, ou algum aplicativo que só roda nessa nhaca).

Parabéns pelo guia, você me faz pensar em tentar isso uma vez mais. Valeu!

tenta pelo iatkos 5i

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

eu não entendi a parte para se copiar uma kext, pode explicar um pouco melhor?

Se eu colocar uma kext na partição eu vou ter que registra-la no Apple.Boot.com.plist?

Como faço para instalar uma kext que vem em um instalador?

já baixei o Mac OS X Leopard 10.5.6, agora falta DVD DL para gravar

Editado por mvsv

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.



  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      47.983
    • Total de Posts
      411.621
×
×
  • Criar Novo...